Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''Lançado !!!''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Players
    • Consoles & Jogos
    • Tecnologia & Hardware
    • RPG
  • OFF Topic
    • Geral
    • Esportes
    • Cinema, TV & Música

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Blizzard Battle.net


Playstation Network


Nintendo Switch


XBOX


Local


Interesses

Encontrado 1 registro

  1. Dragon Quest VII Lançamento no Japão: 26/08/2000 Playstation Dragon Warrior VII Lançamento nos EUA: 03/10/2001 Playstation Dragon Quest VII 3DS Lançamento no Japão: 07/02/2013 3DS Dragon Quest VII 3DS Lançamento nos EUA: 16/09/2016 3DS Produtora: Heartbeat, ArtePiazza Publicadora: Square Enix Diretor: Manabu Yamana Designer: Yuji Horii Artista: Akira Toriyama Compositor: Koichi Sugiyama Série: Dragon Quest Gênero: JRPG Clássico por Turnos ---- Fazendo algo como no tópico de Final Fantasy VII Remake, mas com menos informação. Jogo mais aguardado por mim do 3DS desde o seu anúncio. Ainda bem que confirmaram ele e Dragon Quest VIII, ambos para esse ano. ---- Visão geral sobre o jogo: Original e Remake O protagonista (Hero) sonha em se tornar um pescador como seu pai, mas quando o pernicioso príncipe Kiefer, a resoluta Maribel e você descobrem que o mundo tem muito mais do que uma única ilha, você deve descobrir as peças de puzzles para viajar de volta no tempo e descobrir continentes perdidos. Assim que estiver no passado, você deve resolver os mistérios há muito esquecidos para tornar os continentes existentes no seu presente. Tenha sucesso, e o mundo será mais uma vez completo. Se falhar, as ilhas perdidas serão condenadas à extinção. Que poder apagou grande parte do mundo em primeiro lugar? E o que essas dicas sobre uma guerra passada entre o bem e o mal querem dizer? Sua busca começa na Estard Island. Você começa na pequena aldeia de Fishbel, onde o herói, o jovem filho de um pescador, decidiu ir explorar com dois amigos, Maribel e Kiefer. Maribel é o interesse amoroso e fixação do herói, enquanto Kiefer é o príncipe aventureiro de Estard Island, a única ilha em um mundo de infinito oceano. Ao descobrir três pedaços de um mapa nas ruínas que tinham encontrado, o trio é magicamente transportado de volta no tempo, onde eles se encontram em uma ilha misteriosa e desconhecida. A partir daí, começa a verdadeira viagem. Eles viajam através do tempo e juntam os acontecimentos do passado, os quais fazem alusão a uma batalha épica entre o bem e o mal. Ao longo do caminho, os nossos heróis vão receber ajuda de muitos outros personagens, incluindo Borkano, pai do herói; Melvin, um herói de guerra idoso; Aira, uma guerreira viajante, e Gabo, um lobo que foi transformado em humano. Dragon Warrior VII manteve o sistema de batalha tradicional ainda intacto, a Enix fez várias pequenas melhorias e adições para animar a sensação de lutar. Os fundamentos do sistema de batalha foram retidos a partir do formato tradicional de Dragon Quest: os membros da party são invisíveis e enfrentam uma fila de inimigos de frente. No Remake para 3DS, foram feitas mudanças vitais, que deram um novo ar ao game. Agora, ambos, membros da Party e inimigos são visíveis, além dos inimigos serem visíveis antes das batalhas, nos cenários do game, algo puxado de Dragon Quest IX (DS) e do port de Dragon Quest VIII, também para 3DS. Todos os comandos básicos de ações como atacar e magia, o último dos quais os jogadores podem escolher ataque, cura e tipos de mudança de status estavam presentes. Para animar as coisas um pouco, cada personagem tem agora sua própria habilidade especial, como a capacidade de Gabo para chamar os lobos para ajudar a Party. Além disso, o herói agora pode conversar com os outros membros da party, o que lhe permite ouvir como eles estão se sentindo, o