Ir para conteúdo
Shinobi

Nintendo: Prejuízo de $240.000.000

Posts Recomendados

Nintendo admite fracasso do Wii U e anuncia prejuízo de US$ 240 milhões

 

TÓQUIO - A gigante de videogames Nintendo revisou sua previsão para o ano fiscal que termina em março. Diante do fracasso das vendas do jogo Wii U, a companhia espera agora um prejuízo de US$ 240 milhões.

A empresa justificou que as vendas do jogo no natal ficaram muito abaixo do esperado. Anteriormente a expectativa era de lucro de 100 bilhões de ienes.

 

A companhia esperava vender 9 milhões de unidades do console do Wii U, mas deve encerrar o ano fiscal com vendas de apenas 2,8 milhões de unidades.

 

"Não vamos cumprir nossas metas de venda por larga margem de diferença", afirmou o presidente da empresa, Satoru Iwata, em conferência para a imprensa nesta sexta-feira, 17.

 

Entre os motivos para a queda das ventas, especialistas citam a perda de foco da empresa, a concorrência dos dispositivos móveis e de rivais como o PlayStation 4 da Sony e o Xbox  da Microsoft. 

 

A Nintendo se recusa a oferecer jogos com sua linha de personagens icônicos, como Mario Bross e Zelda, em dispositivos móveis, limitando sua capacidade de lucrar com a crescente demanda por jogadores online.

 

Estratégia. Iwata disse que a empresa está tentando atrair consumidores que preferem jogos em tablets e smartphones, como o iPhone da Apple.

 

"O mercado de vídeogame mudou para os smartphones e tablets", disse Mitsushige Akino , chefe gestor de fundos da Ichiyoshi Asset Management, em Tóquio. 

 

"A Nintendo precisa se expandir a partir de seu modelo de negócio de hardware. É um problema estrutural".

 

"A revisão é muito pior do que a esperada",  afirmou Yusuke Tsunoda, analista da Tokai Tokyo Securities. " Vai ser uma terceira perda operacional anual consecutivo e que levanta uma questão de gestão séria".

 

Mercado. O Wii U tem um controlador de touchscreen de 6,2 polegadas em formato tablet que permite aos jogadores conexão sem fio com a televisão. O preço do Wii U nos EUA foi reduzido em US$ 50 para US$ 299,99 em setembro.

 

O mercado global de videogame pode chegar a US$ 111 bilhões em 2015. Jogos para celular são o segmento de mais rápido crescimento, com a receita que deve subir de US$ 13,2 bilhões este ano para US$ 22 bilhões em 2015.

 

 

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,nintendo-admite-fracasso-do-wii-u-e-anuncia-prejuizo-de-us-240-milhoes,175604,0.htm

 

 

Ouvi zunzun de que Iwata não vai dar Avohai mesmo assim.

 

E aí chapas? O que nessa de nossa (?) querida Nintendo?

Compartilhar este post


Link para o post

Jogos de celulares e tablets...

 

Tipo assim, eu aqui na minha infinita ignorância nunca achei seriamente que eles seriam um risco aos videogames, nem mesmo ao portáteis. A limitação do touchscreen é imensa, fazendo com que os jogos sejam todos cópias uns dos outros.

 

Tipo, não imagino alguém comprando um IPad para jogar Mario, como se compra um console para este fim. Consoles são máquinas dedicadas a jogos, e nunca vi ninguém comprando tablet/celular por causa de jogo.

 

Sei lá... Não entendo tanto do mercado pra dar uma opinião sólida, essa é apenas a minha percepção.

 

Agora sobre a Nintendo, que é o tópico principal dessa história... Realmente impressionante os números, mas me parece que a empresa superestimou PROPOSITALMENTE a margem de vendas do natal (talvez para atrair acionistas, investidores, sei lá). Penso assim porque é quase inaceitável essa diferença de vendas entre o real e o estimado.

Compartilhar este post


Link para o post

nintendo fica numa sinuca de bico maravilhosa nessa situação...

nao investiu o suficiente na rede online, apostou num conceito meio torto com o wii U. E uma das soluções que seria a nintendo entrar de cabeça no mobile, porém se ela entra de cabeça no mobile, cai em cima da unica coisa que salva a companhia que é o ds/3ds

 

 

 

Agora sobre a Nintendo, que é o tópico principal dessa história... Realmente impressionante os números, mas me parece que a empresa superestimou PROPOSITALMENTE a margem de vendas do natal (talvez para atrair acionistas, investidores, sei lá). Penso assim porque é quase inaceitável essa diferença de vendas entre o real e o estimado.

