Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''Tablet''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Players
    • Consoles
    • Tecnologia & Hardware
    • Retro Players
    • RPG
  • OFF Topic
    • Geral
    • Esportes
    • Animes
    • Cinema, TV & Música
    • Rolos
  • Cerveja's Tópicos
  • Política.'s Tópicos

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Playstation Network


XBOX Live


Nintendo Switch


Local


Interesses

Encontrado 6 registros

  1. Pessoal, decidi fazer um tópico semelhante ao do Fórum Adrenaline com Ranking dos Benchmarks de nossas máquinas. Esse tópico abrigará os rankings de diferentes benchmarks, sejam de CPU e GPU. Nesse tópico também proponho discutirmos os nossos overclocks (dando dicas, analisando nossos overclocks). O objetivo do tópico é a utilidade de construirmos uma database nossa. Percebi que é deveras importante termos isso pois possibilita análises referentes a gargalos e baixa performance dos mais diferentes modelos de CPUs e GPUs. Não é somente um tópico para usuários exibirem máquinas potentes. Com a database se um usuário estiver tendo performance abaixo do que a peça do modelo dele deveria proporcionar, nós conseguiremos identificar rapidamente se tiver alguém com peça/build igual. Mesmo se sua máquina não for potente, é importante você participar para termos seus dados na nossa database. Quanto mais tivermos usuários divulgando os seus resultados dos benchmarks, mais teremos materiais para analisar problemas de gargalos e baixa performance e poderemos analisar melhor sobre a obsolência das peças (processo que torna as peças obsoletas) ou não. Deixo aqui o link do 3D Mark para baixar: - 3D Mark - Link para Download: clique aqui! Regras para os resultados dos benchmarks do usuário ingressar no Ranking 1- Para o resultado ser válido nos benchmarks o usuário deverá deixar o link para o resultado. 2- Eu atualizarei sempre que for possível o resultado do usuário e só poderão ser registrados os resultados da melhor pontuação do usuário (em Overclock ou não) e também o resultado da máquina dele em stock (sem overclock). 3- O Ranking dos Benchmarks serão da maior pontuação para a menor pontuação. 4- Serão aceitos resultados de builds diferentes dos usuários. Por exemplo, se o usuário trocou só a GPU o registro do score dele com a GPU antiga permanecerá. O objetivo maior do tópico é a database ser a mais abrangente possível com as mais variadas builds de PC. A comparação do e-pennis de PC é efeito consequente disso. 5- Caso deseje que mais um benchmark esteja na seleção do Tópico é só me passar o link para download que eu modificarei o primeiro post do tópico e adicionarei o Ranking do Benchmark. É de preferência que o benchmark seja gratuito para uso, mas pedindo que seja incluso benchmarks pagos eu incluirei sem problemas. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Fire Strike Ultra - 4K para Master Race ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Fire Strike Extreme - Para MultiGPU e Overclocked Systems ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Time Spy - 2K para PC High End 1º- 7257 - kidling build 2016-2 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + EVGA GTX 1080 FTW 2º- 6536 - Wiseman build 2018 Over - Link - i5 8600k 4,7Ghz + 8GB DDR4 3200Mhz + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2101Mhz / VRAM 2219Mhz 3º- 6112 - kidling build 2016-1 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + ASUS GTX 1070 Strix OC GPU 2000Mhz/ VRAM 2329Mhz 4º- 6025 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 5º- 5946 - Ralf Jones build 2016-2 Over - Link - i7 6700 4,0 Ghz + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX OC GPU 2063Mhz / VRAM 2050MHz 6º- 5706 - Xiubaca build 2016 Stock - Link - i7 6700k + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 1070 Founder's Edition 7º- 5693 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 8º- 5441 - Teko build 2016-1 Stock - Link - i5 6600 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1070 AMP! Extreme 9º- 5287 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition 10º- 4638 - qqt build 2016 Stock - Link - i5 2500k + 8GB DDR3 + EVGA GTX 1070 11º- 3884 - apesfiu build 2016 Stock - Link - i5 6500 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1060 6GB 12º- 3397 - Rare Fan build 2014 Stock - Link - i5 4590 + 8GB DDR3 + Gigabyte GTX 970 4GB G1 13º- 3325 - Ralf Jones build 2016 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 970 4GB Twin Turbo 14º- 2113 - Ryo build 2014 Stock - Link - i5 4690 + 8GB DDR3 + PNY GTX 770 2GB 15º- 1289 - Teko build 2016-2 Stock - Link - i5 6600 + 16GB DDR4 + PNY GTX 750 Ti ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Fire Strike - 1080p para PC High End 1º- 18509 - kidling build 2016-2 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + EVGA GTX 1080 FTW 2º- 16261 - Wiseman build 2018 Over - Link - i5 8600k 4,5Ghz + 8GB DDR4 3200Mhz + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2088Mhz / VRAM 2214Mhz 3º- 16253 - kidling build 2016-1 Over - Link - i7 6700k 4,4Ghz + 32GB DDR4 + ASUS GTX 1070 Strix OC GPU 2000Mhz/ VRAM 2329Mhz 4º- 15711 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 5º- 15266 - Xiubaca build 2016 Stock - Link - i7 6700k + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 1070 Founder's Edition 6º- 15034 - Ralf Jones build 2016-2 Over - Link - i7 6700 4,0 Ghz + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX OC GPU 2063Mhz/VRAM 2050MHz 7º- 14615 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 8º- 13722 - Teko build 2016-1 Stock - Link - i5 6600 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1070 AMP! Extreme 9º- 13001 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition 10º- 11251 - qqt build 2016 Stock - Link - i5 2500k + 8GB DDR3 + EVGA GTX 1070 11º- 9783 - apesfiu build 2016 Stock - Link - i5 6500 + 16GB DDR4 + Zotac GTX 1060 6GB 12º- 9425 - Ralf Jones build 2016 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Gigabyte GTX 970 4GB Twin Turbo 13º- 8746 - Rare Fan build 2014 Stock - Link - i5 4590 + 8GB DDR3 + Gigabyte GTX 970 4GB G1 14º- 6722 - Ryo build 2014 Stock - Link - i5 4690 + 8GB DDR3 + PNY GTX 770 2GB ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Sky Diver - Para PC e Lap top Mid End 1º- 32637 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 2º- 32415 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 3º- 26932 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Cloud Gate - Para Lap Top e PC básicos 1º- 29542 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX 2º- 29377 - Wiseman build 2016 Over - Link - i7 2600k 4,6Ghz + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp OC GPU 2139Mhz / VRAM 2371Mhz 3º- 22493 - Wiseman build 2016 Stock - Link - i7 2600k + 16GB DDR3 + Zotac GTX 1070 Amp Edition ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Ice Storm Extreme - Para Dispositivos Móveis ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Ice Storm - Para Smartphones e Tablets básicos 1º- 7257 - kidling build 2016-2 Stock - Link - i7 6700k + 32GB DDR4 + EVGA GTX 1080 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Ranking 3D Mark - Ice Storm 1.2 1º- 151005 - Ralf Jones build 2016-2 Stock - Link - i7 6700 + 16GB DDR4 + Galax GTX 1070 EX
  2. ragecom