que eles querem, ou mesmo os seus planos de batalha em perspectiva. Além disso, as batalhas ocorreram em um ritmo muito mais rápido, permitindo que o combate fosse mais agradável do que em títulos anteriores Dragon Quest, onde as batalhas às vezes pareciam arrastadas. Enquanto os gráficos do original em si são nada demais, a animação é muito bem feita. O Remake para 3DS teve um tratamento caprichado, algo no nível e muito semelhante ao encontrado no Remake de Dragon Quest V para PlayStation 2. Os inimigos também ganharam a capacidade de organizar-se em formações únicas (com atacantes mais fortes na frente e usuários mágicos na parte de trás). No entanto, mesmo com estas mudanças, a sensação de batalha de Dragon Quest permanece, com uma jogabilidade baseada em turnos, sólida e tradicional. Outro ponto central da série, o seu sistema de Jobs, também retorna. Dez Jobs de base estão disponíveis no original: Fighter, Mage, Priest, Monk, Mariner, Thief, Bard, Dancer, Shepherd, e Jester. Cada Job tem oito níveis antes de dominá-los, e como você trabalha o seu caminho através deles, você vai ganhar habilidades únicas para esse trabalho. Novos postos de trabalho tornam-se disponíveis uma vez que você já domina as classes base suficiente - por exemplo, dominar os trabalhos de artista marcial e Priest abre Paladin. Aqueles que dominam empregos avançado o suficiente terá a capacidade de usar trabalhos muito poderosos, embora eles vão levar mais tempo para dominar. Os trabalhos são atribuídos ao visitar o famoso Templo Dharma (como visto em Dragon Quest III e VI); como de costume, ganhar experiência com um trabalho específico rende a você novas habilidades e feitiços. Todas estas habilidades são mantidas, mesmo quando você mudar de emprego, de modo a acumular muitas habilidades diferentes dos vários postos de trabalho disponíveis para você é uma vantagem indispensável a sua party. Jogos passados, Dragon Quest - V e VI, especificamente - também deram a party a capacidade de recrutar monstros. Monstros não podem ser afavelmente recrutados desta vez; em vez disso, você vai precisar para tomar uma rota significativamente mais violenta: matar o monstro e tomar o coração do monstro, que é ocasionalmente deixado pelos monstros sobre a derrota. Depois que os jogadores obtêm um coração monstro, eles podem optar por dominar a Job monstro, equipando o coração. Tal como acontece com o Job, à experiência adquirida ajuda a aumentar o seu ranking. Depois de dominar um determinado Job monstro, seu personagem vai ganhar o comando total sobre os ataques e feitiços especiais desse monstro, bem como pontos fortes ou fracos elementares especiais. Como o sistema de trabalho, existem vários níveis avançados no sistema de Job Monstro, embora seja possível para passar para um tipo avançado pela obtenção de que o coração do monstro, em vez de dominar os monstros mais baixos na classificação para avançar. Enquanto monstros não podem ser encantados para lutar ao seu lado, eles podem ser enviados para o Monster Park, que funciona na mesma premissa básica que a Immigrant Town. Monstros Charmed podem ser enviados para o Park, onde um homem vai começar a construção de ambientes para que eles vivem em com base no tipo de monstro que é. Uma vez que o Parque começa a crescer, os jogadores terão acesso a casas Monsters que podem ser usados para armazenar monstros extras que coletam. Talvez a sidequest mais interessante no jogo seja a Immigrant Town, onde você ajuda um homem a estabelecer uma cidade próspera. Em suas viagens, algumas vezes encontra as pessoas que estão à procura de um novo local para viver. Suas escolhas sobre quem para permitir que se mudar para sua Immigrant Town afetará o desenvolvimento da cidade. Por exemplo, se você enviar lotes de comerciantes para a cidade, ele vai encher-se