 

A nintendo apostava forte no modelo do wii U e deu que nao deu :)

Compartilhar este post


Link para o post

Quando a Nintendo parar com essa babaquice dela de region lock, de "proteger o mercado de jogos físicos" com jogos digitais custando o mesmo preço e FINALMENTE abrir as pernas e liberar GBA e SNES naquela porra de eshop ai sim, ela terá lucro. Povo tá jogando dinheiro na tela e a Nintendo esnobando.

 

funny-drama-llama.gif

Compartilhar este post


Link para o post

Já existe discussão sobre isso no topico de vendas.

 

No mais... Posso criar o topico: "Vita vende menos de 100 mil em dezembro nos EUA"?  :opalol:  :opalol:  :opalol:

Compartilhar este post


Link para o post

Mais um tópico sobre isso? Façam logo um topicão NINTENDOOMED mesclando este, aquele da Nintendo abrindo as pernas e o que mais vier...

Compartilhar este post


Link para o post

Acho que estão dando pouca importância a este fato...

Ainda bem que o pessoal da Nintendo enxerga a gravidade das baixas vendas do Wii U:

 

 

"We cannot continue a business without winning," Iwata said on Friday during a press conference attended by Bloomberg. "We must take a sceptical approach whether we can still simply make game players, offer them in the same way as in the past for 20,000 yen or 30,000 yen, and sell titles for a couple of thousand yen each.

 
"We are thinking about a new business structure," Iwata added. "Given the expansion of smart devices, we are naturally studying how smart devices can be used to grow the game-player business. It's not as simple as enabling Mario to move on a smartphone."

http://www.computerandvideogames.com/445870/nintendo-thinking-about-a-new-business-structure/

Compartilhar este post


Link para o post

A questão não é ser importante. Óbvio que é importante, o Wii U vai MUITO MAL.

 

A questão é que, com este, já existem 3 tópicos discutindo o mesmo assunto.

Compartilhar este post


Link para o post

Vita já deu errado no ocidente, não é nenhum segredo.

Como o outro tópico não teve post este ano, acho que até pode deixar este separado. Mas se preferirem eu junto com aquele ou com o tópico de vendas.

Compartilhar este post


Link para o post

la vem mais uma sessao de overreacting do forum :lolmor:

 

Gente que não entende de videogame falando de videogame.

 

Falam que "vendeu menos que o esperado no natal" e aí citam a meta anual não atingida como justificativa. 

Se temos "especialistas" de videogame como Michael Patcher, imagina repórter do Estadão redigindo isso.

 

Que o Wii U vendeu menos que o esperado NO ANO é fato óbvio e ululante. 

 

E qual era o esperado para o natal? provavelmente a unica previsão que a nintendo fez publicamente foi a dos 9 milhoes. Esses caras do estadao se eu muito me engano apenas deram um tapa em cima do artigo da forbes.

 

Para o mercado precificar um ativo uma coisa é voce admitir que não vai vender porra nenhuma e não vender porra nenhuma... a outra completamente diferente é estimar que vai vender 9 e vender 3 :lolmor:

 

basta pegar as ações da nintendo junto com o acompanhamento que o google faz com preço e as noticias que saem que da para ver direitinho o movimento

 

por mim junta isso com o outro topico

Compartilhar este post


Link para o post

Foi uma queda muito feia nas expectativas de vendas. Provavelmente pensaram que Pikmim 3 e Zelda venderiam acima de 1 a 3 milhoes, respectivamente, e manteriam as vendas de consoles aquecidas ate Mario 3d chegar. Subestimaram demais.

 

Creio que ate 2016 devam desistir de vez do console (pensava em 2017 na pior das hipoteses). Ao meu ver, a falha maior da Nintendo foi nao ter percebido a preocupacao das softs em ter um desenvolvimento unico de seus jogos pra todas as plataformas. Nao da mais pra desenvolver um jogo pra PC/PS4/X0 e depois ter que mandar outra equipe fazer pro Wii U, que se deu pela defasagem tecnologica do console em relacao aos outros 2 concorrentes. Mesmo se ela inventar de arriscar em poder no proximo console...TALVEZ o PS4 e X0 estejam em situacao melhor com os consumidores. Iriam perder dinheiro de novo.

 

Acho que eles vao acabar lancando um portatil sucessor do 3DS e poderoso o suficiente para ser tambem um console de TV (via streaming). Ou quem sabe comprar alguma empresa de telefonia e lancar seu proprio aparelho celular...

