Ir para conteúdo
Shinobi

Nintendo: Prejuízo de $240.000.000

Posts Recomendados

Resumindo o problema continua o mesmo falta de apoio das Thirds, se tivessem uma politica mais permissiva como no inicio do PSX da Sony, era capaz de reganhar apoio, mas acho que a geração já está perdida, espero que o Wii U seja uma especie de Xbox ^( o original ) que vendeu pouco, tinha poucos jogos mas Serviu pra MS aprender o jogo....

Compartilhar este post


Link para o post

Pachter é um imbecil.

Os exclusivos são a última arma que a Nintendo ainda tem no mercado de mesa. Se os seus jogos, épicos, não fossem desse naipe não venderia 20% do que a merreca que o WIIU tem vendido. Se vendeu esses, aproximadamente, 5 milhões de consoles foi por causa de seus jogos (ninguém comprou o WIIU por jogos das thirds). Se ela lançar seus jogos no Ps4 e Xone até seu sucessor, não tem motivo para  o consumidor comprar seu próximo console, pois sabe que se flopar ela lançaria no PS5 e Xone 2, 720 ou seja lá o nome que a Microsoft dar. Afetaria até sua linha de portáteis (fora os smarts que estão interferindo no 3DS - vende demais, mas não deve chegar nos fenômenos DS e PS2 - foram exceções -).

 

Análise de mercado zero do Pachter. Até eu que não sou da área entendo isso.

Compartilhar este post


Link para o post

CASUAL gamer é UM LIXO, um tumor cancerígeno que deveria receber quimo e radio terapia ao mesmo tempo, é bem simples.

 

Caralho, que comentário mais SICK.

Compartilhar este post


Link para o post

O sonho do patcher é ver a nintendo falindo. Ele seria ovacionado como "o primeiro que previu" (SO EU E ALUCARD NO MUNDO), melhor analista do mundo, ganharia mais dinheiro, seria mais realizado e feliz. Lançar UM Mario pra outro console é perder a aura mágica, o entusiasmo de boa parte dos fãs e daí pra frente é definhar até morrer. 

 

Essa comparação com Cube é complicada. Pra mim a situação hoje é muito mais complexa, e muito mais desfavorável a um console da Nintendo, então o Wii U mesmo se saindo paralelo em números, vai ter conseguido um feito mais adimirável. Pra mim, terem deixado a Sony obliterar daquele jeito, sem nada de outro mundo pra oferecer (nada que eles não conseguissem igualar com facilidade) foi lambança, e se tivesse vendido o dobro de aparelhos, continuaria sendo. Não tinha nada que limitava o gamecube a receber os jogos do PS2, ainda sim, o aparelho da sony parecia ter 10, 20x mais jogos.

 

tem sim

 

as thirds vendem no ps2, qdo em vg nintendo, sempre sofrem pela propria concorrencia dos jogos nintendo

basta ver qquer lita de jogos mais vendidos , mesmo o 3ds que tem bastante suporte third, e ver que a Nintendo domina geral.

 

culpa dos proprios fãs que nao dao chance para thirds nos seus consoles, como o caso do Cube que os multis eram melhores que no ps2

Compartilhar este post


Link para o post

culpa dos proprios fãs que nao dao chance para thirds nos seus consoles, como o caso do Cube que os multis eram melhores que no ps2

:huahua:

 

Culpa das empresas que você hypa lançando LIXO atrás de LIXO. Square, EA, Capcom e por ai vai. Por mais que você odeie as indies, muitas têm feito um trabalho infinitamente melhor que essas porcarias desgastadas. Final Fantasy, Battlefield, Need for Speed, Resident Evil, tudo virou motivo de piada.

  • Gostar 2

Compartilhar este post


Link para o post

 

 

tem sim

 

as thirds vendem no ps2, qdo em vg nintendo, sempre sofrem pela propria concorrencia dos jogos nintendo

basta ver qquer lita de jogos mais vendidos , mesmo o 3ds que tem bastante suporte third, e ver que a Nintendo domina geral.

 

culpa dos proprios fãs que nao dao chance para thirds nos seus consoles, como o caso do Cube que os multis eram melhores que no ps2

Não vejo bem assim,alguns jogos bem feito venderam bem nos consoles da Nintendo.

Ninguém precisa vender como a nintendo para ter lucro,level 5 cresceu horrores junto com a nintendo.

