Ir para conteúdo
Ralf Jones

Star Ocean 4 The Last Hope

Posts Recomendados

Star Ocean 4 The Last Hope


Os RPGs japas já foram mais famosos, principalmente na época dos 16 bits e 32 bits, muitos dizem que a época melhor foi a dos 128 bits, mas o que faz um bom RPG japa? A história mais bem trabalhada? Os gráficos? Ou a diversão?
Bem alguns jogam pela história, outros pelo desenvolvimento psicológico, alguns porque querem um anime jogavel, outros pelo fator mais puro de um game, a diversão.
Star Ocean é uma série que surgiu em 1996 para o Super Nintendo, com o objetivo de ser uma série diferenciada dos RPGs daquela época, que eram na maioria das vezes baseados em mundos da idade média e com sistema de batalha de turno. O primeiro Star Ocean nunca viu a luz do dia no Ocidente, sendo exclusividade dos japas, o segundo episódio continuava diretamente a história do primeiro, e desta vez foi lançado tanto no Japão quanto nos EUA e foi um jogo que vendeu medianamente pro padrão de um RPG que não é Final Fantasy, o terceiro episódio foi lançado pro PS2 em 2003 no Japão e em 2004 nos EUA, esse foi alvo de bastante criticas por parte dos jogadores. Star Ocean 4 tenta corrigir os problemas do terceiro e tampar alguns buracos na história, o único problema é que o produtor falou que esse seria o ultimo, então que tampe muito bem tapado!


A história:

Star Ocean 4 conta a história do planeta Terra em um futuro pós-apocaliptico, onde depois de uma terceira guerra mundial o planeta Terra não é mais um lugar propicio a vida, e os habitantes vivem em cidades subterrâneas sem nunca ver a luz do Sol. Aqui você controla um adolescente de cabelo espetado e com cara de menina chamado Edge Maverick e tem como objetivo encontrar um planeta ideal para a colonização pela humanidade, Edge é claro conta com a ajuda de outros personagens clichês de RPG japa, como as crianças e as gostosonas que o seguem, o bom é que como em todos os RPGs as gostosas estão a um passo de se apaixonar por você, é bem capaz de rolar umas cenas de banho ou algo assim. Pra ser um pouco “diferente” Edge também tem um rival, e fará com que bandidos se tornem mocinhos pelo poder da amizade e tal, lembra bastante Naruto. Em outras palavras, não procure por uma história bem desenvolvida aqui.
Pra falar a verdade, até que o jogo tem uns temas de ficção bem atuais e interessantes, então apesar dos personagens serem uma bosta, a história se sustenta!
Mas nunca tiro pontos em RPGs japa por causa de histórias podres, então pra mim está bom!

A jogabilidade:

Aqui é o ponto forte do jogo, mas não agrada todo mundo com certeza. Star Ocean muitas vezes lembra RPGs de ação, e grande parte dos comandos é usado em tempo real nas batalhas, quase não se vêem menus aqui. Inclusive o jogo conta com um bom sistema de combos e magia, alias, um defeito a ser notado é que as skills são aprendidas com levels muito altos, o que acaba deixando o jogo meio lento no inicio. Se fosse avaliar a jogabilidade apenas pelas batalhas o jogo com certeza mereceria uma nota maior, mas existe também a parte de exploração, e cara, o jogo é um saco aqui. Primeiro imagine a cena: um cenário gigantesco para explorar e seu personagem corre como um idiota! Puta merda, quem foi o burro que pensou nesses controles? Pra começar não existe como controlar a velocidade do passo através do controle analógico, aqui você tem que apertar RT para decidir se anda ou corre, junte a isso uma animação deficiente e portas e baús que só abrem com o seu personagem milimetricamente de frente a eles, nossa, parece que o personagem é manco... mas pra frente você chega numa parte que anda em um chocobo (na verdade é um coelho rosa gigante) e este é ainda mais demente, acho que foi um dos trabalhos mais dificieis pra mim no jogo. Abrir os baús.
Alias, outro defeito chato do jogo é câmera, que segue o padrão antinatural da Square-Enix... ou seja, eixo X invertido... mas isso é fácil de resolver, é só ir no menu e arrumar, mas se prepare para as piores tomadas possíveis para a câmera.
Ou seja, a jogabilidade irrita demais fora das batalhas, mas compensa muito dentro delas.

