Ir para conteúdo
Himikochan

Qual o anime que vocês estão assistindo agora?

Posts Recomendados

Os produtores do Kill la Kill participaram de especial no Niconico Douga,bem interessante.

Virei fã de vez dos caras,tudo umas porras loucas,o modo de trabalho deles é bem livre.Falaram umas coisa legais sobre a produção do anime,ele foi feito sem um contexto feito antes,foram montando a história com o passar dos eps,varias vezes mudaram algumas coisa.
 

Os personagens foram criados por varias pessoas,mas o desenhista principal do grupo levou 1 ano meio até conseguir chegar nessa Ryuko Matoi,disse que ate desistiu uma hora e ficou desenhando o resto,Ryuko foi um dos ultimos personagens a ser feito.lol
O povo desenhando o anime sem o personagem principal..lol
Outra curiosidade,a dubladora da personagem Ryuko é uma louca da vida,muita coisa foi tirada dela durante o trabalho,o modo largado de ser e tal.

 

Gostei de ver isso,um pessoal que esta pouco se fodendo para o publico,ou as criticas,simplesmente vão fazendo aquilo que gostam.

Kill la Kill original era mais erotico,mas acabou sendo barrado. :lolmor: 
Os caras terminaram o ultimo eps encima da hora,praticamente no dia da exibição.

 

Não acho que tenha algo parecido no mercado,é puro no-sense + otakisse shonen.O que é mais lolesco é que apesar de tudo,a historia é interessante,os personagens são puro carismas e as batalhas são de uma qualidade muito boa.
Tudo isso com um orçamento baixo.

Compartilhar este post


Link para o post

Acabei de ver o primeiro episódio de Kill La Kill. Me digam que fica melhor, por favor.

Compartilhar este post


Link para o post

Acabei de ver o primeiro episódio de Kill La Kill. Me digam que fica melhor, por favor.

Me diz o que você espera dele,só assim para responder.

 

Espere otakisses de níveis lolesco,umas batalhas legais,uns personagens no-sense.

 

Não esperece nada serio.

Compartilhar este post


Link para o post

Chuva de sangue, porrada pura e bizarrices. Episódios sempre em rítmo acelerado. Se gosta disso pode prosseguir.

 

 

Mecha também, o espírito tá lá, upgrades, combinações, ataques secretos, velho cientista, etc, etc...

Compartilhar este post


Link para o post

Não é questão de ser nonsense, sabe. É que tou achando até aqui tudo muito genérico pro meu gosto, não chega a ser uma festa de homenagens deliberadas estilo TTGL, e nem um festival de horrores estilo Bobobo-bo

 

Hyparam tanto esse anime que nem sei o que pensar, mas não vou julgá-lo completamente ainda. O início não tá sendo lá essas coisas, mesmo não levando à sério.

Editado por Char

Compartilhar este post


Link para o post

Estou pensando em retomar. Vi 3 episódios e realmente não me prendeu. Tem um easter egg aqui e ali nos cenários, mas esse fan-service é bizarro além da conta.

Compartilhar este post


Link para o post

Eu recomendo assistir tudo,o anime melhora muito na segunda parte dele,onde o foco fica mais no sangue e porrada.
Tudo é bem bizarro,principalmente no começo,mas ate a historia que parece banal é bem construida.

 

De qualquer forma,minha nota:8,5

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei Kill la kill: 

    

                           Quando eu fiquei sabendo que o pessoal de Gurren Lagann estava fazendo um novo anime, já fiquei na expectativa. E, não me decepcionei.  Apesar do animes não ser tão pretensioso quanto Gurren Lagann, ele não deixa muito a desejar. Um dos pontos mais fortes, pra mim, são os personagens; principalmente a família Mankanshoku, comédia pura.

                           Já, a estória poderia ter sido mais bem trabalhada. Acho, que se o anime passa-se dentro de uma das empresas da Revocs, teria sido bem mais interessante. E, aqueles Nudist Beach, são bem sem graça; principalmente Aikuro Mikisugi.

  

                          No final das contas, Kill la kill é um anime bem acima da média. Dou nota 8,5.

