Ir para conteúdo
Ate Cubanos

O que vocês estão jogando, pederastas?

Posts Recomendados

Baixei solar ash e não rodou lol . Perto de zerar leos fortune carismstico mor . Esperando aertena nortis dia 15

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Valeu Sonic.  Tá acabando meu backlog de puzzle plataformas hass. Gênero lindo.  Tenho uns dez aqui pra zerar ainda lol ..  

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post
7 horas atrás, Reirom disse:

falando em strife  Cade sumiu ?

Pois é, até preocupado

Compartilhar este post


Link para o post

Sonic  jogou  neversong? Peguei  omno peguei  não rodou.  Peguei orphan rodou .

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Neversong já comprei, mas ainda não chegou a vez dele no meu backlog. Omno é 3D, só curto alguns jogos desse estilo 2D mesmo. Orphan vou comprar ainda.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

dar outra chance a journey e paguei etherborn jogo 4d louco

Compartilhar este post


Link para o post

To finalmente terminando Valkyria Chronicles 4. Comecei a jogar no começo do ano.


Sim, eu demoro kcta mesmo. Eu jogo pouco. Esse ano so terminei os remake de RE2 e RE3 e tô com umas 24 horas em Pokémon Y. RE3 mesmo eu comecei em fevereiro, só terminei em novembro. :lolmor: Basicamente só isso que eu joguei esse ano (tirando joguinho de luta, corrida e tal, mas esses não contam).

 

Valkyria Chronicles 4 eu devo estar chegando nas 50 horas. Mas deve ser mais, pq em várias missões eu tive que tentar 500 milhões de vezes. Basicamente você precisa fazer as missões, ir testando estratégias, ver como a AI se comporta e só depois que vc sabe exatamente quem vai aparecer e como a AI vai se comportar, é que vc consegue formular algo bom pra terminar a missão. É até facil depois disso.

 

Nao isso ruim. Na verdade, é assim que tem que ser mesmo. O problema é que o jogo tem 900 bilhões de missões. Puta que paril, que exagero do caralho. Longo demais.

 

Fora os menus. É tudo muito lento, tudo muito travado, pra qualquer coisa que o jogo manda vc confirmar. Até quando o inimigo recebe reforços, a porra do jogo te avisa e só volta se vc confirmar que leu a msg... Fora as cutscenes... A historia é boa e tal, mas ao invés de ter uma unica cutscene entre as missões, o jogo te mostra tipo umas 10 (sério) e em cada uma o jogo volta pro menu principal e vc precisar confirmar pra entrar na prox. cutscene. Não faz o menor sentido.

 

Enfim, o jogo é legal... Mas a pessoa precisa ter paciencia do buda, principalmente com essas coisas de menus. Tem muito conteudo extra, mas não tem condições, vou ignorar tudo.

Editado por Kenshin Br

Compartilhar este post


Link para o post

Não termino nada desde Yakuza Like a Dragon, mas tô jogando muita coisa simultaneamente. 

 

Shin Megami Tensei V no Switch. Estou com umas 20 horas e curtindo muito o jogo, mas só pego quando tenho bastante tempo livre e isso não acontece há pelo menos duas semanas.

 

Resident Evil Village no Playstation. Também adorando o jogo e acho que estou indo pra reta final, na área do quarto lorde, com 7 horas de jogo mais ou menos.

 

Uma porrada de jogo no Xbox (Game Pass), mas os principais são: Forza Horizon 5, Archvale, Unsighted Unpacking.

Brevemente sobre cada um deles. Forza é o Forza de sempre, incrível, mas acho que saturou um pouquinho pra mim, não fico mais vidrado como fiquei quando descobri a série no começo da geração passada (Horizon 2 e 3 são meus dois jogos mais jogados no Xbox, o 4 já não aparece no meu top 5). 

Archvale é um RPG bullet-hell divertidíssimo, mas, com 4 horas de jogo, acho que cheguei numa parte que vai exigir muita dedicação pra seguir em frente e não sei se vou encarar o desafio, já estou me sentindo um pouco satisfeito, mas valeu muito o tempo de jogatina. 

Unsighted é um indie brasileiro que está na lista de melhores do ano de muitos veículos. Achei o começo meio esquisito, mas depois de um tempo as mecânicas do jogo começam a se mostrar e já consigo ver o potencial da obra.

Unpacking virou uma mini febre na comunidade, mas pra mim não serve nem pra relaxar. Não é chato, mas é meio X, sem propósito. Só vou continuar porque deve faltar uma ou duas fases pra acabar.

 

Compartilhar este post


Link para o post

Tentando engrenar em algo aqui. Comecei Disco Elysium, gostei muito, mas senti falta de batalhas, além de não ter saco pra política em jogos. Também tentei engrenar no Final Fantasy 7 Remake, estou no cap. 6 mas minha bronca aqui é com a linearidade, a exploração é zero, e também tem aqueles dementadores copiados de Harry Potter que até agora não fizeram sentido algum pra mim, vamos ver se animo continuar. Pô, eu tentando explorar o cenário e os outros dois personagens enchendo o saco "HEEEY, O REATOR É POR AQUI", acho que não tenho mais saco pra isso. 