Compartilhar este post


Link para o post

Pior que teve analista que sugeriu um híbrido de portátil e console para a Nintendo...

Compartilhar este post


Link para o post

Vou repetir o que eu disse em outro tópico.

 

Os gestores da Nintendo falharam feio ao não perceber um fato que era obvio para todo mundo. Outro console com hardware defasado não iria conseguir se manter no mercado.

 

O erro deles foi este. Acharam que o controle com tela de tablet iria atrair jogadores de ipad, assim como o wiimote atraiu os ultra-casuais. E eles teriam outra geração de charlação com um console fraco, mas vendendo muito.

 

Qual seria a saida? Acho que o Dhaos falou. Abandonar de vez o mercado de consoles. E pensar em um portatil bem poderoso, capaz de ser usufruido tanto como um portatil como um console comum.
Para o streaming, basta venderem com um dongle cromecast-like. 

nos consoles a nintendo já era.

Compartilhar este post


Link para o post

Acharam que o controle com tela de tablet iria atrair jogadores de ipad, assim como o wiimote atraiu os ultra-casuais. E eles teriam outra geração de charlação com um console fraco, mas vendendo muito.

 

Ca entre nós inovação por inovação, o wii ta a anos luz a frente do wii u

Compartilhar este post


Link para o post

Pior que teve analista que sugeriu um híbrido de portátil e console para a Nintendo...

 

Mas a ideia é boa.

A próxima geração de ARMs está prometendo superior aos consoles da last gen. 

Agora imagine um 3DS poderoso, compativel com o miracast. Em que vc simplesmente habilita o uso da TV e joga seus jogos.

Compartilhar este post


Link para o post

A própria Nintendo deve ter isso como um plano B. Até porque a empresa construiu um novo prédio para juntar as equipes de desenvolvimento de console e portátil, que antes eram separadas.

 

Inclusive poderiam usar o hardware do Wii U como base para o novo portátil e a tecnologia de streaming do tablet, que nenhum concorrente conseguiu fazer com a mesma qualidade, para jogar na TV.

 

Porém ainda é cedo para conjecturar tal cenário... ainda vai ter muita briga pela frente. O resultado cumulativo do ano foi muito ruim, mas em Dezembro o Wii U vendeu 480k e o 3DS mais de 1 milhão nos EUA.

Compartilhar este post


Link para o post

Ontem mesmo o Games Industry publicou essa matéria sobre a possibilidade de um híbrido da Nintendo:

 

Nintendo's Next Move: Consolidation

By James Brightman

 

Nintendo's Wii U has been struggling while the 3DS has performed admirably - how can Nintendo build on its strengths?

 

A lot of virtual ink has been spilled about Nintendo in the last couple years, as the original Wii faded into the annals of history and the Wii U struggled to gain any real traction in its first year. Meanwhile, Nintendo's 3DS (and 2DS) continues to defy conventional wisdom and is selling quite well in an era that screams "smartphones have killed the dedicated handheld." It's amazing what the right price and some amazing software can do.

 

But the fact of the matter is that Nintendo is failing to keep up with the pace of technology - I'm not only talking about graphical horsepower here - and the company is going to have to think long and hard about its next big move in the games business following 3DS and Wii U. I'm not suggesting, as so many others have ad nauseum, that Nintendo take the Sega route and abandon the hardware business, nor am I pushing them to develop for smartphones and tablets.
 
But after the Wii U lives out the rest of its GameCube-like days and the 3DS nears the end of its successful lifespan, what's Nintendo to do? Launch yet another console, perhaps this time bringing the processing power up to speed with the competition? No, that would be foolish, and it's clearly not the Nintendo way.
 
To me, the answer is clear. It's time for some consolidation. Scrap the idea of a traditional console. Engineer a new portable console hybrid that gives players the best of both worlds.
 
Being in the hardware business is difficult enough these days. New consoles require enormous amounts of R&D, manufacturing and marketing. Rather than push out another Wii (or some new console brand) why not consolidate hardware lines and focus on one, singular product? Leverage the business that has been so kind to you since the days of the first Game Boy and focus on your ultimate strength.
 
The difference is that the next portable should be far more versatile. Platform differences in today's market are already blurring. Consoles, microconsoles, PCs, Steam Machines, Smart TVs... it's all blending. What matters most is the games, and Nintendo's first-party efforts have always shined. The key here is to engineer a portable that also effectively functions as a home console when you want that big screen experience. Merge that portable with a compelling, feature-rich network like Xbox Live or Steam, and suddenly Nintendo is dominating living rooms again.
 
