Ir para conteúdo
Sailor Paladina

Os 100 Melhores da EDGE. Alucard aprova

Posts Recomendados

Verdade seja dita, se der os jogos clássicos para os jovens de hoje jogarem,não acredito que colocariam a maioria no top 10.

 

Os tempos são outros, hj já se viu e jogou coisas bem mais limpas e até complexas.

Compartilhar este post


Link para o post

Lista imunda. Tenta focar em jogos mais modernos mas não tem coerência nenhuma na distinção entre impacto e atemporalidade. Ignora clássicos absolutos, penso eu na base do argumento de "envelheceu mal" ou "fizeram melhor depois" (Chrono Trigger e SF2 não estarem aí é um absurdo inimaginável, o único FF ser o XII também), mas coloca um monte de jogo hypado que foi superado faz tempo como o próprio SFIV, Skyrim, Earthbound, qualquer Uncharted, ou até um jogo é pra mim é top-2 ever: Ocarina. Vai jogar Sands of Time hoje pra ver que delícia é aquele combate, que representa metade do gameplay.

 

Também botam jogos esquecíveis como Arkham Knight e Far Cry 4 e outros com problemas imperdoáveis e feitos pela metade como MGSV e Destiny. Em suma, uma merda. Lista desse tipo só tem valor com um critério claro que foca ou no quão bom o jogo foi na época ou no quão bom ele é hoje avaliando no vácuo. Essa mistureba aí sem pé nem cabeça de desconsiderar um dos trocentos platformers 3D inquestionáveis da década de ouro do gênero (1996-2005) pra incluir Tearaway acaba com qualquer credibilidade.

 

 

Já que complex.com é argumento, qual o nome do 2º colocado nessa lista? Tou curioso. Tem também um que está em 8º e acima de todos os platformers da história da Sony e da Sega, quero que você escreva o nome também. Obg.

Compartilhar este post


Link para o post

Os zeldas iconicos sao todos iguais.

 

LttP, Oot, BotW, todos atenderam oq a demanda queria na epoca de forma majestosa. Querer desmerecer LttP agora é porque você não jogou no super nintendo, entao melhor calar a boca.

 

Sinto muito pelo meu bafo de selvageria.

Compartilhar este post


Link para o post

todo mundo têm sua própria lista, mas eu acho que sempre colocaria os clássicos antigos acima dos modernos, o tempo é teste mais importante.

 

Concordo. 

 

Fora o monte de jogo esquecível que tem na lista em detrimento de vários clássicos ABSOLUTOS como já falaram.

 

Outrun 2006 Coast to Coast, sério? Bom jogo mas entre os 100 de todos os tempos? Só pra citar um exemplo.

Compartilhar este post


Link para o post

Fefates acho caído. Melhor da série pra mim é DISPARADO o Fire Emblem 4.

 

 

 

Não concordo mas o que o senhor teria a me dizer sobre o Fire Emblem Echoes? Foi o único que não comprei, por isso todo mundo diz que é um dos melhores. Depois que eu tiver comprado tamanha a insistência dos demais, tenho certeza que começarão a dizer que é o pior Fire Emblem  já feito e blá blá.

Compartilhar este post


Link para o post

Eu também gostaria de uma satisfação do senhor Charizard sobre o Fire Emblem Fates.

Claro, o Awakening foi o primeiro, em um ranking colocaria acima (e como melhor da série). Mas o Fates expande legal em cima do Awakening, tem conteúdo infinito e um desafio aburdo no Conquest.


Outrun 2006 Coast to Coast, sério? Bom jogo mas entre os 100 de todos os tempos? Só pra citar um exemplo.

 

O raciocínio pelo visto foi: a série merece estar lá, vamos colocar o melhor pra simbolizar. Além de desconsiderar impacto, acho que pensam que um jogo mais avançado tecnicamente é necessariamente melhor. Mesmo assim tá uma salada, eu queria ler a matéria. Se alguém souber onde compra a revista me avise, porque ao menos os reviews são excelentes.

 

Não, Alucard, não me refiro aos reviews de 1994.

Compartilhar este post


Link para o post

Fefates acho caído. Melhor da série pra mim é DISPARADO o Fire Emblem 4.

ALGUEM QUE MANJA DE VERDADE DA SERIE

Editado por Lucs

Compartilhar este post


Link para o post

Emuleiros, tsc, tsc.


“In compiling the list, we worked to simple criteria: all formats – console, PC, portable, coin-op, touchscreen – were eligible; we could include only a single entry from any series that features straight-up sequels; and each game had to stand up today rather than making the cut for reasons of nostalgia or historic significance.”

