Ir para conteúdo

Char

Chapa
  • Total de itens

    16.069
  • Registro em

  • Última visita

  • Vezes em que foi o melhor postador do dia

    53

Posts postados por Char


  1. Aproveitar que tem tópico feito pra reclamar de tudo que vai além do Son of Ogre (3ª parte do mangá, que começou a ser adaptada agora com o arco da prisão).

     

    O final lógico deveria ter sido ali, mas dinheiro fala mais alto e o Itagaki escreveu duas partes (ambas chamadas Baki Dou, mas escritas de modo diferente), e ambas são uma merda. Maluco abriu mão de qualquer rumo de roteiro pra ficar punhetando figura histórica japonesa.

     

    • Começa que a premissa da parte 4 já é uma merda: Miyamoto Musashi volta à vida e já de cara é nível Yujiro, dando pau em literalmente todos os personagens consagrados sem muito esforço.
    • Retsu simplesmente morre, depois de um arco chatíssimo onde ele vira boxeador, na mão do Musashi. Pickle toma pau. Jack, Hanayama, tudo otário na mão do cara.
    • O único cara mais ou menos competente contra o fodão aí é o MOTOBE.
    • Tudo isso aí pra simplesmente não ter desfecho algum, Musashi não é derrotado, ele simplesmente é "desconjurado". 
    • Parte 5 é outra punheta nacionalista, dessa vez pro sumô. Chefão final do arco, Nomi no Sukune II, transforma carvão em diamante só com a pressão das mãos, lol. Ao menos já tomou porrada do Yujiro, coisa que sequer aconteceu antes.

     

    Quando junta toda essa merda com a patifaria que foi o arco do Mohamed Ali Jr., já dá pra ver que uns 40% da obra toda é uma merda fodida.


  2. 4 horas atrás, GrayFox disse:

     

    Engraçado que o Spiderman1 e 2 de Tobey são tão anos luz aos de Holland que não da pra comparar. Esse último com o Mistério então foi absolutamente fraquíssimo. Filme abaixo de nota 5. 

     

    GrayFox

    Vou além: Spiderman 3 também tá muito acima dos demais e não merece, nem de longe, ser tão escrotizado como foi na época do lançamento. 

    Peter Parker emo é bom demais


  3. 24 minutos atrás, simiano disse:

    Mas o filme é um continuação do outro e do aves de rapina? Ou é um reboot só usando a Margot Robbie de novo como Arlequina

    Em tese, é uma continuação do Esquadrão Suicida anterior, uma vez que certos personagens já se conhecem e há coisas mínimas nesse novo que remetem ao anterior, mas é possível, e eu diria até recomendado ver só esse aqui.

     

    Quando ao Birds of Prey, não sei até qual ponto eles se conectam, mas não fez muita diferença não.


  4. 56 minutos atrás, Cyco disse:

    sério? achei até que o tempo passou rápido visto que o filme é bem criativo de momento a momento, mas enfim, cada um tem as suas impressões.

     

    sobre o lance dele conseguir desenvolver qualquer história em 5 minutos, até a sub-sub-subtrama da revolução na república de bananas lá que mal aparece teve começo, meio e fim, a Alice Braga deve ter menos falas que o Tubarão, mas não deixaram essa ponta solta. 

    Senti pouca coisa, mesmo. Não chega a ser um filme da Marvel que eu olhava pro relógio constantemente (Dr. Estranho, apesar do visual massa, me deixou entediado), mas ainda assim é longo. Contudo, como você disse, é um tempo muito bem gasto e amarradinho.

     

    Seguindo o que qqt falou, Shazam também entra nesse rol de filmes meio "one-shot". Cada um dos três tem uma visão e direção diferente, e embora eu não goste de Joker, dá pra dizer que o diretor teve ALGUMA ideia, e não teve que seguir um planejamento falido de DCU.

     

    Mais e mais pessoas não aguentam mais Marvel por conta desse inchaço todo. É tudo muito formulaico, tudo muito limpinho, e todas as conexões e easter eggs recompensam fãs mais hardcore, mas também acabam alienando quem não acompanha religiosamente. 

     

    Se Pattiman tiver um tom diferente e for sua própria coisa, melhor ainda.


  5. James Gunn tá sendo mestre em pegar um monte de BICHO ESCROTO e transformar em personagem definido. Tem maluco com 5 minuto de tela que é melhor desenvolvido que qualquer um daquela bosta de filme de 2016.

     

    Gostei bastante, e olha que estava completamente saturado de filminho de herói. CG muito bom, gore bonitão, John Cena é espetacular e o Idris Elba também. O que um diretor com visão e sem rédeas não faz...

     

    Só senti um pouco a duração do filme. É 130 minutos, mas para quem tá vendo em casa é ok dada a divisão em capítulos (inclusive foi bem quadrinístico, parabéns).


