Ir para conteúdo
BDGAME

Nintendo Switch

Posts Recomendados

Deixando as merdas e loucuras de Lulu um pouco de lado...

 

Tem muito rumor rolando por ai a respeito do Zelda novo, uns baseados em "baseados", outros suportados por informações oficiais e outros por parte de leakers "confiáveis" (as vezes tão quanto os informantes de filmes policiais ambientados no Bronx) de sempre.

 

Bom, ou melhor, não tão bom assim, parece que o jogo não será lançado esse ano. Esse ano é o "ano de Mario" por conta do aniversário de 35 anos da série, por isso a Nintendo soltou o novo Paper Mario que já estava bem encaminhado e para o resto do ano devem vir os remasters na coletânea (espero) . A Nintendo não parece querer queimar jogos com o novo Zelda no meio da briga entre MS e Sony com seus novos consoles. Não é questão de medo, obvio, mas sim de estratégia. Vai mostrar Zelda e outros (metroid, pikmim etc...) em trailers com gameplay (talvez) mas ficam para o próximo ano junto com o novo Zelda em seu respectivo aniversário de 35 anos da série.

 

Infelizmente parece ser mais um caso de jogo de transição de geração para a Nintendo (virou tradição mesmo essa porra). O novo console vem ai (4 aninhos de NS) e como comentei aqui mesmo anteriormente, não deve fazer "graficão produção" (4k nem com "efeitinhos on off" no baixo) afinal deve ser um aparelho com desempenho igual ou menor que o PS4. E como todo mundo sabe, nem o PS4 Pororo faz 4k de verdade e se caga para fazer de mentirinha (via checkerboard). Deve ficar no 1080P 60fps no "máximo" e, se empenhar em mundos mais abertos e outras implementações como maior interação e a AI mostrada em BoTW. 

 

A escalonabilidade para uma experiencia em resoluções e desempenho menores (Nintendo Switch), deve garantir ao menos mais 2 anos (com sorte) de jogos entre o novo console e os NS antigos. 

 

O desenvolvimento de Zelda não está tão adiantado como alguns pensam. Em novembro de 2019 revistas especializadas em "Nintendus", reportaram as contratações (e vagas em aberto) que mencionavam especificamente trabalho no novo Zelda, cargos como Scenario Planner, Map Designer/Planner, Level Designers. E para quem não é familiarizado com coisas do tipo, esse não é o tipo de cargo que se procura para um projeto já em processo adiantado, são cargos geralmente ocupados em equipes de desenvolvimento inicial ou no máximo no meio do desenvolvimento. A não ser que o gerenciamento do projeto esteja uma bagunça e caos completo não se faz algo do tipo, isso posto, façam as contas e junte isso a situação atual do mundo (covid-19) e já dá para formar uma ideia de a quantas deve estar o projeto. Finalizar algo desse escopo a distancia no modo "fica em casa" já não é fácil, imagina tocar um projeto no meio. A Nintendo parece querer dar o tempo necessário para a equipe de Zelda fazer o trabalho necessário e, lançar no ano que vem casa bem com a ocasião.

 

O que vem agora são rumores sobre o que vai estar no jogo de acordo o streamer, linguarudo e fofoqueiro Tyler McVicker, que parece ser um leaker confiável por coisas que já disse antes sobre jogos da Nintendo e que também tem seus insiders na industria. Parte também já era especulado por analises do trailer feitas por canais especializados em conteúdo Nintendo e principalmente a série Zelda.

 

O jogo anterior foi baseado em "jornada e descoberta", o novo será mais linear, explorando a estrutura mais familiar da serie com Templos e Dungeons (graças a Deus) sem abandonar o novo conceito de mundo aberto que também fez sucesso no anterior. Afinal, não dava mais para usar novamente a mesma ideia de "Sacred Beasts puzzles" do anterior, todo mundo concorda até aqui certo !? 

 

As Sheikah Towers não estão mais visíveis (o trailer já mostra bem isso) afinal Link agora já adquiriu o conhecimento que precisava de lá. A progressão no jogo começa linear, com as províncias estando encobertas e tomadas pela "malice" liberada por Ganondorf no seu despertar (o trailer também já mostra parte disso quando o rato vai para o vinagre numa onda de malice). Conforme você libera as regiões, províncias e vilarejos, o mapa vai se abrindo e o jogo vai se tornando mais aberto e também a dificuldade vai progredindo. Tudo isso está aliado a expansão do mundo do jogo antigo e é aqui que se encaixam cargos como Scenario Planner, Map Designer/Planner, Level Designers.