    Rede móvel 5G

    Verizon will start testing speedy 5G wireless in 2016 08/09/2015 A Verizon Communications Inc. Store Ahead Of Earnings Figures Fast 4G data is only just becoming relatively commonplace in the US, but Verizon is already thinking about the next big thing. The carrier just unveiled plans to trial 5G wireless service sometime during 2016. There's no mention of when it's likely to deploy 5G in earnest, but the technology theoretically makes even modern-day LTE look pokey. You could get 50 times the peak bandwidth, under 10 milliseconds of lag and headroom for many more devices. In short, this is the cellular tech you've been waiting for -- it nearly eliminates the gap in quality between landline internet access and your smartphone. Big Red isn't a stranger to fast network rollouts -- it was the first major carrier to offer LTE in the US, after all. However, whether or not it can pull that off with 5G is another matter. There isn't a finalized 5G standard yet, so the test run might not move forward until the dust settles on the new spec. Also, there's no guarantee that 5G will arrive quickly, or with the quality Verizon is teasing. It took years before LTE was widely available, and the network has had trouble keeping up with demand. Even if all the stars align and 5G arrives quickly, you may have to deal with limited coverage and so-so performance for a while to come. Fonte: Engadget Requisitos a serem atingidos com a rede 5G (Wikipedia): The Next Generation Mobile Networks Alliance defines the following requirements for 5G networks: . Data rates of several tens of megabits per second should be supported for tens of thousands of users . 1 gigabit per second to be offered simultaneously to tens of workers on the same office floor . Several hundreds of thousands of simultaneous connections to be supported for massive sensor deployments . Spectral efficiency should be significantly enhanced compared to 4G . Coverage should be improved . Signalling efficiency should be enhanced . Latency should be reduced significantly compared to LTE
  3. ragecom

    Apps de realidade aumentada

    Esses dias resolvi experimentar alguns dos tão falados apps de realidade aumentada para Android. Abri o tópico pra trocar sugestões, pegar indicações de coisas legais, etc. 1) Real Pet Dragon - esse é o mais simples que vi, mas ao mesmo tempo acho que foi o que mais causou impacto em quem eu mostrei. Você imprime a folha AR e o app projeta um dragão em cima. É legalzinho, bom pra mostrar a tecnologia para quem nunca viu e certamente deve divertir crianças. 2) Table Zombies - esse é um jogo propriamente dito (apesar de ser meio ruinzinho). O jogo projeta um cenário na folha AR e o objetivo é sobreviver às ondas de zumbis que vão vindo. Eu joguei esse no celular, mas acho que no tablet deve ser mais divertido porque achei tudo muito pequeno. 3) Anatomy 4D - Esse é o mais impressionante na minha opinião. São mais de uma folha AR, e cada uma trás uma parte do corpo humano. Você pode ver o coração batendo, é impressionante e este foi o app que mais me "despertou" sobre como esta tecnologia pode auxiliar no aprendizado. Em uma das folhas AR (a do print abaixo) aparece o corpo humano inteiro e pelo app você pode selecionar quais sistemas deseja ver: digestivo, circulatório, etc. Muito interessante. Recomendem ae.
  4. ragecom

