Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''pc''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Players
    • Consoles
    • Tecnologia & Hardware
    • Retro Players
    • RPG
  • OFF Topic
    • Geral
    • Esportes
    • Animes
    • Cinema, TV & Música
    • Rolos
  • Cerveja's Tópicos
  • Política.'s Tópicos

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Playstation Network


XBOX Live


Nintendo Switch


Local


Interesses

Encontrado 23 registros

  1. edit: Discussão do Iceborne começa a partir da página 20 segue a discussão original do anúncio do lançamento do Monster Hunter World Um monte de infos chegaram porque houve uma apresentação do jogo na E3, foi desenvolvido pelo time principal da série e ia ser batizado de Monster Hunter 5 mas mudaram de idéia, então é um jogo mainline e não um spin off como se pensava, é a evolução da série. Dengeki
  2. Ralf Jones

    Quais os jogos você zerou em 2017?

    Bem chacpas, como já é tradição (ou não) trago a vocês o tópico sobre os jogos que vocês terminaram no ano passado, no caso 2017, sejam eles para qualquer plataforma. Eu sou meio chato com isso, gosto de terminar a maior quantidade de jogos possíveis e ir eliminando meu backlog aos poucos, então eu anoto os jogos que eu terminei em um e-mail que eu mando pra mim mesmo, para sempre ficar sabendo quais foram os últimos... Então aqui vai a lista dos jogos que eu terminei em 2017 com a data que foi terminado, mas coloquem a de vocês ai, tenho curiosidade para saber como anda a vida gamistica de vocês, que estão todos velhos paia igual a mim! 1 - 02/01/2017 - The Crew 2 - 11/01/2017 - DMC 3 - 01/05/2017 - Quantum Break 4 - 16/05/2017 - Table Top Racing 5 - 21/05/2017 - Ignite 6 - 01/06/2017 - Mad Riders 7 - 04/07/2017 - Tekken 7 8 - 09/07/2017 - Skylar & Plux: Adventure On Clover Island 9 - 24/07/2017 - Call of Duty Black Ops 3 10 - 10/08/2017 - Middle Earth Shadow of Mordor 11 - 10/09/2017 - Gears of War 4 12 - 17/09/2017 - Recore 13 - 09/10/2017 - Strike Vector EX 14 - 06/11/2017 - Dariusburst Chronicles Savior 15 - 09/11/2017 - Sonic Forces 16 - 15/11/2017 - Sonic Mania 17 - 10/12/2017 - Wolfenstein 2 The New Colossus 18 - 18/12/2017 - Street Fighter V 19 - 24/12/2017 - Star Wars The Force Unleashed 2 20 - 31/12/2017 - Battlefield 1 Joguei todos no PC, que é a minha única plataforma atualmente.
  3. Ralf Jones

    [PC Steam] [PS4] Final Fantasy XII: The Zodiac Age

    Square Enix has announced Final Fantasy XII: The Zodiac Age for PlayStation 4. It is due out in 2017. The Zodiac Age is a high-definition remaster of Final Fantasy XII International Zodiac Job System, which adds to the original Final Fantasy XII with reconstructed game design and additional systems, with further system improvements and current generation technology. Here’s the list of improvements: Visual Improvements High-resolution upgrades for backgrounds, character models, and all 2D parts including fonts High-resolution upgrades for movie scenes Introduction of current generation visual expression Sound Improvements7.1ch surround support High-quality voice support English and Japanese voices (switch between them in the game configuration) Original and newly re-recorded BGMs (switch between them in the game configuration) Usability ImprovementsShorter load times Auto-save functionality added Improved high-speed mode and improved play time operability during high-speed mode Watch the teaser trailer below. View the first set of screenshots at the gallery. Visit the official website here. Read more at http://gematsu.com/2016/06/final-fantasy-xii-zodiac-age-announced-ps4#VwDhuDuBrVq6Z9te.99
  4. Ralf Jones