 

 

Obs.: como o tempo é de vacas magras, assisti Kill la kill a conta gotas, 2 episódios por dia. Com isso, acho que o anime rendeu mais, e também o pude aproveitar melhor.

Compartilhar este post


Link para o post

Guns manja,sempre falei isso cara.

Uma coisa que eu gostei muito em kill la Kill,eles sabiam animar o anime no começo!porra em uns 10 minutos já aconteciam tanta coisa que você achava que tinha assisti uma meia hora de anime.
Como assisti pelo niconico Douga,isso foi algo muito comentado,realmente muito bom isso,não lembro de outro anime assim.

Compartilhar este post


Link para o post

Estou vendo Oreimo. Terminei a first season e estou no final da segunda já, vi o décimo capítulo agora.

Sinceramente, é MUITO divertido e engraçado. E tem partes q realmente tocam o coração.

Só estou um tanto decepcionado com a direção q escolheram nos últimos eps. Tipo, qdo a Kirino

foi embora e o Kyousuke ficou sofrendo, eu achei q realmente teria a ver abordarem o tema de incesto, mas depois do lance com a Kuroneko, eu penso q ele deveria ficar com ela e a irmã arrumar outro. Parece q o clima pra historinha de incesto já se perdeu a esta altura, sabem. :-s

Bom, vamos ver como termina, depois posto minhas impressões gerais por aqui.

Editado por Serge Chrono 1

Compartilhar este post


Link para o post

Repetirei meu post do outro fórum :P

 

Sobre Oreimo, o que tem no seu spoiler é justamente o que o povo reclamou sobre a série, falando que o autor quis ser muito politicamente correto e no final ficou tudo meia boca e cliché (quando terminar vai entender), deveria ter assumido um lado mais preferiu ficar em cima do muro.

Compartilhar este post


Link para o post

Repetirei meu post do outro fórum :P

 

Sobre Oreimo, o que tem no seu spoiler é justamente o que o povo reclamou sobre a série, falando que o autor quis ser muito politicamente correto e no final ficou tudo meia boca e cliché (quando terminar vai entender), deveria ter assumido um lado mais preferiu ficar em cima do muro.

Ainda mais numa série cheia de piadinhas sexuais em todos os capítulos, ser muito corretinho não tem nada a ver mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Terminei de ver: (análise lotada de SPOILERS)

 

Ore_no_imouto_novel_v1_cover.jpg

 

Bom, achei a história muito boa e o anime em geral é engraçadíssimo (cenas como a da Akagi rolando em cima da mesa enquanto grita q adora gays e histórias homoeróticas são impagáveis :lol:), gostei de como foram pouco a pouco desenvolvendo os personagens e suas motivações (até a Saori teve um background interessante, quem diria), achei q o anime alterna momentos de intensa comédia com romance de muito bom gosto. Kirino e sua otakuzisse foram divertidas demais de ver, e o anime desenvolveu a relação dela com o irmão muito bem, assim como entre praticamente todos os personagens. No geral o saldo foi muito positivo e certamente entrou pra minha lista de animes preferidos, mas achei q as partes finais estragaram muita coisa na história.

Primeiro, uma coisa q eu acho legal em animes é poder quebrar certas barreiras de outras mídias mostrando situações caricatas e exageradas, tocando em temas-tabu com mais liberdade do q outras mídias, fazendo piadinhas nonsense a toda hora, etc.

Gostei muito de tudo isso em Oreimo, me apeguei aos personagens e em certo momento até torci para q o Kyousuke ficasse mesmo com a Kiririn, mas acho q o autor perdeu o momento pra isso qdo começou a focar em outras relações mais interessantes como a dele com a Kuroneko (my waifu :wub:). Porém ok, quiseram quebrar isso e colocar os irmãos totalmente apaixonados um pelo outro, "até aí ok, vamos ver como fica", eu pensei.