Editado por Hyskoa

Compartilhar este post


Link para o post

:huahua:

 

Culpa das empresas que você hypa lançando LIXO atrás de LIXO. Square, EA, Capcom e por ai vai. Por mais que você odeie as indies, muitas têm feito um trabalho infinitamente melhor que essas porcarias desgastadas. Final Fantasy, Battlefield, Need for Speed, Resident Evil, tudo virou motivo de piada.

Need for Speed Most Wanted é LINDO... apesar de ser da Criterion.

Editado por Boomer

Compartilhar este post


Link para o post

A Nintendo tem que entender que esses jogadores de bosta querem jogar minigames de smartphone e facebook, gastar marketing com publico não qualificado é burrice, veja só onde a Sony atirou com PS4 e onde a MS está mirando com o One, casual é um publico infiel não dá para mirar nesses caras.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

tem sim

 

as thirds vendem no ps2, qdo em vg nintendo, sempre sofrem pela propria concorrencia dos jogos nintendo

basta ver qquer lita de jogos mais vendidos , mesmo o 3ds que tem bastante suporte third, e ver que a Nintendo domina geral.

 

culpa dos proprios fãs que nao dao chance para thirds nos seus consoles, como o caso do Cube que os multis eram melhores que no ps2

 

Mas aí é que está a questão, se os consoles da Nintendo não tivessem a maioria esmagadora de consumidores sendo fãs da Nintendo, isso não teria acontecido. O ideal seria ela atrair novamente jogadores hardcore fãs de videogame (de variados tipos de jogos de todas as empresas), coisa que ela não tem desde o SNES. Não tem como culpar os fãs se a empresa não faz esforço nenhum pra isso.

Compartilhar este post


Link para o post

Need for Speed Most Wanted é LINDO... apesar de ser da EA.

Corrigi pra você. A Criterion é muito boa. Eu espero que um dia eles façam um Road Rash de vergonha. Falta a fdp da EA deixar, mas eles só querem ficar na trindade Sims/NFS/BF

Compartilhar este post


Link para o post

Não confundam Nintendo AM DO0M3D com WiiU AM DO0M3D.

 

A nintendo, das trés, é a unica que está operando no verde. O segmento de jogos da MS é subsidiado, nunca deu lucro, e tem muita gente que queria é vender o segmento. A Sony tem um risco alto de entrar em falencia nos próximos 5 anos. Apesar de ser culpa de outros segmentos e não do de jogos.

 

Ou seja, a nintendo vai bem. O que está morto é o WiiU.

Compartilhar este post


Link para o post

Morto pra concorrência quaaaaaaando essa concorrência finalmente mostrar a que veio, porque por enquanto PS4 e Xone só estão sobrevivendo de hype inicial.

Compartilhar este post


Link para o post

Sei lá, a Nintendo podia tornar seu produto mais atrativo pro consumidor em geral. Ela possuí algumas políticas que podem afastar jogadores, por exemplo o fato de não localizar alguns jogos, caso do Xenoblade, típico jogo de hardcore e pelo que OUVI FALAR um excelente RPG (e que até onde acompanhei não teve versão americana, não sei se lançaram depois). Se não me engano o Fatal Frame do Wii sofreu a mesma coisa. Há também o serviço online que ainda não é tão atrativo quanto PSN ou Live, além das questões de region-lock que eu nem sabia que havia. Mesmo se o Wii U tivesse um hardware compatível com PS4 e X1, ainda seria complicado competir com os dois, mas o Wii U não é e isso complica muito mais...

 

Não sei se adianta pagar por exclusividade, pode até ajudar um pouco mas não resolve. A Nintendo fez aquele acordo com a Capcom na geração do GC e não adiantou muita coisa. Aí não sei se é caso de política da empresa com as thirds, não sei como a Nintendo trata isso. Mas lembro que naquela geração houve alguns jogos multis que estavam presentes só no Xbox e no PS2, o que é realmente inexplicável. Talvez o modo que a Nintendo trata com as thirds não seja o ideal, mas isso não posso afirmar também.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Esperar o Mario Kart 8 ninguém quer, né? :lolmor:

 

Tô mais pra Nintendista do que qualquer outra coisa, mas ler isto dói no rim: "Iwata disse que a empresa está tentando atrair consumidores que preferem jogos em tablets e smartphones, como o iPhone da Apple."

 

Se realmente o futuro da Nintendo for tablets e smartphones (tô torcendo pra que seja pegadinha do malandro) a única coisa que posso dizer é que meu relacionamento com a Nintendo foi excelente enquanto durou. :reibr:

Compartilhar este post


Link para o post

Isso é insano, no máximo, mas no máximo jogos de Ds Ware e alguns demos de Virtual Console em App Store e Google Plays da vida, chamando o consumidor pro 3DS e WiiU.

