Ir para conteúdo
Lionzz

JOGATINA STEAM! - Nuuvem key MS... DMC 5 99 reais

Posts Recomendados

porra, os caras fazem a versao pc e ps4 e nem para colocar uns shaders a mais, ou efeito de luzes

 

ta horrendo isso ae

 

decepcao

Compartilhar este post


Link para o post

A vá merda pelamor PORRA. Coloca um s sweetfx/gedosato missão

Compartilhar este post


Link para o post

algumas fotinhas mais

 

Ub8b.pngVb8b.pngce8b.pngde8b.png

 

 

mas ter 60 fps e draw distance infinito ja e algo animador

Compartilhar este post


Link para o post

E depois povo vem falar que Fallout 4 tem gráfico ruim ai ficam ai endeusando jogo de PS3. Lulu tá mais do que certo de reclamar. Tinham que remasterizar saporra ai fica com gráfico mais no estilo de FROZEN.


Sabosta ai parece mais Playstation 2.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

É só não jogar ué.

Reclamar de gráfico é tosco. Tales é uma serie de nicho, num tem dinheiro pra sair queimando assim n.

Se tivessem reclamando da câmera bosta do jogo, ai tudo bem. Ou do fato de estar com 30FPS mesmo no PS4 e PC.

Editado por Jael

Compartilhar este post


Link para o post
We are delighted to inform you that you refund has been processed successfully. The funds should take up to 10 working days to return to your account.

 

EA linda. Joguei 25 horas de FIFA 16 de graça, agora vou usar o refund pra comprar Battlefront.

 

:silvio: :silvio: :silvio:

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

É só não jogar ué.

Reclamar de gráfico é tosco. Tales é uma serie de nicho, num tem dinheiro pra sair queimando assim n.

Se tivessem reclamando da câmera bosta do jogo, ai tudo bem. Ou do fato de estar com 30FPS mesmo no PS4 e PC.

"É só não jogar ué"

 

Ai a solução é manter o jogo como jogo de nicho? Eu também reclamo dessa parte em negrito. Tava bom de fazer disso uma série AAA com gráficos pra bater Final Fantasy. Ou isso, ou que a série morra no fosso do esquecimento igual a esses rpgs feitos em rpgmaker. Vamos ver porquanto tempo sobrevive.

Compartilhar este post


Link para o post

Sim, muito bom. Só o vsync que está um lixo :)

 

Acho que o Vsync só funciona depois de fazer restart Everaldo.

Compartilhar este post


Link para o post

"É só não jogar ué"

 

Ai a solução é manter o jogo como jogo de nicho? Eu também reclamo dessa parte em negrito. Tava bom de fazer disso uma série AAA com gráficos pra bater Final Fantasy. Ou isso, ou que a série morra no fosso do esquecimento igual a esses rpgs feitos em rpgmaker. Vamos ver porquanto tempo sobrevive.

Os criadores já deram entrevista oficial falando que o jogo continuaria sendo feito apenas visando os fãs e que quando eles não se divertissem mais criando a série, era o momento de parar, então nem perca seu tempo, se não curte, não jogue, simples. 

 

 

Acho que o Vsync só funciona depois de fazer restart Everaldo.

Esqueci de informar, já tinha resolvido isso, quando reiniciei o jogo novamente estava ok. Outro problema foi com o controle do XBOX One, tem que escolher o concontrole tipo 2 pois o tipo 1 não funciona o RT.

Compartilhar este post


Link para o post

Os fãs se preocupam que Tales of ainda é Tales of, ao contrário de FF que virou boys band show.

  • Gostar 2

Compartilhar este post


Link para o post

"É só não jogar ué"

 

Ai a solução é manter o jogo como jogo de nicho? Eu também reclamo dessa parte em negrito. Tava bom de fazer disso uma série AAA com gráficos pra bater Final Fantasy. Ou isso, ou que a série morra no fosso do esquecimento igual a esses rpgs feitos em rpgmaker. Vamos ver porquanto tempo sobrevive.

 

Você realmente n tem noção o quanto é caro fazer "uma série AAA com gráficos pra bater Final Fantasy".

Isso não é nenhum pouco viável, você tem que entender que um jogo é um produto, ele tem que gerar lucro.

Fazer um Tales com valores de produção de um jogo AAA iria gerar prejuízo, e provavelmente iria prejudicar a serie como um todo.

 

Eu sou muito fã da serie, e queria tbm ver um jogos mais bem feitos e tal. Mas sei que isso é uma realidade distante.

