Ir para conteúdo
DanDan

Bem vindo a nova era.... Playstation 5 oficialmente revelado

Posts Recomendados

Strife tocou num ponto principal: arte vs graficão.

 

Graficão é legal, claro, mas SEMPRE preferi gráficos artísticos. Essa nova do Ray Tracing é só para encarecer os jogos. São coisas que ali, na adrenalina do jogo, você nem nota.

 

O Switch vem fazendo a questão artística de maneira sublime. No PS4 também tem alguns bons exemplos. No Xone é mais raro (porém olha Cuphead, que genial...).

Compartilhar este post


Link para o post

Sem essa de que poder não importa.

não é só a questão de gráficos, Fisica, velocidade de processamento tudo abre milhões de possibilidades a mais.

mesmo os jogos indies se beneficiam de maior poder.

 

claro que tem ótimos jogos antigos, porém eles são limitados, Strife você acha aceitável jogar RPGs lentos, com batalhas aleatórias, sem aparecer as aramas que estão usando e com enormes limitações?

Compartilhar este post


Link para o post

Acredito que uma boa parcela irá migrar para o PS5 nos primeiros 6 meses de vida, ainda mais se lançarem jogos crossgen como last of us, ghost of tsuhima, ff7, etc.

 

Até ano passado só jogava no PC e no PS3 . Após um pico de luz ele começou a dar Ylod, fui correndo atrás de um ps3 novo e acabei descobrindo que  a sony tinha parado de fabrica-lo.

 

Então optei por um PS4Pro no lugar e por falta de tempo terminei apenas 2 jogos, ( bloodborne e god of war ) apesar de ter um belo acervo.

 

Ainda sinto falta de alguns jogos do ps3 que deixei para trás e alguns que vou guardar na lembrança, ( demon souls, ninja gaiden sigma, ToV, etc ) espero que o PS5 seja retrocompatível.

Compartilhar este post


Link para o post
6 horas atrás, hoel disse:

claro que tem ótimos jogos antigos, porém eles são limitados, Strife você acha aceitável jogar RPGs lentos, com batalhas aleatórias, sem aparecer as aramas que estão usando e com enormes limitações?

 

Você acabou de descrever Dragon Quest XI :lolmor:

Compartilhar este post


Link para o post
8 horas atrás, hoel disse:

Sem essa de que poder não importa.

não é só a questão de gráficos, Fisica, velocidade de processamento tudo abre milhões de possibilidades a mais.

mesmo os jogos indies se beneficiam de maior poder.

 

claro que tem ótimos jogos antigos, porém eles são limitados, Strife você acha aceitável jogar RPGs lentos, com batalhas aleatórias, sem aparecer as aramas que estão usando e com enormes limitações?

 

Ninguém disse que não importa. Só comentei o fato de que essa corrida atrás de specs para gráfico ultra-realistas que parecem ser a meta de (quase) todos AAAs deixa quase tudo igual no final das contas, e todo mundo paga caro por isso. No momento atual não acho que veremos muito progresso exceto nesses aspectos de efeitos e performance.

 

E tirando gráficos pré-históricos como Atari, acho bem aceitável vários estilos gráficos mais simples e abstrações, se o jogo for bom (RPG lento é ruim tanto hoje quanto antigamente, mas aí tem o seu gosto subjetivo do que considera lento, para muitos atualmente o simples fato de ser por turnos já é lento). Gosto de variedade e acho que certos estilos visuais saíram perdendo na corrida mainstream. Lembro de um vídeo anos atrás no Suuper Bunnyhop falando como todo lançamento AAA que ele jogava, seja terceira ou primeira pessoa, estavam tudo mesclando de tão iguais, até nos controles. Eu acho que as empresas podiam aproveitar mais o hardware do que isso, já que finalmente estamos num patamar que quase tudo é possível. E em alguns casos até sairia mais barato, porque gráfico é o que consome maior parte do budget.

Compartilhar este post


Link para o post

Teoricamente, um hardware mais potente permite mundos mais críveis e maior interatividade. Porém na prática, nem sempre vemos isso.

 

Casos como o Horizon Zero Dawn, jogo que eu gostei bastante, mas não tem a interatividade do Zelda BotW, num console mais fraco, ou as cidades densas do The Witcher 3, que roda no mesmo hardware. No final das contas depende das prioridades e capacidade do desenvolvedor.

 

Um dia quero ver uma cidade assim num jogo:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

É que a evolução de uma geração para outra não é tão gritante, por isso que dá essa sensação de que só se busca gráficos mais realistas!

 

olhem o PS2? Onimusha era um corredor estreito para se jogar sem interferência dos cenários nenhuma. FFX preferiram deixar a câmera presa e etc.

 

a evolução é necessária, claro que não impede ter jogos antigos divertidos/ bonitos e legais. Mas olhem a série Souls/ RRD II/ GoW são jogos impensáveis a 8 anos atrás 

Compartilhar este post


Link para o post

Mas ninguém está discutindo que do PS2 pro PS3 mudou muito. Só que a nova geração (e possivelmente a futura) não teve um salto tão grande, seja esse de gráficos ou gameplay.