Editado por Seth
  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei Scarlet Nexus. Bom JRPG, recomendo. Agora vou pro 2nd playthrough com o outro personagem principal e pra platinar também. Deve dar mais umas 20-25 horas adicionais de jogo.

 

Tendo em vista que só joguei 3 JRPG em 2021, meu top 3 ficou:

1. Scarlet Nexus

2. Tales of Arise

3. Nier Replicant

 

O Scarlet tá longe de ser um AAA e aborda viagem no tempo e linhas paralelas, mas de uma forma bem simples, sem escorregar na casca de banana (FF13-2 e 13-3, tô olhando pra vocês). A trilha sonora é muito boa. The Oral Cigarrettes o nome da Banda que faz a música-tema. Curti tanto que fui atrás e acabei gostando da banda como um todo. No começo do jogo, parece que você vai ser atropelado pela imensa quantidade de personagens que o jogo larga na tua cabeça, mas, até o final, você já vai estar familiarizado com cada um deles, a ponto de não ficar em dúvida de quem é quem, mas demora um pouquinho. Curti a dificuldade do jogo como um todo. Joguei no normal e não senti necessidade de alterar ao longo de nenhuma parte. Tomei alguns Game Overs em certos Boss Fights, mas nada que uns ajustes adequados não contornassem. O Hard desse jogo deve ser bastante desafiador. Ah, pra quem gosta de RPGs grind-free, esse é uma excelente pedida: em nenhum momento do jogo tive de parar pra upar os personagens, segui a trilha comum da história sem nunca desviar da main quest e, mesmo assim, não senti que o jogo estava desequilibrado em momento algum.

 

Vou torcer pra uma continuação. RPG simples, objetivo, bom balanço entre combate + social, relativamente curto mas com premissa satisfatória.

 

DICA: comecem pela história da menina (Kasane), que é mais clara e fácil de digerir.

Compartilhar este post


Link para o post

Último terminado foi Horizon Zero Dawn. Interessante que é um WRPG mundo aberto mas com sistema de skills e roupas bem parecido com Tomb Raider e combate viciante. Os diversos tipos de armas e os monstros com carácteristicas específicas diversificam demais as lutas. As armadilhas e reaproveitamento de armas dos robôs rendem grandes batalhas (contra tiranicos foram as melhores). Só dá uma escorregada nas lutas contra os humanos, muito simples, totalmente discrepante com a qualidade dos demais aspectos.

 

O mundo é muito bonito com seus ambientes bem diversificados. A qualidade gráfica ajuda bem aqui. Achei a história bastante interessante também, boa de acompanhar.

 

No fim das contas, jogo excelente.

 

Agora tô no Witcher 3. Começo ainda, mas fica óbvio o quanto detalhado é esse mundo. Muitos documentos explicando personagens, povos, cidades e etc. A qualidade dos diálogos é notável também. Só o combate que é muito simples, ainda mais que vim direto do Horizon. Mas por enquanto tô gostando.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

O combate do The Witcher 3 é decente apenas e a movimentação meio truncada, mas como RPG e open world é muito melhor do que o Horizon, ao meu ver.

 

Não que o Horizon seja ruim, eu gostei bastante, mas é um jogo que se destaca mais pela ação, inimigos diferenciados e universo/narrativa interessantes. O mundo aberto é sólido (e muito belo), mas tem muito o que melhorar estruturalmente, e a parte RPG é mediana.

Compartilhar este post


Link para o post

jogando halo

 

o arpao e muito gostoso de jogar

 

as 2 primeiras horas se passa numa nave

 

puta enario lixo

 

 pior, sem sentido algum

nao serve para alguem trabalhar ou morar

e so salas vazias e lisas

 

mais nada

 

depois zoam que e corredores sem vida

 

o vilao e caricato parece roteiro meio adolescente, nao sei , mas parecia que o halo 5 era mais profissional

 

o grafico esta muito bonito

e ta rodando bem no pc em 4k mesmo

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

jogos de mundo aberto  fede mermão  não sei como vcs jogam isso 

Compartilhar este post


Link para o post
Em 08/12/2021 em 14:37, Seth Angel disse:

Terminei Scarlet Nexus. Bom JRPG, recomendo. Agora vou pro 2nd playthrough com o outro personagem principal e pra platinar também. Deve dar mais umas 20-25 horas adicionais de jogo.

