Ir para conteúdo
Cyco

ELDEN RING 25/02/2022 - From Software + George RR Martin

Posts Recomendados

(editado)

 

Em 10/04/2022 em 18:52, hoel disse:

Uau que video incrível 

 

 

Sim, o Vaati é um dos melhores em organizar e contar essas histórias, mas lembre-se que não existe um canon pros jogos da From já que eles deixam vários buracos pro pessoal viajar no lore, aí ele preenche as lacunas com algumas teorias dele.

Editado por Cyco
  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post
9 horas atrás, adrianomp disse:

Passei pelo Fire Giant e Mohg esse fim e semana, e desbloqueei Farum Azula. Mais uns dias acho que zero. 

 

Fire Giant luta épica,  Mohg apanhei que nem tapete no varal em dia de faxina até pegar a desgraça lá do item que protege do stack de sangue dele.  E o jogo não te dá pista nenhuma de que você precisa ir lá na puta que pariu pra pegar uma invasão aleatória. 

 

Achei que com o GRRM a From iria evoluir na narrativa toscamente fragmentada que sempre fez.  Mas não me toquei que esse é o GRRM atual,  não o cara que publicava livros foda mas o que deu o golpe na HBO, que só faz rascunhos em papel de pão e depois fica dando "consultoria".

 

Um universo desses, sendo desperdiçado. Tanta oportunidade pra colocar lore em livros,  pequenos eventos,  mais NPCs etc... e os melhores jeitos de realmente não ficar perdido é lendo descrição de arma. Tomar no cu. 

 

Mas o gameplay é lindo,  exploração também.  Só falta o Miyazaki aprender a contar história. 

Hahahahaha

olha concordo viu!

Compartilhar este post


Link para o post
19 horas atrás, Cyco disse:

Eu estava tendo alguma dificuldade até achar a entrada com o sinal de summon do npc na porta, essa entrada fica do outro lado então eu demorei um pouco pra encontrar mas vale a pena pois tem um grace do lado e fica bem mais fácil de voltar nesse chefe. Vc fez a Volcano Manor? O npc é aquele cara que te vende ashes of war lá, os Godskin matavam meu mimic rapidinho mas ele é tank e dura bastante, te dá um tempo pra organizar. Eu fiz o oposto que recomendaram e matei o magrelo primeiro kkkk, ele tem uns ataques de área fudidos então achei melhor despachar ele logo, o gordo é mais perigoso quando começa a rolar mas faça o que o shadowrider disse e use as colunas do cenário pra segurar ele

 

Fiz a Volcano Manor sim. Não estou ligado nessa outra entrada. Vou dar uma vasculhada. A grace que eu estou eu tenho que matar dois cavaleiros lá e descer um escadão pra chegar na porta do boss.

Compartilhar este post


Link para o post

esse jogo é enorme, meu deus, to meio encalhado ainda, então tesolvi explorar um pouco o mapa perto do castelo Mourne, meu deus, encontrei umas 3 mini dungeons, alguns chefes no mapa mesmo e 3 igrejas com sacred tears, que eu não tinha visto antes

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)

@hoel explorar é essencial e pelo menos eu acho divertido, além disso existem certas coisas que incentivam, não sei se vc já percebeu mas mesmo assim acho que vale listar:

 

-toda região tem uma ou mais ruínas de igrejas e é nelas que vc encontra os materiais pra fazer upgrade pro flask de HP e FP, sem falar que pode ter outras coisas nas igrejas tb... 

-outra fonte de golden seeds são os brotos das erdtrees, que é aquela arvore pequena brilhante, matar os ulcerated tree spirits (aqueles minibosses que parecem uma lesma cabeluda gigante) tb te dá seeds.

-derrotar os minibosses protetores das minor erdtrees te dá novas habilidades pro flask Physick (vc encontrou esse? tb tá numa igreja a oeste de Limgrave)

-ruínas espalhadas por todo o mundo quase sempre têm uma entrada subterrânea com algum spell, arma ou item

-as mini dungeons tb têm suas próprias funções:

  .catacumbas têm materiais pra upgrades dos spirit ashes (grave glovewort) e quase sempre o prêmio por matar os bosses são novos espíritos

  .minas têm materiais de upgrade de armas

  .Hero Graves tem materiais pros spirit ashes superiores (as ghost glovewort)

  .cavernas não têm funções no jogo mas às vezes vc encontra algumas surpresas

-as torres de magos espalhadas pelo mundo sempre vão ter algum tesouro relacionado à magia, se vc estiver fazendo build baseada em INT vale a olhada, eu estava tentando mais pela curiosidade mas não consegui abrir o selo de algumas delas até agora e acho que nem vou

 

 

Editado por Cyco
  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Normalmente as torres de magias vão te dar amuletos para alocar mais feitiços.

