Ir para conteúdo
DanDan

Custo dos jogos na proxima geração - Opinioes e discussão - Possivel custo futuro de 69 dolares(365,00 Br)

Posts Recomendados

Prezados, o assunto é pertinente e entrou em pauta nos principais sites de games e trata-se da 2k games ter definido que o o próximo jogo da serie NBA 2k ter seu preço definido de 69 dólares, o que alguns disseram ser uma tendência os próximos jogos terem esse preço.

 

O preço dos games no seu lançamento nos últimos anos girou em torno dos 60 dólares. A idéia é traçar um impacto disso na indústria como um todo e quais os impactos aqui no mercado Br.

 

Eu trouxe um vídeo que explica bem a situação, o vídeo é interessante e traça algumas situações das gerações passadas e até comenta uns perrengues que algumas empresas passaram ao assumir novos custos e faz um paralelo entre aumento de custo e entregar os melhores gráficos, o vídeo puxa um pouco a sardinha da nintendo mas para ilustrar a discussão é ótimo.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

francamente da gen que passou agora para essa, nao vejo razao para aumentar o preco

 

vai ligar uns efeitinhos on/off que ja existem no pc

 

talvez gastem mais na pesquisa da implantacao de ray tracing, porem RT economiza o desenvolvedor fzer isso por maps

 

so que ele vai ter que fazer isso 2x, um por RT,e outro no metodo antigo, 

 

penso que os jogos AAAA, ou seja 4A possam pedir mais

 

mas so existe um no munod assim que e o TLOUS2

 

e agora a MS ta prepando outro da Iniciative

 

 

 

Editado por Alucard

Compartilhar este post


Link para o post

O grande problema é que, do ponto de vista financeiro, os jogos deveriam ter aumentado de preço na geração passada.... POLÊMICA: SERÁ QUE SE TIVESSEM AUMENTADO OS PREÇOS DOS JOGOS, TERÍAMOS O BOOM DE MICROTRANSAÇÕES???? :lolmor:

 

No final das contas, algumas coisas atenuaram a questão do preço: microtransações (tirando a palhaçada das lootboxes), DLC e a própria escala de venda de jogo, pq a própria indústria sabe que mexer no preço dos jogos é algo extremamente sensível. Isso sem contar no boom dos indies (que já tem um bom tempo, desde a geração passada) e nos mais recentes jogos A ou AA, que começam a explorar um meio termo de equipes menores, jogos mais curtos mas com características de jogos AAA. Fazendo um pequeno parêntenses em cada uma das questões:

 

Microtransações foram talvez o grande pulo do gato e o principal problema da indústria nessa geração. Trazer o a monetização dos jogos de celulares e explorar o conceito de consumidor baleia foi uma tacada de gênio... Até o pessoal ser ganancioso demais e transformar isso em lootbox. E aí, o público não perdoa. Eu acho que hoje, chegamos num meio termo aceitável, que não prejudica quem só quer jogar e permite a criação de jogos F2P de qualidade... Dá pra melhorar? Dá, mas andou-se muito com a questão...

 

Que foi basicamente o que aconteceu com as DLCs. Enquanto vc tinha coisas sofríveis na geração passada (jogo sem final, personagens travados na partida) eu acho que a gente já andou bastante aqui. Os jogos de luta conseguiram montaram uma boa estrutura com as seasons, matando versões Ultimate, Super, Hyper, vendidas a preço cheio (Deus abençoe Killer Instinct), apesar de eventuais sacanagens das empresas. E alguns jogos tiveram longas sobrevidas com expansões, vide Monster Hunter World e Horizon, com DLCs dignas de jogos novos. No final, DLCs dão sobrevida a jogos com relativa redução de custos.

 

Quanto aos jogos A e AA, acho que é um interessante meio termo entre a indústria indie e a AAA "1 trilhão, já diria Guedes". São jogos mais curtos, com gráficos excelentes, mas não chegando naquele limite e com conceitos interessantes. Nessa geração já tivemos jogos bons nesse esquema, como Hellblade e A Plague Tale, mas esse é um segmento que parece estar muuuuito no início. O potencial é grande, mas vamos ver.

 

No final das contas, acho que o aumento do preço dos jogos é inevitável. Por mais que se tente explorar e monetizar, o preço base conta (e muito) e a competição entre empresas gigantes só faz o custo aumentar, lembrando que a indústria de games é extremamente intensiva em PESSOAL. Muito se fala em engines, licenças e etc, mas o funcionário desse tipo de indústria é um funcionário caro E ELE PRECISA SER CARO. E isso não tem muito praonde correr, ainda mais com a recente pressão pra sindicalização.