Os gráficos:

Aqui vi que muitos criticam, mas pra mim o jogo é lindo demais. Efeitos de Bloom controlados deixam tudo lindo aqui, sombras dinâmicas e cenários lindos. A direção de arte não me agrada muito, pois o jogo tem um estilo anime misturado com bonecas de porcelana... mas ainda assim achei tudo lindo demais. Sério, dá até gosto de ver.

O cenário que se passa na Terra de 1957 é simplesmente soberbo, parece uma foto!



Apesar disso tem gente que disse que a resolução é baixa e temos aliasing em tudo que é canto. Eu não vi!

Os sons:

O som tem duas vertentes: músicas agradáveis e dublagem imbecil. As músicas pra mim são bem legais, algumas até são marcantes, o tema de batalha porém que deveria ser no mínimo perfeito, já que é a musica que você mais escuta é fraco, alias, vou ser honesto, pois a música muda mais na frente, pena que muda para algo ainda pior. Agora a bomba maior, a dublagem é terrível, grande parte do tempo você vai estar escutando uma meninha chata falando “kay?” durante as cenas do jogo, e o pior é que a mala comenta tudo que acontece no jogo, como se tudo fosse feito pra meninos com deficiência mental. Alias o personagem principal é até bem dublado, só que é tão imbecil as coisas que ele fala que você acaba apoiando Reirom e querendo RPGs sem vozes! :P

Finalizando:

O jogo tem o que agrada a maioria dos jogadores, gráficos, jogabilidade e putaria (veja a roupa das meninas) então só me resta recomendar a todos, principalmente para principiantes em RPG... alias, tenho boas e más noticias, a má: temos cenas mongas de 40 minutos. A boa: as cenas podem ser cortadas e ainda tem um resumo do que você perdeu sem as falas dementes! 

Nota Final: 7,5
Bom




PS: Coloquei nas análises um sistema de pontuação que segue um pouco o da gametrailers. Acho que isso dá um pouquinho a mais de alma ao review, e não só um número. Então a partir do review do Forza 2 esse sistema está sendo usado por mim!

0 – LIXO
1 – PÉSSIMO
2 – MUITO RUIM
3 – RUIM

4 – FRACO
5 – MEDIANO
6 – PASSAVEL

7 – BOM
8 – MUITO BOM
9 – IMPRESSIONANTE
10 – PERFEITO

Compartilhar este post


Link para o post

Pelo visto não curtiu muito o jogo não em Ralf se até Lost Odyssey você deu uma nota maior. :P

 

História nunca foi o forte de Star Ocean, ainda mais depois do aborto do 3, mas pelo visto esse ficou legalzim, o que ao meu ver é uma grande evolução.

 

Se gráficos você gostou muito e o som foi bom (dublagem não conta, culpe os americanos que não conseguem dublar SO decentemente), não entendi onde perdeu tanta nota se disse que iria desconsiderar a história?

 

Não gostou do sistema de batalha é? Pois deu a entender que só não gostou da exploração. Pois o forte de SO sempre foi excelente sistema de batalha que é melhor aproveitado nos extras e nas dificuldades mais altas.

 

Respeito a sua opinião, mas não entendi onde perdeu tanta nota assim pelo seu review.

 

Pelo que vi ficaria assim pelos comentários.

 

História :8

Gráficos: 9

Som: 8

Jogabilidade 9

 

Ficando com 8,5 no final o que seria até algo que esperava.

 

Só estou perguntando pois estou curioso, sou um grande fã de SO e estou muito animado para esse jogo.

Editado por Rodolfo Luiz

Compartilhar este post


Link para o post

descontei nota pela dublagem frequente kay?

e pelos controles na exploração que são um lixo fedorento...

 

 

achei as batalhas fantasticas chapa, muito bom mesmo... os gráficos também ficaram otimos!

 

agora sobre a história, infelizmente não tinha jogado os outros pra comparar, mas achei a história do Lost Odyssey mas legal por ter pessoas velhas, o Star Ocean tem crianças cuidando de crianças e tal...

