Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
AM-2

Nintendo inconformada com a pirataria

Posts Recomendados

Nintendo Asks U.S. Trade Representative to Help Combat Global Video Game Piracy

 

Nintendo Calls Out Brazil, China, Korea, Mexico, Paraguay and Spain

 

REDMOND, Wash.--(BUSINESS WIRE)--Nintendo has outlined a list of countries around the globe that remain leaders in denying adequate and effective protection of video game products. In its annual comments to the U.S. Trade Representative under the “Special 301” process, Nintendo has singled out countries where piracy is rampant and has asked the United States to take further steps to combat it.

 

Nintendo reports that piracy of its most popular products, the Nintendo DS™ and Wii™ systems, has increased during the year. Nintendo attributes this increase to the availability of circumvention devices, such as “game copiers” and “mod chips.” These devices skirt the product security embedded in Nintendo’s famous products and enable the play of illegal Nintendo software.

 

“It is important for parents to note that if users of circumvention devices are children, they may be exposed to unsuitable content downloaded from the Internet and played on their Nintendo systems,” said Jodi Daugherty, Nintendo of America’s senior director of anti-piracy.

 

Below is a summary of Nintendo’s filing:

 

PEOPLE’S REPUBLIC OF CHINA: China continues to be the hub of production for counterfeit Nintendo video game products. The number of online shopping sites in China selling infringing Nintendo products is increasing, and help is needed by the government to curtail the growth of these illegal marketplaces. These products are sold both inside China and to the world, including our key market in the United States. Chinese customs officials must stop shipments of game copiers and other infringing products out of China, and China should work in the coming year to eliminate barriers to its enforcement laws.

 

REPUBLIC OF KOREA: Internet piracy in Korea continues to increase, as does the availability of devices that get around product security and allow for the play of illegal Nintendo software. A massive customs raid of 10 premises that resulted in the seizure of more than 75,000 game copiers at the beginning of 2009 is a positive sign the government is serious about enforcement. Nintendo is pleased with Korea’s consistent customs seizures, and courts are now starting to hold distributors of circumvention devices, such as game copiers, accountable. The Korea-U.S. free trade agreement is important to all intellectual property rights holders.

 

BRAZIL: Federal anti-piracy actions are not reducing piracy in Brazil, and local enforcement efforts are weak. Efforts to prosecute for piracy are virtually nonexistent. Customs and border control agents failed to seize a single shipment of Nintendo video game products in Brazil in 2008. Internet piracy is increasing with no legal infrastructure in place to respond to the threat it poses to rights holders. High tariffs and taxes also constitute market barriers for legitimate video game products.

 

MEXICO: Anti-piracy actions by the Mexican government in 2008 were wholly inadequate. The Mexican government must recognize the seriousness of the piracy problem and start using existing enforcement tools. Mexico’s participation in negotiating the Anti-Counterfeiting Trade Agreement is encouraging, but enforcement efforts need to move forward now. The willingness of Mexican customs and Mexican postal service workers to be trained by trademark owners was a positive sign in 2008.

 

SPAIN: The availability of game-copying devices in Spain is alarming. Internet sites offering game-copying devices and illegal Nintendo software are widespread and must be addressed. Nintendo asks that the Spanish government implement laws protecting the creative copyright industry and enact laws against Internet piracy. Nintendo considers education a priority in its fight against piracy in the European Union. Customs authorities play an important role in enforcing intellectual property rights, and Nintendo is seeing positive signs in this area. Nintendo is pleased about recent steps taken by the Spanish National Police against distributors of game copiers.

 

PARAGUAY: Corruption continues to hamper anti-piracy efforts. Nintendo’s anti-piracy actions in Paraguay show that illegal goods are imported and also locally produced. Border controls are key to decreasing piracy, and the revised criminal code will increase penalties against those distributing circumvention devices in Paraguay.

 

Link - Clique néscio

 

 

Brasil sil sil é um dos líderes mundiais em não dar uma efetiva e adequada proteção contra os produtos ilegais, não somos mais os melhores apenas no futebol ou na quantidade de políticos corruptos. :reibr:

 

 

Nintendo has singled out countries where piracy is rampant and has asked the United States to take further steps to combat it.

 

Seremos bombardeados, lol. :iraq:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

Ela também tem de fazer por onde, alterando placa mãe lol, soldas, colocando novas proteções nos jogos, banindo sei lá. O Xbox não ficou um tempo agora há pouco sem pirataria com essa placa nova? Ainda está ou já desbloquearam de novo?

Compartilhar este post


Link para o post
Nintendo Asks U.S. Trade Representative to Help Combat Global Video Game Piracy

 

 

 

 

 

 

Seremos bombardeados, lol. :iraq:

 

 

hehehe eu ri aqui!

VIVA a pirataria! Unica forma de me vingar do trauma do ZELDA DA E3 que virou CELL depois

:(

Editado por Brazilian_Boy

Compartilhar este post


Link para o post

Tudo culpa do governo e suas leis protecionistas, que a esta altura já devem ser centenárias.

 

ZELDA DA E3 que virou CELL depois

 

E, logo após passado o choro, um dos melhores Zelda até hoje. Comece a comprar originais.