Ou seja, excluíram o significado histórico, impacto. Só colocaram o que seria melhor jogar hoje, considerando como envelheceram. E sem sequências diretas, o que significa que Final Fantasy poderia ser um só, mas Zelda podem ser vários já que são nomeados de forma diferente. Critério de merda, digasse de passagi, Final Fantasy muda até mais que Zelda de um episódio pra outro. 

Editado por Beto Paz & Amor

Compartilhar este post


Link para o post

chrono é perfeitamente jogável hoje em dia.

 

Inclusive fui até o final no começo do ano

Compartilhar este post


Link para o post

Não concordo mas o que o senhor teria a me dizer sobre o Fire Emblem Echoes? Foi o único que não comprei, por isso todo mundo diz que é um dos melhores. Depois que eu tiver comprado tamanha a insistência dos demais, tenho certeza que começarão a dizer que é o pior Fire Emblem  já feito e blá blá.

Esse eu não joguei, infelizmente. Sei que é um remake de FE2, que é underrated, mas é só. Diria que só por esse fato já o torna digno de ser jogado.

 

Eu também gostaria de uma satisfação do senhor Charizard sobre o Fire Emblem Fates.

Claro, o Awakening foi o primeiro, em um ranking colocaria acima (e como melhor da série). Mas o Fates expande legal em cima do Awakening, tem conteúdo infinito e um desafio aburdo no Conquest.

Ao meu ver, o Awakening recebe merecidos elogios por ter basicamente revivido a franquia e ter voltado com alguns conteúdos que fãs de longa data da série amaram e que, até aquele ponto, só tinham visto uma vez: o sistema de casamento, introduzido no Fire Emblem 4.

 

Embora o Fates tenha isso, foram feitas decisões que vejo que foram erros. Ter três jogos é uma ideia interessante, mas não quer dizer que os três jogos estão no mesmo nível. Por exemplo Conquest é legal e oferece inovações nos mapas, te fazendo ter uma estratégia de fato, mas o Revelations é o total oposto, repleto de mapas que são mais tediosos do que desafiadores.

 

Pode ser que "caído" tenha sido uma palavra que possa ser entendida como "acho esse jogo uma merda" (não é, a série Fire Emblem como um todo é bem consistente em qualidade, acho que apenas o FE12 chega perto de ser algo ruim), o ponto principal é que acho o Fire Emblem 4 um jogo superior, e tem alguns bons motivos.

 

 

Tirando a parte gráfica e sonora, que é INCRÍVEL, o jogo se destaca dentre tantos outros da série pois introduziu diversos elementos de gameplay que moldaram a série como nós vemos hoje. Não apenas implementou o sistema de casamento - que aliás encaixa com a história de maneira perfeita - como também introduziu as Skills, que hoje é um elemento comum aos jogos da série, e que torna o jogo um deleite.

 

Armas, que comumente tem uso limite em batalha, levando ao seu desaparecimento uma vez atingido tal limite, podem ser reparadas em FE4 - à seu preço, claro. Embora possa ser feito o argumento de que os jogos que quebram permanentemente as armas te forçam a pensar melhor o uso delas, FE4 te joga um outro ponto a ponderar: em tese, o uso das armas é infinito, mas o dinheiro que você ganha não é, tampouco o número de armas disponível ao jogador.

 

Se por um lado um jogador poderia abusar da arena nos outros jogos até estocar uma quantia aburda de dinheiro e estocar as melhores armas, nesse jogo cada personagem tem sua própria "conta bancária", com limite de 50k, e acesso restrito à arena - uma vez que o personagem passa pelos 7 desafios da arena do capítulo, ele não pode mais ganhar dinheiro por lá. Além disso, não existem armas infinitas - não posso comprar 50 Silver Swords depois de juntar dinheiro pra cacete. Ou seja, FE4 faz um serviço simples, diferente dos outros jogos, e ainda que seja um jogo fácil (tirando um ou outro momento), te põe pra pensar bem na hora de repassar recursos e itens entre os personagens.

 

Fora isso, tem, ao meu ver, a melhor história e um dos lores mais bem elaborados na série inteira. Não é apenas o que é apresentado no jogo que é interessante, com diversas intrigas políticas, traições, sacrifícios humanos e afins, mas o que vem antes, a origem do continente... é um jogo riquíssimo.

Compartilhar este post


Link para o post

Chrono é provavelmente o RPG que melhor envelheceu na HISTÓRIA dos videojogos. Não tem justificativa além de mau gosto pra deixá-lo de fora. Suikoden II é outro jogaço histórico do gênero e perfeitamente jogável hoje. Considerar os Final Fantasy mainlines "straight up sequels" por causa do número que tem do lado também é de dar.

Compartilhar este post


Link para o post

Foi algum Millenial que fez essa lista. E bem lembrado, um absurdo o Sonic não estar na lista. Aliás, nada do Megadrive. TNC

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..