Ir para conteúdo
Gvalentine

= Filmes de Terror =

Posts Recomendados

Assisti ao Host de 2020, não confundir com o coreano The Host lançado anos atrás, esse filme é um média metragem filmado durante a pandemia na casa dos atores mesmo e foi lançado na plataforma de streaming de terror Shudder, eles fizeram um pastiche despretencioso de "Amizade desfeita (Unfriended)" com "Atividade Paranormal", o filme inteiro é uma live de Zoom entre um grupo de amigas que resolve fazer uma sessão espírita mas acabam atraindo um capiroto que se manifesta na casa de cada uma delas, infelizmente o roteiro não é muito esperto pra sustentar todas as situações e rolam algumas forçadas de barra bem toscas, mas as atrizes são competentes e o filme até consegue algumas boas cenas de tensão graças à direção e edição espertas e efeitos simples mas bem realizados,  se tivessem tido maior cuidado com a narrativa poderiam ter se tornado mais marcante justamente por ser um dos primeiros filmes do COVID. Do jeito que é, fica apenas como curiosidade mas admito que me diverti, além de ser curtinho e não tomar muito do seu tempo..

 

uma mudança simples que eu faria na história que talvez melhorasse um pouco

 

 

o personagem do rapaz que só aparece no começo da história e depois volta apenas pra morrer, é o mais mal aproveitado e sua cena enfrentando o fantasma sem largar o laptop só pra a câmera filmar é a pior do filme. Ele nem participou da sessão espírita durante o erro da menina que acabou atraindo o capiroto, não fazia sentido ele também ser perseguido, podiam ter usado ele como a pessoa que encontra o "found footage" no final apenas, teria sido uma decisão mais lógica e provavelmente melhor do que a que usaram. A personagem da médium também foi mal aproveitada, as meninas deveriam ter insistido em tentar restabelecer contato com ela ou talvez até encontrar outra pessoa pra terntar se livrar do encosto, os celulares nunca deixaram de funcionar.

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post

Caiu no torrent o Possessor (2020), filme ainda nem estreou nos EUA eu acho e a cópia tem aquela marca d'água de video de avaliação de festival, é dirigido pelo filho do David Cronenberg e segue de perto o estilo de filmes que ele costumava fazer no início de carreira.

 

É um sci fi de baixo orçamento esquisito, gira em torno de uma mulher que trabalha pra uma corporação bizarra com uma tecnologia que hackeia o corpo e a mente de pessoas, o agente "possui" o hospedeiro, faz o serviço e sai. Melhor não dizer mais muita coisa mas curti bastante, embora não se aprofunde muito em certos aspectos eu achei bem dirigido, carregado por um elenco forte, além do body horror que não poderia faltar (mas podia ter mais). Sou suspeito porquê sou fã do trabalho do Cronenberg e acho que o filho tem futuro, o cinema tava precisando de mais cronenberguices.

 

Vou ver se assisto o filme anterior dele, 'Antiviral' pra ver qual é.

 

 

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post

Patroa entrou na vibe de ver filme de suspense/terror e eu fiz a festa :lolmor:

 

Acabei vendo The Lodge, The Rental e Becky numa porrada só. Eu fui meio cego no três e acabei saindo com boas surpresas:

  • The Lodge: Extremamente bem construído, sempre fica aquele clima do que realmente tá acontecendo e quando a verdade aparece, chega até a ser surpreendente. Mas o melhor do filme é justamente o último ato, que é espetacular;
  • The Rental: O melhor do 3, na minha opinião. Atores ótimos, história que vai crescendo, final muito bacana.
  • Becky: Esqueceram de Mim para adultos, me diverti horrores, a menina é puro carisma :lolmor:

Compartilhar este post


Link para o post

ah, acho que cabe aqui sim, tem um gorezim, um roteiro de home invasion safado mas esperto, tem um post meu sobre ele na página anterior até, curti bastante.

 

vi um filmeco chinês de terror adolescente que tem no Netflix, A Ponte Fantasma ou algo assim, se passa em uma universidade que tem uma lenda urbana estilo Loira do Banheiro, aqui em vez de olhar no espelho a regra envolve subir os degraus que tem num bosque dentro do campus logo depois de uma ponte, se você fizer isso depois da meia noite um degrau extra aparece e você não pode olhar pra trás ou é atacado por um espírito, é claro que os moleques  fazem testes de coragem pra pregar peças com os amigos e é claro que dá merda, o filme segue uma repórter fazendo uma investigação anos depois de um incidente e alterna entre as duas épocas. É bem clichê e demora a engrenar, mas me peguei curioso pra ver o que ia acontecer e até que o roteiro é legal, não chega a ser found footage mas faz uso de câmeras diferentes em alguns momentos pra variar a ponto de vista, nada imperdível e você prevê o twist de longe se já está acostumado com esses filmes, mas se você não se incomodar com as atuações meio fracas e tal pode divertir.

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post

Vi Origens Secretas na Nerflix.

 

Trata-se de um filme espanhol que emula bastante o clássico Seven, com uma diferença básica: o psicopata mata pessoas se baseando em hqs de heróis(ex: fazendo um cara morrer de tanto malhar pra ficar igual ao Hulk).