com muitas lojas. Por outro lado, permitindo que muitos padres e freiras que ali vivem estabelecerá uma cidade religiosa com muitas igrejas. Como sua cidade cresce você vai ganhar a capacidade de chutar as pessoas para fora. Outras sidequests incluem o recolhimento de mais de 100 medalhas que podem mais tarde serem trocadas por itens raros, competindo contra personagens controlados por computador para as melhores estatísticas vitais e visitar Casinos do jogo, que apresentam muitos jogos, como o poker. ---- Mas além do que eu descrevi, o que mais mudou entre o original e o remake? Basicamente foi isso, lembrando que talvez possa faltar um detalhe ou outro, já que dependemos de pessoas que jogaram a versão japonesa: O que foi removido: 1) Nada foi muito removido, mas Hybrid Skills e "maturation" status foram retirados... No entanto essas Skills foram basicamente movidas para várias human e monster classes. Adições: 1) Lithograph system, que funciona como o Grotto System de Dragon Quest IX, e contêm coisas como mini medals, várias armas e armaduras de extrema raridade, monstros raros, mapas especiais que são bons para ganhar dinheiro e experiência. 2) Dungeon extra secreta. 3) Um personagem secreto... 4) Novas armas e armaduras. Alterações: 1) Funções do Monster Park como o gateway do Lithograph system. 2) Human classes tiveram seus requerimentos de job points cortados de 1/2 para 1/3 dependendo. 3) Basicamente 1/2 de todas as skills e spells são usáveis com a classe que lhe foi aprendida. 4) Monster classes tem praticamente espaços vazios com skills, tornando elas ainda mais úteis para passar de level. 5) Batalhas tomam lugar em primeira pessoa quando as ações estão sendo selecionadas, e mudam para terceira pessoa isométrica que muda a câmera dependendo da ação, fazendo tudo ser mais cinemático. 6) Muitas lojas foram alteradas e rebalanceadas. 7) Inimigos e tudo é 3D, animações etc. 8) O world map/boat/flying map são como os capítulos VIII e IX. Os inimigos aparecem na tela. 9) Human classes tem agora toda uma modelagem especial que aparece na batalha, towns/castles, dungeons, e no field. 10) Township foi alterada e parece com o remake de Dragon Quest IV. 11) Casino games foram significativamente alterados. . 12) Algumas pequenas alterações na bonificação de defesa elemental de armaduras... Pouca coisa, +5 lá, -5 aqui... Mais ou menos isso. 13) O início foi simplificado, como com todos os Dragon Quest Remakes, especialmente o Remake do VI. Infelizmente, isso significa que os elementos de quebra-cabeça do Templo são removidos ou suavizados a tal ponto de serem bem sutis. 14) Um radar foi adicionado para tornar a tarefa de encontrar os fragmentos de pedra mais fácil do que nunca. Um novo personagem também foi adicionado que dá dicas aos jogadores encontrá-los também. 15) StreetPass Stones, um lugar na Immigrant Town para ir on-line para negociá-los com outros jogadores. Trazendo pedras StreetPass para a Immigrant Town desbloqueia novas masmorras, e cenas especiais de história. Você também pode obter StreetPass Stones, fazendo um grupo de monstros do seu parque de monstro e enviá-los para um calabouço especial gerado aleatoriamente. 16) Os níveis de Jobs sobem mais rápido. 17) Magias / habilidades para Jobs de divisões superiores só podem ser usados quando nessa classe, dando a última parte do jogo principal mais equilíbrio. 18) Simplificação geral e reequilíbrio das quais classes obtêm quais habilidades, incluindo a eliminação do sistema de história / habilidade híbrido de Job (ou seja, você não terá de ser capaz de obter habilidades como Sword Dance, passando de Soldier-> Dancer). ----- Personagens: Hero: Maribelle: Kiefer: Melvin: Aira: Gabo: ???: ---- Fontes: Dragon's Den. GameFaqs. IGN. Youtube.
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..