It's clear that add-on controllers for tablets and phones will never catch on to the point that mobile could ever truly work as the centerpiece of the living room. But a dedicated handheld, designed by video game engineers with traditional controls, that can play AAA games when connected to the TV while also offering the typical Nintendo portable experience - how could a gamer pass that up?
 
What I think needs to happen next is Nintendo must use its more than ample cash on hand to build up a real network, to dive headfirst into the online world and create its own ecosystem (a la Steam) that indies, third parties and of course Nintendo games can thrive in. The world is increasingly digital, the potential of PlayStation Now is evident, and even if the cloud doesn't take off right away, day one digital downloads are commonplace on both new consoles.
 
To its credit, Nintendo has moved more in the direction of digital releases on both 3DS and Wii U with its eShop and a number of indies have been supportive as well, but Nintendo can and should do a better job in building up its network.
 
A network-centric all-in-one portable is something Nintendo could easily do. The technology is there, and if the obstacles holding back cloud gaming can be overcome, Nintendo could future-proof this new hybrid console as well.
 
What the company must do now, however, is get aggressive. Poach the competition. Hire top engineers from Microsoft, Sony, Apple and Google. Build out a best in breed network. Stop being so insular and focus on the needs of markets besides Japan. And for Mario's sake, cater to third-party developers for a change. Sony's developer-centric approach with PS4 is winning people over. And the decision that both Sony and Microsoft made to use a familiar PC-like architecture is easing the transition for developers. Nintendo must learn from this and bring outside development back to its side. Assisting more developers with funding in exchange for timed exclusivity might help this cause.
 
"It's meaningless for third parties to take risks by developing games for the Wii U," Tokai Tokyo Securities analyst Yusuke Tsunoda told Bloomberg back in December. If Nintendo intends to stay relevant, the company must do everything in its power to avoid associating sentiments like this with its future platforms.
 
Shigeru Miyamoto is getting closer to retirement everyday. Satoru Iwata's tenure as CEO is already on somewhat shaky ground. It's time for Nintendo to really sit down and think about its future. Every successful company must endure transformations. Nintendo's already undergone a few since its playing card days well over 100 years ago. With a streamlined approach to hardware, a robust network, and a developer-first mindset, Nintendo can successfully navigate the 21st century and hopefully outlive me.

 

 

 

A verdade é que faz todo o sentido e todo mundo sabe disso.

Compartilhar este post


Link para o post

Isso ai era a rotina da sony nos primeiros anos do PS3 e isso não chegou a condenar o produto.  Claro que não vai acontecer o mesmo com o WiiU que virou video-game pra excentricos/curiosos/fãs e não está nem perto de entrar no radar dos casuais. O aparelho flopou, e a Nintendo acabou de aceitar isso (se já não tinha feito antes). Render discussão em cima disso só leva, na melhor das hipóteses, a adiar a conclusão (de que flopou) pro final da geração. Não tem absolutamente nada no prospecto do aparelho que possibilite uma reversão do quadro. Mas dá pra sair da geração com dignidade e com lucros, e esse tem que ser o objetivo.

 

Nintendo TENTANDO fazer um console high-end acho que poderia levar há uma derrota dupla ou tripla. 1) Possivelmente falharia em entregar um produto realmente bom. 2) teria que abrir mão da inovação em hardware, coisa que destacava a empresa nas ultimas gerações. 3) a proposta de line-up 1st party teria que ser mudada pra algo que também foge da identidade da empresa, com mais títulos hardcore com valor de produção mais alto (sendo que ela não estava preparada pra isso, e não é coisa que se cria da noite pro dia) 4) o impacto financeiro poderia ser bem pior, se o console tivesse uma grande parte de subsídio.

 

Ela prefere fazer algo bem diferente pra não ter que disputar head-to-head com os 2 concorrentes, exclusividade a exclusividade, preço, specs, features do sistema etc. pra no final dessa trabalheira toda, ter vendas acirradas. O que é muito mais confortável pra ela, mas tem que arcar com o risco de fugir do convencional, senão seria muito comodo. 

Editado por worklessboy

Compartilhar este post


Link para o post

Mas a ideia é boa.

A próxima geração de ARMs está prometendo superior aos consoles da last gen. 

Agora imagine um 3DS poderoso, compativel com o miracast. Em que vc simplesmente habilita o uso da TV e joga seus jogos.

Sim, acho a idéia boa também.

Eu postei mais em resposta ao Dhaos de que já sugeriram algo no estilo.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..