Ir para conteúdo
Ate Cubanos

O que vocês estão jogando, pederastas?

Posts Recomendados

Pow curto muito srpg, vou até procurar esse FM5 para jogar.

Compartilhar este post


Link para o post

Joguei um pouco mais do Front Mission Evolved aqui e novamente pqp o gráfico do jogo é bom, mas os modelos dos personagens são horrorosos mds, os modelos de FM5 (de dezesseis anos atrás) são mais bonitos e mais naturais. Não ajuda nada que tiveram a ideia de jerico de colocar fases de humanos para agradar americano jogador de pew pew

 

yuDoZxU.jpg

 

4D6DGLv.jpg

 

ZE2pwEo.jpg

 

Agora, esse port para Steam do jogo é uma MERDA. Pode até rodar em putaria de xk e foda-se mas já foram uns 4x crashs do jogo direto pro desktop e perda de progresso para o último checkpoint. Aconteceu agorinha e quando acontece isso fico dias sem jogar de novo.

 

Editado por Strife

Compartilhar este post


Link para o post
10 horas atrás, Strife disse:

Lê de novo, tem 3 jogos aí, eu só tava completando a resposta do Ymor que já tinha presumido corretamente que FFT tava nele. Meu top 5 de SRPGs é FFT, FM3/4/5 e Valkyria Chronicles.

 

Jogou valkirie 4 ? Peguei ele e no começo parece estar no nível do original

 

Compartilhar este post


Link para o post
16 horas atrás, Alucard disse:

Jogou valkirie 4 ? Peguei ele e no começo parece estar no nível do original

 

Jogaço, tá no nível do original sim, literal, mesmo esquema.

Compartilhar este post


Link para o post

Valkyrie original para mim tem um problema muito serio que é tendência em quase todo RPG. É fácil e mal balanceado (FFXV chorei rivers com isso). Voce abusa de scouts e da alicia o jogo que já é fácil vira um passeio e isso da uma bela broxada.

 

No mais tem o VC 3 de PSP também que segue na mesma linha do primeiro e com tradução.

 

@Strife precisa urgentemente jogar Xcom 2 e Battletech. Não são RPG per se mas seguem o mesmo esquema de um SRPG com um jogabilidade bem melhor.

Compartilhar este post


Link para o post
38 minutos atrás, psg1 disse:

Valkyrie original para mim tem um problema muito serio que é tendência em quase todo RPG. É fácil e mal balanceado (FFXV chorei rivers com isso). Voce abusa de scouts e da alicia o jogo que já é fácil vira um passeio e isso da uma bela broxada.

 

No 4 eu achei que diminuiu isso, não dá pra contar tanto com scouts, e com a classe nova (granadier) as estratégias mudam um pouco. Por outro lado, os requerimentos das missões são menos exigentes, 90% delas dá pra pegar rank A de primeira, apesar de que as batalhas em si não são necessariamente mais fáceis.

 

 

Também tô nessa de RPG tático, rejogando Final Fantasy Tactics do PSP no emulador depois de muitos anos (com patch pra arrumar o slowdown das animações). Como esse jogo é bom, pqp, época de ouro da Square.

Editado por Letarn

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei Horizon: Zero Dawn. Jogão. Gostei muito da história, os combates com máquinas (melee, não, achei fraco) e achei o mundo e seu desenvolvimento muito bons. Certamente já pensando em uma franquia, com o cliffhanger no final. 

 

Os defeitos (como o combate melee e a exploração meio limitada por montanhas e algumas barreiras invisíveis) são mínimos. Citando aqui algo estranho, acho que a transição do jogo para as cutscenes meio abrupta também. Você acabou de desferir o último golpe e já corta pra uma cutscene com personagens conversando. Mas são coisas pequenas. A experiência geral foi ótima e estou hypando o Forbidden West. Deixei algumas coisas pra cem porcentar (e o DLC) pra véspera do lançamento do próximo. 

 

Até jogaria um pouco mais do Horizon mas chegou meu Spider-Man Ultimate Edition de PS5 como falei aqui e já comecei o Spider-Man Remastered. 

 

Esse talvez seja o open world mais prazeroso que joguei desde Breath of the Wild. São jogos muito diferentes mas com um ponto importante em comum: travessia do mapa extremamente fluida, dinâmica e GOSTOZA. 

 

Assim com em Zelda BotW, eu não sinto muita necessidade de warp points como em um Horizon ou Tsushima simplesmente porque sair deslizando pelo ar nos mapas é bom demais. Assim como em Zelda, se não me lembrarem da main mission eu tou de boa fazendo pequenices simplesmente porque o jogo é rápido, dinâmico e tesudo. 

 

Os gráficos ajudam um tiquin também. Que coisa linda. 