Mas o q eu critico é o fato do roteirista ficar em cima do muro na hora H. Tipo, é interessante tocar num tema polêmico como incesto, acho q tapar o sol com a peneira e nunca discutir isso seria covardia, e aplaudo quem se propõe a discutir algo difícil como esse tema. Mas poxa, colocaram o Koysuke pra dar fora em todas as garotas q gostam dele, quebrar relações preciosíssimas de amizade e amor, pagar mico gritando num alto-falante q ama a irmã no meio da rua, ameaçar toda a estrutura familiar, pra no final eles simplesmente ficarem juntos um tempinho e depois voltarem a ser irmãos normais? WTF? Tipo, anime não é exatamente uma mídia q preza realismo, mas isso é ir longe demais. Eu pergunto: quais irmãos na vida real conseguiriam se enxergar como "irmãos normais" depois de confessarem q se amam como homem e mulher e ficar um com o outro? O Koysuke no final soou como um perdedor imenso por destruir todas as relações q construiu pela irmãzinha só pra no final não ficar com ninguém. 

Isso me soou como covardia do autor, ora, se quer abordar incesto, então vá até as últimas conseqüências. Simplesmente quebrar todos os relacionamentos pra no final ninguém ficar com ninguém me soa como ficar em cima do muro pra não alienar a audiência. Audiência essa q curtiu a história justamente pela ousadia em tocar num assunto desses, entre outras tantas qualidades.

Falando assim, parece até q eu não curti, mas na verdade achei o anime maravilhoso, inesquecível, só q esses momentos finais foram ruins de doer.

Outra coisa q odiei foi a Manami ter sido transformada em bitch aos 45 do segundo tempo só pra limpar a barra da Kirino. Foi a única parte q achei bem idiota no background dela, q foi até bem emocionante no geral.

Não tinha necessidade e descaracterizou uma boa personagem só pra melhorar a idéia geral sobre as motivações da protagonista.

Tipo, eu acho q em 95% do tempo o anime foi ótimo em tudo q tentou fazer, mas qdo chegou a essa parte ele pecou demais e arruinou muita coisa legal da história. Seria melhor não ter tentado abordar o incesto se era pra ser assim.

Mas enfim, já me alonguei demais, gostei muito do anime como disse e só acho q momentos finais mais dignos teriam desejáveis.

Enfim, era isso.

Editado por Serge Chrono 1

Compartilhar este post


Link para o post
Terminei:

 

death_note_wallpaper_4.jpg

 

Bom,  foi uma das melhores experiências animezisticas q já tive até lá pelo ep 25, embora tenha me deixado bem decepcionado lá pelo ep. 17 qdo pensei q tinham estragado o personagem. Ledo engano,  Light só se mostrou mais e mais sagaz ao longo da série. 

O q estragou e impediu a série de ser suprema foram os últimos 12 capítulos, apesar de ter me empolgado ainda aqui e ali. Mas a nova trama envolvendo Near e Mello não tem o mesmo ritmo hipnotizante de antes e não tem o estilo mais voltado pro raciocínio lógico e a atenção em pequenos detalhes como era com o L. Fora q Near e Mello passam a sensação de ser personagens forçados dentro da trama pra encher linguiç.

Also,  o final foi bem covarde seguindo a velha cartilha de q o

bem tem q vencer o mal.

Na minha opinião, seria bem mais interessante o

Light vencer e julgar o mundo.

Mas sabem como é,  ne, tem q agradar o público politicamente correto não propagando valores "subversivos". 


Deveria ter acabado lá no ep. 26 com um final menos certinho,  aí seria absolutamente fantástico, mítico. Mas acabando como acabou, é uma série muito boa q perdeu a mão por se estender demais e acabar de forma clichê. 

De qualquer modo,  pelo q apresentou na fase L do anime, é sem dúvida uma história policial bem acima do q se encontra por aí na maioria dos casos.

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei Knights of Sidonia que achei muito bom, acho que deve ter sido uma das poucas coisas que salvaram desse ano. E tô reassistindo Boogiepop phantom. 

Compartilhar este post


Link para o post

Vi um tanto de coisa, mas nada que valha comentar, não por ser ruim (achei 90% muito bom) mas por serem normais ou clássicos (Gundam Z, Ovas e Unicorn).

 

Danshi Koukousei No Nichijou.

Um Nichijou mais "pé no chão" e com um foco mais fácil de pegar... mais feinho também (complicado, Nichijou é MUITO bem feito, foda superar ou igualar).

Quem curte anime de comédia pura (nada de shoujo, shounen, haren ou qualquer coisa que costuma vir junto) vale muito a pena. E quem curtir, emende Nichijou que é melhor ainda.

