Ir para conteúdo
Sonymaster

Aladdin - Quatro milhões de cópias refletem a qualidade de um clássico no Mega Drive

Posts Recomendados

Fruto de uma parceria entre a SEGA Americana, Virgin Games e a própria Disney, o jogo do “Aladdin” é considerado um grande clássico do Mega Drive.
 
capa.jpg
 
A popularidade do game aliada a qualidade do título renderam 4 milhões de cópias vendidas, sendo o terceiro jogo mais bem sucedido do Mega Drive atrás do Sonic 2 e o Sonic 1, em primeiro e em segundo lugar, respectivamente.
 
Mas por que ele é considerado um clássico?
 
aladdin2-1024x768.jpg
 
Seguindo a tradição de parceria entre a SEGA e a Disney, a divisão americana da empresa com o logotipo azul conseguiu a licença para produzir um jogo baseado no longa metragem de 1992. Após isso, a SEGA of America fechou contrato com a Virgin Games para que estes desenvolvessem o título.
 
Querendo fazer uma contribuição significativa para a indústria dos games e se destacar perante os jogos do gênero, um representante da Virgin se reuniu com os funcionários da Disney Software e mostrou uma tecnologia chamada Digicel, desenvolvida pela própria empresa, onde é possível converter animações desenhadas a mão frame a frame para o videogame, sendo uma técnica semelhante a utilizada nas animações dos desenhos.
 
Como a tecnologia permitiria que a Disney pudesse colocar nos videogames toda a qualidade característica de seus estúdios, a Disney acabou assinando contrato e ambas as empresas passaram a trabalhar no “Aladdin” para Mega Drive.
 
 
 
 
O trabalho se iniciou em janeiro de 1993, com dez funcionários da Disney na Flórida mudando seu local de trabalho para os estúdios da Virgin e até mesmo o diretor do longa se envolveu na produção.  Já os superiores da SEGA deram o prazo para o término em outubro de 1993, um tempo considerado curto mesmo para os padrões da época.
 
Os animadores da Disney ficaram responsáveis pelos sprites, que são os personagens animados como o próprio “Aladdin” e os inimigos, enquanto os cenários, a jogabilidade e o level design ficou a cargo da Virgin. Já a trilha sonora é de Tommy Tallarico, que também reproduziu algumas músicas do filme compostas pelo Donald Griffin.
 
Curiosamente, a tecnologia Digicel não foi utilizada em nenhum outro jogo, exceto o “DynoBlaze” que foi cancelado. Mesmo assim, a técnica deixou o seu legado e influenciou outros jogos de sucesso como “Earthworm Jim“, que contava com vários desenvolvedores do “Aladdin“; “Cool Spot”; “Pitfall The Mayan Adventure” etc.
 
Aladdin_Por%C3%A3o-1024x512.jpg
 
“Aladdin” utiliza a típica fórmula do sucesso de um jogo de plataforma dos anos noventa: você deve passar por dez fases baseadas nos cenários do longa metragem, desviando de obstáculos, pulando em plataformas e derrotando inimigos. No entanto, ao invés de você pular na cabeça dos adversários para derrotá-los, você tem um facão que funciona como sua arma, e também pode atirar maçãs.
 
Há uma barra de energia no canto superior esquerdo da tela em formato de lâmpada mágica. Há vidas, representado pelo rosto do Aladdin em dourado, bônus no final da fase que funcionam como uma roleta aleatória que te premia com conteúdos, sendo que estas necessitam que você colete “caras do gênio” ao longo dos cenários. Há um outro bônus onde você controla o macaquinho Abu para coletar jóias.
 
Dependendo da fase, no final há um chefe e a medida que você vai avançando há ceninhas com avatares que contam um pouco da história do filme.  Já as joias citadas anteriormente são utilizadas para comprar itens em um mercador que geralmente está escondido pelas fases, podendo te dar vidas, mais energia etc.
 