 

Ninguém precisava de Digital Foundry ou números pra ver a diferença entre os jogos de PSX pro PS2 ou do PS2 pro PS3. 

 

Hoje falam em um console que rode 4k a 30fps. Ainda que isso melhore a experiência, não há perspectiva de que novas plataformas vão influenciar ao ponto de criarem experiências novas, mecânicas e formas de interação com o ambiente inéditas como ocorreu antes. 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Exato, Snes -> PS1 -> PS2 -> PS3, o salto sempre foi grande, claramente perceptível.

 

Agora, alguns jogos da geração atual obviamente não rodariam bem, mas o salto foi muito pequeno na minha opinião.

Compartilhar este post


Link para o post

PegarNext Xbox não sai por 400

O Xbox x hj sai 500. Em 2020 na melhor das hipóteses será o modelo a custar 300 dólares

 

Para ter uma melhora substancial frente a competir com o ps5 com 11tf quase o dobro do seu atual console Premium não vai cobrar só 100 dólares a mais.

 

400 dólares hj não e o mesmo de 400 de 2013 TB. Vale menos

500 dólares deve e espero que seja o preço.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Ter poder de processamento disponível não é um problema, o problema é que nem sempre isso significa ter um bom jogo, principalmente naqueles produtos que se focam mais nisso.

o que acontece é que se percebe um problema clássico nesss disparai técnico da indústria.

Antes se percebia que a falata de recursos técnicos de hardware faziam os desenvolvedores usarem mais a criatividade em prol de um produto que pudesse se diferenciar, e ser divertido. Faltava Hardware mas sobrava criatividade para os caras, hoje se vê uma maré contrária aonde sobra Hardware mas falta criatividade para se fazer algo diferente, interessante e divertido. Os jogos são praticante maid do mesmo aonde aqueles com sorte de ter dinheiro e nome podem fazer algo praticante escorado na parte técnica e outros não tão sortudos são soterrados pelo marketing das grandes.

Nao digo que não há bons jogos que unem as duas coisas, criatividade e uso maximo do Hardware,  mas estamos indo para um lado storytelling demais, chega a dizer que é um tipo diferente de diversão até. 

A série darkdouls citadapot aí, é um dos poucos novos jogos que une o melhor da criatividade cara n bom uso do Hardware, mas reparem que ele é 99% jogabilidade sem ficar parado vendo filminho, e a parte técnica visual claramente dá ênfase na arte ao invés das qualidade da textura. Não me entendam mal, para min isso sim é saber fazer jogo.

Compartilhar este post


Link para o post
Em 22/11/2018 em 19:20, Higo-Batman disse:

 

Sem contar que não tem mais games relevantes exclusivos sendo produzidos para o PS4 fora os já anunciados. Aí lançando eles todos até o final do ano que vem para o PS4 e lançando o PS5 no final de 2020 o PS4 iria ficar um ano sem nenhum game exclusivo importante sendo lançado.

 

Portanto deva acontecer como eu já disse mesmo. Do PS5 sendo lançado em Março de 2020 ou final de 2019. E os games de final de geração rodando melhor no PS5. E o PS5 sendo retro do PS4 alguns games podem receber patch para rodarem melhores no PS5 assim como acontece com o Xbox One em relação ao Xbox One X.

 

 

desconfio que esses jogos exclusivos que restam TLOU2, Ghost of tsushima e Death Stranding devem ser espalhados entre 2019 e 2020 junto com títulos menores ou mais alternativos como Dreams, Days Gone, Concrete Genie e outros que ainda vão ser anunciados mas são muito biriba pra justificar uma E3. Pensando bem, acho que ficar sem nenhum exclusivo relevante no PS4 tb seria uma boa maneira de mudar o foco do velho em prol do novo.

 

Acho que se tudo que sair for cross gen durante um tempo eu não vejo nenhuma razão muito forte pra migrar pro PS5, não faço idéia de quais features ele possa trazer pra atrair o público além dos já esperados 4K/60fps.

 

Em 22/11/2018 em 16:11, hoel disse:

 

Mas o problema é a concorrência kkk

Se o Xbox não existisse muito provavelmente você estaria certo, mas como existe, não podem correr o risco de ficar 1 ano atrasado como o PS3 ficou com o Xbox360

 

Outros fatores ajudaram a derrubar o PS3 como o preço e a arquitetura Cell, mesmo assim eles se recuperaram e dificilmente vão repetir esses erros. Tenho minhas dúvidas se a MS não vai empurrar pra frente tb, além do X1X ter pouco tempo eles acabaram de comprar vários developers, provavelmente querem lançar o próximo Xbox com pelo menos alguns desses exclusivos e não sabemos o quão prontos eles estão.

Editado por Cyco

Compartilhar este post


Link para o post

Pensei que a Sony iria copiar esse multi consoles do Xbox, mas espero que seja um bom console. Como sempre. 

Compartilhar este post


Link para o post
Em 23/11/2018 em 23:11, Rodrigo disse:

Strife tocou num ponto principal: arte vs graficão.

