Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Cyco

Monster Hunter World

Posts Recomendados

Hà tempos eu tinha curiosidade sobre essa franquia, mas quando notei que ela existia estava restrita aos portáteis que são um formato que eu não consigo me envolver. Finalmente na E3 de 2017 a Capcom anunciou que o jogo da quinta geração ia sair pra PS4, Xbox e PC, me empolguei mas ainda estava receoso pois nunca curti games desse estilo loot grind, preferindo rpgs tradicionais.

 

Piriri pororó, 350 horas depois devo dizer que Monster Hunter World é provavelmente o meu jogo favorito da geração.

 

 

O que é Monster Hunter?

 

Tenho um fraco por monstros criativos, bem desenhados e boss battles quase sempre são a minha parte favorita em jogos, Monster Hunter parece ter sido feito pra mim, desde que comecei me pego vendo gameplay no youtube e admirando gente que consegue matar os monstros mais difíceis em menos de cinco minutos, até joguei quase 10 horas do spin off pokemón like Monster Hunter Stories no celular... Virei fã.

 

Quando lançou o primeiro jogo da série ainda no Playstation 2, a Capcom inaugurou um subgênero de action rpg apelidado "hunting game", outros no estilo vieram como Toukiden, God Eater, Freedom Wars, Soul Sacrifice, Rangers of Oblivion (no celular) ou Dauntless, mas Monster Hunter continua sendo a referência e World vendeu mais de 10 milhões de cópias se tornando o maior sucesso da história da Capcom. O jogo é menos sobre a trama ou o role play e mais focado em crafting e looting, com um sistema de combate action-based bem divertido. Você caça os monstros e com as partes deles faz equipamentos pra caçar monstros cada vez mais perigosos, esse é o principal loop desse tipo de jogo. Parece repetitivo, e é! Não adianta tentar dourar a pílula, Monster Hunter pode não agradar a todos os fãs de rpg mas pra quem gosta a beleza dele está na complexidade desses sistemas, fórmula refinada em mais de dez anos que a franquia existe (15 anos em março de 2019 especificamente).

 

World é a quinta geração da série, e acompanha uma expedição que investiga a migração de Elder Dragons para um novo e misterioso continente. Não é necessário saber nada sobre os jogos anteriores, minha perspectiva é de um iniciante e esse título foi pensado justamente pra ser uma entrada à novos jogadores, muita gente o comparou com Dark Souls no exato momento em que viu um personagem carregando uma espada enorme mas os games são muito diferentes. É possível que a série da From se inspirou em algumas coisas como o fato de cada arma possuir um moveset específico e o personagem não ficar restrito a nenhuma build específica, mas as semelhanças acabam aqui, os Souls têm uma estrutura de action rpg mais tradicional com exploração de cenários, quests que envolvem npcs e uma progressão mais baseada em aprimorar stats como força, destreza etc, além de uma arte mais voltada pro horror e dark fantasy enquanto que em Monster Hunter a arte é colorida e o tom leve e tolo, tem até uma raça de gatinhos que servem de ajudantes por exemplo. Tudo muito feliz até você dar de cara com os monstros, que em vez de se esconderem em calabouços são como animais que fazem parte do ecossistema do mundo. Quests consistem apenas em caçá-los, seu progresso e builds são 100% focadas no equipamento e o jogo vai aos poucos liberando novas áreas com novos monstros pra lutar, cada um tem elementos distintos que o jogador deve aprender e vão gradualmente exigindo um planejamento mais sofisticado e o domínio das armas.

 

 

O gameplay

 

 

Existem 14 classes de armas,  onze melee e três ranged, a jogada de mestre aqui é que você pode usar qualquer uma a qualquer momento, isso abre uma variedade de opções imensa pois cada arma possui características e níveis de complexidade diferentes. O sistema de combate prioriza o movimento, então armas pesadas vão ser mais lentas e ter animações de antecipação que exigem do jogador ações calculadas mas causam mais dano, todas têm suas vantagens e desvantagens e por isso o ideal é explorar ao máximo e saber usar pelo menos algumas pra diferentes situações, quanto mais difíceis as batalhas vão se tornando mais os sistemas vão se revelando ao jogador numa curva de aprendizado um tanto longa mas se você acha recompensador aprender coisas novas constantemente, esse é o jogo pra você. Uma das maiores diversões do jogo está aí pra mim, acho um desperdício quem se apega a apenas uma arma e nunca troca, mas é claro que cada um joga como gosta. :) 