Chama a atenção a riqueza no level design, com diversos tipos de obstáculos e gimmicks, todos baseados no longa metragem, além de alguns pequenos detalhes como o tapete voador surgindo no final de uma das fases para remeter o filme.  Fora que nem sempre a ideia é ir da esquerda para a direita, já que há fases que precisam de outros objetivos, como coletar flautas por exemplo. Some isso a algumas passagens secretas e coletáveis que melhoram bem a experiência.
 
magiccarpet-1024x787.jpg
 
O principal ponto negativo é que o jogo é muito curto e também muito fácil, dando aquele sentimento de “já acabou?” ao chegar na tela de créditos. O nível de dificuldade pode ser um pouco elevado para jogadores inexperientes, mas depois que se pega a prática, você pode finalizá-lo em menos de uma hora sem muitos problemas.  No entanto, as fases finais podem ser “pedreiras”, já que o aumento da dificuldade durante a reta final é bem notório.
 
O baixo nível de dificuldade é compensado com o alto fator replay, já que os coletáveis, os mercadores secretos, e os bônus dão vontade de repetir o jogo até masterizá-lo. Mesmo depois disso, é capaz de você pegar o jogo só para se divertir aleatoriamente.
 
800px-Aladdin_MD_BR_Box.jpg
 
Muito provavelmente qualquer pessoa que tiver a oportunidade de jogar o “Aladdin” atualmente vai continuar considerando-o um bom jogo. Com excelência gráfica, bom level design e nível de dificuldade acessível, ele é um daqueles games que é bom em qualquer época.
 
“Aladdin” é, sem dúvidas, mais um clássico do Mega Drive.
 
Fonte: Blog Tectoy
Editado por Sonymaster

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A versão do SNES feita pela CAPCOM é muito boa, mas é só ver as imagens pra admitir que o de Mega ficou muito mais parecido com o desenho. O traço é mais leve, com menos sombras, ficou indiscutivelmente mais bonito.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

lembro das comparações, eu joguei mesmo a versão do snes na epoca

 

alguns jogos ganhavam versoes para mega e snes mas tinham muito mais diferença e ate produtoras diferentes, tartaugas ninja, lembro de um batmam que ficou legal nos dois aparelhos.

 

as vezes acho que third devia ser assim, escolhe um dos vgs e faz a versão mais legal, mas acho que preferem nivelar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também curto ambos Alladin,de Mega e SNES (zerei os dois inclusive,pois tive ambos os 16 bits nos anos 90),mas é inegável que essa versão de Mega, no aspecto gráfico,é bem mais bonita,parece até o desenho mesmo 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Sérgio Meq. disse:

A versão do SNES feita pela CAPCOM é muito boa, mas é só ver as imagens pra admitir que o de Mega ficou muito mais parecido com o desenho. O traço é mais leve, com menos sombras, ficou indiscutivelmente mais bonito.

 

 

 

Realmente eu gostei muito do Mega Drive, parecia que estava jogando um desenho animado, mas do Snes não fica ruim não. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Verdade, aliás,até hoje se vê alguma discussões sobre qual era o mais poderoso dos 16 bits!! Volta e meia esse tema ressurge em muitos lugares rsrsrs,mas acho que nem sempre dependia só do hardware em si,mas também do empenho da produtora em questão,como tive os dois consoles,minha impressão geral sempre foi a de que o SNES costumava ter mais cores,vozes mais limpas e gráficos menos "granulados" ; por outro lado,o Mega era mais rápido,rodando melhor com vários elementos na tela,sem slowdown (ou com pouco). Porém,dependia muito do jogo,lembro que dos vários multi que joguei,haviam alguns que ficavam melhor em um e outros no outro,por isso sempre achei os dois videogames bem pau-a-pau. Nesse caso do Alladin mesmo,o do Mega é mais bonito,mas se pegar por exemplo,o Mortal Kombat 3,o visual da versão SNES me agrada mais e assim por diante... amo os dois consoles❤

 

 

Editado por 2D PLAYER

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Wednesday disse:

A versão do MS-DOS é praticamente igual ao do Mega Drive.

Provavelmente eles portaram a versão do Mega para o MS-DOS.

 

 

Acho que é port sim

Editado por 2D PLAYER

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 horas atrás, DanDan disse:

lembro das comparações, eu joguei mesmo a versão do snes na epoca

alguns jogos ganhavam versoes para mega e snes mas tinham muito mais diferença e ate produtoras diferentes, tartaugas ninja, lembro de um batmam que ficou legal nos dois aparelhos.

as vezes acho que third devia ser assim, escolhe um dos vgs e faz a versão mais legal, mas acho que preferem nivelar.

