Ir para conteúdo

Dr. Madraço

Membro (Geral)
  • Total de itens

    5.088
  • Registro em

  • Última visita

  • Vezes em que foi o melhor postador do dia

    65

Dr. Madraço: Melhor postador de 8 de Outubro.

Dr. Madraço teve o maior número de curtidas.

Reputação

3.350 Reputação excepcional

Sobre Dr. Madraço

  • Rank
    Ídolo Netal

Informações do Perfil

  • Sexo
    Male

Últimos Visitantes

2.197 visualizações
  1. Dr. Madraço

    [PS5] Demon's Souls

    bom jogo
  2. NÃO ME DEIXA EM PAZ comentei amigo estou sempre às ordens
  3. tem que botar umas trilha sonora inspirada ou até mesmo completamente copiada dos baldurs gate velhão assim cria-se a vibe para os saudosistas como eu e quebra-se um pouco da imersão na estética divinity 3 que é um desapontamento só só de ouvir essa primeira música imaginando ouvi-la no jogo novo já chorei uma música de batalha inspirada nas musica antiga, imagina fi! muito loco MASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS se encherem o jogo com quests massa, diálogos engraçadinhos, batalhas top, muita exploração e diversidade etc, ficará um jogo bão podiam reviver Lilarcor, a espada falante "I don't know what you were expecting, but as a sword I'm pretty one-dimensional in what I want. " hueheuheuheuhuehuheuh
  4. forum ta mandando email pra mim que porra e essa to no sossego do meu lar e recebo emails avisando que fui citado nesse fosso de velhacos e degenerados invasao de privacidade total mas não, não peguei nem pegarei acesso antecipado nojento so jogo jogo acabadinho e polidinho ta louco que vou jogar jogo inacabado to la na maior empolgacao e do nada acaba todo empenho e dedicacao jogado no lixo pior que interromper uma transa e como vocês estão, tão bem? não precisa responder abraco
  5. Dr. Madraço

    ELDEN RING - From Software + George RR Martin

    “Personally, a world that is happy and bright is something that just doesn’t feel realistic to me. It may sound like I have a trauma or something,” he said with a laugh, “but I believe that the world is generally a wasteland that is not kind to us. That’s just the way I see it.” VAI SER UM JOGO LINDO MEU DEUS NO MAIS, BLIGHTOWN CONFIRMED: "One jewel doesn’t look like much when you have a pile of them, but if you find one jewel in the midst of MUD, it is worth so much more.” PELA ENTREVISTA AÍ VAI SER UM CENÁRIO BEM DEPREZÃO TIPO DARK SOULS DA VIDA
  6. Dr. Madraço

    Caralho

    Só música chata. Nem pra dormir serve esse monte de barulho. Só é bom quando tá no mute.
  7. Dr. Madraço