    Metal Gear Survive

    Konami apresenta Metal Gear Survive, primeiro game da franquia sem Hideo Kojima https://www.youtube.com/watch?v=X3hjRKGrC40 A Konami apresentou hoje "Metal Gear Survive", primeiro game da icônica franquia feito após a saída de Hideo Kojima da desenvolvedora. O que Kojima anda fazendo após terminar com a Konami? Seguindo os moldes da série de jogos, o game é um stealth para ser jogado em quatro pessoas e que se passa logo após os eventos de "Metal Gear V: Ground Zeroes". Após um buraco negro se abrir no final do último jogo, os soldados sobreviventes são enviados para um universo alternativo tomado por zumbis cobertos por um cristal misterioso. "Metal Gear Survive trará uma pegada mais leve na série com os famosos elementos stealth, mas com uma configuração co-op desenhada para oferecer uma experiência verdadeira e cativante de multiplayer" - Tomotada Tashiro, presidente da Konami da Europa No trailer, é possível ver o personagem Big Boss, mas ainda não está claro se ele terá uma participação efetiva no game, bem como outras caras conhecidas como Snake. Por enquanto, estas são as informações reveladas pela Konami sobre o primeiro Metal Gear 100% Não-Kojima. Após a Gamescon, possivelmente teremos mais informações sobre o jogo de multiplayer stealth. "Metal Gear Survive" será lançado em 2017 para PC, PS4 e Xbox One. fonte: http://adrenaline.uol.com.br/2016/08/17/45182/konami-apresenta-metal-gear-survive-primeiro-game-da-franquia-sem-hideo-kojima
  5. Pessoal, decidi fazer um tópico semelhante ao do Fórum Adrenaline com Ranking dos Benchmarks de nossas máquinas. Esse tópico abrigará os rankings de diferentes benchmarks, sejam de CPU e GPU. Nesse tópico também proponho discutirmos os nossos overclocks (dando dicas, analisando nossos overclocks). O objetivo do tópico é a utilidade de construirmos uma database nossa. Percebi que é deveras importante termos isso pois possibilita análises referentes a gargalos e baixa performance dos mais diferentes modelos de CPUs e GPUs. Não é somente um tópico para usuários exibirem máquinas potentes. Com a database se um usuário estiver tendo performance abaixo do que a peça do modelo dele deveria proporcionar, nós conseguiremos identificar rapidamente se tiver alguém com peça/build igual. Mesmo se sua máquina não for potente, é importante você participar para termos seus dados na nossa database. Quanto mais tivermos usuários divulgando os seus resultados dos benchmarks, mais teremos materiais para analisar problemas de gargalos e baixa performance e poderemos analisar melhor sobre a obsolência das peças (processo que torna as peças obsoletas) ou não. Deixo aqui o link do 3D Mark para baixar: - 3D Mark - Link para Download: clique aqui! Regras para os resultados dos benchmarks do usuário ingressar no Ranking 1- Para o resultado ser válido nos benchmarks o usuário deverá deixar o link para o resultado. 2- Eu atualizarei sempre que for possível o resultado do usuário e só poderão ser registrados os resultados da melhor pontuação do usuário (em Overclock ou não) e também o resultado da máquina dele em stock (sem overclock). 3- O Ranking dos Benchmarks serão da maior pontuação para a menor pontuação. 4- Serão aceitos resultados de builds diferentes dos usuários. Por exemplo, se o usuário trocou só a GPU o registro do score dele com a GPU antiga permanecerá. O objetivo maior do tópico é a database ser a mais abrangente possível com as mais variadas builds de PC. A comparação do e-pennis de PC é efeito consequente disso. 5- Caso deseje que mais um benchmark esteja na seleção do Tópico é só me passar o link para download que eu modificarei o primeiro post do tópico e adicionarei o Ranking do Benchmark. É de preferência que o benchmark seja gratuito para uso, mas pedindo que seja incluso benchmarks pagos eu incluirei sem problemas. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Fire Strike Ultra - 4K para Master Race ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Fire Strike Extreme - Para MultiGPU e Overclocked Systems ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Time Spy - 2K para PC High End 1º- 7257 - kidling build 2016-2 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + EVGA GTX 1080 FTW 2º- 6536 - Wiseman build 2018 Over - Link - i5 8600k 4,7Ghz + 8GB DDR4 3200Mhz + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2101Mhz / VRAM 2219Mhz 3º- 6112 - kidling build 2016-1 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + ASUS GTX 1070 Strix OC GPU 2000Mhz/ VRAM 2329Mhz 4º- 6025 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 5º- 5946 - Ralf Jones build 2016-2 Over - Link - i7 6700 4,0 Ghz + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX OC GPU 2063Mhz / VRAM 2050MHz 6º- 5706 - Xiubaca build 2016 Stock - Link - i7 6700k + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 1070 Founder's Edition 7º- 5693 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 8º- 5441 - Teko build 2016-1 Stock - Link - i5 6600 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1070 AMP! Extreme 9º- 5287 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition 10º- 4638 - qqt build 2016 Stock - Link - i5 2500k + 8GB DDR3 + EVGA GTX 1070 11º- 3884 - apesfiu build 2016 Stock - Link - i5 6500 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1060 6GB 12º- 3397 - Rare Fan build 2014 Stock - Link - i5 4590 + 8GB DDR3 + Gigabyte GTX 970 4GB G1 13º- 3325 - Ralf Jones build 2016 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 970 4GB Twin Turbo 14º- 2113 - Ryo build 2014 Stock - Link - i5 4690 + 8GB DDR3 + PNY GTX 770 2GB 15º- 1289 - Teko build 2016-2 Stock - Link - i5 6600 + 16GB DDR4 + PNY GTX 750 Ti ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Fire Strike - 1080p para PC High End 1º- 18509 - kidling build 2016-2 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + EVGA GTX 1080 FTW 2º- 16261 - Wiseman build 2018 Over - Link - i5 8600k 4,5Ghz + 8GB DDR4 3200Mhz + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2088Mhz / VRAM 2214Mhz 3º- 16253 - kidling build 2016-1 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + ASUS GTX 1070 Strix OC GPU 2000Mhz/ VRAM 2329Mhz 4º- 15711 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 5º- 15266 - Xiubaca build 2016 Stock - Link - i7 6700k + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 1070 Founder's Edition 6º- 15034 - Ralf Jones build 2016-2 Over - Link - i7 6700 4,0 Ghz + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX OC GPU 2063Mhz/VRAM 2050MHz 7º- 14615 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 8º- 13722 - Teko build 2016-1 Stock - Link - i5 6600 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1070 AMP! Extreme 9º- 13001 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition 10º- 11251 - qqt build 2016 Stock - Link - i5 2500k + 8GB DDR3 + EVGA GTX 1070 11º- 9783 - apesfiu build 2016 Stock - Link - i5 6500 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1060 6GB 12º- 9425 - Ralf Jones build 2016 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 970 4GB Twin Turbo 13º- 8746 - Rare Fan build 2014 Stock - Link - i5 4590 + 8GB DDR3 + Gigabyte GTX 970 4GB G1 14º- 6722 - Ryo build 2014 Stock - Link - i5 4690 + 8GB DDR3 + PNY GTX 770 2GB ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Sky Diver - Para PC e Lap top Mid End 1º- 32637 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 2º- 32415 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 3º- 26932 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Cloud Gate - Para Lap Top e PC básicos 1º- 29542 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 2º- 29377 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 3º- 22493 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Ice Storm Extreme - Para Dispositivos Móveis ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Ice Storm - Para Smartphones e Tablets básicos 1º- 7257 - kidling build 2016-2 Stock - Link - i7 6700k + 32GB DDR4 + EVGA GTX 1080 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Ice Storm 1.2 1º- 151005 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX
  6. Leonhart