 

Vale lembrar que a maior parte dos Dragões vão te dar corações para que você troque por feitiços, nenhum ainda é tão bom quanto os de mago puro, mas é sempre legal as batalhas contra eles.

 

Um em especial foi um dos bosses mais difíceis que entrei.

 

Indo para o final aqui, eu realmente não consigo mais explorar tudo, vou fechar como está e quem sabe voltar uma outra hora.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Tb já estou me dando por satisfeito, achei o último bell pra comprar ghost gloveworts em Haligtree, queria deixar alguns espíritos que eu gostava mais no máximo então isso foi meio que meu objetivo de exploração final, não vou ter saco pra terminar os subterrâneos de Leyndell então vou abandonar esse lugar maldito e ir apanhar da Malenia um pouco antes de fazer o resto de Farum Azula.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Cyco, eu entendo isso, mas acho que isso afasta muito do jogo.

Até porque essas mini dungeons na sua maioria são bem simples e nada acrescentam, além de serem repetitivas.

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)

Não precisa fazer todas, mas é melhor evoluir o seu personagem explorando do que arrumando um ponto de farm e matando os mesmos inimigos um monte de vezes, repetição por repetição pelo menos em uma vc ainda pode conseguir outros tesouros e às vezes até se surpreender com algumas coisas inesperadas, um encontro com um npc que vc não sabia que ia estar ali ou uma seção de plataforma ou um puzzle, eu cheguei no final sem fazer grind um único momento sequer, algo que nunca tinha sido possível nos souls anteriores.

 

Fora isso a quantidade de runas que os inimigos te dão vai escalando à medida que vc vai em direção do endgame tb, em Haligtree, um rolê normal por uma seção da fase matando aqueles camarões do capeta me dava 100k runas mais ou menos, o que era o que eu precisava pra subir mais um nível a essa altura do jogo e se não desse eu podia usar aquelas golden/numen/Hero/lord runes que você coleta ao longo da fase pra chegar no total.

 

E eu tb não entendo como isso "te afasta do jogo" já que se vc não explorar não vai ter uma imersão do mundo que eles criaram, isso é o jogo. Pra mim, o real problema é que o tamanho absurdamente grande do jogo acabou forçando eles a reutilizar inimigos e bosses demais na parte final e isso dilui a sensação de descoberta, que é fantástica na primeira metade do game.

Editado por Cyco
  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post
2 horas atrás, Cyco disse:

 

1 hora atrás, Cyco disse:

Não precisa fazer todas, mas é melhor evoluir o seu personagem explorando do que arrumando um ponto de farm e matando os mesmos inimigos um monte de vezes, repetição por repetição pelo menos em uma vc ainda pode conseguir outros tesouros e às vezes até se surpreender com algumas coisas inesperadas, um encontro com um npc que vc não sabia que ia estar ali ou uma seção de plataforma ou um puzzle, eu cheguei no final sem fazer grind um único momento sequer, algo que nunca tinha sido possível nos souls anteriores.

 

Fora isso a quantidade de runas que os inimigos te dão vai escalando à medida que vc vai em direção do endgame tb, em Haligtree, um rolê normal por uma seção da fase matando aqueles camarões do capeta me dava 100k runas mais ou menos, o que era o que eu precisava pra subir mais um nível a essa altura do jogo e se não desse eu podia usar aquelas golden/numen/Hero/lord runes que você coleta ao longo da fase pra chegar no total.

 

E eu tb não entendo como isso "te afasta do jogo" já que se vc não explorar não vai ter uma imersão do mundo que eles criaram, isso é o jogo. Pra mim, o real problema é que o tamanho absurdamente grande do jogo acabou forçando eles a reutilizar inimigos e bosses demais na parte final e isso dilui a sensação de descoberta, que é fantástica na primeira metade do game.

 

 

Eu me senti assim, não ligo para reaproveitamento das coisas desde fique algo bem feito.

 

Senti que a capital seria meio que o limite, eu explorei tudo até ali, a parte do vulcão e a mansão me cansaram um pouco, mas a capital renovou as coisas e o clima meio vertical com subterrâneo me deixaram animado.