    Android 6.0 - Marshmallow

    Eu tinha postado isso no tópico geral de celulares mas acho que uma versão principal do Android merece tópico próprio. Assim fica mais organizado, vamos centralizar os debates nesse tópico aqui. Todas as informações abaixo foram retiradas do androidpit.com.br Android 6.0 - Marshmallow: Funções Dark Theme O tema branco do Android Lollipop feria as nossas retinas, principalmente quando os dispositivos eram usados no escuro. Com o Android M, é possível configurar um tema escuro de forma nativa. Uma bela otimização do Android M, que pode ser acessada nas opções de desenvolvedor: O Dark Theme pode ser escolhido de maneira nativa na prévia do Android M. / © ANDROIDPIT Infelizmente, o tema não vale para aplicativos. Bom saber que, ao menos no âmbito do sistema, o Android finalmente voltou para o ladro negro da Força, não acha? Controle de permissões de aplicativos O Google finalmente irá introduzir uma função esperada há anos pelos usuários do seu sistema operacional: com o Android M, será possível conceder e negar permissões singulares aos aplicativos antes da sua instalação, em vez de aceitar o pacote de permissões imposto pelo app. Claro, algumas permissões são inerentes ao funcionamento de certos serviços, portanto elas não poderão ser bloqueadas individualmente, mas mesmo assim é bom saber que o Android continua no processo de fornecer mais possibilidades de controle aos usuários. Gerenciamento de permissões de aplicativos no Android M. / © ANDROIDPIT Novas funções para melhorar a experiência com a web Uma das novidades é o uso de abas do Chrome em aplicativos, denominado Chrome Custom Tab, através deste novo recurso, será possível ter uma visão web em aplicativos ao adicionar uma janela customizada do Google Chrome na parte superior do aplicativo, por exemplo. Na demonstração foi usado o Pinterest e mostrou que no Android M, em vez de irmos para uma nova aba do Chrome ou para uma experiência visual da web, teremos uma aba personalizada, como um pop up, onde será possível ter acesso a algumas funções do Chrome, como salvar senhas, autopreenchimento dos campos a partir do teclado e recursos de segurança do Chrome. Acesso ao Google Now a partir da tela de bloqueio Até agora, a opção na parte inferior esquerda da tela permitia o acesso rápido ao app do telefone. Com o Android M, essa opção foi repensada e permite o acesso direto ao Google Now: uma maneira simples para efetuar uma busca ou fazer uma anotação rápida, por exemplo. O acesso direto ao Google Now a partir da tela de bloqueio. / © ANDROIDPIT App Links Aplicativos no Android M terão permissão para verificar outros aplicativos, ou seja, tudo ficará mais rápido visto que automaticamente abrirá um diálogo usando um aplicativo específico para aquela ação, sem a necessidade de termos que escolher entre os apps na nossa gaveta de aplicativos. Tomando como o exemplo o Twitter, atualmente precisamos responder qual ferramenta queremos utilizar para abrir uma postagem no microblog, agora isso será automático, visto que o app Twitter será considerado um sistema de confiança para o sistema. As URLs de domínio do Android M. / © ANDROIDPIT Android Pay: Suporte para pagamentos móveis O Android Pay traz a integração avançada entre emuladores de cartões, internet e conectividade NFC para oferecer uma forma de pagamento mobile mais simplicidade e segurança para os usuários de smartphones. O Android Pay é uma plataforma aberta e pode ser usado por outras entidades, como bancos, e não há necessidade de usar isso apenas com os serviços do Google (GApps). Inclusive desenvolvedores poderão usá-lo em seus aplicativos. Até o momento, ele é oferecido apenas nos EUA. Vale lembrar que o Android Pay possui suporte a partir do Android 4.4. Através do leitor de digitais será possível fazer pagamentos usando o Android Pay. / © Google Leitura de impressão digital O Android M trará o leitor de impressão digital como função nativa. Assim, você poderá utilizar o Android Pay, por exemplo, comprar apps na Play Store e fazer compras de modo geral. Esta função também servirá para desbloquear aparelhos, assim como temos no Galaxy S6 ou Galaxy Note 4, porém as OEM já não precisarão desenvolver a própria tecnologia, elas terão isso da Google. Melhor gerenciamento de energia O Android M terá como destaque o melhor gerenciamento de energia. A ideia é fazer com que os recursos do sistema sejam usados de forma inteligente