    Oxemfree

    Depois de muito tempos sem fazer um review fiquei com vontade, terminei recentemente Oxemfree, lançado pela indie Night School Studio em janeiro de 2016, é um "adventure" lançado para PC, PS4 e Xbox One que vale ser conferido. História e Narrativa O jogo tem um clima de muito mistério do início ao fim, se passa todo em uma ilha onde um grupo de adolescentes vai passar as ferias, lá se deparam com eventos sobrenaturais dentro de uma caverna, a trama envolve vários temas como viagem no tempo e te prende até o final e é de longe o ponto mais forte do jogo. Gameplay O jogo funciona como uma especie de adventure com um sistema de diálogos interessante que lembra de leve o de Mass Effect, te dando algumas opções pra cada conversa, alterando a maneira que personagens te veem, eventos no jogo e até o final. Visual e Música Visualmente o jogo é bonito, com uma câmera bem afastada que da boa ideia de escala do cenário, a composição lembra um pouco FF VII lol, com background pintando e personagens 3D levemente SD. A música transmite bem a ideia de mistério do jogo e de se estar explorando um local estranho e desconhecido. Porque jogar? Oxemfree é daqueles jogos indies curtos e inspirados, tem por volta de 5h de duração e vai te prender pela história, outro ponto alto nele é o replay, como o jogo lida com tema de viagem no tempo a sua segunda vez jogando vai ter muitas influências da primeiro, explorando isso de maneira muito criativa e com vários finais possíveis. Bem é isso ai, espero que tenha ficado bacanudo o review, é um jogo que merece atenção chapas.
  7. psg1