 

O jogo dará a possibilidade de escolher dificuldade desde o inicio entre easy (modo normal do jogo anterior mas com armas mais duráveis...detesto essa porra de durabilidade de itens), normal e posteriormente após finalizar o jogo uma vez, o modo hard. A filhadaputa da Nintendo não deve "vender" (tomara e é o minimo de respeito e vergonha na cara) o modo hard em DLC como fez no jogo anterior ou por meio de paywall em forma de amiibo como fez em Metroid Samus Returns. 

 

Junto com os templos e dungeons retornam também outros inimigos consagrados (e pedidos) da série e que não estavam no jogo anterior, como Skulltulas, Poe (puta destruição no mundo e não tinha uma porra de poe no jogo anterior mermão), dodongos etc...   

 

Clã Yiga terá mais relevância na trama, inclusive com um novo integrante que deve ser osso duro de roer, fora um tipo de sheikah guardian que estava em concepts mas foi retirado do jogo anterior aos 45 do segundo tempo. 

 

Como costumam dizer, tomem tudo isso como rumores e com muita moderação embora muito do que foi dito ai tenha embasamento no que foi apresentado até o momento. Como muito burburinho começou a surgir, eu tentei juntar aquilo que encontrei em canais sobre tecnologia (a respeito do novo console) e canais não " iiiiaaaiiii pessoal com o selo BrKsEdu e Davy Jones de qualidade". Sobre a produção do jogo, tentem não ter o foco desviado por conta de pensamentos como: "...Ah, mas o jogo anterior já tem tudo pronto, os assets da para reaproveitar tudo. A roupinha do Link e da Zelda deram uma mudada mas é praticamente a mesma... É continuação direta e talz, então..." Embora haja verdade em reaproveitamento de assets, é pouco provável que a Nintendo se preste a fazer meramente isso, com uma estendidinha de leve aqui e ali e só. Muito do que veremos provavelmente já foi visto (mundo e personagens) mas muita coisa nova deve ser adicionada (mundo, mecânicas, personagens e unas cositas mas).

 

Mas é claro que seria muito bom se a Nintendo realmente viesse a anunciar o jogo para o fim do ano e, surpreendesse todo mundo mais uma vez com a qualidade e conteúdo do jogo, mostrando que ele já estava em desenvolvimento a muito tempo. 

Compartilhar este post


Link para o post
1 hora atrás, Marcelo Roffer disse:

Deixando as merdas e loucuras de Lulu um pouco de lado...

 

Tem muito rumor rolando por ai a respeito do Zelda novo, uns baseados em "baseados", outros suportados por informações oficiais e outros por parte de leakers "confiáveis" (as vezes tão quanto os informantes de filmes policiais ambientados no Bronx) de sempre.

 

Bom, ou melhor, não tão bom assim, parece que o jogo não será lançado esse ano. Esse ano é o "ano de Mario" por conta do aniversário de 35 anos da série, por isso a Nintendo soltou o novo Paper Mario que já estava bem encaminhado e para o resto do ano devem vir os remasters na coletânea (espero) . A Nintendo não parece querer queimar jogos com o novo Zelda no meio da briga entre MS e Sony com seus novos consoles. Não é questão de medo, obvio, mas sim de estratégia. Vai mostrar Zelda e outros (metroid, pikmim etc...) em trailers com gameplay (talvez) mas ficam para o próximo ano junto com o novo Zelda em seu respectivo aniversário de 35 anos da série.

 

Infelizmente parece ser mais um caso de jogo de transição de geração para a Nintendo (virou tradição mesmo essa porra). O novo console vem ai (4 aninhos de NS) e como comentei aqui mesmo anteriormente, não deve fazer "graficão produção" (4k nem com "efeitinhos on off" no baixo) afinal deve ser um aparelho com desempenho igual ou menor que o PS4. E como todo mundo sabe, nem o PS4 Pororo faz 4k de verdade e se caga para fazer de mentirinha (via checkerboard). Deve ficar no 1080P 60fps no "máximo" e, se empenhar em mundos mais abertos e outras implementações como maior interação e a AI mostrada em BoTW. 

