Ir para conteúdo

Melhores usuários


Conteúdo Popular

Mostra conteúdo mais curtido em 06-01-2021 em todas áreas

  1. 2 curtiram
    Sério? Terceiro CD é quando as coisas começam a desabar, especialmente no enredo. Os dois primeiros CDs ainda davam esperança de ser um bom jogo.
  2. 2 curtiram
    Esse jogo está lindao demais. Queria saber se o The Order 1886 ficaria perfeito no PS5 se melhoraria algo.
  3. 2 curtiram
    No jogo seguinte do estúdio, o The Surge, eles melhoraram bastante na parte técnica. Em especial em relação à performance. Tem até modo 60 fps no PS4 Pro, se não me engano.
  4. 1 curtiu
    Em uma matéria para celebrar os 20 anos do Xbox (completados agora em 2021), o site Bloomberg publicou um artigo com diversas curiosidades sobre a evolução da marca dentro da Microsoft. Um detalhe curioso é a menção de que, bem no início, a empresa fez uma oferta para comprar a Nintendo. “A primeira companhia que fizemos contato para compra foi a EA, mas eles disseram ‘não, obrigado’. Depois nos reunimos com a Nintendo para ver se topavam a compra. Eles simplesmente riram desenfreadamente. Pense em um momento em que alguém começa a rir sem parar, foi assim que a reunião aconteceu”, revelaram Bob McBreen e Kevin Bachus, executivos da Microsoft. Foi dito ainda que executivos da Nintendo chegaram a visitar a sede da Microsoft em 2000, e na ocasião a Microsoft tentou juntar esforços com a casa de Mario para que ela desenvolvesse jogos para o primeiro Xbox – o argumento usado foi literalmente falar que o videogame da Nintendo era pior que o PlayStation na tentativa de fazê-los desistir deste mercado (na época, a disputa era entre GameCube e Playstation 2). Na ocasião, houve a menção de outras duas empresas que a empresa de Bill Gates tentou adquirir: Square Enix (na época ainda conhecida como Squaresoft) e Midway Games. Porém, a primeira achou a oferta feita muito baixa, enquanto a outra até tinha interesse, mas o negócio deixou de fazer sentido para a Microsoft. Fonte: Tecmundo Microsoft tentou comprar a Nintendo e ouviu “uma hora de risadas” Um ex-executivo da Microsoft revelou que a empresa tentou comprar a Nintendo enquanto desenvolvia o primeiro Xbox, mas a proposta não rendeu mais do que risadas por parte dos japoneses. Em uma reportagem da Bloomberg sobre a origem da divisão Xbox, o então diretor de relações com terceiros do Xbox, Kevin Bachus, contou que a Nintendo “morreu de rir” quando ouviu a proposta da Microsoft de comprar a empresa. “A primeira empresa que procuramos comprar foi a EA. Eles disseram: ‘Não, obrigado’ e depois veio a Nintendo”, lembrou Bob McBreen, o primeiro chefe de desenvolvimento de negócios da divisão Xbox. “Steve (Ballmer, ex-CEO da Microsoft) nos fez encontrar a Nintendo para ver se eles considerariam ser adquiridos”, acrescentou Bachus. “Eles apenas morreram de rir. Tipo, imagine uma hora de alguém rindo de você. Foi assim que a reunião transcorreu”. McBreen acrescentou: “Na verdade, tivemos a Nintendo em nosso prédio em janeiro de 2000 para trabalhar nos detalhes de uma joint venture em que daríamos a eles todas as especificações técnicas do Xbox. A ideia era que eles eram péssimos em hardware e, em comparação com o PlayStation da Sony, eram mesmo”. “Então a ideia era: ‘Ouça, você é muito melhor na parte do jogo com Mario e tudo mais. Por que você não nos deixa cuidar do hardware? Mas não deu certo”, lembrou McBreem. O executivo contou também que a Microsoft ainda tentou comprar a Square, criadora de Final Fantasy, e a Midway Games, a editora de Mortal Kombat naquela época. “Recebemos uma carta de intenção para comprar a Square. No início de novembro de 1999, fomos ao Japão. Tivemos um daqueles grandes jantares com seu CEO e Steve Ballmer”. “No dia seguinte, estávamos sentados na sala da diretoria e eles disseram: ‘Nosso banqueiro gostaria de fazer uma declaração’. Basicamente, o banqueiro disse: ‘A Square não pode prosseguir com este negócio porque o preço é muito baixo’. Fizemos as malas, fomos para casa e foi o fim da Square”. Na Midway, Bachus disse que, após discussões, a Microsoft finalmente decidiu que um potencial negócio não fazia sentido. “Eles levavam muito a sério o desejo de serem adquiridos, mas não podíamos descobrir como fazer o negócio funcionar porque os tiraríamos imediatamente do negócio do PlayStation e não precisávamos de seu grupo de vendas e marketing, e assim isso os deixou sem muito valor”. Uma aquisição crucial que a