  6. 33 minutos atrás, CIENFUEGOS disse:

    nao sou fan de animes porem tenho um camarada q cresceu nessa vibe e me indica alguns sabendo de minhas inclinacoes filosoficas....... ele sabe da altura do meu SARRAFO........ etc...... nao vou aturar qualquer merda etc

     

    eh um nicho que exploro com cuidado minatos espreitam por toda parte......... 

    conte-me o que já viu, imund0


  7. 13 minutos atrás, CIENFUEGOS disse:

    tem que ver psycho-pass XAR IMUNDO

     

    e texhnolyze

     

    saiberpankadas

     

    psycho-pass é um truve detetis animado quem compara com reportagem da minoria e analfabeto

    psycho pass só li elogios sobre, quando tiver tempo mando ver

     

    na real é que todo meu ânimo com animes e mangás já se foi há mt tempo

     

    tentei finalmente engrenar a série gundam original mas não tem jeito, a única que consegui maratonar foi g gundam com participação do carismático TEQUILA GUNDAM


  8. Comecei Kimetsu no Yaiba, e embora atrasado totalmente entendo o hype. Contudo, tenho que dizer que o Zenitsu é chato pra caralho. De longe destoa como a pior parte do desenho.

     

    Estou no aguardo também do episódio 13 de Wonder Egg Priority, um desenho muito fofinho e bonitinho de Garotas Mágicas que me deixou bem deprê! Aliás, o episódio novo, que supostamente é o fim do anime (ou será que não?), vai passar amanhã.

     

    Comecei também Record of Ragnarok. Premissa básica, bem MASSAVÉIO: "e se os deuses de mitologias diversas entrassem num torneio contra figuras históricas humanas tipo Leonidas, Jack o Estripador e Adão?". É basicamente só porrada, sem muita historinha. Torneio de 13 contra 13, atualmente o mangá está na luta 6. O anime é meio bosta, contudo.


  9. Mas Bram, olha o exemplo que o Evan deu do Tite Kubo. Os caras da Shonen Jump tinham um traço MUITO mais simplificado, e o Kubo mesmo simplesmente desistiu de desenhar plano de fundo depois de certo tempo. Era coisa semanal, impensável para o que o Miura fazia.

     

    O Oda tem uma caralhada de assistente, o próprio mangaká de Fairy Tail consegue emular ele perfeitamente e tá lá pronto caso o pior ocorra com o Oda etc.

     

    Já Berserk sofria de um mal diferente - não tinha a pressão de entregar um capítulo por semana, mas ao mesmo tempo ele não poderia largar de mão e entregar rabisco (ou capítulo que era só texto) que nem o Togashi fazia. Parece que havia a "obrigação" de entregar o melhor serviço possível, com um traço incomparável - de cabeça consigo pensar no Takehiko Inoue como alguém no mesmo patamar - e isso, querendo ou não, deve ser estressante.

     

    O que essa galera toda tem em comum é que são parte de uma indústria que suga até a alma, ainda que de maneiras diferentes.


  10. 33 minutos atrás, Phalk disse:

     

    Isso é verdade. Vários autores vivem tendo que ter hiatos por causa de problemas de saúde. Lembro que o Kubo Tite vivia quase morrendo até que ligou o foda-se em Bleach e a qualidade caiu drasticamente até que cancelaram ahahahah

    Até One Piece, que é a galinha dos ovos de ouro da Shonen Jump, teve esse tipo de problema. O Oda tá ficando com a saúde cada vez pior e olha que ele tem assistente pra cacete.


  11. Pior que recentemente não tava num ritmo tão horrível, não. 2018 mesmo ele lançou 7 capítulos, o que parece coisa pra cacete comparando com 2014, quando ele lançou apenas 1 :lolmor: Pior que parecia que tava indo para um desfecho... 

     

    Foda demais. Pior que Berserk tem muita inspiração de outra obra inacabada, Guin Saga. Meio profético, mas não menos triste.

     

    Acho que Berserk foi a introdução de muita gente ao mundo dos mangás físicos, e com certeza foi o primeiro grande seinen que a galera ouviu falar. Impacto incalculável, sem mencionar os tantos jogos que foram claramente inspirados pela obra.


  12. O foda não é nem que a obra não terminou, ou que o cara era "marketeiro" seja lá o que isso for nesse contexto.

     

    O cara tinha 54 anos!!!!! MUITO jovem, porra. Literalmente morreu de trabalhar, é tristíssimo isso. Trabalhar como mangaka deve ser um negócio horrível. Trabalha que nem camelo no deserto e colhe pouquíssimos louros do serviço.  A Gotouge, autora de Kimetsu no Yaiba ganhou 20 mil com a bilheteria do filme da obra dela, que faturou MEIO BILHÃO.

     

    Tem que repensar isso aí. Logo mais o Togashi também tá dando avohai, a saúde tá sempre na pior.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..