Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Pingüim

TÓPICO DE DOCUMENTÁRIOS

Posts Recomendados

Educação - Coreia do Sul

 

 

Resumo:  No início da década de 60, a Coreia do Sul estava no atual patamar de desenvolvimento do Afeganistão. Cinquenta anos depois, tornou-se exemplo de desenvolvimento econômico e social e, no último ranking do PISA, aparece com uma das melhores notas. Neste programa, o público conhecerá a rotina de oito horas na escola, as tarefas de casa, a competição em sala de aula, a rigorosa disciplina e o uso da tecnologia como aliada no aprendizado. O objetivo é descobrir como a educação de qualidade se tornou marca da sociedade coreana e também refletir sobre questões como a aceitação de castigos físicos em sala de aula.

Compartilhar este post


Link para o post

É bom esse Joker? Tem no netflix mas não animei de ver.

 

acho q vale a pena sim pelo menos tomar conhecimento. fazer o q o cara faz ali acho loucura

Compartilhar este post


Link para o post

acho q vale a pena sim pelo menos tomar conhecimento. fazer o q o cara faz ali acho loucura

 

Eu vi esse. Tive uma séria impressão de que aquele gordo caminhoneiro com a mesma doença rara foi armação, e não se encontraram tão espontaneamente assim. De qualquer forma foi bom ver o chupeta de baleia emagrecendo. Meio loucura a dieta só de suco verde, não acho que desintoxica porra nenhuma. E vejam o autor do filme hoje, com 42 anos no youtube, como tá acabadaço, envelheceu uns 10 anos aparentemente. 

Compartilhar este post


Link para o post

 E vejam o autor do filme hoje, com 42 anos no youtube, como tá acabadaço, envelheceu uns 10 anos aparentemente. 

 

deve ter caido na putaria novamente. o filme da a entender q ele é rico pra caralho

 

 

baixando esse do hylian 

 

so docs pra reirom por enquanto

Editado por Joker

Compartilhar este post


Link para o post

educaçao EUA = lixao

 

 

 

esse é o mantra do governante: mantenha a educaçao do cidadão medio um lixo q tudo sera mais facil

 

 

The Film:

Waiting for "Superman" is one of those documentaries that made everyone who watched it instantly call their friends and tell them they had to drop everything they're doing and see it right away. Even President Obama declared himself a huge fan.

According to this award-winning film, only 20 to 35 percent of eighth graders in the U.S. read at grade level, an alarming statistic that explains so much of the Internet. It follows a number of families as they try to get into charter schools, which offer a free alternative to the crushing bureaucracy that is killing our public education system. Tragically, not all of the families get in, damning those kids to schools where they'll hopefully at least be taught how to tell when their pimp is cutting their crack with too much baking soda.

200156_v1.jpgThomas Northcut/Digital Vision/Getty Images

"Wait, are you sure this is crack? It looks like antibiotics."

The Fallacy:

Waiting for "Superman" was all about improving the country's education, but it's so poorly researched and one-sided that it might actually be making things worse.

Let's start with that "only 20 to 35 percent can read well" statistic: The real number is closer to about 75 percent. Also, you might remember a throwaway line about how only 1 in 5 charter schools performs better than public schools -- yeah, that's sort of a big deal, movie. Thirty-seven percent of charters actually perform worse.

200157_v1.jpgVia Wikipedia

Unfortunately the director went to a charter school, so math isn't his greatest strength.

The film focuses on the charters that perform better, of course, but at least one of those is achieving its results through fishy means. One of the administrators of a school shown in the film, the Harlem Children's Zone, expelled an entire class of children that he feared would throw off his glowing performance statistics. It turns out that when teacher pay and/or school funding is tied to student performance, a model that the film advocates, it opens the door for all kinds of shady shit, including flat-out expelling low-performing students the day before the test to boost their numbers.

In the movie, not getting into a charter school is the worst thing that can happen to a poor family, but studies have shown that school choice itself matters little to a student's success -- shockingly, it's more about how seriously the students themselves and their families take their education. And that ghetto public school might not actually be so bad: According to administrators from Woodside High School, which the film claims only sends a third of its students to college and only graduates 62 percent of them, the film excluded students who go to out-of-state colleges in their statistics, and their graduation rate is more like 92 percent. Shit, being left behind is starting to sound awesome

 

Read more: http://www.cracked.com/article_20585_6-famous-documentaries-that-were-shockingly-full-crap.html#ixzz3HfidzPPu

Compartilhar este post


Link para o post

De la servitude moderne - Da servidão moderna (pt-BR)

Ano: 2007

Duração: 52 minutos

 

"A servidão moderna é uma escravidão voluntária, aceita por essa multidão de escravos que se arrastam pela face da terra. Eles mesmos compram as mercadorias que lhes escravizam cada vez mais. Eles mesmos correm atrás de um trabalho cada vez mais alienante, que lhes é dado generosamente se estão suficientemente domados. Eles mesmos escolhem os amos a quem deverão servir. Para que essa tragédia absurda possa ter sucedido, foi preciso tirar desta classe, a capacidade de se conscientizar sobre a exploração e a alienação da qual são vítimas. Eis então a estranha modernidade da época atual. Ao contrário dos escravos da Antiguidade, aos servos da Idade Média e aos operários das primeiras revoluções industriais, estamos hoje frente a uma classe totalmente escrava, que no entanto não se dá conta disso ou melhor ainda, que não quer enxergar. Eles não conhecem a rebelião, que deveria ser a única reação legítima dos explorados. Aceitam sem discutir a vida lamentável que foi planificada para eles."

 

 

MEU PAPAO COMUNA APROVA

Compartilhar este post


Link para o post

The Red Pill

Ano: 2016

Direção: Cassie Jay

 

Trailer:

 

Esse é um documentário indispensável pra qualquer um que se preocupa com igualdade de generos (igualdade de verdade e não a bobagem de propaganda feminista)

O documentário acompanha Cassie Jay, uma feminista que antes havia dirigido docs sobre questões feministas como gravidez na adolescencia, aborto e assédio sexual, numa jornada dentro do movimento de direitos dos homens.


O que acontece durante o documentário é uma transformação de uma feminista, pra alguém que abandona o feminismo ao fim do filme.

Ela ainda, durante o filme, traz visões contrárias ao movimento de direitos dos homens para ver todas as visões, e aí que fica claro como eles tentam apresentar uma visão distorcida do que é realmente o movimento.

E era essa a visão que ela tinha ao inicio do filme, o projeto desse documentario começou quando Cassie Jay estava procurando desmascarar o movimento de supostamente apologistas ao estupro...e então como ela mesmo fala, se viu entrando na toca do coelho e percebendo que o buraco vai muito mais longe.

 

Uma das minhas partes preferidas do documentário é quando ela começa a ir em grupos de apoio à mulher, pra ser relembrada da "opressão" que a mulher vive, e ela fala algo como "Agora tudo o que eu criticava, como ser esperado que eu faça trabalhos domésticos ou que não tem tanta representatividade feminina em CEOs parecem reclamações... triviais"

 

O filme é um soco no estômago, ainda mais levando em conta a repercussão que ele teve.

Nesse TED talk Cassie Jay comenta toda a trajetória de fazer o filme e a recepção das feministas que tentaram banir o filme (sem ver) de tudo que é lugar, e alguns tiveram sucesso, como na Australia

 

O filme está completo, e com legendas em português no Youtube:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..