$

 

Empresas como EA, Activision, Capcom, descobriram a mina de ouro fazendo tantos ports quanto possível. A Ubisoft escapa raspando por que ainda faz material exclusivo aqui e ali. Square também, mas se houver a oportunidade fazer um simples port, tá valendo.

Desses jogos do Aladdin eu gostei muito também da versão simplista do Master System.

Lol fui procurar e vi agora que o Gameboy Color teve um port horroroso da versão de Mega.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

era mais bonito, mas a jogabilidade era muito pior que o da capcom. Resposta lenta, mais preocupação com sprites bem animados do que com precisão e hit detection... Mega tinha váaaaaaaarios jogos assim, bonitos de se ver e terríveis de se controlar. A fase do gênio depois da fuga na caverna é um horror nesse sentido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Sailor Paladina disse:

$

 

Empresas como EA, Activision, Capcom, descobriram a mina de ouro fazendo tantos ports quanto possível. A Ubisoft escapa raspando por que ainda faz material exclusivo aqui e ali. Square também, mas se houver a oportunidade fazer um simples port, tá valendo.

Desses jogos do Aladdin eu gostei muito também da versão simplista do Master System.

Lol fui procurar e vi agora que o Gameboy Color teve um port horroroso da versão de Mega.

 

Eu lembro que aluguei o jogo do Master System e terminei em uma tarde, mas adorei pela simplicidade, na verdade todos os jogos do Master é bem simples, por isso gosto. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 28/12/2018 em 18:28, Sonymaster disse:

 

Eu lembro que aluguei o jogo do Master System e terminei em uma tarde, mas adorei pela simplicidade, na verdade todos os jogos do Master é bem simples, por isso gosto. 

 

A mesma coisa com o NES, jogos mais simples (que os 16 bits) ,mas muito legais,saudade do meu NES,tive um importado dos EUA,que joguei até o início dos anos 90,quando adquiri SNES e Mega Drive 

Editado por 2D PLAYER

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 29/12/2018 em 20:17, 2D PLAYER disse:

A mesma coisa com o NES, jogos mais simples (que os 16 bits) ,mas muito legais,saudade do meu NES,tive um importado dos EUA,que joguei até o início dos anos 90,quando adquiri SNES e Mega Drive 

 

época boa.

Editado por Sonymaster

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

36 minutos atrás, Sonymaster disse:

 

Que bom que teve o NES, eu tive foi o Top Game VG9000 da CCE no Natal de 90 e joguei demais, mas antes em 89 tive o Master System, só em 92 tive o Mega, mas joguei ele no Mega Drive. Realmente, bate uma saudade demais. 

 

Sim,aqui no Brasil era raro alguém ter um NES original,pq os clones imperavam aqui,fui uma exceção a regra nesse caso rs, tive o NES pouco depois do Atari 

 

 

Editado por 2D PLAYER

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, 2D PLAYER disse:

Sim,aqui no Brasil era raro alguém ter um NES original,pq os clones imperavam aqui,fui uma exceção a regra nesse caso rs, tive o NES pouco depois do Atari 

Sim,aqui no Brasil era raro alguém ter um NES original,pq os clones imperavam aqui,fui uma exceção a regra nesse caso rs, tive o NES pouco depois do Atari 

 

Quem teve o Atari foi meu irmão em 83, mas joguei algumas vezes, mas depois do Master a coisa desandou hahahhahhha 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Sonymaster disse:

 

Quem teve o Atari foi meu irmão em 83, mas joguei algumas vezes, mas depois do Master a coisa desandou hahahhahhha 

 

Verdade,apesar que meu irmão que jogou mais o Atari,também joguei,mas menos que ele,agora a partir do NES foi que começou realmente meu vício rsrsrs😁😂 e depois com SNES e Mega chegou ao auge 😆😎

Editado por 2D PLAYER

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, 2D PLAYER disse:

 

Verdade,apesar que meu irmão que jogou mais o Atari,também joguei,mas menos que ele,agora a partir do NES foi que começou realmente meu vício rsrsrs😁😂 e depois com SNES e Mega chegou ao auge 😆😎

 

Anos 90 baby era a nossa década hahahahahaha bom demais. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..