 

Graficão é legal, claro, mas SEMPRE preferi gráficos artísticos. Essa nova do Ray Tracing é só para encarecer os jogos. São coisas que ali, na adrenalina do jogo, você nem nota.

 

O Switch vem fazendo a questão artística de maneira sublime. No PS4 também tem alguns bons exemplos. No Xone é mais raro (porém olha Cuphead, que genial...).

 

Tem muitos Indies de excelente qualidade nessa geração. O primeiro que eu zerei foi o Ori. Gostei de mais. Estou esperando de mais a continuação dele para o Xbox One. Outros dois que gostei bastante e joguei em outras plataformas foram os Hollow Kinght e o Guacamelee 2.

Editado por Higo-Batman

Compartilhar este post


Link para o post
Em 24/11/2018 em 10:41, Soul Reaver disse:

Teoricamente, um hardware mais potente permite mundos mais críveis e maior interatividade. Porém na prática, nem sempre vemos isso.

 

Casos como o Horizon Zero Dawn, jogo que eu gostei bastante, mas não tem a interatividade do Zelda BotW, num console mais fraco, ou as cidades densas do The Witcher 3, que roda no mesmo hardware. No final das contas depende das prioridades e capacidade do desenvolvedor.

 

Um dia quero ver uma cidade assim num jogo:

 

 

 

 

o pessoal da Unity conseguiu rodar essa demo num iPhone (infelizmente não achei o vídeo mas foi na mesma apresentação), talvez seja possível ter essa densidade na próxima geração sim.

 

Acho que jogos como o Beyond Good and Evil 2 e o Cyberpunk 2077 já mostraram um pouco do que vamos ver na próxima geração.

Compartilhar este post


Link para o post

Meu maior problema com essa busca doentia da industria por evoluções visuais é que isso está deixando os jogos cada ves mais automáticos e burros.

 

Lógico que não é uma lei pois temos casos como Breath of the Wild e Red Dead Redemption 2 que tem sistemas de física e inteligência artificial bem robustos, mas a maioria dos estudios não tem nem se preocupado em otimizar os jogos para as plataformas disponíveis.

 

Os AAA que deveriam mover a industria geralmente são os mais genéricos possíveis e lotados de cagadas.

 

 

Editado por Rhazo

Compartilhar este post


Link para o post

 

Citar

Stunning Gran Turismo 8K/120FPS Footage Revealed at Industry Event

November 26, 2018 by Jordan Greer

While most of the attention of Gran Turismo fans was focused on the FIA-certified GT Championship World Finals in Monaco last week, something interesting was quietly being shown off on the other side of the world at “InterBEE 2018” in Tokyo.

InterBEE, or the “International Broadcast Equipment Exhibition”, is like the Consumer Electronics Show on steroids: as the name implies, it focuses on professional equipment used in the video production industry.

Sony, of course, was there in full force, and showed off their ultra-high-end “Crystal LED Display System”, also known as CLEDIS. The massive 440-inch screen has a near-180 degree viewing angle and displays 8K video at 120FPS.

While Gran Turismo was obviously not the focus at such an event, Polyphony Digital has long been known for pushing the boundaries of display and imaging technology, and they snuck in some absolutely ridiculous-looking Gran Turismo footage into the CLEDIS demo reel.

In terms of content, the footage appears to be from GT Sport, but that’s where the similarities end.

GT Sport, of course, cannot run in 8K or 120 frames-per-second on any currently known hardware (though the intro video was shown in 8K at CES earlier this year), but there seems to be more happening, too. Even from the shaky cell-phone captures — the only thing we have from the event — there is an added depth to textures, and the lighting appears to be taken to new levels as well.

gt-sport-interbee-2018-800x533.jpg

 

Attendees at the event grabbed a few photos and videos which quickly made their way into our forums via GTPlanet user queleuleu. This video from @o_ob on Twitter offers one of the most striking examples:

 
 
You can also see more game footage running in the background during this interview (thanks again to queleuleu):
 

The obvious speculation is that in an effort to show off Sony’s new display technology, Polyphony Digital quietly revealed a look at GT Sport‘s game engine rendered on next-gen PlayStation hardware. Of course, it’s not gameplay, so the footage could also simply be pre-rendered on high-end PCs. Only Polyphony Digital and Sony could answer this question, and there’s zero chance either one is willing to talk about it.

Regardless, it does offer us a small, tantalizing preview of what Gran Turismo games could look like in the future.

Kazunori Yamauchi told us last year that GT Sport‘s “Super Premium” car models were “over-specced”, and were constructed with the next PlayStation console in mind. The Internet has also been bubbling with PS5 rumors this year, thanks to a touch-screen patent and AMD hardware rumblings. Sony’s industry-shaking announcement that they’re pulling out of E3 next year only added fuel to the fire…

 

 

Provavelmente esta rodando num pc muito forte. Ps5 nao chega nisso nem a pau

Editado por psg1

Compartilhar este post


Link para o post

Minha tv tem 7 anos e só pretendo trocar daqui no mínimo 2 anos lol. É Full HD mas não e topo de gama. Que se foda 8k, a próxima vai ser 4 mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..