e entreguem alta performance. Para tanto, os aplicativos no Android M serão capazes de diminuir a atividade em segundo plano quando não forem usados por determinado período de tempo, mas ainda serem ativos para eventos importantes, como alarmes. Isso faria com que o aparelho economizasse até duas vezes a bateria (promessa do Google a ser confirmada). Também teremos um novo padrão de USB, chamado USB Type-C, e com ele você poderá carregar um dispositivo no outro, pois as saídas serão iguais. A nova opção de ignorar otimizações de apps no que diz respeito à bateria. / © ANDROIDPIT Por fim, o menu dedicado à bateria traz a nova opção de "Ignorar as otimizações" descritas acima. Por padrão, três apps são configurados para não diminuir as atividades (e portanto o consumo de bateria): o gerenciador de downloads, o Play Services e a Play Store. Este menu permitirá que você configure também outros aplicativos para essa lista. A volta do modo silencioso Sim, o Google ouviu seus usuários, e agora existe novamente um modo silencioso facilmente acessível. Para ativá-lo basta pressionar o botão de diminuir volume até que o símbolo de vibração apareça. Clicando mais uma vez ele se apagará. Pronto, seu smartphone ficou silencioso e apenas o despertador ainda irá funcionar. Um modo silencioso bem mais simples no Android M. / © ANDROIDPIT Lista ABC no Google Now Launcher A partir de agora ficará mais fácil encontrar seus apps na visão geral de aplicativos, pois o registro ABC na lateral esquerda vai dar acesso rápido aos apps. Também novo: uma função de busca e uma barra superior com os últimos quatro apps usados. A nova lista ABC do Android M (direita). / © ANDROIDPIT Gerenciador de RAM O Android Lollipop já nos informa quais aplicativos utilizam muita memória RAM. Em comparação com o Android M, algumas melhorias foram feitas, pois agora há dois novos mostradores informando sobre o uso médio e máximo de RAM em cada aplicativo. O Android M informa o uso médio e máximo de memória RAM de cada aplicativo. / © ANDROIDPIT Usar o cartão SD como memória interna Se o seu dispositivo tiver entrada para cartão microSD, você pode comemorar. Com o Android M o cartão microSD pode ser formatado para que se comporte como a memória interna do dispositivo. Assim, será possível salvar normalmente qualquer aplicativo no cartão microSD. Novo gerenciador de memória interna Verdade seja dita, o Android apresenta um gerenciador de armazenamento interno um tanto rústico e pouco acessado por usuários regulares do sistema operacional. Ciente disso, o Google planeja mudanças também nesse departamento, e algumas delas já podem ser vistas na prévia do Android M. Acessando a opção Configurações > Armazenamento > Diversos para ver os serviços que consomem muita memória interna no Android, nos deparamos com uma interface digna dos primeiros anos do DOS. É possível apenas selecionar e apagar diretórios gerais, não sendo possível entrar nos mesmos e ver os arquivos individuais. No Android M (esquerda) os arquivos das pastas podem ser acessados diretamente; no Lollipop (direita) podemos ver e selecionar apenas os diretórios inteiros. / © ANDROIDPIT Com o Android M, a seção "Diversos" foi renomeada e se tornou "Outros Arquivos". Sua interface foi reformulada, ganhando o visual de um gerenciador de arquivos moderno. Nele temos duas possibilidades de visualização (em lista e em grade), e os diretórios podem ser ordenados por nome, data de modificação e por tamanho. Além disso, clicando numa pasta você pode abri-la e visualizar os arquivos individuais. Possibilidade de escolher a banda de frequência Wi-Fi Para quem compartilha com frequência a internet no seu Android, o Google acrescentou uma opção que permite determinar a banda de frequência com que o sinal é emitido (entre 2,4 GHz e 5 GHz). Uma boa opção, mas o sinal de 5,0 GHz só está disponível em dispositivos compatíveis (por enquanto, o Nexus 6 e o Nexus 9). Com o Android M você escolhe a banda de frequência Wi-Fi. / © ANDROIDPIT Personalização das Configurações rápidas Finalmente a possibilidade de seleção das Configurações Rápidas foi introduzida como recurso nativo no Android M, mas ainda presente nas Opções de Desenvolvedor. Ativando-as, contudo, você poderá escolher e mover os ícones do seu menu de Configurações Rápidas, em System UI tuner ou Sintonizador de System UI: A personalização das Configurações Rápidas no Android M. / © ANDROIDPIT
  5. ragecom