 

O design dos cenários é fantástico, cada mapa é composto de várias áreas interligadas que possuem muita verticalidade e seu próprio ecossistema, de pequenos animais (que podem ser capturados e guardados na sua base como pets) até monstros intermediários e grandes, que são os predadores principais de cada lugar. Cada local tem um tema como por exemplo a Ancient Forest, que possui uma árvore gigantesca no meio e um labirinto de túneis em suas raízes, ou o Coral Highlands que é como uma espécie de fundo do mar só que sem a água, além disso os mapas apresentam vantagens táticas durante as lutas, desníveis podem ser usados pra ataques com saltos, e algumas têm armadilhas que podem ser usadas pra aprisionar ou atingir os monstros, que costumam ter grande mobilidade e não ficam restritos a uma área apenas criando perseguições e situações inesperadas, nem todas vantajosas pro jogador. Há também desafios em arenas ou missões de exploração dos cenários e coleta de materiais pra quebrar um pouco o ritmo, além é claro de pesca, japoneses adoram uma pescaria.

 

Depois de lutar, coletar materiais e criar itens é a principal atividade do jogo, tudo o que você precisa têm que ser criado: Armas, armaduras, munições, itens de cura, buffs, debuffs, ferramentas, equipamento pro gato (pois é), em edições anteriores era impossível jogar sem uma wiki mas em World o processo é relativamente indolor e inclui bastante informação na própria interface, porém existe muita sorte envolvida e devido a quantidade de opções em algum momento você vai querer ajuda, a única dica que eu adianto é: Vá com calma. O progresso do jogo é bem gradual e só mais durante o endgame que a coisa toma uma proporção, exigindo do jogador um planejamento mais demorado pra cada monstro, devo dizer que esse aspecto do jogo se tornou um dos meus favoritos também. Pra aliviar o aspecto randômico eles adicionaram quests chamadas Investigations que já te dão uma garantia de itens de raridades específicas, mesmo assim você vai precisar enfrentar o mesmo monstro algumas vezes (no caso do endgame muitas vezes 😱) pra conseguir todas as partes que precisa, a natureza imprevisível dos confrontos e a possibilidade de fazer as missões com até quatro participantes acaba aliviando a repetição, mas isso pode desanimar algumas pessoas.

 

canais úteis pra mim quando comecei:

 

Gaijin Hunter

Arekkz gaming

The Gameconomist

 

 

 

Nem tudo é perfeito

 

Falando em multiplayer, a Capcom fez duas escolhas bem cagadas aqui, a primeira é que nas quests da história você só pode chamar outras pessoas pra te ajudar depois de encontrar o monstro pela primeira vez e ver sua cutscene, o que irritou um monte de gente embora seja um problema menor, a segunda é que os jogadores que estiverem na mesma sessão online só podem se ver dentro de um lugar específico chamado gathering hub, que por ficar tão escondido acabou ignorado. Somado aos menus desnecessariamente complicados, o design do multiplayer se tornou um burocrático e confuso meandro que você eventualmente vai se acostumar, mas que deveria ter sido bem mais simples e amigável. Outro problema sério é em relação ao endgame, a Capcom tentou dar um suporte até razoável (e gratuito) ao jogo, com dlcs e eventos periódicos que duraram mais de um ano (o game foi lançado em janeiro de 2018). Apesar de louvável, o esforço se revelou um tanto fútil pois é um conteúdo muito breve que qualquer jogador mais experiente vai debulhar em minutos.