    Dying Light - um mirrors edge of the dead

    Surprise! Dying Light Is A New Free-Running First-Person Zombie Game Here's the first big-budget big game surprise of the E3 season: Dying Light, a first-person free-running zombie survival game from Techland, the makers of Dead Island, slated for current and next-gen consoles (and PC) for 2014. Think: Mirror's Edge with the undead. The game was featured last week at a special pre-E3 showcase for select gaming press held by Warner Brothers Interactive Entertainment, publishers of the Batman: Arkham and Scribblenauts games. I was there. I saw the game. It presents really well. Or at least it did—and probably will again. There are two issues with it. But hold those thoughts. The game takes place, as so many do, in a world beset with zombies. It looks like Rio, but they're not specifying. Familiar set-up, novel execution: you play in the first-person perspective through a day-night cycle. By day, you prowl the open-world, scavenging for supplies, going on missions and side-missions, using weapons—I mostly saw melee weapons—in order to fight zombies and other survivors. (There will be guns, too.) But at night, zombies become more powerful and aggressive. You pretty much just run. All of this happens with the added twist that you can do parkour across rooftops. It's a pity WBIE hasn't released video of the game yet, because that's the "wow" element here—the experience of running from zombies across rooftops with the grace and speed not seen since DICE's beloved free-running game Mirror's Edge is the thing that makes it special. In the demo I saw, played live presumably on PC, the game's protagonist first ran across rooftops with a bat in hand, bashing zombies, climbing poles, jumping into a house to find a girl who was crying and hiding in a closet. The player switched to an axe and then a machete. There's a weapons-crafting system, so our guy then made himself an electrified machete, used that and then kicked some zombies, to boot. (Pun intended. Deal with it.) At one point, the player came upon some other people who had beat our guy to some supplies. Our guy put his hands up and backed off. The sun began to set and things became more ominous. More zombies seemed to shuffle among the streets. We had to hide. It turns out that our character is himself infected with a zombie virus and that enables him to see the more powerful zombies out there. We spotted one, but it gave chase. This led to the most interesting moment in the demo—one that hopefully wasn't canned, because, if it's dynamic, well, this could be great: the player ran from a crowd of these zombies, looking back with what was presumably the tap of a look-behind button; he got far enough ahead and ran into a building; they missed that and ran past, he ran around them, confounding their stupid zombie brains, defying their deadly flocking, all while in a high-speed run. In theory, you can do all of this in four-player co-op, too. Asked if the developers at the Polish studio Techland were apprehensive about making yet another zombie game, one of the game's developers, a man who goes by the name Blaze, said, "That would only be the case if we didn't believe in the originality of the game. I think the day-night cycle, the way the world lives by it—and the complete freedom to explore it based on the free-running—are, I think, defining elements for the game. [They are] not the only important parts, but definitely the parts we used to set it up as something different." The game is being built primarily for the next-gen PlayStation 4 and Xbox One consoles and PC, he added, though it'll be downscaled in some undefined way for PS3 and Xbox 360. It's being created by Techland's original Dead Island team. A different team made the Dead Island sequel Riptide. But there are two issues. One is that the timing of this game's announcement is a little awkward, as, given the bloody events in London yesterday, this suddenly doesn't feel like a very appealing fantasy: The other issues, let's be frank, is the developer. Techland is a studio of great ambition and, recently, less great execution. The recent Riptide was ripped as a technological and technical disappointment. The studio, in general, is one of big ideas that don't seem to be consistently delivered. I asked Blaze about this, pointing out that others, like me, might be torn between wanting to be optimistic but feeling skeptical about Techland's rep. "We are definitely learning all the time and changing the processes," he said. "In this case, putting the best people we have on this with the task of making sure this game is the biggest, best game we ever made, because that’s how we look at it. And getting a partner like Warner Bros. Interactive Entertainment—with all the power, capabilities and experience, from consumer research to supporting us on the tech side—this is all geared toward delivering a better game, capital B." I mentioned that the Fallout/Skyrim people at Bethesda had recently had similar problems. They'd been releasing really buggy games and had changed some processes so that they could better deliver games that ran well. I pressed for some clarity on what Techland was changing so that they could deliver something closer to what they promised. "There are stories behind every game we can never discuss publicly, because we’re classy," he said, surely aware that I understood that Techland's recent games have come form other publishers than WBIE. "We don't want to blame any circumstances or anyone or anything because ultimately we are responsible and there's no escaping that. But this is a complicated, multi-million dollar business and not everything always goes perfectly. But we are doing all we can to make Dying Light as great a game as it can be." Dying Light is set for a 2014 release. Keep an eye out for video footage. I initially rolled my eyes at the sight of yet another zombie game, but the free-running really does make this game look special. enfim é esperar para ver... tomara que essa tranqueira de estudio acerte na execução disso
  8. ragecom

    [PC/PS4] Mother Russia Bleeds

    Ignorei totalmente esse jogo na E3. Vi um vídeo aqui agora e gostei pra caralho. Beat 'em up promissor com um jeito de Hotline Miami.
  9. psg1

    Cossacks 3

    quem pegou isso na epoca manja que é jogao era um age of empires onde dava para socar quase 10k unidades na tela
  10. Cyco

    A E3 vai ter uma palestra pra PC games

    achei que valeria um tópico, pra mim é uma estratégia marota de marketing da AMD, mas é uma boa idéia e espero que cresça.
  11. ragecom