 

No Switch estou ainda no Super Mario 3D World, nono mundo e não sei se tenho algo a acrescentar sobre a qualidade dessa obra-prima. É a realização de um Mario World transposto de forma mais direta pro 3D depois do 64 e Sunshine terem seguido outro rumo. Level design dos mais variados e ricos que já vi. 

Editado por Beto Paz & Amor

Compartilhar este post


Link para o post
3 horas atrás, psg1 disse:

Valkyrie original para mim tem um problema muito serio que é tendência em quase todo RPG. É fácil e mal balanceado (FFXV chorei rivers com isso). Voce abusa de scouts e da alicia o jogo que já é fácil vira um passeio e isso da uma bela broxada.

 

No mais tem o VC 3 de PSP também que segue na mesma linha do primeiro e com tradução.

 

@Strife precisa urgentemente jogar Xcom 2 e Battletech. Não são RPG per se mas seguem o mesmo esquema de um SRPG com um jogabilidade bem melhor.

 

Cara mas VC1 tinha algumas batalhas tão apelativas que eu não me sentia mal em apelar de volta :lolmor: mas sim, se/quando o jogador descobre que dá para abusar dos Scouts e basicamente ser 1 man army em um único turno, muito do desafio do jogo vai por água abaixo. Ainda assim é jogão demais.

 

Eu nunca consegui gostar de XCOM, mas tb já tenho esse Battletech comprado... mas ainda não joguei. Depois de FM5 e com FM Evolved agora, no descanso do trampo aqui eu tô em shmups velhos. Mas ainda tô na vontade de algum SRPG, tô na dúvida entre VC4, esse Battletech ou um outro antigo de PS2 que deixei passar, tb de robôs, chamado Ring of Red.

 

E não sabia que tinha fan patch do VC3, mais um pra backlog * sigh *

Compartilhar este post


Link para o post
25 minutos atrás, Strife disse:

 

Cara mas VC1 tinha algumas batalhas tão apelativas que eu não me sentia mal em apelar de volta :lolmor: mas sim, se/quando o jogador descobre que dá para abusar dos Scouts e basicamente ser 1 man army em um único turno, muito do desafio do jogo vai por água abaixo. Ainda assim é jogão demais.

 

Eu nunca consegui gostar de XCOM, mas tb já tenho esse Battletech comprado... mas ainda não joguei. Depois de FM5 e com FM Evolved agora, no descanso do trampo aqui eu tô em shmups velhos. Mas ainda tô na vontade de algum SRPG, tô na dúvida entre VC4, esse Battletech ou um outro antigo de PS2 que deixei passar, tb de robôs, chamado Ring of Red.

 

E não sabia que tinha fan patch do VC3, mais um pra backlog * sigh *

 

O primeiro xcom (o remake do GOTD original) é mais fraquinho e simplificado mesmo. Não é ruim mas não justifica o hype.

 

Agora no segundo os caras capricharam e vale MUITO a jogada.

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post

Hmm vou colocar na wishlist para quando tiver uma promo de 75% :lolmor:

 

Mas XCOM eu nunca nem gostei nem do clássico (falo daquele antigão de PC dos anos 90 mesmo) ou do reboot/remake.

Compartilhar este post


Link para o post

não tenho nada contra abusar do sistema não, sempre que descubro uma falha no jogo dou migué lindo. Acho do caralho ficar overpowered em jogo por conta própria, descobrindo sozinho como quebrar o sistema.

 

Mas no VC4 dei um cheese cabuloso no último boss olhando na internet ahahaha. Não me orgulho disso, mas chefão tava apelão demais, quis evitar a fadiga 

Editado por Tonmy

Compartilhar este post


Link para o post

Xcom2 é foda, jogo bem bacana e difícil. Consegui terminar essa porra não.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Instalei o BATTLETECH aqui e curti hein. Por um lado é um jogo antiquado e atrasado que força o jogador a usar porcaria de teclado e mouse (com um suporte porco para controle), mas como é um jogo de estratégia por turnos, dá para relevar. De resto joguei 3 batalhas e gostei bastante. A premissa da história é bem legal, disputas e intrigas de casas medievais no espaço, que muita gente diria que é "Game of Thrones in spaaaaace", mas na verdade é Duna. E naquelas coincidências da vida, os designs dos robôs são extremamente parecidos com o Ring of Red da Konami para PS2 que baixei aqui tb.

Compartilhar este post


Link para o post

https://www.sarna.net/wiki/Timeline

 

Battletech (o universo que o jogo se insere) é riquíssimo com mais de 30 anos de lore sendo escrito. Me espanta terem explorado tão pouco. Cada mínimo detalhe da intro do jogo tem um lore por trás, mesmo que  o jogo em si explore apenas um conflito completamente periférico.