 

A grande questão é a resposta do público: topar isso como novo normal e vida que segue ou ser ainda mais seletivo no que ele compra, fazendo com que a indústria AAA seja ainda mais competitiva e acabe com que grandes developers.

Compartilhar este post


Link para o post

Iwata disse algo bem parecido que já comentei no outro tópico. Claro que hoje outros games ( até free ) conseguem lucrar horrores com DLCs, microtransações e talz mas pensando no lado do Single Player "puro" eu acredito que um aumento seja natural. Não sei se estou disposto/quero a pagar, obviamente, mas é algo que eu entendo. Outro caminho, como também comentei, são as empresas criarem outros jogos de rentabilidade fácil para sustentar os AAAs single. Algo como se uma Project Red começasse a lançar alguns fortnite like a cada Witcher.

 

GrayFox

Compartilhar este post


Link para o post

Criar um sucesso como o Fortnite não é nada fácil e demanda uma equipe grande para criar novo conteúdo com a frequência necessária. Há algum tempo o chefe da Epic disse que a maior parte dos 700 desenvolvedores do estúdio estavam trabalhando no jogo.

 

Dito isso, a CD Projekt  já confirmou um jogo online baseado no Cyberpunk 2077. Seguindo o sucesso da Rockstar com o GTA e RDR Online.

Compartilhar este post


Link para o post
57 minutos atrás, GrayFox disse:

Iwata disse algo bem parecido que já comentei no outro tópico. Claro que hoje outros games ( até free ) conseguem lucrar horrores com DLCs, microtransações e talz mas pensando no lado do Single Player "puro" eu acredito que um aumento seja natural. Não sei se estou disposto/quero a pagar, obviamente, mas é algo que eu entendo. Outro caminho, como também comentei, são as empresas criarem outros jogos de rentabilidade fácil para sustentar os AAAs single. Algo como se uma Project Red começasse a lançar alguns fortnite like a cada Witcher.

 

GrayFox

 

O problema aí é: se vc tem um tipo de jogo que lucra mais do que o outro, numa visão financeira, pq vc vai produzir o que lucra menos? Não seria muito melhor vc deslocar sua equipe para suportar esse jogo que lucra mais e tem rentabilidade muito mais longa, ao invés de arriscar capital em um produto com mais risco e menor rentabilidade?

 

Na prática, pessoal não faz isso pelo que Soul Reaver falou: F2P não é certeza de lucro fácil. É só lembrar de como a indústria tentou criar o novo Call of Duty, o novo GTAV, o novo Overwatch, o novo Fortnite, e por aí vai. E quanto mais gente tenta entrar, a fatia do bolo vai ficando cada vez menor. Mas tem vezes que dá certo... Apex Legends, é a prova vivo disso. Mas tá mais pra uma exceção que comprova a regra :lolmor:

Compartilhar este post


Link para o post

Eu lembro de ler uma entrevista com um executivo qu era, se não me engano, da Konami.

Era sobre porque produzir AAAs com o custo muito alto e não jogos menores e mais lucrativos. Ele explicou que AAA, apesar de não ser tão rentável, serve parar desenvolver tecnologias dentro da empresa, capacitar e desenvolver o quadro de pessoal, além de fazer com que o nome da empresa seja referência na área.

Isso tudo tem consequência na produção dos outros jogos não AAAs da empresa, com qualidade maior, tecnologias já prontas, menores prazos de desenvolvimento logo maior rentabilidade, etc.

 

Essa discussão de custo e preço é a mesma coisa já tem gerações, e  continua aumentando o número de AAAs.

 

O problema das discussões é que elas são sempre razas, naquele raciocínio estanque focado em lucro individual por título, e esquecendo que existe todo um negócio envolvendo diversos projetos, e o que se quer não é só dar dimdim amanhã, mas maximizar o lucro global, dando sustentabilidade pra empresa como um todo.

 

Melhor exemplo é a Amazon com a Amazon Prime video. O prime video dá prejuízo pra Amazon, ela sabe disso, sabe que o serviço não vai dar lucro, porém usa o prime video como forma de ajudar a fidelizar o cliente pra comprar produtos na Amazon . Por isso se alguém assinar o Amazon prime, o vídeo vem incluso, apesar de dar prejuízo eterno.

 

Talvez a EA em alguns casos de monopólio de licença consiga aumentar o preço, como da NBA, ou até o fifa. Porém, aumentar o preço dos outros AAAs sem monopólio vai ser complicado,  aí começa a entrar a auto regulação do mercado competitivo 

Compartilhar este post


Link para o post

Acho que o aumento deveria ter ocorrido na transição pra gráficos em HD que geraram custos absurdos para as empresas. Mas quem sabe aumentando o valor dos jogos acabem as microtransações (o que eu duvido) ou as DLCs safadas que já estão até msm no disco. O que acontece é que essa onda de subir os valores está crescendo e nós aparentemente não estamos mostrando que nos importamos.