 

A escalonabilidade para uma experiencia em resoluções e desempenho menores (Nintendo Switch), deve garantir ao menos mais 2 anos (com sorte) de jogos entre o novo console e os NS antigos. 

 

O desenvolvimento de Zelda não está tão adiantado como alguns pensam. Em novembro de 2019 revistas especializadas em "Nintendus", reportaram as contratações (e vagas em aberto) que mencionavam especificamente trabalho no novo Zelda, cargos como Scenario Planner, Map Designer/Planner, Level Designers. E para quem não é familiarizado com coisas do tipo, esse não é o tipo de cargo que se procura para um projeto já em processo adiantado, são cargos geralmente ocupados em equipes de desenvolvimento inicial ou no máximo no meio do desenvolvimento. A não ser que o gerenciamento do projeto esteja uma bagunça e caos completo não se faz algo do tipo, isso posto, façam as contas e junte isso a situação atual do mundo (covid-19) e já dá para formar uma ideia de a quantas deve estar o projeto. Finalizar algo desse escopo a distancia no modo "fica em casa" já não é fácil, imagina tocar um projeto no meio. A Nintendo parece querer dar o tempo necessário para a equipe de Zelda fazer o trabalho necessário e, lançar no ano que vem casa bem com a ocasião.

 

O que vem agora são rumores sobre o que vai estar no jogo de acordo o streamer, linguarudo e fofoqueiro Tyler McVicker, que parece ser um leaker confiável por coisas que já disse antes sobre jogos da Nintendo e que também tem seus insiders na industria. Parte também já era especulado por analises do trailer feitas por canais especializados em conteúdo Nintendo e principalmente a série Zelda.

 

O jogo anterior foi baseado em "jornada e descoberta", o novo será mais linear, explorando a estrutura mais familiar da serie com Templos e Dungeons (graças a Deus) sem abandonar o novo conceito de mundo aberto que também fez sucesso no anterior. Afinal, não dava mais para usar novamente a mesma ideia de "Sacred Beasts puzzles" do anterior, todo mundo concorda até aqui certo !? 

 

As Sheikah Towers não estão mais visíveis (o trailer já mostra bem isso) afinal Link agora já adquiriu o conhecimento que precisava de lá. A progressão no jogo começa linear, com as províncias estando encobertas e tomadas pela "malice" liberada por Ganondorf no seu despertar (o trailer também já mostra parte disso quando o rato vai para o vinagre numa onda de malice). Conforme você libera as regiões, províncias e vilarejos, o mapa vai se abrindo e o jogo vai se tornando mais aberto e também a dificuldade vai progredindo. Tudo isso está aliado a expansão do mundo do jogo antigo e é aqui que se encaixam cargos como Scenario Planner, Map Designer/Planner, Level Designers.

 

O jogo dará a possibilidade de escolher dificuldade desde o inicio entre easy (modo normal do jogo anterior mas com armas mais duráveis...detesto essa porra de durabilidade de itens), normal e posteriormente após finalizar o jogo uma vez, o modo hard. A filhadaputa da Nintendo não deve "vender" (tomara e é o minimo de respeito e vergonha na cara) o modo hard em DLC como fez no jogo anterior ou por meio de paywall em forma de amiibo como fez em Metroid Samus Returns. 

 

Junto com os templos e dungeons retornam também outros inimigos consagrados (e pedidos) da série e que não estavam no jogo anterior, como Skulltulas, Poe (puta destruição no mundo e não tinha uma porra de poe no jogo anterior mermão), dodongos etc...   

 

Clã Yiga terá mais relevância na trama, inclusive com um novo integrante que deve ser osso duro de roer, fora um tipo de sheikah guardian que estava em concepts mas foi retirado do jogo anterior aos 45 do segundo tempo. 