    [PC] Thomas was Alone

    Acabei de terminar Thomas was Alone e vim compartilhar com vocês essa experiência gamística única que esse jogo proporcionou. Como de costume, evitarei ao máximo fazer spoilers. Bem, como começar a falar de um jogo tão simples, mas ao mesmo tempo tão profundo? Eu costumo fazer esses reviews mas sinceramente acho que este será o mais difícil de descrever até agora. Thomas was Alone é um jogo meio platformer 2D, meio puzzle. O objetivo do jogo é levar Thomas (e/ou qualquer um dos outros personagens) ao final da fase, posicionando-os em um portal que tem exatamente a mesma forma do personagem. A fase termina e o jogo progride quando todos os personagens da fase estão em posição, em seus devidos portais. Este mundo, estes portais e os próprios personagens são parte de um "universo" que se passa dentro de computadores em uma empresa. Esta empresa desenvolve agentes de inteligência artificial, que começaram a ganhar vida dentro deste universo virtual. A sua percepção deste mundo virtual é na forma de 2D e a percepção deles próprios é representada por quadriláteros. O jogo é extremamente simples e minimalista graficamente falando. Thomas é representado por um retângulo laranja. Com o passar das fases, Thomas vai encontrando outros personagens, cada um com uma habilidade uma PERSONALIDADE em especial. Estou frisando essa parte da personalidade porque o enredo do jogo é (maravilhosamente) narrado, passando uma forte impressão de que aqueles retângulos possuem vida, sentimentos. O jogo gira ao redor de diversos personagens, sendo que Thomas é o principal. Irei listar aqui alguns dos principais (não se preocupem com spoilers, eles aparecem logo nas primeiras fases do jogo). . Thomas, o retângulo vermelho. Ele pula e corre razoavelmente bem. É bom na maioria das situações. A maior característica de Thomas é ser um observador e curioso. . Christopher, o quadrado beje. Ele é lento e pula baixo, porém por ser um quadrado pequeno, Christopher consegue atravessar passagens que nenhum dos outros são capazes. O temperamento de Chris é sarcástico e ele sente um certo complexo por não ser tão hábil quanto os demais. . John, o retângulo amarelo. Ele pula bastante alto e é bem rápido. John lembra uma espécie de atleta de escola americana. . Claire, o quadrado azul. Claire anda devagar e pula baixo, porém é a única que consegue boiar na água. . Laura, o retângulo rosa. Ela pula extremamente baixo e é lenta, porém ela serve como trampolim para os demais. Por causa desta característica, Laura se sente "usada" pelos demais. Essas características pessoais que descrevi são facilmente perceptíveis apenas pela narrativa do voiceover do jogo. Essa voz que narra o jogo é incrível - cada uma das 100 fases possui um texto de voiceover e é sempre incrível ouvi-la. O narrador faz todo o diferencial do jogo, sua voz é clara e eloquente, e a narrativa é muito bem escrita (ao ponto de conseguir passar personalidades diferentes para cada um destes personagens, visualmente tão simples). O OST é outro ponto alto do jogo. Este é o tipo de jogo que se deve jogar com fones de ouvido e ficar imerso naquelas músicas tão calmas e que se encaixam tão bem neste jogo. As músicas são calmas como eu disse, mas não são "músicas de elevador". Os gráficos são bem simples como todos sabem, porém existem alguns detalhes bem legais. Por exemplo, toda fase possui um foco de luz - o efeito dos retângulos passando por eles é interessante e ajuda a compor a atmosfera interrogativa e hipnótica do jogo. Dá pra classificar Thomas was Alone como um jogo artístico, porém de uma forma bem diferente do "tradicional". Seria até covardia comparar um jogo indie de crowdfunding com pérolas como Ico, SOTC, Journey ou Okami, mas ainda assim Thomas was Alone passa essa impressão artística, de que cada detalhe foi pensado com o intuito de passar uma emoção, causar algum tipo de sentimento no jogador. Acho que é isso. Estou satisfeitíssimo de ter jogado Thomas was Alone. Ele custou 9,90 dólares (download) e valeu cada centavo. Vou pesquisar pra ver se acho o OST em CD para comprar. Recomendo fortemente. Metacritic: 77/100 Nota Rage: 8,5/10
  12. ragecom