 

O que é mais recompensador no jogo é combater os monstros e fazer suas armas e armaduras, mas World se revelou um projeto bem mais complexo que suas versões mobile e a criação de assets demanda mais tempo, acabou que entre uma espera e outra a única coisa que restou para os jogadores mais dedicados é tentar conseguir jóias chamadas de decorations e as mais raras possuem skills especiais que são altamente desejáveis,  só que elas são um grind da porra pra conseguir! Com drop rates tão pequenos que não é comum ler histórias de pessoas com mais de 1000 horas no jogo que nunca conseguiram um ou outro tipo. Mesmo depois de vários updates infelizmente isso é uma coisa que só veremos melhorar numa eventual sequência ou quando chegar a já anunciada expansão daqui a uns meses (setembro de 2019 nos consoles, PC mais tarde). Dito isso, esses problemas foram suportáveis e não prejudicaram a minha apreciação do jogo, mesmo sem nenhum update Monster Hunter World é um pacote completo com um nível de polimento raro hoje em dia entre os AAAs.

 

 

Nota 9.0

 

 

Um adendo sobre a Expansão.

 

 

Iceborne, quando chegar, vai trazer um novo rank pra jogadores avançados e novos monstros, remediando o principal problema do jogo que era a ausência de um endgame mais substancial e de quebra, além de um novo mapa a expansão vai trazer uma série de melhorias, novas ferramentas e movimentos. Tive oportunidade de testar a beta e essas novidades tornam o jogo ainda mais divertido. Se o jogo base já era excelente tenho até inveja de quem experimentar pela primeira vez o jogo completo Monster Hunter World + Iceborne.

 

vou deixar um jabá aqui, o link pro meu tópico de MHW no consoles 

 

 

Editado por Cyco
ajustes no português, eu tentei

Compartilhar este post


Link para o post

Um dos melhores jogos dessa geração ao lado do Dark souls 3 (na minha opinião!), tenho umas 600 horas jogadas! As possibilidades de builds e combinações de skills são enormes... gastei muito tempo se aprofundando nisso,  a Capcom também deu muito suporte com os eventos (os crossover do final fantasy e witcher foram excelentes, principalmente a luta contra o behemoth) agora estão se concentrando na expansão Iceborne (que vai ser aproximadamente 60% do tamanho do jogo original).

 

Quanto ao  gathering hub, o problema na minha opinião é que não se pode acessar o resource center e botanical research, sempre que concluir bounties vc precisa acesar outra area (e no ps4 normal é chato pois o loading encomoda!) deveriam colocar tudo na mesma area do gathering hub.

Compartilhar este post


Link para o post

Pra mim também é um dos melhores jogos da geração, se dúvida. Ser O melhor, é uma questão a se pensar com cuidado, mas não descarto.

 

Shabazz, O Discípulo, onde você leu essa informação de que o Iceborne vai ter aproximadamente 60% do tamanho do jogo original?

Compartilhar este post


Link para o post

Eu já li várias coisas diferentes, alguns dizendo até que o Iceborne vai ser tão grande quanto o jogo principal, o que eu não acredito mas independente disso estou contando os dias até Setembro.

 

Em 21/05/2019 em 06:04, Shabazz The Disciple disse:

 As possibilidades de builds e combinações de skills são enormes... gastei muito tempo se aprofundando nisso...

 

juro que algumas vezes eu passava mais tempo montando e otimizando as minhas builds do que caçando os monstros hahahaha, às vezes uma peça de armadura recém construída ou decoration nova era o suficiente pra mexer em um montão de builds, e eu tenho várias pra cada arma que uso. É quase um minigame dentro do jogo, me divirto.

 

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post
6 horas atrás, .Sky. disse:

Pra mim também é um dos melhores jogos da geração, se dúvida. Ser O melhor, é uma questão a se pensar com cuidado, mas não descarto.

 

Shabazz, O Discípulo, onde você leu essa informação de que o Iceborne vai ter aproximadamente 60% do tamanho do jogo original?

 

Lembro que foi de um canal do youtube, não me lembro se era o thegameconomist ou arekkz... 

 

5 horas atrás, Cyco disse:

Eu já li várias coisas diferentes, alguns dizendo até que o Iceborne vai ser tão grande quanto o jogo principal, o que eu não acredito mas independente disso estou contando os dias até Setembro.

 

 

juro que algumas vezes eu passava mais tempo montando e otimizando as minhas builds do que caçando os monstros hahahaha, às vezes uma peça de armadura recém construída ou decoration nova era o suficiente pra mexer em um montão de builds, e eu tenho várias pra cada arma que uso. É quase um minigame dentro do jogo, me divirto.