 

Achei bem legalzinho, mas nada que vá mudar a sua vida.

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei o Maldição da Mansão Bly, se você não gostou muito do Maldição da Mansão Hill porquê era mais drama do que terror então passe longe, esse aqui aumenta ainda mais no drama, com algumas pessoas até comparando mais com o velho e açucarado Ghost do Patrick Swayze do que outra coisa :D. Mas vou te dizer que ainda gostei, o Flanagan mantém o estilo de narrativa, indo e vindo no tempo com várias camadas, ele é um bom contador de histórias e apesar de ainda haver alguns momentos creepy e um ar de mistério bem legal que me deixou preso pra entender tudo, a história tem uma pegada mais emotiva e romântica.  

 

Nessa série ele pega alguns clássicos da literatura de fantasmas e dá uma modernizada, na primeira temporada a base foi A Assombração da Casa da Colina da Shirley Jackson e aqui foi o A Volta do Parafuso do Henry James, e ele tá fazendo um trabalho muito bom de adaptar mas também fazer uma versão mais autoral dessas histórias, adicionando algumas outras influências literárias e assim como o American Horror Story faz, vários atores da primeira temporada retornam em papéis diferentes. Já estou curioso pra saber o que ele fará na próxima.

Compartilhar este post


Link para o post
Em 15/10/2020 em 22:14, Cyco disse:

Terminei o Maldição da Mansão Bly, se você não gostou muito do Maldição da Mansão Hill porquê era mais drama do que terror então passe longe, esse aqui aumenta ainda mais no drama, com algumas pessoas até comparando mais com o velho e açucarado Ghost do Patrick Swayze do que outra coisa :D. Mas vou te dizer que ainda gostei, o Flanagan mantém o estilo de narrativa, indo e vindo no tempo com várias camadas, ele é um bom contador de histórias e apesar de ainda haver alguns momentos creepy e um ar de mistério bem legal que me deixou preso pra entender tudo, a história tem uma pegada mais emotiva e romântica.  

  

Nessa série ele pega alguns clássicos da literatura de fantasmas e dá uma modernizada, na primeira temporada a base foi A Assombração da Casa da Colina da Shirley Jackson e aqui foi o A Volta do Parafuso do Henry James, e ele tá fazendo um trabalho muito bom de adaptar mas também fazer uma versão mais autoral dessas histórias, adicionando algumas outras influências literárias e assim como o American Horror Story faz, vários atores da primeira temporada retornam em papéis diferentes. Já estou curioso pra saber o que ele fará na próxima.

Eu gostei muito da Mansão Hill(apesar da derrapada no final), mas tô um pouco com pé atrás com mansão bly pelas criticas menos positivas, vou deixar pra assistir depois.

 

Eu tava por fora disso, mas nessa quinta a Globo lançara uma serie de horror, criada pela Ana paula maia, que é uma escritora muitíssimo elogiada. O trailer mostra potencial:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
3 horas atrás, Ymor disse:

Eu gostei muito da Mansão Hill(apesar da derrapada no final), mas tô um pouco com pé atrás com mansão bly pelas criticas menos positivas, vou deixar pra assistir depois.

 

Eu tava por fora disso, mas nessa quinta a Globo lançara uma serie de horror, criada pela Ana paula maia, que é uma escritora muitíssimo elogiada. O trailer mostra potencial:

 

 

 

Pior que na Mansão Bly é meio que ao contrário, começa devagar e tive que me forçar um pouco, mas melhora bastante no final. 

 

Bem interessante essa série brasileira, pelo menos visualmente tá parecendo bem cuidada. A produção nacional de horror tá aumentando nos últimos anos, não consegui ver muita coisa ainda mas fico feliz que isso tá acontecendo, tô muito curioso pra ver o Cemitério das Almas Perdidas.

Compartilhar este post


Link para o post
Em 15/10/2020 em 22:14, Cyco disse:

Terminei o Maldição da Mansão Bly, se você não gostou muito do Maldição da Mansão Hill porquê era mais drama do que terror então passe longe, esse aqui aumenta ainda mais no drama, com algumas pessoas até comparando mais com o velho e açucarado Ghost do Patrick Swayze do que outra coisa :D. Mas vou te dizer que ainda gostei, o Flanagan mantém o estilo de narrativa, indo e vindo no tempo com várias camadas, ele é um bom contador de histórias e apesar de ainda haver alguns momentos creepy e um ar de mistério bem legal que me deixou preso pra entender tudo, a história tem uma pegada mais emotiva e romântica.  

 

Nessa série ele pega alguns clássicos da literatura de fantasmas e dá uma modernizada, na primeira temporada a base foi A Assombração da Casa da Colina da Shirley Jackson e aqui foi o A Volta do Parafuso do Henry James, e ele tá fazendo um trabalho muito bom de adaptar mas também fazer uma versão mais autoral dessas histórias, adicionando algumas outras influências literárias e assim como o American Horror Story faz, vários atores da primeira temporada retornam em papéis diferentes. Já estou curioso pra saber o que ele fará na próxima.