 

Eu fiz todo o esgoto e catacumbas da região, mas quando cheguei na terra dos gigantes eu já estava de saco cheio novamente.

 

Ali é bonito pra caramba  cheio de coisas legais, mas cara eu já estava com mais de 100 horas e simplesmente não conseguia seguir os caminhos opcionais. 

 

Espero que Azula seja o fim, se não nem vou terminar 😅

 

Quero ir logo para Kirby ou Triangle Strategy. 

 

  • Gostar 2

Compartilhar este post


Link para o post

Mountaintops of the Giants tb foi meu ponto de saturação, pra mim o jogo deveria ter acabado em Leyndell que ia ter sido perfeito. A montanha sofre por não ter uma legacy dungeon e quase todos os inimigos são coisas que vc já viu, acho que o único original dali é o mais bobo de todo o jogo que são aquelas bolas cheias de cabeças que só fazem cuspir uma fumaça. 

 

Eu ainda curti bastante Volcano Manor e Mt Gelmir, aquele lance dos npcs com aquela trama sinistra foi uma ótima quebra e a área que vc descobre na passagem secreta é bem variada, eu teria mais motivação pra explorar os subterrâneos de Leyndell se não tivesse descoberto que ainda tinha mais um monte de áreas pra ver e sinceramente tanto Haligtree, como toda aquela seção do Lord of Blood e até Farum Azula poderiam ter sido DLC.

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)

O jogo é excelente, mas acho que esse sentimento de que "tem conteúdo demais" é meio que senso comum, chega uma dada hora que você pensa pqp esse jogo não acaba nunca. 

 

Embora 90% dos lugares sempre tenham algo novo as vezes cansa um. pouco. 

 

Óbvio que ele te recompensa por. explorar, eu achei um sino que habilita as smithing stones  6 e 7 explorando umas ruínas logo no começo do Valley of the giants, você podee passar batido e não vai te afetar no geral já que você vai ter esses recursos normalmente durante a. sua jornada, mas se você quiser experimentar outras armas e builds isso facilita sua vida. 

 

É um trade-off, você gasta tempo explorando mas é bem como o @Cyco disse sempre tem. uma recompensa. 

 

Isso sem. falar nos lugares "secretos" que esses sim exigem dedicação mas. as recompensas são muito boas normalmente, vide a quest da Ranni e o acesso a Erdentree, um monte de lugares opcionais mas. com recompensas excepcionais. 

Editado por shadowriderX

Compartilhar este post


Link para o post

Não me levem a mal, to amando o jogo, sou fa da From software 

 

mas prefiro os outros jogos, colocaria o Elden Ring como o menos divertido da From, prefiro os jogos mais lineares, como Sekito, Bloodbotne, a série Dark e para mim o melhor por ter sido o 1o Demon Souls

Uma coisa me intriga, todas as áreas que encontro circulares com anliz roxa no meio que você enfrenta um Boss, eu ganhei de 1a, menos a 1a que encontrei e mesmo no levep 60 eu não consigo vencer o Crucible Knight

Compartilhar este post


Link para o post
20 minutos atrás, hoel disse:

 Crucible Knight

Eles são bem mais difíceis do que o normal, encare eles como bosses especiais, no sentido de serem mais difíceis do que o normal, inclusive tem. uma explicação de porque dentro da lore, são 16 no total e tem. uns que estão bem escondidos. 

 

E. eu meio que concordo com você, darksouls pra mim é o melhor ainda, sekiro é muito bom, mas a vibe darksouls é outra, talvez pelo mundo ser meio metroidvania no. sentido de exploração e esse ser meu gênero preferido. 

 

Mas. Elden ring é excelente e de. longe um dos melhores jogos dos sei lá, últimos 10 anos pelo menos. 

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)
13 horas atrás, hoel disse:

Não me levem a mal, to amando o jogo, sou fa da From software 

 

mas prefiro os outros jogos, colocaria o Elden Ring como o menos divertido da From, prefiro os jogos mais lineares, como Sekito, Bloodbotne, a série Dark e para mim o melhor por ter sido o 1o Demon Souls

Uma coisa me intriga, todas as áreas que encontro circulares com anliz roxa no meio que você enfrenta um Boss, eu ganhei de 1a, menos a 1a que encontrei e mesmo no levep 60 eu não consigo vencer o Crucible Knight

 

tranquilo chapa, eu não queria parecer nervoso mas só por texto às vezes não tem como :lol: 

 

tenho as minhas ressalvas com o Elden Ring tb, acho que pra um primeiro experimento deles com open world tem espaço pra ajustes, mas a From já tá num nível que mesmo jogos imperfeitos deles ainda são melhores que a média. Elden Ring foi o mais memorável que joguei em anos.