 

PS: Nichijou e Danshi Koukousei No Nichijou são dois animes com uma ideia vagamente parecida e de humor, mas o resto é totalmente diferente.

 

Hourou Musuko é outro anime genial. Seinen sobre um menino que curte se vestir de menina e uma menina que curte se vestir de menino... e suas desventuras e problemas enfrentados por isso. A qualidade da animação é soberba, e o tema e tratado de forma bem séria, até relam no ponto de transexualidade e mudança de sexo.

 

Agora to vendo Aru No Hana. Ta bom mas o manga deve ser melhor, a aparecia dos personagens que estão entre os 12-15 anos com cara de 18 pra mais incomoda, não condiz com as atitudes que eles tomam, confunde a cabeça.

Compartilhar este post


Link para o post

Vi um tanto de coisa, mas nada que valha comentar, não por ser ruim (achei 90% muito bom) mas por serem normais ou clássicos (Gundam Z, Ovas e Unicorn).

 

Danshi Koukousei No Nichijou.

Um Nichijou mais "pé no chão" e com um foco mais fácil de pegar... mais feinho também (complicado, Nichijou é MUITO bem feito, foda superar ou igualar).

Quem curte anime de comédia pura (nada de shoujo, shounen, haren ou qualquer coisa que costuma vir junto) vale muito a pena. E quem curtir, emende Nichijou que é melhor ainda.

 

PS: Nichijou e Danshi Koukousei No Nichijou são dois animes com uma ideia vagamente parecida e de humor, mas o resto é totalmente diferente.

 

Hourou Musuko é outro anime genial. Seinen sobre um menino que curte se vestir de menina e uma menina que curte se vestir de menino... e suas desventuras e problemas enfrentados por isso. A qualidade da animação é soberba, e o tema e tratado de forma bem séria, até relam no ponto de transexualidade e mudança de sexo.

 

Agora to vendo Aru No Hana. Ta bom mas o manga deve ser melhor, a aparecia dos personagens que estão entre os 12-15 anos com cara de 18 pra mais incomoda, não condiz com as atitudes que eles tomam, confunde a cabeça.

 

 

 

Terminei agora Danshi Koukousei No Nichijou e achei sensacional. Gostei muito porque além de hilario, os personagens e as situações realmente costumam soar reais.

 

 

Vou ver agora Nichijou. Esse Aru no Hana parece bom mesmo, a premissa lembrou onani master kurosawa.

Compartilhar este post


Link para o post

Leia só o mangá de Aru no Hana, o anime eu não aguentei, até porque achei que tentaram forçar um thriller psicológico nos personagens e uns discursos filosóficos que são irreais demais para os personagens, IMO.

A 2ª parte o o drama/romance padrão de animes/manga japa com teor mais sério e triste.

 

Nesse tom tem o Koe No Katachi que é bem melhor, ao meu ver.

Compartilhar este post


Link para o post

Vi Zankyou no Terror.  É mediano apenas, destaque pra animação e OST, o roteiro é cheio de furos e o Watanabe não manja de desenvolver jogo de gato e rato entre policia e procurados. 

Compartilhar este post


Link para o post

Postando para ir para ultima pagina

Não existe mais anime sem ser esses de menininha? :(

Ultimo q achei lindimais foi One Punch Man, isso é foda wtf da porra e pancada lol

Compartilhar este post


Link para o post

Esses dias assisti o final de Kiseiju (Parasite), fiquei até emocionado.

E pensar que um mangá que li no começo dos anos 90 a essa altura do campeonato recebeu uma adaptação foda em anime...

 

Naquela época foi um mangá que me marcou, o anime pelo que lembro foi bem fiel à obra.

Compartilhar este post


Link para o post

Tem uns 30 animes diferentes por temporada, então sempre tem ao menos uns 3 fodas, mas o povo só olha os mainstreams ou populares, por isso acha que só tem anime de menininha lol

Compartilhar este post


Link para o post

Falando em mangás antigos, Ushio to Tora é um deles. Até me surpreendeu adaptarem para um anime a essa altura do campeonato.

Parece que tem alguém bem competente garimpando o que tinha de bom antigamente.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..