 

Para mim o universo ainda hoje é o gold standard de qualquer historia que tenha mech no meio.

 

 

 

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post

Deu para ver bem no início que é uma parada bem desenvolvida mesmo, na criação do seu personagem com as diversas casas e facções lá e tb logo na primeira missão, com a cerimônia de coroação da Lady Arano. Se eu fosse resumir as vibes que o jogo tá me passando é tipo Front Mission + Mass Effect + Song of Ice and Fire + Duna, e tipo, só coisa boa.

 

Editado por Strife

Compartilhar este post


Link para o post

Rejogando Bloodborne, percebi como eu era ruim, não conseguia da parry ma à vez e sofri muito, agora ta nem tranquilo e os chefes são bem mais fáceis que nos Dark Souls

Compartilhar este post


Link para o post
15 horas atrás, Strife disse:

Mas XCOM eu nunca nem gostei nem do clássico (falo daquele antigão de PC dos anos 90 mesmo) ou do reboot/remake.

 

Acho que já pode sapecar um ban hein :lolmor:

 

Reboot de Xcom é lindo demais, senhor.

Compartilhar este post


Link para o post

Os caras falando de Battletech, eu quase iniciei esse fds, mas, parti pro Wasteland 3

 

Devo ter jogado umas 10 horas no fds (raro), que jogasso é esse?!. To com personagens completamente distintos e o jogo fica melhor a cada luta, investir em mecanica por exemplo, fez eu ver o quão dinamico o jogo pode ser.  Gosto de rpgs aonde classes de suporte façam diferença e esse é um caso, os talentos são mto bem pensados, tudo faz sentido no jogo. 

 

Tem cara de indie em mtos aspectos, um ponto bobo é, eu acho que as melhorias nas armas poderiam mostrar isso fisicamente nelas, mas n rola e há coisas como modelagens que poderiam ser melhores.

 

God of War - Achando o melhor jogo da sony nessa gen, to preso nesse aqui achando um jogasso.

 

Division 2 - Jogando com alguns amigos, bem casual e to mais preocupado em chegar logo ao endgame.

 

Dishonored 2 - To curtindo mto, mas, acho que aproveitaria mais jogando com mouse, essa pegada stealth em primeira pessoa eu me sinto limitado usando controle, sou lento.

 

Trials in the sky SC - Não ando na pegada de jogar portatil nos ultimos dias, tá meio encostado, msm amanado o jogo, voltar a vontade eu volto

 

 

 

Editado por grun

Compartilhar este post


Link para o post

Comprei o 1 e o 2 em promoção faz anos mas não joguei ainda tb :lolmor:

 

Queria ser tipo uns vagabundos aí que se aposentam aos 33 anos para ter tempo de jogar tudo.

Compartilhar este post


Link para o post

Esse final de semana comecei e joguei até completar a campanha um game bem divertido que tem no Gamepass.
 

 

Double Kick Heroes, eu nunca tinha ouvido falar nesse jogo, baixei mais pela capinha dele, quando joguei vi que era algo bem diferente do que esperava, pois era um game rítmico, eu pensava que seria um jogo de tiro estilo Metal Slug da vida. Eu gosto de games musicais então fiquei mais interessado ainda, joguei a campanha inteira e gostei demais, ele é voltado para músicas de Metal, apesar de não ser um estilo que eu acompanho muito consegui pegar algumas referencias de NPCs durante a campanha, não vou spoilar para quem ainda não jogou, mas tem bastante referencia legal no game.

 

O sistema dele se inspira em jogos no estilo Rock Band, mas mesmo assim possui características bem próprias do jogo, quem curte esse estilo recomendo demais.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
1 hora atrás, ITA_ disse:

Esse final de semana comecei e joguei até completar a campanha um game bem divertido que tem no Gamepass.
 

 

Double Kick Heroes, eu nunca tinha ouvido falar nesse jogo, baixei mais pela capinha dele, quando joguei vi que era algo bem diferente do que esperava, pois era um game rítmico, eu pensava que seria um jogo de tiro estilo Metal Slug da vida. Eu gosto de games musicais então fiquei mais interessado ainda, joguei a campanha inteira e gostei demais, ele é voltado para músicas de Metal, apesar de não ser um estilo que eu acompanho muito consegui pegar algumas referencias de NPCs durante a campanha, não vou spoilar para quem ainda não jogou, mas tem bastante referencia legal no game.

 

O sistema dele se inspira em jogos no estilo Rock Band, mas mesmo assim possui características bem próprias do jogo, quem curte esse estilo recomendo demais.

 

 

Mas aí tu joga no controle ou na guitarra dos rock band da vida?

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   1 membro online

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..