 

Crucible Knights são difíceis mesmo, os piores pra mim são os que tem lanças, quando vejo um já saio correndo.

 

Malenia faz jus à fama hein, mas é uma batalha épica, eu passei a primeira fase mas na segunda acho que vou jogar a toalha kkkkk já estou satisfeito, agora é partir pro final.

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)

Vão ter mais Crucibles Knights? 😅

hahaha tenho que aptender a lutar contra esses gdps kkkkk

a 1a fase até consigo com cautela, mas depois que ele ganha o ataque com rabo, pqp minha janela de ataque já era

 

Sobre a From, concordo @Cyco é hoje para mim a melhor desenvolvedora de games, o que a Square foi para o PS1 e PS2

Editado por hoel

Compartilhar este post


Link para o post

Pois é, vai treinando hehehe, enfrentando eles vc consegue as armaduras e até os ashes of war que eles usam, inclusive o do rabo. :lolmor:  

 

 

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Não acho que Dark Souls seja tão superior assim, entendo que o jogo é mais compacto e cheio de detalhes incríveis espalhados pelo mapa e regiões,  mas Elden Ring não fica tão atrás assim.

 

O reaproveitamento é real e tu começa a ver que eles ficaram sem ideias mais para o fim para o jogo, ou pode ser até algum tipo de limitação ou prazo para entrega do game.

 

Mesmo cansando no final, considero este o melhor jogo da From e um dos melhores jogos da atualidade, ele superou todo hype gerado e se tornou um marco, isso não é fácil. 

 

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post
32 minutos atrás, Aerodam disse:

O reaproveitamento é real e tu começa a ver que eles ficaram sem ideias mais para o fim para o jogo, ou pode ser até algum tipo de limitação ou prazo para entrega do game.

 

Acho que deve ser um misto de todos esses motivos, considerando que a From nunca fez open world o jogo é bastante ambicioso e deve ter sido MUITO complicada a produção, de quebra ainda rolou a pandemia no meio.

 

Compartilhar este post


Link para o post
(editado)

Cheguei no Morgott, muitos movimentos diferentes do Margit. Apanhei um pouco e resolvi voltar a explorar outras áreas, a princípio vou pro esgoto de Leyndell, mas tenho a opção da mansão vulcânica também.

 

Esse jogo é uma epopéia. Cada área é tão diferente uma da outra, que parece até jogos diferentes. Tanto se passou desde o começo em Lingrave até agora que parece que faz anos que estou nessa aventura. Tô com 102h e ainda tô no gás. Inegavelmente um marco na história dos vídeo jogos.

Editado por Cecil

Compartilhar este post


Link para o post

Cara eu matei esse boss de primeira, eu juro que fiquei esperando uma outra forma dele.

 

Matei com o combo do mimic mais espada gigante, o mimic já estava no nível máximo, tankava bem e tinha muito dano.

 

Uma coisa que notei é que espadas grandes tem um dano descomunal, com uma quebra de postura gigantesca, chuto serem as melhores opções para os bosses onde normalmente você não tem como acertar muitos golpes.  

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei o jogo, explorei o mapa inteiro, ao menos abri ele todo, mas certamente não fui em todo os cantos e cavernas, a parte subterrânea também não sei se habilitei inteira. 

 

De qualquer forma matei a Malenia e o Boss Final, eu achei o Boss final bem mais difícil que a Malenia. O problema dela são uns padrões hitkill, mas tem bastante espaço para desviar, e o Summon ajuda bagarai nela, já o boss final, principalmente a segunda etapa tem uns padrões que da um absurdo de dano e é muito difícil de desviar, morri umas 30 vezes no último chefe e na Malenia devo ter morrido no máximo umas 5 vezes.

 

O jogo é incrível, com cenários memoráveis, principalmente Caelid e Lyendell, mesmo com um desempenho não muito agradável, provavelmente ficará marcado como um dos melhores jogos da geração. 

 

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Matei o Crucible Knight 😅

Ganhei o ash do rabo!

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..