 

 

O mesmo acontece comigo !  as vezes fico horas tentando otimizar uma build vejo que não sucedeu muito e descarto kkkkkk vcs conseguiram alguma ironwall jewel? eu só consegui 1 e ganhei em um evento.... as atack jewels consegui 4 mas não consigo de jeito nenhum ganhar ironwall jewels , acho que só existe 1 no jogo 😁

Compartilhar este post


Link para o post
10 horas atrás, Cyco disse:

Eu já li várias coisas diferentes, alguns dizendo até que o Iceborne vai ser tão grande quanto o jogo principal, o que eu não acredito mas independente disso estou contando os dias até Setembro.

 

 

juro que algumas vezes eu passava mais tempo montando e otimizando as minhas builds do que caçando os monstros hahahaha, às vezes uma peça de armadura recém construída ou decoration nova era o suficiente pra mexer em um montão de builds, e eu tenho várias pra cada arma que uso. É quase um minigame dentro do jogo, me divirto.

 

 

Ah, tão grande quanto o jogo principal eu não acredito também, mas pra mim 40~50% já tá ótimo. Inclusive até um pouco acima das minhas expectativas haha

 

5 horas atrás, Shabazz The Disciple disse:

 

Lembro que foi de um canal do youtube, não me lembro se era o thegameconomist ou arekkz... 

 

 

O mesmo acontece comigo !  as vezes fico horas tentando otimizar uma build vejo que não sucedeu muito e descarto kkkkkk vcs conseguiram alguma ironwall jewel? eu só consegui 1 e ganhei em um evento.... as atack jewels consegui 4 mas não consigo de jeito nenhum ganhar ironwall jewels , acho que só existe 1 no jogo 😁

 

Ah sim, acompanho eles também mas há uns meses ando um pouco desatualizado e não vi falando exatamente esse número.

 

Sobre isso de passar mais tempo pensando/criando/testando builds, acho que todo fã de monster hunter faz né chapas, várias e várias vezes eu nem caçava praticamente, ficava verificando que itens já tinha, que peças conseguiria construir, o que não conseguiria, quais eram todas as possibilidades de combinações de acordo com as finalidades pretendidas em vista das decorações que possuo, que é o principal fator limitante e blá blá, além disso quando não conseguia completar algo que queria ou não ficava como era esperado, ia no ferreiro e repassava a maioria das armaduras vendo sklls fornecidas e e slots pra avaliar se alguma coisa poderia suprir minha necessidade etc, basicamente eram horas de contemplação de menus :D

 

Sobre Ironwall, vou te falar que não lembro se tenho, mas também consegui 4 attack jewels, sendo 2 do great boy e 1 do colab com Witcher. Final de semana vou dar uma olhada, até porque ainda não fiz AT Nergigante, mas aparentemente a armadura dele não se compara à Drachen, portanto nem vou ficar farmando.

Compartilhar este post


Link para o post
18 horas atrás, .Sky. disse:

 Final de semana vou dar uma olhada, até porque ainda não fiz AT Nergigante, mas aparentemente a armadura dele não se compara à Drachen, portanto nem vou ficar farmando.

 

Eu farmei todo o set e a skin do ryu no primeiro dia 😁, em todos os jogos sempre tive essa mania de ter todas as armas e armaduras mesmo que não as use.... a unica peça do set que vale a pena (na minha opinião) é a legs armor (3 attack + 2 slots lvl2) o bonus skill do set sempre achei meio inútil... 

Compartilhar este post


Link para o post
Em 23/05/2019 em 18:35, Shabazz The Disciple disse:

sempre tive essa mania de ter todas as armas e armaduras

 

 

rs, eu queria fazer todas as que achei mais legais, mesmo assim não acho que vou conseguir

 

aliás já passei das 500 horas desde que fiz o review lol, aproveitei que liberaram o edit e até fiz uma revisão.

Compartilhar este post


Link para o post

Antes tarde do que nunca, gostei demais do jogo é espero pelo filme hahahahahaha

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..