    GREAT RUNE - From Software + George RR Martin

    Baldurs Gate 3, Vampire Bloodlines2 e combinho Miyazaki/George Martin....que ano amigos!
  8. É semelhante, claro, é o mesmo gênero de jogo. Mas a sensação de jogar um e outro é diferente. Pillars pega mais pesado nos textos, o desenvolvimento é mais lento, e as batalhas, que é aquele esquema de pausar/despausar, é mais bagunçada e difícil de administrar. Em compensação, tem uma influência maior em Baldurs Gate, principalmente no combate, claro, mas também no sistema de magias. O bestiário também recebeu muita influência de D&D. O foco nos textos dá uma sensação nostálgica e a história fica mais imersiva e interessante, na minha opinião. O mundo de Pillars é mais rico, quero dizer, tem mais elementos, mais histórias paralelas, um mito de criação interessante, vários deuses etc. É mais desenvolvido, enfim. Divinity não é tão focado em diálogos, as batalhas são mais organizadas, por causa do sistema de turnos, e por isso dá pra aproveitá-las melhor. O sistema de batalhas, apesar de não possuir uma variedade de magias e skills do pillars, é complexo o suficiente pra você ter de pensar bem antes de decidir o que fazer. Portanto, acho que as batalhas de Divinity são mais estratégicas. O que falta em complexidade de história e diálogos, ele compensa com um sistema de crafting e itens que te faz descobrir receitas e coisas novas desde o início até o final do jogo. Divinity é mais lúdico, mais, digamos, bem humorado, até pelo visual cartunesco. Pillars já pretende ser mais sério, quer criar um mundo de regras coerentes e uma mitologia própria, como em D&D. Ambos são bem focados em estratégia, tanto nas batalhas quanto no desenvolvimento e build do personagem. Nos dois há decisões importantes a fazer. Possuem quests complexas, com várias resoluções diferentes e finais inesperados. Bebem da mesma fonte, mas acho que Pillars é mais influenciado por Baldurs e D&D. Só joguei o Pillars 1 e gostei bastante. Divinity joguei os 2 e também adorei. Gosto de cada um igualmente, acho, mas tenho preferência por Pillars, por causa da mitologia mais bem construída, pelo mundo mais complexo e cheio de histórias. Eu te aconselho a tentar Divinity, há chances de você gostar.
  9. Estou em pranto amigos Final do ano passado eu rejoguei pela trocentésima vez o 1 e o 2 Diversão do início ao fim, kensai/mage lindo, acho que vou jogar de novo mas com multiclass de fighter/mage Será que vão aproveitar a história dos jogos clássicos? Os outros jogos era muito focado na história do personagem principal, tendo os outros acontecimentos como pano de fundo, será que agora o foco é em um evento maior, não tão ligado à história pessoal do jogador? Ou será que a invasão ilithid está intimamente relacionada à história do personagem? Só o tempo dirá........................................ É muita felicidade amigos
  10. TOREADOR E VENTRUE QUE VIADAGI OS DOIS SAO PARECIDOS MOR CADE MEU GANGRELZAO, NOSFERATU LINDO?
  11. Dr. Madraço

    GREAT RUNE - From Software + George RR Martin

    O que é essa ERA que vocês estão falando amégos?
  12. Dr. Madraço

    Game of Thrones - temporada final

    O pior é que dentre os pretendentes que estavam na reunião das elictes de Westeros, o Bran não era uma escolha tão ruim. Meia bomba total, sem graça, mas pelo menos ele pode ser um bom rei. Essa escolha gerou, pelo menos em mim, um sentimento ambíguo de indignação e de resignação. Se escolhessem o Jão seria finalzinho feliz do qual a série deve se afastar. A Sansa não teria esse mesmo impacto, pois era de se esperar que ela liderasse os Starks. Os outros que estava lá nunca tiveram o mesmo destaque ou seriam uma bosta completa, como o mimadinho do Vale. Claro que tudo foi muito mal construído e não nego nenhuma das críticas feitas aqui e etc.
  13. Dr. Madraço

    Game of Thrones - temporada final

    Se desenvolver o Bran com mais carisma, e sem essa vacilação constantes de interesses, (não sou Bran, sou Bran, não quero ser rei, opa posso ser rei sim), se criar um personagem mais sólido, e não um cara lavada sem expressão que não faz porra nenhuma, ele pode virar um candidato desejável pelo POPULACHO, aka leitores. Jon Targuérien não pode ser rei, acho. Seria pender demais pro finalzinho feliz que todo mundo gostaria, mas que não foge ao espírito de GÓTI. Foi mais impactante vê-lo preso, todo cagado, deprimido, sem esperança, injustiçado, esquecido etc. Esse sim é um final bem característico góti of thrones, acho. Como já disseram aí, pode ser que outros pretendentes ao trono, que não existem na série, sejam escolhidos no momento certo, tudo depende da pena daquele velho gordo lindo. Acho que ele não vai colocar um pretendente escroque, violentão e pau no cu, porque aí é tristeza demais e o Georgão prometeu um docinho no meio de tanto azedume.
  14. Dr. Madraço

    Game of Thrones - temporada final

    Mas é exatamente essa a doidera rapaiz. É só ideia paranóica e alucinada, típico de quem já tá subindo no pé da goiabeira pra encontrar jesuis. Na cabeça dela, até civis que só queriam sobreviver são uma ameaça, comparável com punições a inimigos de guerra que crucificaram crianças só como demonstração de poder etc. Considere que no seriado pena de morte é algo bem comum e uma punição aceitável.
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..