 

Essa análise do Pachter é coisa de retardado, eu pensei que o cara tinha ao menos algum tipo de discernimento, mas até Eduardo Araújo argumenta melhor. Não consigo imaginar que alguém sugeriu a Nintendo parar de dar suporte ao WiiU enquanto lança jogos para PS4 e Xone pensando num novo hardware. É a mesma coisa que ele chegar para os mais de 5 milhões de compradores e falar: "fodam-se vocês" e perder toda a credibilidade construída em mais de um século.

 

É insano mesmo, eu achava que ele era só um haterzinho de merda mesmo, que ficava xingando a Nintendo por aí. Só que é pior, ele ganha dinheiro para ter um alvo de dardos com a cara do Iwata, mermão. Não consigo acreditar na credibilidade que um cara desses tem.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Morto porque não parece que será o líder de vendas?

 

Gamecube então morreu em 2002, Ps3 e 360 morreram em 2008.

 

Gamecube tinha um hardware comparavel aos concorrentes.

PS3/360 eram os consoles da gen e 2008 foi ano de crise.

 

Já o WiiU não tem fatores para se manter. 

Compartilhar este post


Link para o post

A situação está ruim mas a geração ainda está no começo e ainda dá pra Nintendo melhorar algumas coisas. A Sony começou o PS3 fazendo merda atrás de merda mas conseguiu fazer uma reformulação com a geração em andamento, consolidou a PSN e no fim das contas terminou a geração do PS3 em alta.

Compartilhar este post


Link para o post
Nintendo Sees Loss on Dismal Wii U Sales
Videogame Console Maker Struggles Against Mobile Competition
 
By MAYUMI NEGISHI, HIROYUKI KACHI and IAN SHERR CONNECT
Updated Jan. 17, 2014 7:05 p.m. ET
 
Shoppers take escalators under the logo of Nintendo and Super Mario characters at an electronics store in Tokyo in December. Associated Press
OSAKA—Hit by dismal sales of both its flagship Wii U game console and game titles, Nintendo Co. (7974.TO -2.76%)  slashed its sales forecast and said it would post an operating loss, heightening the pressure for drastic steps to turn its business around.
 
The big Japanese game maker said on Friday it now expects to sell only 2.8 million Wii U consoles in the year to March—less than a third of initial estimates. That means that despite price cuts and a rich lineup of titles like the latest entrant in its "Super Mario Bros." franchise, Nintendo will sell fewer Wii U's in the console's second full year of sales—normally a peak period—than it did during the first five months after the console was launched in November 2012.
 
Sales of games also missed company expectations, prompting Nintendo to halve its annual Wii U software sales forecast to 19 million units. The weakest performance was in overseas markets during the all-important, year-end holiday season, which Nintendo had been counting on to boost its flagging fortunes.
 
Nintendo's troubles come as archrivals Sony Corp. and Microsoft Corp. report brisk sales of new consoles launched in November, increasing competition for consumer dollars. The company's gloomy forecast indicates that the Wii U—which has failed to meet sales expectations since its release in 2012—isn't aiding its turnaround plans.
 
In a snap news conference called in Osaka, Nintendo President Satoru Iwata admitted he had misread the markets and hadn't issued "the appropriate instructions.'' He said the company needed to change and "propose something that surprises our customers."
 
"The way people use their time, their lifestyles, who they are—have changed," Mr. Iwata said. "If we stay in one place, we will become outdated."
 
Mr. Iwata also said Nintendo was considering a "new business structure," but declined to give further details. The company plans to hold a strategy briefing on Jan. 30.
 
Heard on the Street
 
Time's Up for Nintendo to Change
 
The Kyoto-based company's struggles come amid broader concerns about competition for console-based videogames from free or inexpensive offerings played on PCs, smartphones and tablets. Sales of new software for consoles had fallen for more than a year in the U.S. until last fall, when there was a slight uptick just before the new Sony and Microsoft consoles arrived. But software sales by U.S. retailers dropped again in November and December, according to market researcher NPD Group.
 
While Nintendo has struggled, the new PlayStation 4 from Sony and Microsoft's Xbox One—their first new consoles in more than six years—were greeted by lines of fans who snapped up the new hardware and companion games to play. The devices offered more animation capabilities than Nintendo's Wii U, something gamers had been eagerly awaiting.
 
