Ir para conteúdo

£ink

Membros
  • Total de itens

    9.315
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

490 Excelente

Sobre £ink

  • Rank
    Midas Netal

Informações do Perfil

  • Sexo
    Male
  • Local
    Betelgeuse.
  1. Cara.. eu só notei q tinha árvore de evolução de skills no final do jogo. Então ele rendeu mais do que o normal. mas estava achando demasiadamente difícil. kkkkkkk
  2. Muito bom esse tópico. Parabens Tem um jogo side scrolling q joguei outro dia no ps4 e achei interessante chamado Headlander. Não sei se alguém aqui conhece.
  3. £ink

    [PC/PS4/X1] Ace Combat 7

    Sempre achei que VR assim como o 3D são o caminho certo pra cinema e jogos. Mas são tecnologias q aparecem e recuam o tempo todo.. enquanto a gente tá acostumado a ter as coisas já finalizadas. acho q no futuro essas duas tecnologias ou pelo menos uma delas, ou quem sabe as duas mescladas evoluam tanto que quem sabe nós teremos outro "boom" nos videogames como aconteceu nos anos 90. onde as pessoas faziam fila pra ver algo realmente diferente. Eu vejo esses jogos em VR e acho tudo isso maravilhoso. ainda q não esteja num formato ideal..
  4. Adorei esse Princess Madelyne. Tá 60 bozos na PSN. Vou esperar baixar um pouco.
  5. £ink

    O que vocês estão jogando, pederastas?

    fantástico o seu gameplay. parabens.
  6. £ink

    Veganismo e Especismo, o confronto final

    O problema do veganismo é que ele passa a enxergar o carnívoro, segundo a ética q ele mesmo inventou, como um filho da puta. Então ele meio q declara uma guerra velada, cínica, onde ele passa a vida inteira analisando os outros. Pra mim o veganismo é uma doença. E sinto pena de vcs por viverem assim, nas sombras, sem assumir que estão com ódio do mundo por uma ética q vcs nem sabem se existe.
  7. Mas tem uma diferença. Quando fizeram isso no Wind Waker (que aliás não me incomodou) foi um chilique generalizado. Enquanto em RPG a coisa é mais cindida já que muita gente adora essa embromação.
  8. £ink

    Mortal Kombat 11 anunciado

    Tem um pessoal aqui no Brasil que joga até hj os MK antigos. Fazem campeonatos e tudo mais. E acho incrível vê-los jogando. Eu tinha uma visão totalmente diferente de MK antes de ver esse povo jogando. O quanto esse jogo é técnico. Eu sempre gostei por diversão casual, pela estética e atmosfera. E continuo jogando por isso. Achei o X bem legal.. pra quem acompanha a série desde o início é legal ver como ela está hj. E nessa 11 se eles seguirem o Injustice 2 no sentido de poder mexer nos outfits será excelente.
  9. £ink

    Ashen (X1/PC)

    Eu to tentando fazer render completando todas as quests. Gostei demais desse jogo. To numa quest com a Silaren. Puta merda, adoro a arte desse jogo, principalmente desses personagens gigantes. Atualizou o jogo aliás. 6 gigas.
  10. £ink

    O que vocês estão jogando, pederastas?

    Trakes, O maior problema é que a Bloober (desenvolvedora do jogo) é uma empresa pequena então ela não colocou grana nos ports. Assim como Layers of Fear o jogo roda mal nos consoles. Frame rate todo cagado. Mas eu gostei tanto que joguei mesmo assim. No PC roda liso e em VR deve ser de enlouquecer. Layers of Fear é um walking simulator, vc só precisa entrar nas salas e ir progrdindo. No Observer a empresa resolveu mudar e ele é mais parecido com os adventures,. Na verdade é difícil classificar esse jogo pois ele funciona como uma investigação misturado com experiências visuais intensas. Muita gente passa mal por causa dos efeitos. Ele é pra quem gosta de história nos jogos, ambientação. Não tem arma, é tudo voltado pra explorar o cenário. Uma pena que os ports não tenham sido melhores. Ele roda melhor do que Layers q também é sofrível.. mas a versão de PC é muito superior. Muito mesmo.
  11. Só joguei o Orta. Jogaço. Peguei por 10 reais outro dia no Xbone e ainda rende uma diversão.
  12. £ink

    O que vocês estão jogando, pederastas?

    Terminei um jogo que considero um dos melhores q joguei nos últimos tempos mas q definitivamente é pra poucas pessoas. Chama Observer. Achei fantástico. Mesmos criadores do Layers of Fear. Fiquei muito impresssionado com o q fizeram nesse jogo. Mas ele é bem lento e tem um estilo fora da caixa (leia-se fora do usual do mercado) e como Blade Runner ficou mais restrito a um certo nicho. A diferença é q Blade Runner com o tempo foi ovacionado. Observer, que tem como protagonista Rutger Hauer, intérprete do Roy Batty q aliás dubla o game, talvez nunca penetre no mainstream.
  13. £ink

    Ashen (X1/PC)

    Eu não sei do Nioh pq não joguei ainda, mas acredito que esses jogos provam que nem tudo que copia Dark Souls pode ser chamado de mera cópia. Dark Souls talvez tenha criado uma espécie de gênero q seria meio egoísmo dizer q é só dele. Mas misteriosamente demoraram demais pra começar a fazer coisas boas com a formula. Rhazo, qual vc achou a melhor relíquia? Eu tava com as asas mas agora mudei pro Gefn q é aquela q vai crescendo uns chifres pra fortalecer a defesa.
  14. £ink

    Ashen (X1/PC)

    Cara, to muito empolgado com esse jogo. Ele a princípio seria uma cópia de Dark Souls mas tem mecânicas próprias muito inventivas. O problema é que por ele estar restrito ao Xbox não se acha nada sobre ele na internet. Eu mesmo estou com muitas dúvidas e não posso tirar com ninguém. Isso é meio bizarro hj em dia. Tem uma relíquia q são duas asas quebradas mas diz q elas podem ser restabelecidas, porém não sei como fazer isso. Outra coisa legal do jogo é que ele tem um sistema de co-op meio diferente. Como por default vc joga sempre com uma I.A. do lado, as vezes essa I.A. é assumida por um outro player q te enxerga como se fosse a I.A. dele. Vc percebe bem a diferença de comportamento e isso dentro das dungeons eu achei divertido. E um pouco trágico também quando a pessoa joga mal. EDIT - Achei o negócio das asas. A quem interessar:
  15. £ink

    Ashen (X1/PC)

    Se já tiver tópico pode mandar pra vala. Mermão, esse indie foi disponibilizado em primeira mão no gamepass e no início confesso q achei q era um clone bosta de Dark Souls, só pra brincar mesmo tipo Lords of the Fallen. Mas a verdade é q o negócio é sério. A estética é muito boa, tecnicamente tem ainda aquela cara de indie mas o gameplay surpreende e mostra como a fórmula criada pela From pode ser aproveitada em outros tons. To bastante satisfeito com o jogo e confiante de a partir do momento q esses serviços forem se popularizando empresa menores possam fazer jogos esteticamente agradáveis, porém sem aquela carga das grandes produções mas focados na criatividade. O jogo é um Dark Souls com visual mais fofinho em mundo aberto. Parte ruim pra mim só a trilha sonora q é quase inexistente aliás. O q por um lado é bom. Vale muito a pena. Se alguém aí tiver jogando e quiser trocar informações comente aí.
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..