    [Android] Five Nights at Freddy's

    Five Nights at Freddy's é um jogo indie que acabo de terminar. Vou fazer um reviewzão boladão... O enredo do jogo é o seguinte: você é o segurança noturno desta pizzaria chamada Freddy Fazbear's Pizza, e está ouvindo a gravação com dicas do último segurança noturno. Este restaurante possui mascotes robotizados que serviam para entreter as crianças com danças e música. Ao todo são quatro mascotes: Foxy (raposa), Bonnie (coelha), Chica (galinha) e Freddy (urso). Contudo, um dia uma pessoa vestida como o urso Freddy assassinou cinco crianças nas dependências do restaurante e seus corpos nunca mais foram encontrados. Atualmente o restaurante está fechado pela vigilância sanitária devido a denúncias de clientes de que os mascotes robozitados cheiram como corpos e possuem sangue saindo dos olhos (o jogo deixa subentendido, mas não 100% claro se as crianças mortas foram "empalhadas" dentro dos mascotes). E você, como vigilante, deve passar cinco turnos da noite cuidando do local. Porém, à noite os mascotes robotizados caminham livremente pelo estabelecimento. Pelos avisos do antigo funcionário, os robôs caminham apenas à noite para que seus motores não enferrugem, uma vez que não podem mais ser ligados de dia depois do episódio da "Mordida de 87", onde um dos mascotes deu uma dentada em um cliente e lhe arrancou fora o lobo frontal. Bonnie atacando O objetivo do jogo é cumprir o turno sem ser morto pelos mascotes. Você está sentado na cabine de segurança e existem portas à direita e à esquerda. Você pode acender as luzes destes corredores (para onde levam as portas), abrir e fechar as portas e acessar as câmeras de segurança, que mostram cada um dos ambientes do restaurante. Tudo isso está muito bem, mas cada uma dessas ações gasta a luz do gerador e se a luz acabar antes seu turno terminar, você está completamente indefeso perante os mascotes e morrerá. Observar onde os mascotes estão pode ser feito pelas câmeras de segurança, mas eles podem não aparecer em nenhum lugar por estarem em pontos cegos da câmera. Fora isso, há um cômodo que possui apenas áudio e muitas vezes todas as câmeras dão defeito ao mesmo tempo, impossibilitando saber onde estão os personagens. Muitas vezes eles ficam bem na espreita de uma das portas, fazendo com que você acenda a luz várias vezes para ver se eles estão lá, mas não vem efetivamente. Apesar de cada turno ser de seis horas e cada hora passar em um minuto, são sempre seis minutos extremamente tensos e paranóicos, verificando as câmeras, fechando e abrindo as portas, acendendo e apagando as luzes. Uma das câmeras de segurança - Bonnie, Chica e Freddy comportadinhos Alguns mascotes se movem bem rapidamente, enquanto outros se movem devagar: Foxy e Freddy movem-se rapidamente e se você os ver se movendo nas câmeras, deve imediatamente fechar a porta correspondente, do contrário eles conseguirão entrar na cabine (questão de segundos). Já Bonnie e Chica andam em mais ambientes, porém mais devagar - é possível fechar as portas quando eles estiverem na entrada da cabine, porém se você demorar eles conseguirão entrar. Existe uma versão demo do jogo com as duas primeiras noites. Eu joguei essa demo, me amarrei e comprei o jogo completo para Android por 2,99 dólares. Acho que valeu muito a pena. Li que existem versões para iOS e PC também. Recomendo fortemente pelo custo-benefício. Eu nunca tinha visto uma abordagem tão simples, mas ao mesmo tempo tão envolvente em um jogo de terror, e ainda por cima utilizando apenas mecanismos de point and click. Metacritic: 78/10 Nota Rage: 7/10
  13. Cyco

    telltale/vertigo - The Wolf Among Us

    primeiro episódio sai dia 11 pra PC e 360, alguns dias depois no PS3 se conseguirem o mesmo nível de narrativa do The Walking Dead vai ser lindo http://www.youtube.com/watch?v=QIgx0vPPDtA espero que role o primeiro episódio free na PS+ como teve no TWD
  14. Minato

    Humble Bundle week

    Vai rolar o humble bundle week, com um jogo diferente por semana What is the Humble Weekly Sale? The Humble Weekly Sale is a pay-what-you-want promotion that runs for one week, with a new deal launching every Tuesday. That means you’ll have to act fast so you don’t miss these sweet deals every week! As with our bundles, you’ll be able to allocate your purchase amount any way you want: to charity, to the developers, or even us. Comecando por bastion http://www.humblebundle.com/weekly
  15. Alexandros

    [PC] X Rebirth - 15/11/2013

    Criando tópico pra não ficarmos tendo que falar do jogo em outros tópicos espalhados pelo fórum. 15 de novembro tá logo ali!
  16. Estou fazendo esse tópico propondo que concentremos as dúvidas e problemas de PC e notebooks. Eu tenho algumas dúvidas, já que sou newbie e ignorante sobre informática. 1- Minha TV tem saída RGB. Estou usando a saída HDMI. Se eu começar a usar a RGB melhorará o input lag? 2- Se usar a saída RGB não terei som transmitido para TV. Como resolveria isso? Teria que comprar umas caixas de som? 3- Minha TV não tem saída DVI. Ela é melhor do que RGB ou estou falando besteira? Basicamente, é isso por enquanto. Agradeço quem possa ajudar.
  17. ragecom

    Códigos clássicos

    Relembrando alguns códigos clássicos, depois que dihbooa postou no status dele o easter egg no site da Vogue com o Konami code. Alguns que não saíram da minha cabeça: IDDQD - God mode no Doom (PC) IDKFA - O mais clássico de todos pra mim! Armas, munição e keycards do Doom (PC) IDCLIP - Clipping mode no Doom (PC) IDBEHOLDL - Mais luz em Doom (PC) ABACABB - Clássico absoluto!!! Blood mode on no Mortal Kombat (Mega Drive) CIMA, BAIXO, ESQUERDA, DIREITA, A, START - Sonic (Mega Drive) C-CIMA, C-BAIXO, C-ESQUERDA, C-DIREITA - Habilita no cheat menu de Hexen (N64) C-ESQUERDA, C-DIREITA, C-BAIXO - Habilita o god mode no cheat menu de Hexen (N64) Postem seus códigos clássicos que vocês ainda saibam de cabeça!
  18. Checkpoint Gamer 04 - Review Gigabyte GeForce GTX 650Ti Você está querendo jogar os principais games de PC da atualidade mas não está querendo gastar uma fortuna ? Que tal conhecer uma placa de vídeo de médio custo e satisfazer sua vontade ? O Canal Checkpoint Gamer apresenta o review da placa de vídeo fabricada Gigabyte, GeForce GTX 650Ti Overclok Edition. Conheça as principais características, confira os testes de performance e saiba quais são as impressões do Canal Checkpoint Gamer. Aproveite e se inscreva no nosso Canal para conferir as novidades sempre em primeira mão em http://www.youtube.com/CanalCheckpointGamer
  19. ragecom

