Ir para conteúdo
hoel

Redução de impostos?

Posts Recomendados

quer que eu diga o que vai acontecer?

Jogos a preço full de 240 reais , o resto sendo distribuído entre distribuidora e revenda. A desculpa vai ser que custa 60 dolares la fora. E possivelmente promoções mais agressivas dps. 

 

Hardware imho não dará tanta diferença. Cai mas não muito

 

ps:: enquanto isso na argentina o jogos no steam são em media de 40 a 50% mais baratos

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post

Psg1 sem chances

se fizerem isso você compra pela internet direto, ou importadoras vão fazer isso.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Mas isso é para hardware.

 

jogos acho que não existe imposto para direitos autorais. Pelo menos livros e softwares não tem

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

A redução é bem vinda mas com o dólar a preço de ouro fica foda.

Compartilhar este post


Link para o post

Esse é o imposto que empresas pagam e aparentemente essa redução nada tem de novo, sempre acontece, infelizmente tem nada a ver com o imposto abusivo que pagamos de importação:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

O cara confundiu as coisas aí no vídeo.

a redução, lembrando que está em estudo, não é para produção e sim de importação para venda. E sim não é para PF, mas afeta sim diretamente o preço nas lojas que vão pagar menos impostos, e os impostos internos, ICMS e etc tem sua alíquota incidente inclusive sobre o preço pago no imposto de importação. E em nenhum momento se situou se a redução e temporária ou não.

Compartilhar este post


Link para o post
14 horas atrás, hoel disse:

O cara confundiu as coisas aí no vídeo.

a redução, lembrando que está em estudo, não é para produção e sim de importação para venda. E sim não é para PF, mas afeta sim diretamente o preço nas lojas que vão pagar menos impostos, e os impostos internos, ICMS e etc tem sua alíquota incidente inclusive sobre o preço pago no imposto de importação. E em nenhum momento se situou se a redução e temporária ou não.

Hmm, interessante então 

Compartilhar este post


Link para o post

E obviamente as lojas não irão repassar a redução pro consumidor de imediato. Muitas vão aproveitar pra por como promoção e ficar na guerrinha de quem vende por menos. É assim que funciona o livre mercado.

Compartilhar este post


Link para o post

Com o "Dóla" nas alturas e nesse nosso pais de merda o assunto é tão irrelevante que o pessoal nem comenta mais :lolmor:, mas vamos lá:

 

Governo Federal corta impostos de games ao anunciar redução de 10% no IPI

Decisão foi tomada apesar de inflação crescente e alta de preço em produtos essenciais

 

imposto-games-chamada.jpg

 

Mesmo com uma inflação alta e com aumento histórico no custo de produtos essenciais, o Governo Federal anunciou uma redução nos impostos para o setor de games. O decreto, que aguarda assinatura do presidente da república, Jair Bolsonaro, prevê uma diminuição de 10% no Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre consoles de videogame e seus acessórios.

 

Recentemente, Bolsonaro declarou que pretendia diminuir a taxação sobre essa categoria de produtos. A decisão foi tomada porque, nas palavras do próprio presidente, a "molecada voltou a chiar".

Essa é a segunda redução do tipo em menos de seis meses. Em outubro de 2020, na sua conta oficial no Twitter, Jair Bolsonaro detalhou que os impostos sobre consoles e máquinas de jogos iriam cair de 40% para 30%. Já a taxa sobre acessórios de consoles e máquinas similares passaram de 32% para 22%.

 

Para completar, no caso de videogames com tela incorporada, as alíquotas passaram de 16% para 6%. Essa categoria inclui consoles portáteis como o Nintendo Switch, mas não é limitada a eles.

 

Teremos que esperar para ver como essas mudanças vão afetar o mercado, ou se isso de fato irá acontecer. Afinal, a taxa de impostos não é o único fator responsável pela recente alta nos preços de consoles e acessórios para games.

 

A pandemia de COVID-19 está atrapalhando a produção de semicondutores em todo o planeta, o que tem feito consoles e placas de vídeo custarem até mais de três vezes o seu preço sugerido. No Brasil, o Xbox Series X já está saindo por mais de R$ 7.000, bem acima do seu preço normal de R$ 5.000.

 

Já o PlayStation 5 pode ser achado por até R$ 9.000 em lojas conhecidas de varejo, apesar de ter o mesmo preço sugerido de R$ 5.000. Claro que essa não é uma situação tão ruim quanto a de placas de vídeo para computadores, mas está longe de ser confortável para quem joga em consoles.