Compartilhar este post


Link para o post
Em 09/07/2020 em 13:53, psg1 disse:

 

Mas olha só, algumas das mesmas que deram 10/10 para TLoU part 2...por que não estou impressionado. As mesmas que reclamaram dos Reviews Bombing, Bad Reviews Brigade em cima do jogo, mas agora que mostraram que 47% dos reviews positivos também são reviews completamente falsos, replicados no copiar e colar por "usuários diferentes" (provavelmente uma mesma cambada de desocupados) estão com seus bicos bem fechadinhos. Não escrevem uma linha de artigo e nem um Tweeterzinho sequer sobre o assunto. É claro que o mesmo acontece com os reviews negativos e provavelmente na mesma proporção, mas estranho que só eles são sempre lembrados (e apagados pelo Metacritic). Estou chocado!  :lolmor: 

 

https://www.reddit.com/r/TheLastOfUs2/comments/hoynhh/47_of_positive_reviews_fake_for_the_last_of_us_2/

 

Esse negocio das publicações especializadas defendendo os aumentos dos preços dos jogos, é o mesmo caso da ESRB, PEGI e outras "entidades regulatórias idôneas" defendendo a EA e outras FDPs. Dizendo que está tudo certo com os lootboxes e os outros esquemas imundos de monetização nos jogos dessa cambada de filhosdaputa.

 

Mas os jogadores reclamam demais. A EA e a 2K Games já criaram seu próprio esquema de "Xbox Smart Delivery", transição de jogos para a nova geração ou como quiserem chamar. Tudo para fod...ajudar os consumidores que se sentirem lesados pelos novos preços e, também poderem oferecer algo ao menos parecido com "a magica incompreensível" (vergonha na cara de não priorizar lucro acima de tudo e de todos) que algumas empresas como a CD Projekt Red vão oferecer.  

 

A EA vai oferecer o " EA Dual Entitlement " (nome bonito heim, soa legal...gostei) onde você tem um período (bem curto) para fazer a transição de geração e receber o update para seus jogos. Lindo, digno e bem consumer friendly como a EA gosta de ser. Mais detalhes dessa maravilha aqui https://www.videogameschronicle.com/news/eas-smart-delivery-alternative-currently-wont-upgrade-physical-ps4-games-for-the-digital-only-ps5/

 

O esquema da 2K Games também é bom, vejam só:

 

Não gostou de comprar um jogo igual ao do ano passado, ainda com os mesmos esquemas de monetização só que agora ainda mais caro por $70 Trumps?

 

Está preocupado pois está caro pagar $70 e você não sabe se recebera update para o jogo na nova geração caso mude para ela?

 

Não se aflija mais pois a 2K Games tem a solução. Compre as duas versões do jogo no pacote promocional, planejado especialmente para sua satisfação total e, claro, "beneficio mutuo" (ferro no rabo do consumidor e seu dinheiro no nosso bolso :lolmor:) por apenas $99 dólares. Sim você ouviu bem, $99 "fucking" Trumps e você leva as duas versões do mesmo jogo, da geração atual e da próxima. Do esquema da EA eu até gostei, mas esse é excepcional. Cadê seu deus agora, cade CD Red? Não era melhor mandar logo o consumidor ir se foder de uma vez e oferecer o upgrade pelos $30 dólares adicionais no futuro? Não, é melhor fazer de conta que está se importa muito com o consumidor com uma piada dessas. Mais dessa outra maravilha aqui https://www.videogameschronicle.com/news/next-gen-game-upgrades-should-be-free-xbox-tells-developers/

 

CD Projekt Red (e mais algumas ainda no ensaio): "...Os jogadores não devem pagar (principalmente ainda mais caro) pelo mesmo jogo duas vezes... ofereceremos (faremos a magica impossível) a transição de geração dos jogos sem nenhum custo adicional..."  

 

Consumidores:

 

97bafda85fc80e6dadfe9c66d29d27f8b5c965aadc66e1513b9296695d2e923e.jpg

 

Consumidores questionam EA e 2K Games sobre o aumento de preços dos jogos, se eles virão sem esquemas de monetização e quais suas politicas de transição sem custo adicional.