Sony said it had sold 4.3 million of its game devices by the end of the holiday-shopping season, while Microsoft said it had sold three million units. Nintendo didn't provide sales numbers for its Wii U for the calendar year, but did say that hardware and software sales for the device experienced "a huge gap from their targets" in the U.S. and European markets.
 
Nintendo's latest stumble is far from fatal, with the company sitting on a ¥463.19 billion ($4.44 billion) cash pile as of the end of September. But the dismal performance heightens the urgency of adapting to the fast-changing market.
 
Analysts, investors, and Nintendo's many game fans have been clamoring for some kind of change in the company's strategy. Suggestions include releasing some of the company's popular game franchises, such as "Super Mario Bros." and "The Legend of Zelda," on mobile devices. Some have also suggested experimenting more with online free-to-play formats.  (pokemon cabe que é uma blz como f2p  :lolmor:)
 
Nintendo has so far refused to release its own branded games to other platforms, arguing that its success depends on keeping alive the player experience, on its own dedicated hardware.
 
Some industry experts are skeptical that Nintendo will change, pointing out that the company has a history of going its own way, and not listening to outside advice.
 
"I hate to say this, but Nintendo is out of touch," said Yoshihisa Toyosaki, president of Tokyo-based IT consultancy Architect Grand Design Inc. "It has a chance to change course, but I doubt it's going to take it."
 
Still, Mr. Iwata noted that Nintendo's sales in Japan were better than they were in the U.S. and Europe, and said the company needed a better way of keeping in touch with trends abroad.
 
"In Japan, I can be my own antenna, but abroad, that doesn't work," he said.
 
Nintendo's forecast to sell 2.8 million Will Us this year—down from a previous forecast of 9 million—compares against Sony's ability to sell 4.2 million PlayStation 4s in just two months. Microsoft has sold more than 3 million units since November.
 
That translates into a forecast for an operating loss of ¥35 billion—and Nintendo's third straight annual loss—down from a ¥100 billion profit it previously predicted in April and that Mr. Iwata said was a "commitment." Mr. Iwata denied that he would take responsibility by stepping down. He said that he would take a pay cut instead.
 
Some analysts say Nintendo appears to be stepping up its research and development spending, and may even be working on a new gaming system.
 
Daiwa Securities analyst Satoshi Tanaka noted that the company is beefing up its capital spending by ¥15 billion. "It's a show of how serious Nintendo is on whatever it has up its sleeve."
 
Nintendo stressed that the company would still post dividends this year: It now expects to pay out ¥100 per share, down from ¥260 it previously forecast, but on par with last year's dividend payout. That is unlikely to soothe investor disappointment.
 
"The stock is in for a rough Monday" in Japan, said Shinkin Asset Management fund manager Naoki Fujiwara, who oversees some ¥600 billion in equities.
 
In early trading Friday, Nintendo's U.S.-listed depositary receipts were off 18.2%.
 
—Brad Frischkorn contributed to this article.
 
Write to Mayumi Negishi at mayumi.negishi@wsj.com, Hiroyuki Kachi at hiroyuki.kachi@wsj.com and Ian Sherr at ian.sherr@wsj.com
 

 

 

 
MERMAO QDO O SUJEITO COMEÇA A FALAR "EU" ERREI, PASSA UMA IMAGEM QUE ELE TA COM OS DIAS CONTADOS QUE NAO ESTA ESCRITA...

Compartilhar este post


Link para o post
Visitante Crono Zero

engraçado que o povo reclamava dos gráficos do wii, aí a nintendo lança o wiiU que é fodão e tem gráficos de ponta, e o povo continua reclamando.

 

desde que eu comprei o meu eu passo o tempo livre nele, é divertido demais... não sei como não gostam dele.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

engraçado que o povo reclamava dos gráficos do wii, aí a nintendo lança o wiiU que é fodão e tem gráficos de ponta, e o povo continua reclamando.

 

 

gráfico fodão pra 2010.

 

hoje ele come poeira, quase tanto quanto o Wii comia poeira do PS360.

Compartilhar este post


Link para o post

O Wii teve sim problemas de graficos,mas o Wii U eu discordo,é um otimo console e tem potencial.

O maior problema é a falta de exclusivos mesmo,Nintendo deveria ir atrás de empresas pequenas para fazerem jogos pra ela,ate por que hoje as grandes japas estão com o pé na lama.Criar um jogo fodão para o Wii U é arriscado e a maioria não que arriscar.

Wii U não sera o sucesso que a Nintendo esperava,mas pode deixar de ser um fracasso com o tempo.
E esse negocio da Nintendo abandonar o mercado de consoles é pra retardado.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..