 

https://adrenaline.com.br/noticias/v/69252/governo-federal-corta-impostos-de-games-ao-anunciar-reducao-de-10-no-ipi

 

Setor de Games tem nova redução de impostos determinada pelo presidente Bolsonaro

https://www.tudocelular.com/mercado/noticias/n175416/reducao-impostos-videogames-bolsonaro.html

 

Governo Federal anunciará nova redução de impostos de games, diz site

Eduardo Bolsonaro compartilhou reportagem no próprio Facebook

https://www.theenemy.com.br/social/governo-federal-nova-reducao-impostos

 

Cadê nossos oportu....guerreiros Kim e Arthur? Será que ainda estão lá encabeçando a nova investida e lutando por nos para que o sistema de taxação seja mudado no raiz? Acredito que não preciso responder essa.

 

Compartilhar este post


Link para o post

Na verdade, é uma mudança bem-vinda.

 

O impacto no orçamento dessa mudança é mínima , o que contrasta com o tom alarmante da reportagem “como assim ele está pegando leve com os games quando tudo mais está encarecendo”!?. 
 

O problema do setor de alta tecnologia é o mesmo do mercado da gasolina no Brasil: quando é pra aumentarem os preços em função de dólar e afins, fazem isso ao menor sinal da mínima flutuação. Agora, quando é pra baixar porque o dólar caiu, redução dos impostos ou algo do tipo…. Aí, amigo, a desculpa sempre vem, e, ainda que venha a redução, nunca é na magnitude que deveria ser, se fosse uma mudança em sentido oposto.

Compartilhar este post


Link para o post

Faz anos que tem uma reforma tributária sendo discutida no congresso, o problema é que o governo federal quer atrapalhar.

Vem sempre querendo ressuscitar a CPMF

Compartilhar este post


Link para o post

Além dos problemas do Bananazil, o fato é que estamos num mercado fudido com suprimento. E isso não vai melhorar tão cedo.

 

Como a própria matéria falou, o problema hoje não são os preços "oficiais" mas o quanto vagabundo tá chutando o balde nos preços ao consumidor. Só ver que quando vc olha quando bate estoque numa amazon ou magalu da vida, o preço de um PS5/XSX é de 4.500 e, considerando nosso dólar na casa do caralho... É isso aí. O foda é que vc só acha hoje PS5 a SETE MIL.

 

E como a matéria fala denovo, isso é pinto do completo absurdo que tão os preços de uma placa de vídeo, tanto no mundo quanto aqui.

 

Então, sinceramente, redução tributária é sempre bem vinda. Mas isso não resolve o nosso sistema tributário completamente boçal (que o governo já demonstrou que não está nem um pouco interessado em resolver) e o problema de suprimento da indústria, que só vai ser resolvido quando estivermos com o mundo bem adiantados na vacinação.

Compartilhar este post


Link para o post

Mas foi exatamente o que aconteceu a época. Teve jogo e console que preorder caiu de preço de um dia, pouco tempo depois deram alguma desculpa genérica e subiu de novo.

Compartilhar este post


Link para o post

Eu já disse que imposto alto é o menor dos problemas por aqui. O foda é a maldita ganancia desses filhosdasputas.

 

Mesmo que o dólar voltar para R$ 2,80 (nunca mais em nossas vidas devemos ver isso) o preço desses consoles vai continuar o mesmo ou ter uma redução risível. Só mesmo aquele velha cuspida na cara de sempre.  

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)
30 minutos atrás, Marcelo Roffer disse:

Eu já disse que imposto alto é o menor dos problemas por aqui. O foda é a maldita ganancia desses filhosdasputas.

 

Sinceridade, eu não culpo não. Só fazem isso porque brasileiro abre o carnezão lindo em 12x para um jogo, paga e ainda acha lindo. 

 

Para que o sujeito vai vender 3 jogos a 100 reais tendo que lidar com toda uma estrutura de custos, operacional e contábil bizarra se ele pode vender 1 jogo para um trouxa por 350 e tirar a mesma margem (ou maior) com muito menos "esforço operacional"?

 

O mercado de PC é ótimo para provar esse ponto.

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post

Vocês estão esquecendo que na gringa quase não se acha console? Existe uma crise de escassez de componentes eletrônicos causada pela pandemia. Tem nada a ver com filhadaputice ou brasileiro e carnê, é lei básica de mercado seus animais.

Compartilhar este post


Link para o post
5 minutos atrás, Rare disse:

Vocês estão esquecendo que na gringa quase não se acha console? Existe uma crise de escassez de componentes eletrônicos causada pela pandemia. Tem nada a ver com filhadaputice ou brasileiro e carnê, é lei básica de mercado seus animais.

 

THIS.

 

Normalmente, quando o dólar voltar a níveis civilizados, as grandes revendas talvez não abaixem o preço tão rápido assim. Mas o pessoal do mercado cinza vai capitalizar muito rápido. NORMALMENTE.

 

O que hoje a gente vê é que as grandes revendas estão sem produto nenhum e o pessoal do mercado cinza tá cobrando preço de ouro pelos eletrônicos. Por isso que lá atrás eu avisei: o preço dos consoles necquisgen estão o que deveriam ser e, se vcs acham que vai ter desconto rápido, podem tirar o cavalinho da chuva.

