Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''Microsoft''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Players
    • Consoles
    • Tecnologia & Hardware
    • Retro Players
    • RPG
  • OFF Topic
    • Geral
    • Esportes
    • Animes
    • Cinema, TV & Música
    • Rolos
  • Cerveja's Tópicos
  • Política.'s Tópicos

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Playstation Network


XBOX Live


Nintendo Switch


Local


Interesses

Encontrado 3 registros

  1. ragecom

    SQL Server 2016

    Na empresa que eu trabalho estamos com o 2014 na produção. O 2016 tem uma porrada de novidades interessantes, que tirei do Technet (abaixo). Hype grande aqui. Esse ano era pra eu ter ido no Teched em São Paulo pra conhecer algumas dessas novas funcionalidades mas infelizmente ocorreu um problema e não pude ir. SQL Server 2016 public preview coming this summer Satya Nadella, CEO of Microsoft, announced SQL Server 2016, an intelligent platform for a mobile first, cloud first world. The next major release of Microsoft’s flagship database and analytics platform provides breakthrough performance for mission critical applications and deeper insights on your data across on-premises and cloud. Top capabilities for the release include: Always Encrypted - a new capability that protects data at rest and in motion, Stretch Database - new technology that lets you dynamically stretch your warm and cold transactional data to Microsoft Azure, enhancements to our industry-leading in-memory technologies for real-time analytics on top of breakthrough transactional performance and new in-database analytics with R integration. Always Encrypted Data security is top of mind, especially for mission critical applications, and SQL Server has been the enterprise database with the fewest security vulnerabilities six years running.* To help customers with data security and compliance when using SQL Server on-premises or in the cloud, we are introducing Always Encrypted. Always Encrypted, based on technology from Microsoft Research, protects data at rest and in motion. With Always Encrypted, SQL Server can perform operations on encrypted data and best of all, the encryption key resides with the application in the customers trusted environment. Encryption and decryption of data happens transparently inside the application which minimizes the changes that have to be made to existing applications. Stretch Database Today, in the Ignite keynote, we showcased how you can gain the benefits of hyper-scale cloud in the box with new hybrid scenarios including Stretch Database. As core transactional tables grow in size, you may need to archive historical data to lower cost and to maintain fast performance. This unique technology allows you to dynamically stretch your warm and cold transactional data to Microsoft Azure, so your operational data is always at hand, no matter the size, and you benefit from the low cost of using Microsoft Azure. You can use Always Encrypted with Stretch Database to extend your data in a more secure manner for greater peace of mind. Real-time Operational Analytics & In-Memory OLTP Building on our industry leading and proven in-memory technologies, customers will benefit from the combination of real-time operational analytics with blazing fast transactional performance - a first among enterprise vendors. For In-Memory OLTP, which customers today are using for up to 30x faster transactions than disk based systems, you will now be able to apply this technology tuned for transactional performance to a significantly greater number of applications as well as benefit from increased concurrency. With these enhancements, we also introduce the unique capability to use our in-memory columnstore delivering 100X faster queries with in-memory OLTP for in-memory performance and real-time operational analytics. Built-in Advanced Analytics, PolyBase and Mobile BI For deeper insights into data, SQL Server 2016 expands its scope beyond transaction processing, data warehousing and business intelligence to deliver advanced analytics as an additional workload in SQL Server with proven technology from Revolution Analytics. We want to make advanced analytics more accessible and increase performance for your advanced analytic workloads by bringing R processing closer to the data and building advanced analytic capabilities right into SQL Server. Additionally, we are building PolyBase into SQL Server, expanding the power to extract value from unstructured and structured data using your existing T-SQL skills. With this wave, you can then gain faster insights through rich visualizations on many devices including mobile applications on Windows, iOS and Android. Additional capabilities in SQL Server 2016 include: . Additional security enhancements for Row-level Security and Dynamic Data Masking to round out our security investments with Always Encrypted. . Improvements to AlwaysOn for more robust availability and disaster recovery with multiple synchronous replicas and secondary load balancing. . Native JSON support to offer better performance and support for your many types of your data. . SQL Server Enterprise Information Management (EIM) tools and Analysis Services get an upgrade in performance, usability and scalability. . Faster hybrid backups, high availability and disaster recovery scenarios to backup and restore your on-premises databases to Azure and place your SQL Server AlwaysOn secondaries in Azure. . In addition, there are many more capabilities coming with SQL Server 2016 that deliver mission critical performance, deeper insights on your data and allow you to reap the benefits of hyper-scale cloud. Last week at Build we announced exciting innovations to support our mission of making it easier to work with your data, no matter how big or complex. We also shared how we are bringing capabilities to the cloud first in Azure SQL Database as with such as Row-level security and Dynamic Data Masking and then bringing the capabilities, as well as the learnings from running these at hyper-scale, back to SQL Server to improve our on-premises offering. Thus, all our customers benefit from our investments and learnings in Microsoft Azure. In addition to our hybrid cloud scenarios and investments in running SQL Server 2016 in Azure Virtual Machine, SQL Server delivers a complete database platform for hybrid cloud, enabling you to more easily build, deploy and manage solutions that span on-premises and cloud. As the foundation of our end-to-end data platform, with this release of SQL Server we continue to make it easier for customers to maximize your data dividends. With SQL Server 2016 you can capture, transform, and analyze any data, of any size, at any scale, in its native format —using the tools, languages and frameworks you know and want in a trusted environment on-premises and in the cloud. Be sure to visit the SQL Server 2016 preview page to read about the capabilities of SQL Server 2016 and sign-up to be notified once the public preview is available.
  2. ragecom