 

Como costumam dizer, tomem tudo isso como rumores e com muita moderação embora muito do que foi dito ai tenha embasamento no que foi apresentado até o momento. Como muito burburinho começou a surgir, eu tentei juntar aquilo que encontrei em canais sobre tecnologia (a respeito do novo console) e canais não " iiiiaaaiiii pessoal com o selo BrKsEdu e Davy Jones de qualidade". Sobre a produção do jogo, tentem não ter o foco desviado por conta de pensamentos como: "...Ah, mas o jogo anterior já tem tudo pronto, os assets da para reaproveitar tudo. A roupinha do Link e da Zelda deram uma mudada mas é praticamente a mesma... É continuação direta e talz, então..." Embora haja verdade em reaproveitamento de assets, é pouco provável que a Nintendo se preste a fazer meramente isso, com uma estendidinha de leve aqui e ali e só. Muito do que veremos provavelmente já foi visto (mundo e personagens) mas muita coisa nova deve ser adicionada (mundo, mecânicas, personagens e unas cositas mas).

 

Mas é claro que seria muito bom se a Nintendo realmente viesse a anunciar o jogo para o fim do ano e, surpreendesse todo mundo mais uma vez com a qualidade e conteúdo do jogo, mostrando que ele já estava em desenvolvimento a muito tempo. 

só de nao ser mais open world já me fez gozar aqui

open world não é pra mim... se ainda corrigirem essa mecanica de arminhas quebrando a cada 3 espadadas então, compra certa

 

tomara que seja realmente verdade

Compartilhar este post


Link para o post
45 minutos atrás, Malebólgia disse:

só de nao ser mais open world já me fez gozar aqui

open world não é pra mim... se ainda corrigirem essa mecanica de arminhas quebrando a cada 3 espadadas então, compra certa

 

tomara que seja realmente verdade

 

Ainda vai ter o mundo aberto, Malebóldia. Só não logo de inicio, a progressão inicial vai ser um pouco diferente mas depois o mundo vai estar como antes. As malditas "armas de papel" com durabilidade de paçoquita foram uma reclamação generalizada e devem sofrer alguma mudança significativa. 

 

Ao menos é isso que indicam os rumores.

Compartilhar este post


Link para o post

Mas pelo que entendi vai ter uma maior linearidade, inclusive com a volta de dungeons, não?

 

Compartilhar este post


Link para o post

É isso ai. E eu também gostaria muito mesmo do retorno de dungeons e templos como nos antigos, sem abrir mão do mundo aberto apresentado em BoTW.

Compartilhar este post


Link para o post
11 horas atrás, Alucard disse:

muitos nao jogaram lol

wii foi um dos vg mais vendidos 

 

capaz desse vender menos que o original

 

 

IoI...vender menos que o original

 

Luluzão...

 

Já não bastava a noticia anterior pela gamesindustry agora vem mais umas pauladas.

 

Xenoblade Chronicles on Nintendo Switch sells double Wii original

 

The new Nintendo Switch version of Xenoblade Chronicles has doubled the game's original launch sales on Wii.

Monolith Soft's Definitive Edition re-release of the game debuted in first place within this week's UK boxed game charts.

 

Sales were up on the Wii U's Xenoblade Chronicles X, but down slightly on fellow Switch release Xenoblade Chronicles 2 (launched during the busy 2017 Christmas sales season, and not during a pandemic). And as ever, these are physical sales only - digital downloads are not counted. It's likely many more people downloaded the Definitive Edition with shops shut.

 

https://www.eurogamer.net/articles/2020-06-01-xenoblade-chronicles-on-nintendo-switch-sells-double-wii-original

 

Switch remaster of Xenoblade Chronicles doubled the UK launch sales of the Wii original

Shulk is doing pretty well for himself

 

As Games Industry reports, the Definitive Edition of the game - which I keep wanting to call the Definition Edition for no good reason - also topped the UK sales charts in its release week, finally pushing Animal Crossing: New Horizons into second place after three weeks at the top. Note that this data only covers physical sales, not digital downloads. 

 

Several factors likely contributed to the higher launch sales of the Definitive Edition. Lifetime Nintendo Switch sales are now just over half those of the Wii, but the Switch audience is more accustomed to - and hungrier for - hardcore JRPGs like Xenoblade. The Xenoblade series is also more established nowadays, having seen one game on the Wii, one on the Wii U, and now two (not counting Torna - The Golden Country) on the Switch.