 

Tendo em vista que só joguei 3 JRPG em 2021, meu top 3 ficou:

1. Scarlet Nexus

2. Tales of Arise

3. Nier Replicant

 

O Scarlet tá longe de ser um AAA e aborda viagem no tempo e linhas paralelas, mas de uma forma bem simples, sem escorregar na casca de banana (FF13-2 e 13-3, tô olhando pra vocês). A trilha sonora é muito boa. The Oral Cigarrettes o nome da Banda que faz a música-tema. Curti tanto que fui atrás e acabei gostando da banda como um todo. No começo do jogo, parece que você vai ser atropelado pela imensa quantidade de personagens que o jogo larga na tua cabeça, mas, até o final, você já vai estar familiarizado com cada um deles, a ponto de não ficar em dúvida de quem é quem, mas demora um pouquinho. Curti a dificuldade do jogo como um todo. Joguei no normal e não senti necessidade de alterar ao longo de nenhuma parte. Tomei alguns Game Overs em certos Boss Fights, mas nada que uns ajustes adequados não contornassem. O Hard desse jogo deve ser bastante desafiador. Ah, pra quem gosta de RPGs grind-free, esse é uma excelente pedida: em nenhum momento do jogo tive de parar pra upar os personagens, segui a trilha comum da história sem nunca desviar da main quest e, mesmo assim, não senti que o jogo estava desequilibrado em momento algum.

 

Vou torcer pra uma continuação. RPG simples, objetivo, bom balanço entre combate + social, relativamente curto mas com premissa satisfatória.

 

DICA: comecem pela história da menina (Kasane), que é mais clara e fácil de digerir.

Acabei de começar esse jogo, comecei pelo menino kkk
Vou recomeçar, eu vim no tópico justamente para te perguntar o que achou do game.

Compartilhar este post


Link para o post
1 hora atrás, Beck disse:

Acabei de começar esse jogo, comecei pelo menino kkk
Vou recomeçar, eu vim no tópico justamente para te perguntar o que achou do game.

 

meu também tô no começo da segunda jogada, dessa vez com ele

 

os vídeo-reviews que eu vi antes de tomar a decisão de comprar todos diziam pra escolher a menina primeiro porque o arco da história era melhor explicado

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei Resident Evil Village.

 

Gostei muito no getal. Acho que o jogo se segura bem do início ao fim, o que é raro na série. A ambientação da vila e cenários adjacentes conseguiu superar a casa dos Baker (RE7), que já era fantástica. Muito tenso nos seus principais momentos de suspense/terror. Só a história que é aquilo, né, Resident Evil, não dá pra levar a sério. Joguei no PS5 e, mesmo sendo crossgen, tá lindo de cair o queixo. 

 

Foi uma ótima experiência. Hoje em dia o jogo já sai na faixa dos 100 reais em promoção, tanto a mídia física como o digital, por esse preço vale muito a pena. Merece o destaque que recebeu durante o ano, realmente foi um dos melhores jogos lançados em 2021.

 

Também terminei Unpacking e comecei a campanha de Halo Infinite.

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei The Last of Us part II

 

É uma boa história contada através de um jogo. Se não é inovadora, ganha muitos pontos pelo carisma dos personagens. Todos marcantes... Ainda que alguns mereciam um roteiro menos trágico.Mas bate uma sensação esquisita ao terminar. Ciclo fechado. Espero que não inventem mais um capítulo envolvendo a Ellie. TLOU tem um universo mais rico a ser explorado.

 

Talvez o ponto que mais me incomodou foi a pouca variedade de infectados  e o reuso, por exemplo, da fumaça corrosiva em praticamente todas as boss  battles de infectados. Algumas partes poderiam ser descartadas sem problema, mas nada que tenha atrapalhado o ritmo do jogo pra mim.

 

4.5/5

 

Editado por Gairarr

Compartilhar este post


Link para o post
Em 11/12/2021 em 14:51, Lockhart disse:

Terminei Resident Evil Village.

 

Gostei muito no getal. Acho que o jogo se segura bem do início ao fim, o que é raro na série. A ambientação da vila e cenários adjacentes conseguiu superar a casa dos Baker (RE7), que já era fantástica. Muito tenso nos seus principais momentos de suspense/terror. Só a história que é aquilo, né, Resident Evil, não dá pra levar a sério. Joguei no PS5 e, mesmo sendo crossgen, tá lindo de cair o queixo. 

 

Foi uma ótima experiência. Hoje em dia o jogo já sai na faixa dos 100 reais em promoção, tanto a mídia física como o digital, por esse preço vale muito a pena. Merece o destaque que recebeu durante o ano, realmente foi um dos melhores jogos lançados em 2021.

 

Também terminei Unpacking e comecei a campanha de Halo Infinite.

Terminei o 7 ontem, o jogo começa lindo e depois da uma derrapada feia do meio pro fim.

Um amigo me disse que o 8 é melhor em tudo, vou ficar de olho em alguma promo de final de ano para pegar ele no pc.

 

Agora estou jogando hellblade e Scarlet Nexus, ambos estou gostando bastante.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..