    Sailfish OS

    E cada dia mais o tão falado Sailfish OS vai aparecendo em mais dispositivos... Jolla investido pesado no mercado indiano. Se um dia vai bater de frente com o Android e iOS é outro papo, mas acho legal ter uma terceira opção (Windows Phone não é uma opção lol). Jolla inicia a pré-venda limitada de seu tablet com SailFish OS no exterior Jolla foi capaz de criar uma das campanhas mais bem-sucedidas no Kickstarter. O resultado foi a criação do primeiro tablet com o sistema operacional SailFish OS, capaz de rodar aplicativos Android. Embora o período de vendas por meio do financiamento público tenha acabado, a companhia com sede nos Estados Unidos volta a fazer parte das notícias ao iniciar a pré-venda do modelo para marcar seu retorno ao mercado. Nota-se que a comercialização está disponível apenas no exterior e a quantidade de unidades em estoque é limitada, como a própria empresa diz, então, mesmo que viaje para fora do Brasil, tenha em mente que os lotes irão acabar rapidamente. Fonte: Tudo Celular Features do Sailfish OS: Jolla Sailfish: 5 key features you should know about the OS The spacious Indian budget mobile market has been witnessing newer launches beyond leading OSes like Android, WP and iOS. After Firefox, Jolla smartphone running Sailfish OS has entered the Indian market. Sailfish OS comes from ex-developers of the cult-favourite Meego operating system. The ex-developers formed their own company, dubbed Jolla, after being laid off from Nokia. A few months later, we have our first look at what they’ve been working on behind the scenes. The company has even surprised us with a price tag of Rs 16,499 which is a departure from the budget phones we have been seeing lately with the Xiaomi Mi3, Redmi 1S and Asus Zenfone 5. The key highlight of the Jolla device is the design of the UI, multitasking ability, among several other things. The OS isn’t about single views, its developers call it all about verticality. Let’s take a quick look at the top 5 features that you should know about the new smartphone. Slick user Interface Though the user interface looks like it has borrowed tidbits from Blackberry 10, Windows Phone and Android, the developers have managed to put them together and build an interactive gesture-based user interface that adds uniqueness to the device. Sailfish OS will have a multitasking implementation similar to what we’ve seen in BlackBerry 10. The currently-running apps will be shown in a grid-styled interface that shows the whole window of the running apps. Just like Android widgets, users can interact with them directly. For instance, in the mail app, drag from the left to create a new message, or drag from the right to refresh messages. For the phone app, drag from the left to get the dialer, or drag from the right to get your list of contacts. Each tile also features live information like Windows Phone and can even continue playback of video. If you replace your phone’s back cover with a customised The Other Half cover, you get special content. Live Multitasking without physical/virtual buttons The home screen has nine large rectangles, similar to an elongated tic-tac-toe board. These are filled with up to nine of your open apps, so you can instantly get to any one. In fact certain actions can be performed right through this grid. The OS will be able to seamlessly switch between “screens” by using gestures. These gestures can be cancelled to simply get a look at the homescreen while continuing using whatever app you were using in the first place. This saves time once you get used to the gestures. To close an app, you can swipe down from the top edge like a window shade. If you’re already on the home screen, swipe down to lock the phone. This also ensures one gets to take advantage of more screen real estate as physical or virtual home, back, menu or search buttons can be replaced by gesture-based navigation. Supports Android apps The OS comes with compatibility for Android apps, thanks to the built-in Alien Dalvik layer from Myriad Group, better known for running Android apps on the Nokia N9. The Sailfish OS will also have API-level compatibility with Ubuntu apps. The company has been asking developers to build apps specifically for the Sailfish OS. Meanwhile, the lack of onscreen buttons means Android apps can easily run on the device and take advantage of the stock Android buttons can be effortlessly implemented. Free OS, but propriety features will cost Jolla’s smartphone is all about its operating system – Sailfish. Just like Android, the Meego-based Sailfish OS is also distributed to OEMs free of charge. However, it does for the licence of optional proprietary features. This would also mean phones running Sailfish can be highly customised, and if it is well adopted, could help churn out devices in varying price range. Unified messaging system Jolla is known to come with a unified messaging system. This means Facebook, SMS and WhatsApp messages can all be grouped into a single view. In fact, photos and contacts can also be unified with social networks that allow users to comment or like content, sans the need to access a dedicated app for each function. The lockscreen will provide all the notifications of calls and messages. Fonte: First Post Algumas fotos: Vídeos de hands-on do Sailfish OS (alguns até bem antigos, antes do Sailfish 2.0): Vamos centralizar aqui informações sobre os celulares e tablets Jolla e também releases importantes do Sailfish OS. Eu tinha curiosidade de usar pra ver como é.
  6. ragecom