 

https://www.gamesradar.com/switch-remaster-of-xenoblade-chronicles-doubled-the-uk-launch-sales-of-the-wii-original/

 

"...capaz desse vender menos que o original..." ...só que não! Tá ai, não deu mais uma vez. E parece que nos EUA também está vendendo "só um pouquinho" a mais que a versão de Wii. To só aguardando mais "realidade e fatos" para gente trabalhar. 

Compartilhar este post


Link para o post

Parem de espancar o Lulu, ele é patrimônio da Players!

Compartilhar este post


Link para o post
Em 01/06/2020 em 08:42, Alucard disse:

muitos nao jogaram lol

wii foi um dos vg mais vendidos 

 

capaz desse vender menos que o original

 

mas blz, e rodar portatil em modo docked hackeado

 

ai fica mais bonito

se bem que jogar jogo desses em portatil 

 

ou no PC qdo ficar bom

 

o Mario Odissey ja ta lindao e terminavel

Pokemon tb

Zeldinha

 

 

 

 

Tu não jogou em 2012, não vai jogar nunca.

 

Esse jogo tem 70-80 horas e não tem atalhos. Se você pegar um game desses vai perder o ano inteiro no mesmo jogo 

Compartilhar este post


Link para o post
23 horas atrás, Alucard disse:

independente de argumentos que coloquem o switch um pouco a mais, o ponto e que ,

nao

o SWITCH nao esta sendo MUITO melhor

 

2018 foi horrivel

primeira metade de 2019 foi horrivel

e primeira metade de 2020 ta fraca tb

 

 

Quem tem que reclamar do console é quem comprou, não quem nunca vai ter hahahaha.

 

Você não teve Wii U e não vai ter o Switch e ninguém está nem ai pros seus desejos, principalmente a Nintendo que na 9th gen tem mais 60 milhões de consoles vendidos.

Compartilhar este post


Link para o post
23 horas atrás, Alucard disse:

auto quote 2020

 

para quem costuma ter os vgs da nintendo e acompanha,  o criterio e o jogo ser inedito ou valer para a plataforma que saiu primeiro

 

com isso Mario kart 8 nao considera para switch, afinal a pessoa teve wiiu e nao precisa ter o switch para jogar ele

mesma coisa para zelda breath

e remaster/ remake nao conta tb, logo cada um tem um xenoblade, o remake que saiu agora nao conta , e remaster de dois zeldas no wiiu nao contam

 

jogos multis fica complicado compliar , oWiiu teve muito AAA da gen ps360 a favor, teve indies etc, assim como o switch 

diferenca que um AAA do Wiiu como Mass Effect 3 estava muito proximo ao que tinha nos outros consoles

no Switch pegar Doom ou Wolfestein nao da, os proprios jogadores daqui, exceto a Paladina, investem nesses jogos em outras plataformas

 

vamos a lista

 

 

Wiiu

 

1Pikmin 3

2Zelda Breath

3Mario Kart 8

4Xenoblade X

5Starfox

6Mario 3d World

7Yoshi

8Fatal Frame 5

9Bayonetta 2

10Rayman Legends (saiu exclusivo na epoca não? )

11Super Mario Maker

12Captain Toad

13Tokio Mirage

14Wonderful 101

15Paper Mario Color Splassh

16Hyrule Warrios

17DK Tropical Freeze

18 - SMASH WIIU (esqueci)

 

1 Mario Odissey

2 Xenoblade 2

3 Smash

4 Zelda 2 remake (xiubaca vai morder a boca por não lembrar o nome correto desse sub zelda)

5Firem Emblem 3 houses

6Mario Maker 2

7Astral Chain

8Luigi Mansion 3

9Yoshi Crafted

10Pokemon

11Animal Crossing

12Paper Mario

 

sendo legal da para colocar como certo

 

13 No More HEroes 3

14 Zelda breath 2

 

 

Bayoneta , SMT 5 e Metroid nem sinal de fumaça capaz de pular de geracao, nao da para colocar ainda como certo, se sair , empata com wiiu. o que e vergonohso porque o wiiu teve o 3ds para dividr jogos.

Switch NAO

 

Nintendo vai passar vergonha se nao lancar um true Mario kart para o Switch 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Huahuahuahuahuahuahuahua

 

Além de tirar vários exclusivos do Switch, contou MK8 e Zelda como exclusivo de Wii U.

 

Você merece um ingresso sem volta pro sanatório.