    [PC] Pyongyang Racer

    Welcome to Pyongyang: North Korea's first video game is awful Published February 22, 2013 Finally. A video game about going to the gas station. Pyongyang Racer. Watch yourself. You know how much fun you have driving around and finding places to fill up your car with fuel? Now you don't even have to leave your house. North Korea's come up with a fascinatingly awful simulation of this mind-numbingly menial chore. Koryo Tours, in conjunction with IT firm Nosotek and the Government have developed North Korea's first ever PC "game" - Pyongyang Racer. "Collect petrol barrels to keep your car full of fuel. If you don't, you will run out of petrol and the game ends." The last thing you need between bouts of Modern Warfare and episodes of Breaking Bad, is having to tend to a virtual video-game car that's sitting on empty. You don't want that. At least marketing knows it's not likely to challenge Halo and Call of Duty in the high-end gaming market. "This game was developed in 2012 and is not intended to be a high-end technological wonder hit game of the 21st century, but more a fun race game (arcade style) where you drive around in Pyongyang and learn more about the sites and get a glimpse of Pyongyang." It certainly sounds like fun. Read more: http://www.foxnews.com/tech/2013/02/22/welcome-to-pyongyang-north-korea-first-video-game-is-awful/#ixzz2OAedftxX --- Exijo port para PS3.
  20. ragecom

    [PC] Jones in the Fast Lane

    Provavelmente não é novidade para a maioria, mas ontem eu estava procurando informações sobre esse jogo, que foi um dos primeiros jogos que joguei em PC, e encontrei ele via flash: http://home.broadpark.no/~kboye/jones/jones.html Pra quem não conhece, é um dos pioneiros "life simulators" e o primeiro que conheci. É extremamente divertido, existem dezenas de possibilidades dentro do jogo (ser assaltado, comprar eletrodomésticos, ganhar na loteria, penhorar seus bens, etc). Chega a ser incrível pensar na quantidade de coisa que pode acontecer em um jogo de 1990. Desconheço ports, apenas verão PC mesmo. Quem não conhece, vale a pena conferir. Quem quiser matar saudades, basta clicar no link acima.
  21. ragecom

    Arcades holográficos

    No Playcenter (atual Hot Zone) no Barrashopping tinha um desses. É um arcade que funcionava com hologramas. Nunca joguei, infelizmente. Era tipo umas 100 fichas cada jogada Os hologramas: A máquina: Quem lembra? Sei que tiveram outros jogos (também da Sega) utilizando holograma mas Time Traveler foi o único que vi ao vivo. Lembro na época que minha reação foi tipo
  22. ragecom