Compartilhar este post


Link para o post

Enredo e personagens de Loading Odyssey e Star Ocean 4 são igualmente horrorosos, do nível de fazer encolher na cadeira de vergonha dos diálogos pavorosos.

Compartilhar este post


Link para o post

A tá, essas foram suas críticas.

 

Dublagem faça como eu, coloquei sem voz em SO3. :P

 

Exploração se for tão ruim é uma pena, mas esse também nunca foi um forte da série, mas também nunca foi algo que incomodava.

 

Uma pena, pois achei que seria interessante a exploração quando ouvi que os personagens iriam ter habilidades para abrir caminhos e tal, algo estilo os primeiros Wild Arms.

 

ps: tava demorando para aparecer o ranzinza do Strife.

 

SO3 também tinha enredo e personagens pavorosos, mas na época não tinha lhe incomodado muito, por que incomoda agora?

Editado por Rodolfo Luiz

Compartilhar este post


Link para o post

pra mim o Lost Odyssey tem certas vantagens na história, por causa dos contos e também por não tem ninguem que repete sempre a mesma fala. kay?

 

sobre essa possibilidade na exploração ainda não vi... a unica coisa que vi na verdade é que tem itens que só podem ser pegos por alguns personagens... mas não é que nem o Breath of Fire 3 por exemplo em que por exemplo os personagens eram realmente diferentes e voce poderia controlar cada um no mapa mesmo... por exemplo Rei tem a capacidade de roubar e arrombar portas...

Compartilhar este post


Link para o post
SO3 também tinha enredo e personagens pavorosos, mas na época não tinha lhe incomodado muito, por que incomoda agora?

 

Porque eu espero que as coisas melhorem. Vc fica satisfeito com a mesma porcaria a vida toda?

 

E os contos de Loading Odyssey não contam como parte do enredo, são completamente à parte, em tom e conteúdo. O enredo do jogo mesmo é uma lástima.

Compartilhar este post


Link para o post

pra mim fazem parte do enredo como um bom power point de e-mail mesmo...

mas no Star Ocean não tem nem isso...

gostei do tema do Star Ocean, mas é tão mal explorado que dá raiva...

 

porra, o jogo que tenta ser de ficção cientifica é completamente ambientado na era medieval, já que todos os planetas são mediavais, com aldeias que lembram a Europa vitoriana, com humanos e com animais identicos aos da Terra... que porra é essa?

 

Mass Effect coloca isso tudo no bolso, e olha que também é fraco no aspecto...

Compartilhar este post


Link para o post

Porra strife, você realmente tinha esperança que o jogo iria ter um enredo soberbo?

 

Tava na cara que não iria ser nada demais, todos lá no RPG estávamos carecas disso.

 

Claro que eu quero que melhore e fique em um alto nível, mas ao comprar SO4 em nenhum momento deveria estar em busca de enredo, você que conhece a série muito bem.

 

Como falaram, é legalzinha, comparado ao SO3 foi uma evolução até onde vi, espero que continue melhorando e um dia fique muito boa, mas até lá desde que não façam abortos nível SO3 e com um excelente sistema de batalha eu sinceramente ficaria muito satisfeito.

 

Ralf Jones

 

Isso de parecer ficção científica e ficar em planeta de baixo desenvolvimento tem em todos os outros SO Ralf. :P

 

A história geralmente fica em torno de uma pessoa de um planeta desenvolvido por um acidente cai em um planeta pouco desenvolvido e fica aí praticamente o jogo todo.

 

Nenhuma surpresa até agora nisso.

Editado por Rodolfo Luiz

Compartilhar este post


Link para o post

Mass Effect é uma bosta tb, mas pelo menos possui bons diálogos e a estória até que parecia interessante. Pena que não gostei do jogo mesmo, senão teria levado para frente.

 

Agora SO4, putz, o que eu mais sinto durante as cenas desse jogo é PENA dos pobres voice-actors que tiveram que ler essas atrocidades de diálogos sem cair na gargalhada ou sentir a vontade de estourar os miolos.

 

E não, Rodolfo, a estória do jogo nem sequer é "legalzinha". Não houve nenhuma melhoria desde o antecessor. O que faz o erro deste ainda maior, pois o tempo avançou. SO4 não passa de mais uma amálgama de todos os piores clichês do gênero utilizados da maneira mais idiota possível. Não há uma cena, um acontecimento, uma linha de diálogo sequer que não seja absolutamente ruim.