 

Também curti. Realmente ela demora uns 2-3 episódios pra engrenar ( acho a atriz principal muito gatinha e admito que me motivou a ver mais ) mas fica boa para quem não esta esperando um terror "puro" e sim uma história bem contada de fantasmas. Ótimas atuações e um finale bem competente e amarradinho. Recomendo também.

 

GrayFox

Compartilhar este post


Link para o post

Eu vi que o novo da Netflix "O que ficou para trás" (His House) tava chamando atenção e assisti ontem. Um casal de refugiados do Sudão chegam ao Reino Unido e são guiados pela imigração a um tipo de cohab nas perifas de Londres, além dos perrengues da vida eles têm que lidar com uma entidade na casa que os atormenta, dizer mais do que isso é entrar em spoilers. A premissa por si é muito boa e a atmosfera que o diretor consegue estabelecer no começo é arrepiante e tensa, meu problema com o filme é que o rumo que a história toma acaba diluindo o horror, apesar da trama se manter interessante o suficiente pra sustentar meu interesse. Mesmo assim ainda curti bastante, achei criativo dentro do subgênero de casa mal assombrada e gostei da atuação da atriz principal.

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post
Em 20/10/2020 em 11:03, Ymor disse:

Eu tava por fora disso, mas nessa quinta a Globo lançara uma serie de horror, criada pela Ana paula maia, que é uma escritora muitíssimo elogiada. O trailer mostra potencial:

 

 

 

Peguei um mês da globo play só pra ver Desalma. 

 

Gostei bastante, é como um romance gótico ambientado numa colônia ucraniana na serra catarinense, tem alguns problemas, como os diálogos que são meio literários demais, o que soa artificial em alguns momentos, a fotografia podia ser um pouco menos plástica também, aquela coisa de tudo parecer cenografia. O forte é a historia que realmente prende a pessoa em assistir um episodio atrás do outro, no final perde um pouco a força na medida que o mistério vai se revelando, e podia ter se beneficiado de uns 2 episódios a menos, porém no final o saldo é positivo e recomendaria. Só acho uma pena que confirmaram uma 2 temporada, porque não vejo muito pra onde a historia pode partir sem parecer enrolação ou desgaste da trama.

Compartilhar este post


Link para o post

Depois de mto tempo sem ver nada vi esse tal Possessor

 

gostei, filme original diferentão. bem diferente do q eu esperava pela capa / titulo , mas fui sem saber absolutamente nada. nem trailer vi

 

peguem a versao uncut, tem uns gore pesadinho e umas putaria tb

 

recomendo

Compartilhar este post


Link para o post

Não é filme mas é serie de "terrô":

 

 

Já faz 1 mês que o trailer está no ar, mas só vi hoje um canal que acompanho no Youtube comentando sobre.

Compartilhar este post


Link para o post

vi mais dois no Netflix, o slasher polonês "Sem Conexão", se passa em um acampamento detox de tecnologia pra adolescentes (uma saída inteligente pra desculpa do celular que não pega) e foca em um grupo que sai pra acampar e acaba sendo atacado por um assassino deformado, melhor não contar mais do que isso pra preservar as surpresas, embora o roteiro nem sempre saiba explorar muito bem os personagens e situações o filme me divertiu, não chega a ser imperdível mas é carismático e dá pra ver que os realizadores gostam do gênero com boas sacadas citando outros filmes e efeitos práticos competentes.

 

O outro é o suspense sobrenatural "Sono da Morte" é um filme de 2016 que garimparam só pra aproveitar a popularidade do diretor Mike Flanagan (das séries da Maldição da Mansão, Jogo Perigoso e da sequência d'O Iluminado, Dr Sleep), dá pra ver que já têm várias das marcas dele, boa direção de atores mirins, algumas boas cenas de tensão, mas ainda sem o mesmo controle que ele ia aperfeiçoar com os filmes mais recentes. A premissa eu estava achando familiar até que ele mesmo deu a dica ao mostrar os personagens assistindo a um episódio do Twilight Zone clássico e me lembrei: O episódio do menino que consegue materializar os seus pensamentos! Só que no caso aqui são os sonhos dele que se materializam na realidade e também os seus pesadelos, as coisas que tornam o filme mais fraco são alguns efeitos cgi marromenos e uns detalhes do roteiro que achei furado mas tenho que entrar em spoilers, ou seja, não é um filme ruim mas também não chega perto dos mais recentes dele.

 

a assistente social deu a entender que sabia de tudo e tinha inclusive o arquivo com todas as informações necessárias pra solucionar o problema, mas nunca fez nada pra resolver a situação mesmo vendo que todo mundo que adotava o garoto desaparecia?? E pior, continuava a arrumar famílias pro garoto matar. A cena em que ela se descuida pra que a mãe adotiva atual consiga roubar esse arquivo tb é tão forçada que cheguei a achar engraçada, até aceitaria o fato de que ela tinha medo e fez de propósito mas como nunca chegaram a estabelecer isso fica parecendo apenas um furo.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..