    [X1] Dead Rising 3

    Vou fazer um daqueles reviews que no fundo são mais um desabafo do que um review. Vamos lá... Antes de tudo... Porque eu comprei Dead Rising 3? Simples... Eu não tinha mais nada pra jogar no momento e fui no cara que costuma me vender jogos usados e ele só tinha Dead Rising 3. Eu logo de cara pensei: "Porra... Eu não vou gostar dessa merda". Dito e feito. O jogo não podia ser mais aleatório: você é o sobrevivente de um apocalipse zumbi, a cidade está tomada pelos zumbis e o objetivo é sair fora da cidade com os seus amigos (que são totalmente retardados). Eventualmente você acaba encontrando uma ex-namorada que ingressou numa MILÍCIA QUE COMBATE OS ZUMBIS. O objetivo é sair da cidade não apenas por causa dos zumbis, mas porque o exército vai jogar uma bomba atômica na cidade pra acabar com os zumbis e quem ainda estiver ali dentro vai evaporar (quem lembra de Resident Evil 3?). Bem, se o enredo do jogo é uma merda, ao menos o gameplay poderia salvá-lo mas esse não é o caso. A movimentação é dura, existem QTEs onde você precisa balançar o controle que simplesmente não responde adequadamente além de mil outros problemas. A maior graça do jogo (se é que se pode dizer isso) é que tudo o que você encontra pelo chão pode ser usado como arma, mesmo sendo algo inofensivo como um travesseiro ou galão de água vazio. O problema com a quantidade de coisas que podem ser utilizadas como arma, e isso é um problema frequente, é que muitas vezes os itens estão meio que amontoados no chão e você quer pegar uma coisa, mas acaba pegando outra - o que faz com que você perca um tempo valioso quando está lutando com um boss ou algo assim. É possível combinar armas para criar armas mais mortais, afinal o seu personagem (que é tão memorável que eu nem lembro mais o nome) é mecânico, e mecânicos sabem construir qualquer coisa. Então, digamos, que você pega uma motoserra e uma marreta - você pode combinar as duas de forma que você faça uma "motomarreta" que dá mais dano e dura mais tempo, isso tudo envolto daquele humor sem graça de completo exagero. As armas de fogo também são muito problemáticas. Digamos que você pega um fuzil, que possui 40 tiros. Se você largar o dedo sem se preocupar muito com a munição, sabe o que vai acontecer? Você vai dar os 40 tiros, automaticamente você vai largar o fuzil e equipar a próxima arma do inventário (que não necessariamente é uma arma de fogo) e ATIRÁ-LA CONTRA OS ZUMBIS. É ISSO MESMO, O "41O TIRO" VAI JOGAR A SUA ARMA (QUE PODE SER UMA EXCELENTE ARMA) NA CABEÇA DE ALGUM ZUMBI. Isso é um problema bem grande porque em muitos casos você está lutando contra soldados com armas de fogo, e a forma mais eficiente de matá-los é com armas de fogo. O jogo te tortura a fazer uns sidequests. Tem momentos nas missões principais que você depende que alguém termine uma tarefa para continuar a missão principal, e você é OBRIGADO A ESPERAR TIPO UMA HORA. Enquanto isso, o jogo te aconselha a explorar a cidade e encontrar sidequests para passar o tempo. Eu fiz isso uma vez e quando percebi que os sidequests são horríveis resolvi ficar em cima de um carro (zumbis não sobem em cima de carros) e deixar o jogo parado lá - fui fumar um cigarro, lavar a louça, tomar um banho, qualquer merda. Quando deu mais ou menos uma hora depois eu voltei a jogar, e eu já podia finalmente continuar a missão da história principal. Os gráficos definitivamente não impressionam. Você recupera energia com comida (só um lembrete: comida também pode ser atirada nos inimigos se for o próximo item do inventário após usar uma arma de fogo) e a forma como ele come é digna de um jogo de N64: ele leva a comida até a boca e ela some (mesmo que seja uma coisa grande como um bolo). Só que na época do N64 isso era perdoável, hoje em dia não é. Porra esse jogo é do lineup de lançamento do X1, se eles queriam impressionar alguém com essa merda de jogo eles fizeram tudo errado. Os models dos zumbis se repetem frequentemente e não é raro estar diante de três ou quatro models exatamente iguais. O mapa também não impressiona, e por isso não dá nem vontade de explorar. Na verdade o jogo não incentiva a exploração porque todos os lugares estão tão abarrotados de zumbis que a iniciativa sempre é fugir. Simplesmente não dá pra matar todos os zumbis e cada vez aparecem mais, vindos de esgotos ou buracos nas paredes, então o ideal é sempre tentar fugir mesmo e poupar as armas boas para situações onde não se possa escapar. Essa quantidade imensa de zumbis ao mesmo tempo talvez seja a única coisa que eu possa falar de bom nesse jogo: às vezes aparecem mais de 100 zumbis ao mesmo tempo na tela e não dá nenhum tipo de slowdown. Ah, e a física ao dirigir um veículo também é péssima, só pra constar. Aparentemente nego gostou dessa merda porque o Metacritic é bem alto, ou tem muito caixista cego hypando essa merda. Eu dei graças a Deus quando zerei e foi daqueles que deu vontade de jogar o disco pela janela. Metacritic: 78/100 Nota Rage: 3,0/10
  3. ragecom

    Amperagem da tomada do MSX

    Chapas, Meu cachorro fez o favor de roer o cabo do meu MSX Expert e minha mulher jogou a tomada roída fora. Alguém sabe qual a amperagem da tomada pra eu comprar uma aqui pra substituir? Ps: é só olhar na tomada, quem tiver um MSX. Geralmente está escrito na tomada.
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..