 

Resposta da EA e 2K Games aos consumidores:

 

58230858.jpg

 

Me pergunto até hoje qual eram as intenções da EA e Bethesda ao tentarem comprar a CD Projekt Red. "Será" que era para mostrar como realmente se faz negócios e se trata os clientes, impedindo essas praticas subversivas dela com os consumidores? Expandir e investir na empresa? Será?

 

Todo mundo sabe qual era a intenção delas não é mesmo!?   

 

Minha resposta e opinião para o "aumento justo" dos jogos praticados por algumas empresas, é o mesmo que a EA e 2K está dando aos consumidores ai no meu post. Como já mostrado em outras produções e por outras empresas, o aumento é simplesmente a mais pura ganancia e sacanagem. 

Editado por Marcelo Roffer

Compartilhar este post


Link para o post

A grande questão é: alguém vai comprar essa versão de 99 dólares?

 

Eu acho que vcs subestimam demais a capacidade do consumidor em tomar certas decisões. Esse é o tipo de coisa que vai sair MUITO pela culatra, pq vc entra num looping de "não vou comprar a versão pra PS4 pq vai sair a versão PS5, "não vou comprar a versão para PS5 pq a versão PS4 é mais barata", "99 dolares? Enfia no cu" :lolmor: Especialmente se for aqueles jogos marromeno que ninguém se importa, vai acabar sendo um vazio gigante.

 

Pra mim, os 70 dólares servem muito mais pra botar empresas que não fazem práticas abusivas numa situação mais confortável do que DOMINAÇÃO GLOBAL DAS EMPRESAS OVERLORDS. Seguindo o exemplo da CD Projekt, por exemplo, manter o preço por 60 dólares prejudicaria muito mais ela do que uma EA da vida, que consegue rentabilizar literalmente qq coisa. Ou seja:

 

MANTENDO OS 60 DÓLARES VC ESTÁ AJUDANDO A CD PROJEKT SER COMPRADA PELA EA, SEUS MONSTROS :lolmor: (sim, forcei a barra, me julguem ahahahhaha)

 

Mandando um repeat please aqui: o aumento de preço tem seus pontos e seus defeitos. Não dá pra marcar com vigor que tá certo ou tá errado, mas no final das contas, o consumidor é o único juiz que importa. Se ficar caro, meus amigos, AS PESSOAS NÃO VÃO COMPRAR JOGOS. Simples assim, fácil assim. E vc não consegue rentabilizar um jogo que não foi vendido (ainda AHUAAAAAAAAA). O castelo de cartas desmorona.

Editado por qqt

Compartilhar este post


Link para o post
2 horas atrás, qqt disse:

Seguindo o exemplo da CD Projekt, por exemplo, manter o preço por 60 dólares prejudicaria muito mais ela do que uma EA da vida, que consegue rentabilizar literalmente qq coisa. Ou seja:

 

MANTENDO OS 60 DÓLARES VC ESTÁ AJUDANDO A CD PROJEKT SER COMPRADA PELA EA, SEUS MONSTROS :lolmor: (sim, forcei a barra, me julguem ahahahhaha)

 

Hoje é mais facil a EA comprar a Ubisoft que a Cdprojek. TRUE STORY

 

Por isso que eu compro os jogos deles no GOG. Meus 30% de 60 >>>>> os 10 dolares extras dos 70

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post

Só rindo dos pensamentos inocentes do tipo "beleza aumenta 10 dolares, mas tira as transações/DLC que já vem inclusa no jogo", jamais isso irá ocorrer chapas. Para se conseguir o mínimo de regulação sobre isso foi preciso o Estado intervir (como na china que tem Lei que ordena que a empresa seja transparente nas chances que tem de vir o objeto), nunca que as empresas vão deixar de investir em novas formas de microtransações ou lootbox.

 

Na minha visão se esse aumento vingar irá favorecer um ramo de mercado, o mercado de stream de jogos, serviços como gamepass, psnow e o gforcenow devem aumentar seus assinantes.

Compartilhar este post


Link para o post
7 horas atrás, Beck disse:

Só rindo dos pensamentos inocentes do tipo "beleza aumenta 10 dolares, mas tira as transações/DLC que já vem inclusa no jogo", jamais isso irá ocorrer chapas. Para se conseguir o mínimo de regulação sobre isso foi preciso o Estado intervir (como na china que tem Lei que ordena que a empresa seja transparente nas chances que tem de vir o objeto), nunca que as empresas vão deixar de investir em novas formas de microtransações ou lootbox.

 

Na minha visão se esse aumento vingar irá favorecer um ramo de mercado, o mercado de stream de jogos, serviços como gamepass, psnow e o gforcenow devem aumentar seus assinantes.

 

isso deve ocorrer na proxima geração,  gamepass deve crescer junto com os demais serviços.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..