Compartilhar este post


Link para o post

Os fãs se preocupam que Tales of ainda é Tales of, ao contrário de FF que virou boys band show.

Não dá nem pra rebater esse argumento. :D

 

Você realmente n tem noção o quanto é caro fazer "uma série AAA com gráficos pra bater Final Fantasy".

Isso não é nenhum pouco viável, você tem que entender que um jogo é um produto, ele tem que gerar lucro.

Fazer um Tales com valores de produção de um jogo AAA iria gerar prejuízo, e provavelmente iria prejudicar a serie como um todo.

Eu sou muito fã da serie, e queria tbm ver um jogos mais bem feitos e tal. Mas sei que isso é uma realidade distante.

Mas estamos falando da Namco.

 

Eu lembro dum Tales pro DS, Tales of Hearts, que saiu em duas versões: uma com cutscenes em anime e outra em CG. Deu mó vontade de jogar os dois, mas RPG em japonês é foda. Se fossem traduzidos e lançados no 3DS eu pegava os dois com folga.

Compartilhar este post


Link para o post

Falando em Tales of Hearts, lançou o remake no Vita. Uma pena que passaram de 2D para o 3D, sempre prefiro os Tales of em 2D.

Sobre essa conversa de expandir o público da série eu acho desnecessário, ainda mais em um gênero que é de nicho.

Compartilhar este post


Link para o post

Você realmente n tem noção o quanto é caro fazer "uma série AAA com gráficos pra bater Final Fantasy".

Isso não é nenhum pouco viável, você tem que entender que um jogo é um produto, ele tem que gerar lucro.

Fazer um Tales com valores de produção de um jogo AAA iria gerar prejuízo, e provavelmente iria prejudicar a serie como um todo.

 

Eu sou muito fã da serie, e queria tbm ver um jogos mais bem feitos e tal. Mas sei que isso é uma realidade distante.

Mas Tales nasceu AAA... o praticamente esquecido Phantasia é um dos jogos mais avançados do SNES (tinha até música cantada... fora que usava praticamente todos os recursos do console). Depois, até mais ou menos Symphonia (GC) a franquia costumava andar pelo menos na vanguarda técnica. Coincidentemente com o tempo o valor/qualidade de produção dos jogos da franquia foi caindo muito, novos títulos sendo lançados com mais frequência (note que Tales of tem uns bons anos a menos que FF no mercado e assim mesmo acho que passa fácil do dobro de títulos... e FF nem é uma franquia com hiatos consideráveis).

 

Por isso tudo eu acho bem razoável querer que os Tales voltem a ter padrão AAA. Deveriam mesmo é diminuir a quantidade de jogos da franquia lançados em cada geração e focar na qualidade.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

O custo de produção para jogos AAA ficou muito caro para estúdios japas, Jugulador. Isso ocorreu na época do PS3 e X360. Vários estúdios japas não conseguiram acompanhar a evolução. Só Capcom, Konami (MGS) e outros estúdios maiores com seus carros chefes conseguiram ter grana para bancar os custos de produção.

 

Tales of sempre foi A-RPG. O gênero já é de nicho. Foi beneficiado na época do PSX e PS2 porque o gênero no geral estava em alta. Mas na época dos gráficos HD o gênero caiu e foi se tornando mais nicho. É certo ser realista e buscar vender só para seu nicho.

 

Se tentar "ocidentalizar" o risco de descaracterizar a franquia é enorme. E fazer um AAA é aposta Muito arriscada.

 

Tales of está excelente como está agora. Se não estiver satisfeito, pode-se muito bem jogar algo mais bem produzido como Witcher 3, o Fall Out 4 que virá em breve e Dragon Age Inquisition.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

O custo de produção para jogos AAA ficou muito caro para estúdios japas, Jugulador. Isso ocorreu na época do PS3 e X360. Vários estúdios japas não conseguiram acompanhar a evolução. Só Capcom, Konami (MGS) e outros estúdios maiores com seus carros chefes conseguiram ter grana para bancar os custos de produção.

 

Tales of sempre foi A-RPG. O gênero já é de nicho. Foi beneficiado na época do PSX e PS2 porque o gênero no geral estava em alta. Mas na época dos gráficos HD o gênero caiu e foi se tornando mais nicho. É certo ser realista e buscar vender só para seu nicho.

 

Se tentar "ocidentalizar" o risco de descaracterizar a franquia é enorme. E fazer um AAA é aposta Muito arriscada.