    [Android] Five Nights at Freddy's

    Five Nights at Freddy's é um jogo indie que acabo de terminar. Vou fazer um reviewzão boladão... O enredo do jogo é o seguinte: você é o segurança noturno desta pizzaria chamada Freddy Fazbear's Pizza, e está ouvindo a gravação com dicas do último segurança noturno. Este restaurante possui mascotes robotizados que serviam para entreter as crianças com danças e música. Ao todo são quatro mascotes: Foxy (raposa), Bonnie (coelha), Chica (galinha) e Freddy (urso). Contudo, um dia uma pessoa vestida como o urso Freddy assassinou cinco crianças nas dependências do restaurante e seus corpos nunca mais foram encontrados. Atualmente o restaurante está fechado pela vigilância sanitária devido a denúncias de clientes de que os mascotes robozitados cheiram como corpos e possuem sangue saindo dos olhos (o jogo deixa subentendido, mas não 100% claro se as crianças mortas foram "empalhadas" dentro dos mascotes). E você, como vigilante, deve passar cinco turnos da noite cuidando do local. Porém, à noite os mascotes robotizados caminham livremente pelo estabelecimento. Pelos avisos do antigo funcionário, os robôs caminham apenas à noite para que seus motores não enferrugem, uma vez que não podem mais ser ligados de dia depois do episódio da "Mordida de 87", onde um dos mascotes deu uma dentada em um cliente e lhe arrancou fora o lobo frontal. Bonnie atacando O objetivo do jogo é cumprir o turno sem ser morto pelos mascotes. Você está sentado na cabine de segurança e existem portas à direita e à esquerda. Você pode acender as luzes destes corredores (para onde levam as portas), abrir e fechar as portas e acessar as câmeras de segurança, que mostram cada um dos ambientes do restaurante. Tudo isso está muito bem, mas cada uma dessas ações gasta a luz do gerador e se a luz acabar antes seu turno terminar, você está completamente indefeso perante os mascotes e morrerá. Observar onde os mascotes estão pode ser feito pelas câmeras de segurança, mas eles podem não aparecer em nenhum lugar por estarem em pontos cegos da câmera. Fora isso, há um cômodo que possui apenas áudio e muitas vezes todas as câmeras dão defeito ao mesmo tempo, impossibilitando saber onde estão os personagens. Muitas vezes eles ficam bem na espreita de uma das portas, fazendo com que você acenda a luz várias vezes para ver se eles estão lá, mas não vem efetivamente. Apesar de cada turno ser de seis horas e cada hora passar em um minuto, são sempre seis minutos extremamente tensos e paranóicos, verificando as câmeras, fechando e abrindo as portas, acendendo e apagando as luzes. Uma das câmeras de segurança - Bonnie, Chica e Freddy comportadinhos Alguns mascotes se movem bem rapidamente, enquanto outros se movem devagar: Foxy e Freddy movem-se rapidamente e se você os ver se movendo nas câmeras, deve imediatamente fechar a porta correspondente, do contrário eles conseguirão entrar na cabine (questão de segundos). Já Bonnie e Chica andam em mais ambientes, porém mais devagar - é possível fechar as portas quando eles estiverem na entrada da cabine, porém se você demorar eles conseguirão entrar. Existe uma versão demo do jogo com as duas primeiras noites. Eu joguei essa demo, me amarrei e comprei o jogo completo para Android por 2,99 dólares. Acho que valeu muito a pena. Li que existem versões para iOS e PC também. Recomendo fortemente pelo custo-benefício. Eu nunca tinha visto uma abordagem tão simples, mas ao mesmo tempo tão envolvente em um jogo de terror, e ainda por cima utilizando apenas mecanismos de point and click. Metacritic: 78/10 Nota Rage: 7/10
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..