    [Android] Radiant Defense

    Estou colocando o modelo do meu celular e a versão do Android porque dizem que tem disso... Tem uns que rodam, uns que não rodam, bla bla bla... Esse é o meu primeiro review de um jogo de Android. Na verdade só comecei a levar a sério jogos de tablet/celular há pouco tempo. Baixei um monte de jogos que me recomendaram e eventualmente acabei chegando em Radiant Defense. Confusão linda e radiante Radiant Defense é um jogo estilo tower defense. Ou seja, existe um vortex de onde saem os aliens, se dirigindo ao portal que deve ser defendido. Esse nem é muito o meu estilo de jogo, mas achei Radiant Defense tão viciante que até parei de dormir no ônibus lol. O enredo é clichê e sempre no início de cada missão há uma conversa entre o general terráqueo, o cientista terráqueo nerdzão e o mestre alien bolado lá e essa é a forma que o jogo tem de passar um pequeno tutorial quando necessário, mas até que quase tudo no jogo é bem auto-explicativo. Mas fora isso, esses diálogos são engraçadinhos de se ler. Cada missão é composta por ondas de aliens que tentarão passar do vortex para o portal. Caso você morra (uma quantidade de aliens maior que a permitida passar) você recomeça daquela onda de inimigos e pode refazer a sua estratégia de defesa. Mas ai é que está o grande lance do jogo: muitas vezes você precisa recomeçar a missão toda porque o preço de venda das armas é muito inferior ao de compra. Um exemplo: se você compra um turret por 300, o preço de venda dele é tipo 120. Então se você chegar numa onda onde aquele turret não é mais necessário e precisa de outra arma no lugar, você não conseguirá comprá-la. Muitas vezes é preciso recomeçar a missão toda para mudar a estratégia. As armas são variadas. Existem três armas básicas: o laser, o canhão e o turret. Para aumentar o arsenal é preciso comprar um research unit, que habilita jatos de ácido, armas específicas para destruir escudos, etc. Também é possível comprar no Play packs de extensões do jogo que habilitam mais armas, que provavelmente são as melhores, mas não comprei. Você compra armas com o orçamento básico da missão e ganha mais dinheiro matando aliens. E ai entra mais um aspecto importante do jogo: economizar é fundamental porque sempre ao final de cada onda de aliens você recebe 10% do dinheiro que você tem no momento em que aquela onda acaba. As armas podem sofrer upgrades, e isso também é importante porque armas no nível máximo de upgrade equivalem em poder de fogo a sete armas daquele mesmo tipo no nível básico, mas por apenas 4/7 do valor. Ou seja, como é mais jogo dar upgrade nas armas do que comprar mais armas do mesmo tipo, o ideal é posicioná-las muito bem para tirar o máximo proveito. Aliens vindo de escudão Os inimigos são variados... Alguns se regeneram com o tempo, alguns possuem escudos, alguns são mais resistentes ou mais sensíveis a determinadas armas, enfim. Outra estrutura importante do jogo são os construction modules. São em cima deles que você posiciona as armas, mas mais do que isso, eles influenciam no caminho em que a onda de aliens vai passar (lógico - se você colocar um módulo no caminho dos aliens, eles terão que contorná-lo). É possível ver o caminho exato que os aliens vão passar no começo de cada onda. Esses módulos para construir não são comprados, e sim ganhados a cada missão ou onda. Eles são fundamentais porque você pode fazer verdadeiros labirintos no caminho dos aliens de forma que eles fiquem mais tempo sob fogo. Como a maioria dos jogos para celular, cada missão vale até três estrelas (que no caso de Radiant Defense, são caveirinhas). Para chegar a três caveirinhas é necessário passar a missão toda sem deixar nenhum alien passar pelo portal. É bem difícil. Resumindo... Achei o jogo variado, extremamente divertido, viciante, desafiador e com gráficos bastante razoáveis. Vale a pena baixar. Nota Rage: 80/100
  23. ragecom

    [PS3] Sonic Generations

    Resolvi fazer um reviewzinho rápido de Sonic Generations. Bem, logo que aparece o logo da Sonic Team eu já arrepio, e mesmo sendo seguista assumido, tentarei fazer esse review o mais imparcial possível. Fuck yeah!!!! A história não poderia ser mais aleatória. O jogo começa com um cutscene mongol onde Sonic, Tails e todos os seus amigos dispensáveis estão fazendo um PIQUENIQUE. Ai do nada vem um monstrão bolado que COME O TEMPO e não deixa prega sobre prega. Sonic acorda em um limbo onde tudo está congelado e existem algumas fases para entrar e jogar. Cada fase possui dois acts, sendo um com o Sonic 3D e outro com o Sonic 2D. A jogabilidade do Sonic 2D é bem parecida com o Sonic 2 do Mega Drive, ou seja, nada além do necessário. A jogabilidade do Sonic 3D é similar à de Sonic Adventure, o que é excelente. Cada vez que você completa os dois atos de uma fase, ela se descongela e você libera algum dos amigos de Sonic. Esses amigos são utilizados em sidequests, cada um tem uma função específica. Até que é bem divertido. A cada três fases descongeladas, você tem acesso ao boss gate, porém para enfrentar o boss são necessárias sempre três chaves. Estas chaves você libera jogando determinados sidequests, o que dá uma diversificada no jogo. Perfect Chaos lindo demais... Alternar entre Sonic 3D e Sonic 2D a cada fase ou act é muito legal - são sempre acts com o mesmo tema, porém em 2D e em 3D. Achei a ideia genial e agrada tanto às viúvas do Mega Drive quanto às viúvas do Dreamcast (eu pessoalmente sou viúva de ambos). Na minha opinião esse é o primeiro grande Sonic depois de Sonic Adventure 2. A sensação de velocidade está ainda melhor. Dá vontade às vezes de dar uma parada e admirar os imensos cenários. E falando em cenários... Os mapas são incrivelmente grandes! Existem MUITAS rotas que se pode tomar até o objetivo, umas mais rápidas, outras mais lentas, umas mais difíceis, outras mais fáceis. Mas isso você só pega mesmo jogando várias vezes a mesma fase e explorando. As lutas com os bosses são todas diferentes e exigem estratégias específicas para detonar cada um. Alguns se joga com Sonic 2D, outras com Sonic 3D e outras você alterna entre um e outro. Várias fases são remakes de fases de Sonics anteriores. A primeira é a Green Hill Zone, por exemplo, e com soundtrack original!!! Ficou linda a versão 3D dela também. Tem também um remake de City Escape. Juro que arrepiei quando ouvi a clássica "follow me, set me free, trust in me and we'll escape from the city... I'll make it through lalalala...". Enfim. É um jogo rápido de se jogar, um grande nome para a franquia, recomendo tanto para saudosistas quanto para novos jogadores. Metacritic: 76/100 Nota Rage: 90/100
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..