Compartilhar este post


Link para o post

não joguei o SO3, me spoilem o plot twist dele só pra ver a miseria...

 

 

 

 

Rodolfo:

por que em todos os planetas temos humanos?

por que em todos os planetas temos animais iguais?

por que todo RPG japa tem uma civilização antiga mais avançada que a atual?

isso é explicado nos outros SO? manda um spoiler da história ai pra mim chapa... não joguei os outros...

Compartilhar este post


Link para o post
por que todo RPG japa tem uma civilização antiga mais avançada que a atual?

 

Não precisa ser japa, Mass Effect tb tem isso (os Protheans).

 

E todas essas perguntas suas são respondidas simplesmente pela completa falta de imaginação e vontade dos criadores da série em fazer algo remotamente diferente ou original, se mantendo dentro da segurança de convenções mais do que batidas do gênero (e nem assim conseguem fazer algo decente).

Compartilhar este post


Link para o post

Já te aviso que é horrorosa Ralf. :P

 

Por que esse mundo não existe Ralf Jones.

:P

 

Em SO3 uma civilização militar tenta capturar rival da Terra o Fayt pois seus pais fizeram uma espécie de mudança genética nele, na Maria e na Sophia dando a eles poderes especiais.

 

Durante o jogo ele fica preso em um planeta ao fugir dos Vendeni e ficam lá 70% do jogo.

 

O que acontece é que mais pra frente irão aparecer os Executioner que foram mandados por 'Deus' para destruir a Terra e outras civilização que de acordo com o Creator se desenvolveram demais e conseguiram tecnologia exclusiva do Creator.

Essa é a tecnologia da genética que dá grandes poderes e Fayt, Maria e Sophia foram dados poderes por essa tecnologia pelos seus pais ao descobrire que o Creator irá destruí-los por terem evoluído demais e deram poderes aos seus filhos para combaterem o Creator e evitarem serem destruídos.

 

O Creator mora em uma outra dimensão, que é a quarta dimensão (4D) e com os poderes da Sophia ela abriu um portal que os leva à 4D.

 

No entanto ao chegar na 4D eles tem a surpresa que o Universo 3D na verdade é um MMORPG do mundo 4D, e os executioner na verdade meio que são uma espécie de anti virus pois o Creator (aka o criador do jogo) não estava mais conseguindo controlar os NPCS do jogo, por isso decidiu usar os executioner para reprogramá-los e voltar a controlá-los.

Compartilhar este post


Link para o post

justamente por isso disse que a ambientação do Mass Effect é fraca também...

mas no caso dos japas pode ser em qualquer epoca, sempre tem uma civilização mais avançada no passado...

alias, ainda não tive o desprazer de passar pela dugeon do esgoto...

 

 

 

Rodolfo:

huahuahuahauhauhauahuhauah...

Compartilhar este post


Link para o post
justamente por isso disse que a ambientação do Mass Effect é fraca também...

 

Isso por si só não constitui uma ambientação fraca, aliás Mass Effect conseguiu deixar o mistério dos Protheans bem interessante durante as horas em que aguentei o jogo...

 

Como falei, pena que o jogo mesmo é aquela chatice típica da Bioware, pois eu estava gostando da estória.

 

Compartilhar este post


Link para o post

Não é bem assim Ralf.

 

FF VII, VIII, IX e XII não tem isso.

 

No X tem, mas tem uma boa explicação pelo que aconteceu.

 

Os Megaten em geral também não tem isso.

 

Shadow Hearts, Odin Sphere, Mana e várias outras séries não tem isso.

 

Mas não nego que muitas séries tem isso de uma civilização antiga ser mais desenvolvida que a recente e até um clichê relativamente comum, mas nem todos é assim.

Compartilhar este post


Link para o post

pra mim quando se fala de diversão, subentede-se comunicação.

como pode uma civilização super desenvolvida que viajava entre planetas e tal é extinta assim do nada, sem que nenhuma outra continue... isso é cliche japa descabido, de onde tiraram isso?

Compartilhar este post


Link para o post

Algumas séries tem explicações até interessantes, outras não.