Compartilhar este post


Link para o post

Só ler os critérios

Se eu tenho wiiu para que diabos vou pegar Mario kart ou Zelda.

E uma compra inútil

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Em 31/05/2020 em 14:43, Beto Paz & Amor disse:

 

Meio estranha essa lista de "jogos relevantes". Primeiro: ela exclui os jogos relevantes de WiiU que saíram pro Switch? Você teve um WiiU a vida toda, faz sentido excluir para você. Mas não para 70, 80 por centro dos donos de Switch que não compraram WiiU. 

 

Depois, o que é jogo relevante? Entra gosto? Qual o critério? Selo Kenshin BR de qualidade? Vendas? Metacritic?

 

Pelo selo Robertão de qualidade, a comparação revela uma diferença maior. Só do segundo semestre do ano passado, pegando uma amostragem curta, tivemos Zelda Link's Awakening, Fire Emblem: Three Houses, Luigi's Mansion 3 e Pokémon (que EU não sou fã, mas chamar de irrelevante não posso). Além do Astral Chain que não é first mas um exclusivo relevante publicado pela própria Nintendo. 

 

Como foi o WiiU no segundo semestre de 2015? 

 

O que eu medi foi a quantidade de SUPORTE que a Nintendo deu ao consoles, certo? Literalmente, o esforço que a Nintendo está fazendo na hora de fazer jogo pro Switch.

 

Então, logicamente, eu estou falando do ponto de vista da Nintendo, como produtora, e não do ponto de vista do consumidor.

 

Portanto, considerar port que a Nintendo faz em 5 minutos tipo Mario Kart 8 no mesmo patamar de um exclusivo grande como Smash Bros, não faria sentido.

 

Eu desconsiderei os ports de 5 minutos (Pokken, Mario Kart 8, etc) e os jogos de segunda categoria que a Nintendo faz só pra ser filler, tipo os jogos do Kirby, Yoshi e Toad Treasure (em ambos os consoles).

 

Exclusivos publicados pela Nintendo (como os jogos da Platinum) eu considerei.

 

A diferença é realmente kirby + Toad + Yoshi + ports diretos feitos em 5 minutos.

 

Se vc quiser saber os números com esses jogos sendo contados, basta pegar os meus números e adicionar esses que eu citei.

 

Do ponto de vista do consumidor que não teve Wii U tá até legal. Pra quem já teve Wii U, porém, tá bem mais ou menos. Não tem diferença pros tempos de Wii U, como eu demonstrei. Do ponto de vista de "esforço na produção de jogos novos", também tá mais ou menos, mesmo nível do Wii U.

 

Mas eu estava comparando o suporte que a Nintendo, o quanto ela estava se esforçando pra soltar jogo no Switch. E eu sinceramente não considero port direto e esses joguinhos meio boca de Kirby e Yoshi como "esforço". Acho que eu se eu der uma cagada com vontade, eu consigo cagar um negócio melhor que esses jogos os Yoshi.:lolmor:

 

Compartilhar este post


Link para o post

É, temos gostos e critérios bem diferentes. Assim nem faz sentido prosseguir com a comparação. 

 

Mario Kart 8, por exemplo, é o melhor jogo da Série. Para os mais de 50 milhões de pessoas que compraram o Switch e não têm WiiU é um jogo novo. Não importa se é port com extras e não um Remake e indiferente se a Nintendo gastou 5 ou 10 minutos fazendo. Não sou produtor, sou consumidor. 

 

De toda forma falei do segundo semestre do ano passado (terceiro ano do Switch) e mencionei cinco jogos exclusivos novos (um sendo remake). Faltou você listar cinco jogos com o mesmo peso publicados no segundo semestre do terceiro ano do WiiU....

Compartilhar este post


Link para o post
36 minutos atrás, Beto Paz & Amor disse:

É, temos gostos e critérios bem diferentes. Assim nem faz sentido prosseguir com a comparação. 

 

Mario Kart 8, por exemplo, é o melhor jogo da Série. Para os mais de 50 milhões de pessoas que compraram o Switch e não têm WiiU é um jogo novo. Não importa se é port com extras e não um Remake e indiferente se a Nintendo gastou 5 ou 10 minutos fazendo. Não sou produtor, sou consumidor. 