 

Tales of está excelente como está agora. Se não estiver satisfeito, pode-se muito bem jogar algo mais bem produzido como Witcher 3, o Fall Out 4 que virá em breve e Dragon Age Inquisition.

Bom, tirando o fato de que A-RPG se tornou exatamente o mainstream do gênero (até o remake de FF7 será ARPG) concordo plenamente com sua postagem. Porém a Namco já estabilizou faz tempo dentro da "indústria HD"... acho que eles podem muito bem voltar a investir.

 

A única coisa que discordo (além de ARPG não ser mais nicho) em sua postagem é que vc meio que deixou implicito que pra fazer sucesso deveria ocidentalizar... mas eu não enxergo essa barreira, pois titulos orientais sempre se deram muito bem no ocidente, exceto jogos muito exóticos, como simuladores de namoro e outros gêneros mais característicos... mas JRPG (incluindo os Tales) sempre foram relativamente muito bem por aqui. Acho que os Tales sofrem muito mais pelo marketing porco da Namco (só descobri que esse ultimo sairia no Steam apenas quando ele começou a aparecer ali) que por seu estilo ou temática. E produção de nível mais alto agregariam muito, especialmente pq a Namco tem um puta talento pra lidar com projetos mais ambiciosos.

 

PS: Não to nem dizendo que Tales deixou de ser bom... só que poderia ser muito melhor. É meio foda pegar uma franquia que já foi referência e ter a impressão de, em pleno 2015, jogar "PS2 em HD").

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

O que a Namco Bandai mais faz Jugulador, é jogo de produção B (vide jogos de animes). Não lembro de nenhum AAA nos últimos anos. Acho que se tornou uma publisher de jogo B mesmo. Não sei se dariam grana para um AAA para o Tales Studio.

 

A Microsoft bancou Tales of Vesperia e não vendeu o esperado. Para a época era gráfico excelente e início do XBox 360. 

 

A única developer e publisher de JRPG que tem condições de entregar mais jogos com gráficos dessa geração atual, eu acho que é a Squenix. Não dá para esperar muito das outras, com exceção da From Software com a série Souls e Bloodborne.

Compartilhar este post


Link para o post

Sim ToP foi um jogo "AAA" na época. Mas você a de entender que os custos eram BEEEEEEEEEEEEM menores, e sem falar que naquela época JRPG era um dos gêneros mais populares fácil.

É completamente inviável fazer um Tales of com valores de produção de jogos AAA. Como o chapa Wiseman falou, so a SE tem dinheiro e nome o suficiente para gastar rios de dinheiros em um JRPG.

E talvez até isso esteja com os dias contados. 

Compartilhar este post


Link para o post

O problema do Tales of Vesperia é que saiu exclusivo de uma plataforma que não tem o perfil dos seus jogadores, se fosse mult teria vendido bem mais.

 

No mais, eu acho que está correto esta atitude de jogos orçamento B, e sinceramente ultimamente tenho curtido muito mais os B do que os AAA.

 

No entanto isto não é desculpa para um certo relaxo da Namco com a série, pois eles podem oferecer muito mais sem necessariamente aumentar o custo.

 

Começar pela história. Não precisa reinventar a roda, mas porra meu, tente fazer um esforço para deixar melhor escrito e um pouco melhor de desenvolvimento.

 

Design das fases e as artes estão super sem graças também.  Embora seja um jogo de baixo orçamento, não precisa parecer um jogo de baixo orçamento. ToG achei um dos melhores jogos do PS3, mas não dá para negar que parece um jogo C. Sei que saiu inicialmente para o Wii, mas podiam caprichar um pouco mais. Pega Dragon's Crown e Muramasa, jogos bem simples e creio baratos, mas não tem cara de ser um jogo de baixo orçamento.

Compartilhar este post


Link para o post

Se ela seguisse nessa linha, teríamos só 05 jogos ou um pouco mais até hoje, assim como Star Ocean, seu primo que segue a mesma linha mas tenta dar uma tratada melhor no visual (embora peca bastante em caractere design e enredo). Não sei se vale a pena ficar esperando um novo tales of apenas a cada 4 ou mais anos, ao invés de como está atualmente. 

 

Não que eu queira defender isto, adoraria um Tales of com qualidade AAA mas, sem ter que esperar uma eternidade por ele e sem o custo dos atributos fortes que a franquia possui. Então, é só um outro ponto de vista do cenário dos jogos B. 

 

E duvido muito que vá sair da linha de jogos em estilo anime, é o perfil do time de desenvolvimento, só se mudarem o time, mas aí basicamente matam a série. Talvez o ideal seria criar uma outra franquia abordando um estilo mais robusto e diferenciado e usando o talento dos designers de batalha da franquia atual.