 

Em SO nunca foi bem explicado. Supostamente foram destruídas por doenças ou algo do tipo (SO1), guerra entre eles que se destruíram (como em SO2), mas sempre faltando uma explicação decente.

 

Em CT tem isso, mas foi bem explicado, até mostrou a destruição da civilização do reino mágico de Zeal.

 

Xenogears tem uma explicação fantástica (pena que cagaram o segundo cd) e assim vai.

 

depende do jogo Ralf, alguns explicam bem, outros explicam mal ou não explicam mal, outros não tem isso.

Compartilhar este post


Link para o post

acho que isso deve ser da segunda guerra onde os japas foram atacados sem piedades com uma bomba atomica e a unica esperança era achar algo milagroso feito pelos próprios japas, e que tivesse sido esquecido para se salvar... :P

 

SOU MEIO PSICOLOGO SOCIAL E TAL...

Compartilhar este post


Link para o post
pra mim quando se fala de diversão, subentede-se comunicação.

como pode uma civilização super desenvolvida que viajava entre planetas e tal é extinta assim do nada, sem que nenhuma outra continue... isso é cliche japa descabido, de onde tiraram isso?

 

Essa de japa de novo? E o tal do Mass Effect? :P

 

Isso é natural do pensamento humano, não um clichê japonês. Já ouviu falar de Atlântida? Ou teorias sobre como as pirâmides do Antigo Egito foram construídas por métodos ainda desconhecidos?

 

Nos jogos, contanto que isso tenha uma boa explicação, fica muito bom. Mas quando temos bobagens como SO4...

Compartilhar este post


Link para o post

me respeita rapá...

 

SOU PSICOLOGO SOCIAL E TAL...

 

mas falando sério... vejo mais isso nos japas... por isso falei isso... hehehehe

Compartilhar este post


Link para o post

lol rodolfo mudou a nota final do reviewer, que absurdo :P

 

Além disso, tirar voice acting por causa da dublagem ruim? Relevar exploração fraca num RPG de 40+ horas de jogo? Relevar o fato que o sistema de combate só brilha nos challenges e em dificuldades mais altas? (sendo totalmente patético e desbalanceado durante todo o primeiro playthrough) Se for pra ser protecionista assim não precisa avaliar o jogo. tsc tsc

 

Minha nota pra SO4 é 7.

 

O melhor RPG da geração até então é Mass Effect com certa facilidade, que só peca em aspectos tecnicos, além disso trouxe o genero a um novo patamar em imerssão, jogabilidade etc. Pena que ele espanta os frangos nas primeiras horas de jogo, depois você é totalmente sugado para dentro do jogo e não cosnegue parar de jogar.

Compartilhar este post


Link para o post

Dei 5 horas de chance para Mass Effect, mas achei a jogabilidade geral do jogo muito ruinzinha (nem vem que é por ser tiro, eu curto jogo de tiro), detestei a exploração dele, os personagens, a animação etc. Não consegui continuar, por mais que seja impressionante em certos aspectos.

Compartilhar este post


Link para o post

pow chapa, seja mais bonzinho comigo...

reclamei sim da exploração... veja que eu reclamei de cenários gigantescos e personagens lesmas...

sobre o sistema de batalha, bem, não posso reclamar... porque não são todos que gosta de dificuldade excessiva que nem vc chapa... inclusive tiraria nota se fosse muito dificil...

 

sobre a nota, veja que não foi tão diferente da sua... minha nota foi 7,5 e não mudo nota por causa de reclamações, veja que não foi editado... não sou moderador playeriano... hehehehe

 

 

Bem, sobre o Mass Effect eu concordo também... veja que no meu review dele dei nota 10... perfeito...

 

PS: não sou protecionista. :P

Compartilhar este post


Link para o post

Ninguém tá pedindo dificuldade insana, mas a dificuldade de SO4 é patética, estou no segundo DVD sem o menor vestígio de qualquer desafio que seja. Isso que a série sempre teve uma dificuldade balanceada, mesmo no normal. Só assim é possível aproveitar o ótimo sistema de batalhas dela. No caso de SO4, as batalhas (que deveriam ser o ponto alto do jogo) acabam sofrendo pela dificuldade nula.

  • Gostar 1

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..