 

De toda forma falei do segundo semestre do ano passado (terceiro ano do Switch) e mencionei cinco jogos exclusivos novos (um sendo remake). Faltou você listar cinco jogos com o mesmo peso publicados no segundo semestre do terceiro ano do WiiU....

 

De acordo com ele em outra discussão o jogo Yoshi's Crafted World feito pela Good Feel, "especialista em tirar leite de pedra", só não prestava por que mesmo sendo simples, o gráfico ficou uma bosta e o desempenho é ruim por que foi desenvolvido usando Unreal Engine 4. Antes o esforço da Nintendo no NS existia, afinal direcionou até uma "especialista" para fazer o jogo e o resultado final era tudo culpa da engine modinha utilizada. Agora o jogo do Yoshi é meia boca e não vale mais nem uma cagada dele. 

 

É contradição demais e eu preferi nem me dar ao trabalho de responder. 

 

Em 17/03/2020 em 18:19, Kenshin Br disse:

 

 Yoshi's Crafted World, por exemplo, foi feito usando a Unreal Engine é os gráficos ficaram uma bosta. É a desenvolvedora é a Good Feel, especialista em tirar leite de pedra portando jogos de Wii e Wii U pro 3DS. Mesmo assim nao deu certo: o jogo é super simples e mesmo assim o negocio não atinge nem 720p. A desenvolvera resolveu seguir a modinha de usar Unreal 4 e se fodeu.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Sob qualquer ponto de vista o Switch enraba o WiiU com força. Não dá nem pra comparar o apoio de thirds de um console para outro. E ainda pegou o melhor do WiiU.

E citem uma produtora que faça a quantidade de jogos que a Nintendo faz e que são sucessos de venda. Só na cabeça de Kenshin e Lulu que a Nintendo deveria lançar um jogo por mês. 

Compartilhar este post


Link para o post

Colocar Wii U no páreo com Switch é insano sob qualquer ponto de vista. Deixem de ser dementes.

Compartilhar este post


Link para o post
Em 02/06/2020 em 16:10, Alucard disse:

Só ler os critérios

Se eu tenho wiiu para que diabos vou pegar Mario kart ou Zelda.

E uma compra inútil

 

 

 

Ué. Vc jogou last of us no PS3 (teoricamente), e também no PS4. 

 

Cada plataforma uma regra né?!

Compartilhar este post


Link para o post

teve um evento de Pokemon hoje me parece, anunciaram mega evoluções vindo pro Pokemon Go tb, tentei largar o vício mas quando anunciaram que ia poder jogar sem sair de casa por causa da quarentena eu recaí :lol:

Compartilhar este post


Link para o post
5 horas atrás, Lockhart disse:

Caraca, veio do NADA! Ahaha Como eu amava esse jogo no N64.

 

Eu também adorava esse jogo no N64. Achava divertido pacas e muito bacana, que bom que ressuscitaram a ideia.

 

Mas tá ai, mais um rumor de jogo que era para ter saído no WiiU (de acordo com "vazadores") e teve o projeto migrado em prol do Nintendo Switch, se tornando realidade agora . Na época disseram que o jogo estava sendo feito para dar algum uso a "tranqueira gimmik" do GamePad que infelizmente foi mais uma "Miyamotagem" sub aproveitada.

 

Logo logo na próxima ação de vazamento de "patentes e sistemas" antigos da Nintendo, mostram que o jogo realmente era para WiiU, alguns fãs ficam putos, outros não ligam, mas a Nintendo corre para derrubar dos sites que estiverem mostrando qual era a verdade e ameaçar com processos quem estiver insistindo no assunto :lolmor: 

Compartilhar este post


Link para o post
Em 10/06/2020 em 13:39, grun disse:

 

Ué. Vc jogou last of us no PS3 (teoricamente), e também no PS4. 

 

Cada plataforma uma regra né?!

joguei no ps3

naono ps4

 

mas nao conto como vantagem par o ps4

 

e mesmo que fosse, a versao do ps4 roda 1800p 60 fps, tipo e mil veze smelhor que do ps3

ja do wiiu e switch e a mesma coisa praticamente

 

nao tem sentido gastar um console novo para a mesma coisa praticamente

 

querer contar e desonestidade

conta para o WIIU

nao para o switch

 

idem para last of us

 

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..