Compartilhar este post


Link para o post

Leia direito Everaldo, não falei que tem que ser AAA, muito pelo contrário, tem que ser B mesmo, mas podem oferecer mais mesmo sendo B.

 

Pega Persona 5 ou Dragon's Crown por exemplo, são jogos de orçamento B, mas trazem um maior cuidado com a arte e não parece ser um jogo de orçamento baixo. É isto que estou falando.

 

Em relação a história, me frustra como os caras nem parecem tentar fazer uma história.

 

E SO4 meio que perdeu o hype justamente por causa do enredo e dos personagens. Pega aquela Lymle lá, virou até meme com aquela mania irritante de falar Kay.

Editado por Rodolfo Luiz

Compartilhar este post


Link para o post

O que a Namco Bandai mais faz Jugulador, é jogo de produção B (vide jogos de animes). Não lembro de nenhum AAA nos últimos anos. Acho que se tornou uma publisher de jogo B mesmo. Não sei se dariam grana para um AAA para o Tales Studio.

 

A Microsoft bancou Tales of Vesperia e não vendeu o esperado. Para a época era gráfico excelente e início do XBox 360. 

 

A única developer e publisher de JRPG que tem condições de entregar mais jogos com gráficos dessa geração atual, eu acho que é a Squenix. Não dá para esperar muito das outras, com exceção da From Software com a série Souls e Bloodborne.

Nessa geração passada ela ainda transformou duas franquias de bom de produção em free 2 play (Soul Calibur e Ace Combat... nem falo de Tekken pq ta saindo um novo)... mas é uma escolha administrativa... ela tem grana pra lançar Tales mais bem produzidos... só parar de lançar quase que anualmente. Nem precisa ser AAA, mas pelo menos um A caprichadão, como Tekken.

 

Sim ToP foi um jogo "AAA" na época. Mas você a de entender que os custos eram BEEEEEEEEEEEEM menores, e sem falar que naquela época JRPG era um dos gêneros mais populares fácil.

É completamente inviável fazer um Tales of com valores de produção de jogos AAA. Como o chapa Wiseman falou, so a SE tem dinheiro e nome o suficiente para gastar rios de dinheiros em um JRPG.

E talvez até isso esteja com os dias contados. 

Os custos eram menores comparados com hoje... mas o mercado era bem menor e a margem de lucro (por conta de prensagem de cartuchos e royalties abusivos da Nintendo) tb... hoje vc tem potencial de venda muito maior e, graças a Distribuição Digital uma arrecadação muito mais enxuta.

 

JRPG não deixou de ser popular...só apareceram outros estilos mais populares e as produtoras cresceram os olhos... mas a quantidade de jogador pra esse gênero é o mesmo (ou até mais), só deixaram de abastecer-los com novos jogos... ai vc vê o público mais core migrando pra WRPGs e outros gêneros... mas não é uma migração definitiva.

 

Se ela seguisse nessa linha, teríamos só 05 jogos ou um pouco mais até hoje, assim como Star Ocean, seu primo que segue a mesma linha mas tenta dar uma tratada melhor no visual (embora peca bastante em caractere design e enredo). Não sei se vale a pena ficar esperando um novo tales of apenas a cada 4 ou mais anos, ao invés de como está atualmente. 

 

Não que eu queira defender isto, adoraria um Tales of com qualidade AAA mas, sem ter que esperar uma eternidade por ele e sem o custo dos atributos fortes que a franquia possui. Então, é só um outro ponto de vista do cenário dos jogos B. 

 

E duvido muito que vá sair da linha de jogos em estilo anime, é o perfil do time de desenvolvimento, só se mudarem o time, mas aí basicamente matam a série. Talvez o ideal seria criar uma outra franquia abordando um estilo mais robusto e diferenciado e usando o talento dos designers de batalha da franquia atual.

Eu preferiria que fossem só 5 jogos (daria mais ou menos um por geração), desde que eles fossem vanguarda. Em jogos a Qualidade é sempre mais importante que Quantidade... ainda mais em um gênero tão taxativo de tempo quanto RPG, que vc não vai terminar um jogo com menos de 30hrs (digo... isso é tempo pra rushar os mais rápidos de terminar... pra jogar direito vc não gasta menos de 100hrs num bom jogo... alguns te oferecem gameplay ainda maior)... pq eu gastarei tanto de meu tempo num jogo que seja menos que excelente?

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..