 

Dito e feito. Pras coisas voltarem ao normal, é papo pra 2022 sendo otimista. Até lá, podem deixar os videogames com imunidade tributária que não vai fazer muita diferença assim.

Compartilhar este post


Link para o post

PERA LA UM POUQUINHO.

 

Isso não acontece de agora e preço de jogo não é afetado por falta de chip.

Compartilhar este post


Link para o post
25 minutos atrás, psg1 disse:

PERA LA UM POUQUINHO.

 

Isso não acontece de agora e preço de jogo não é afetado por falta de chip.

 

A mudança no IPI só incide sobre consoles, não sobre os jogos. E esses são muito mais fáceis de achar em promoção e/ou por preços não tão absurdos, seja nas revendas oficiais, seja no mercado cinza (tirando jogos da Nintendo, que valem mais do que ações da Magalu :lolmor: )

Compartilhar este post


Link para o post

Não sei se a estratégia do “não vou comprar só porque tá caro ou pra não ter que parcelar em 20x” é a melhor do mundo por dois motivos:

1) você fica sem o produto, e seu nível de satisfação com isso vai a zero; e o produto não vai deixar de existir só porque você está fingindo que não o vê. Pelo contrário, só vai passar a vê-lo em cada esquina, em cada ad de YouTube, e ficará com mais vontade ainda de adquiri-lo.

2) não comprar (se todos pensarem assim) passa a mensagem pro produtor internacional que o teu país não tem a mínima vontade mesmo de consumir videogames, então, os investimentos na área, ainda que sejam na área comercial e não na produção in loco, desaparecem. É pior pra todo mundo.

 

A verdade é que o Brasil ainda não passou por um período de massificação dos videogames, geralmente necessária para que se ganhe em escala, por impeditivos de renda. O absurdo é a renda do brasileiro, não o preço do videogame.

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)
1 hora atrás, Seth Angel disse:

1) você fica sem o produto

 

MAS QUEM FOI QUE TE FALOU ISSO???? :lolmor:

 

Para mim o problema gira em 3 pontos:

1. Renda baixa, mas mesmo assim o tamanho do mercado brasileiro é equivalente ao de alguns países desenvolvidos e ao contrario dos paises desenvolvidos, com potencial de crescimento muito maior. E mesmo assim voce tem países com renda per capita comparável a nossa que recebem muito mais benesses que o Brasil por parte das produtoras/distribuidoras.

2. Brasileiro do alto da sua ignorância financeira idolatra produto de consumo como poucos lugares do mundo. La fora, nego brigou por 20 anos para conseguirem subir 10 reais de MSRP dos jogos logo porque toda vez que ameaçavam era uma tremenda chiadeira. Precisou chover dinheiro em arvore + povo preso em casa por um ano para as estrelas se alinharem. Aqui as coisas dobram de preço, independente de cambio que subiu seus 20-30% e o consumidor acha lindo. Aqui mesmo se rodar outros tópicos ai voce acha nego defendendo. É a mesma logica do mercado automobilístico, custa caro porque o povo paga. 

3. Custo brasil em geral

 

As empresas giram em torno dessa logica e colocam a proposta de "valor" deles em cima disso. Se colar (como cola) colou. Sinceridade eu estou cagando para o que o produtor acha do mercado nacional. Vocês ai que paguem uma nota para bancar a Nintendo de volta no pais para serem tratados com descaso :). Quem tem que descobrir e explorar demanda de produto é quem vende e não é o consumidor que precisa provar que existe demanda pagando um nota por meios oficiais a quem produz. É uma logica completamente deturpado esse tipo de pensamento. É óbvio que ninguém se interessa em baixar preço ou brigar por melhores condições num mercado assim.

 

Enfim, o tonto não é o empresário malvado que cobra caro e sim o consumidor que paga caro com sorrido de orelha a orelha para garantir o seu "nivel de satisfação".

 

E aqui eu sempre falo com um foco especial no PC porque é um mercado muito mais democrático com vários entrantes, barreiras de entrada baixas, vários concorrentes, inúmeros vendedores de hardware, varias storefronts, exclusivos de todos os lados etc ao contrario dos 3 walled gardens dos consoles. E mesmo assim o mercado de software/jogo foi equivalido ao preço de jogos de console na base da "canetada" de quem vende, todo mundo achou lindo e continuou pagando.

 

O dia que vocês abrirem uma Steam argentina/russa/indiana e verem jogos em media 50-60% mais baratos vocês vão entender.

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post
Em 20/06/2021 em 18:43, psg1 disse:

Mas foi exatamente o que aconteceu a época. Teve jogo e console que preorder caiu de preço de um dia, pouco tempo depois deram alguma desculpa genérica e subiu de novo.

Black Friday fora de época pra enganar lulus.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..