Microsoft acabou fazendo foi a do então pouco conhecido estúdio Bungie, que acabou criando aquela que é, até hoje, a principal propriedade intelectual do Xbox: Halo. Na época, o negócio enfrentou algumas reações internas e externas, de acordo com Bachus. “Recebi uma mensagem de voz de Neil Nicastro, o CEO da Midway, dizendo que éramos as pessoas mais idiotas do setor, que ele poderia entender que talvez não quiséssemos comprá-los, mas por que compraríamos um desenvolvedor de jogos para PC? Todo mundo achou que isso era idiota”, disse ele. “E os caras da Microsoft Japão estavam tipo, ‘Não vamos nem lançar Halo porque, como todos sabemos, como uma lei imutável da física, os jogos em primeira pessoa não funcionam bem em console’”. Halo funcionou nos consoles e o Xbox acabou conquistando a posição de principal competidor da Sony e o PlayStation a partir do Xbox 360 anos mais tarde. Fonte: Outerspace
  5. 1 curtiu
    Curtir demais o The Order com certeza se tiver melhoria aquilo vai ser um filme praticamente ehueheuheuheuehu qualidade incrível, na parte do dirigível fiquei de boca aberta.
  6. 1 curtiu
    The Order 1886 é outro que vai ser bom revisitar no PS5, tem seus problemas mas eu gosto do jogo...gostei até de Gears Judment e Halo 5 Vamos combinar que visualmente GoT já é lindo mesmo no PS4 base e praticamente não tem loading, não precisaram se esforçar muito para melhorar a experiência . Também vai ser um dos primeiros que vou conferir no PS5 Slim
  7. 1 curtiu
    https://www.tecmundo.com.br/voxel/208979-cyberpunk-2077-teve-queda-79-base-jogadores-steam.htm
  8. 1 curtiu
    Então... eu comprei no início do ano o pacote especial com as dlcs no Xbox One. Daí quando deu o erro, fui pesquisar a respeito e vi gente reclamando desde q o jogo foi lançado. kkkkk. Ou seja, tiveram a cara de pau de vender como edição especial sem nem tocar em nada do jogo q estava dando problema. Era na parte dos núcleos, bem no finalzinho. https://amp.reddit.com/r/thesurgegame/comments/cl5tsu/the_surge_crashing_my_xbox/
  9. 1 curtiu
    Sabia decisão de deixar os 100% pro PS5. Até porque joguei no PS4 normal. Diferença deve ser grande.
  10. 1 curtiu
    Frame rate, screen tearing, textura em baixa resolução, entre outros lol. E nem é questão de ser jogo pesado, na verdade tem visual de PS3 na maior parte do tempo. É a otimização que é ruim mesmo.
  11. 1 curtiu
    Única coisa que comprei na Sales foi a DLC de NY do Division 2, estava 30 mangos, pior que está difícil de encontrar jogador aleatório para jogar, tentei duas vezes já e não achei ninguém, já na primeira missão da DLC, e sozinho está difícil bagarai, ela foi feita para se jogar em COOP. Está rolando um rumor que o Ubisoft UPlay também vem para o gamepass Vi aqui: Esse Jez é editor do WindowsCentral, já soltou alguns boatos no passado que se confirmaram, vamos ver.
  12. 1 curtiu
    Estou no Divine Dragon. Estou adorando o jogo.
  13. 1 curtiu
  14. 1 curtiu
  15. 1 curtiu
    Terminei Lords of the Fallen e já estou no fim do NG+. Jogo me prendeu demais. O gameplay é bom, bons mapas, quantidade enorme de equipamentos e um sistema de XP bastante interessante. Terminei a primeira jogada com 25h, mas daria pra fazer num tempo muito menor. A campanha é curta, mas há bastante conteúdo pra jogar novamente. Há muitos baús e algumas portas que ainda não consegui acesso, além das skills que dependem de 3 jogadas para aprender todas. Apesar da performance sofrível no PS4, considero que há qualidade pra poder relevar esses problemas a ponto de não estragar a experiência. Gostei bastante do game, até comprei a DLC com mais um mapa.
  16. 1 curtiu
    Vale muito a pena pelo desafio e revela algumas coisas legais da história chapa, elas ficam naquelas
  17. 1 curtiu
    Comprei um Series S usado amigos. Depois posto impressões. GrayFox
  18. 1 curtiu
    Deveriam ter feito isso desde o anúncio. Essa postura que cagou tudo.
  19. 1 curtiu
    CHUPA ROFFER! https://meups.com.br/noticias/digital-foundry-cabelo-jogadores-fifa-21-ps5/ ps: feliz natal chapas.
  20. 1 curtiu
    O q rolou na CD Projekt é q eles fizeram um jogo q deveria ter sido pensado para a nova geração. Não tem a menor condição de esperar q ele rodasse nas máquinas antigas. Se tivessem focado nisso desde o início não teria dado merda. Ou seja, algum idiota lá dentro teimou. E não largou o osso.
Líderes está configurado para São Paulo/GMT-03:00
×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..