 

Compartilhar este post


Link para o post

fodeu mermao...

lembro na epoca do snes e 64 q a pirateiraiada pegava 100-200 cartucho pirata e tacava uns originais perdidos pro meio... chegava na hora do inquerito eles diziam q nao tinham condiçoes de distinguir o pirata do original :reibr:

Compartilhar este post


Link para o post

isso ja foi muito discutido

 

acho que nao vai dar em nada como sempre

 

concordo em partes com venomon e penso que o mercadlo aqui teria que ser rediscutido.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
isso ja foi muito discutido

 

acho que nao vai dar em nada como sempre

 

concordo em partes com venomon e penso que o mercadlo aqui teria que ser rediscutido.

 

na verdade agora mesmo tem um topico de troscentas paginas no geral falando disso...

Compartilhar este post


Link para o post

me espanta ver a ESPANHA nessa lista de países emergentes... porra, ESPANHA...

 

alguém me explica?

Compartilhar este post


Link para o post
VIVA a pirataria! Unica forma de me vingar do trauma do ZELDA DA E3 que virou CELL depois

:(

 

 

só eu que acho esse zelda muito mais bonito que o Twilight Princess?

Compartilhar este post


Link para o post

Enquanto os jogos no Brasil estiverem custando R$ 300,00 comprarei com vigor via Canadá... :lolmor:

Editado por Jax

Compartilhar este post


Link para o post

Hahahaha

Quero ver quem usa Wii sendo banido :D

Compartilhar este post


Link para o post

Conselho se diz "chocado" com críticas da Nintendo

Publicidade

 

da Folha de S.Paulo, em Brasília

 

O presidente do Conselho Nacional de Combate à Pirataria, Luiz Paulo Barreto, afirmou que a crítica da fabricante japonesa de videogames Nintendo sobre a atuação do Brasil na repressão ao comércio de produtos ilegais "chocou" o órgão colegiado --formado por 13 entidades públicas e 7 privadas. Segundo ele, os "ataques" foram feitos de forma "leviana, equivocada e imprecisa".

 

Conforme noticiado ontem pela Folha, a fabricante do Wii reclamou a autoridades norte-americanas da pirataria no Brasil e pediu medidas para combatê-la. Segundo a Nintendo, no ano passado nenhum produto ilegal da empresa foi apreendido pelos agentes de fronteira no Brasil.

 

"As declarações foram recebidas com surpresa e irritação. Não consigo entender, porque foi muito estranho: uma empresa japonesa reclamar ao governo americano da atuação do Brasil", disse o presidente do conselho, que também é secretário-executivo do Ministério da Justiça.

 

Segundo ele, no ano passado, 847.334 CDs de games piratas foram apreendidos no Brasil, e o Wii aparece como um dos principais modelos retirados do mercado clandestino. Outros 204.828 games para computador, incluindo os da marca Nintendo, também foram apreendidos.

 

"Há um reconhecimento internacional sobre o avanço do Brasil no combate à pirataria. Em 2007, o Brasil saiu da "black list" [lista negra] em uma avaliação que é feita pelos EUA dos países. Fomos para a "watch list" [lista de observação]. Só se os ataques da Nintendo forem uma estratégia para voltarmos para a lista negra, mas aí é um tiro no pé porque estão atacando seus próprios parceiros", afirmou Barreto.

 

Ele acrescentou que a Abes (Associação Brasileira das Empresas de Software), uma das entidades com acento no conselho, há três anos vem desenvolvendo uma parceria com o governo para a capacitação de funcionários públicos para o combate a produtos piratas. A associação, diz ele, relata que há uma tendência de queda no índice de pirataria no Brasil.

 

 

Barreto declarou que, além de medidas repressivas, a pirataria precisa ser combatida com mudanças na estratégia comercial das empresas, que deveriam rever seus preços.

 

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informa...24u510273.shtml

Compartilhar este post


Link para o post
Barreto declarou que, além de medidas repressivas, a pirataria precisa ser combatida com mudanças na estratégia comercial das empresas, que deveriam rever seus preços.

 

barreto deu um pega no pau e balanga pra nintendo perdao...

 

quem mais deveria reclamar eh a sony...

Compartilhar este post


Link para o post

Nossa que viagem , um dos grandes problemas é a carga tributaria ridicula do nosso pais que torna inviavel para maioria manter o vg com originais , se ao menos pagassemos o preço americano , um Jogo next gen 120/130 reais e um console só com a conversão cambial exemplo 360 arcade custando um 450/500 reais ....

 

Essa Abes é uma bosta percebam , gostaria de saber que porcetagem desses numeros que eles falam de apreenssões correspodem a quantidade total de pirataria no pais (claro se isso puder ser estimado)

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Enquanto os jogos no Brasil estiverem custando R$ 300,00 comprarei com vigor via Canadá... post--10780063291.gif

 

Chapa isso pode no máximo ser descaminho, e não pirataria...

Comprar no Canadá, EUA, Europa você no máximo deixou de pagar imposto para o Brasil, a Nintendo, Sony ou M$ não estão preocupadas com isso, já que o delas elas ganharam, assim como as produtoras dos jogos.

Meus jogos também vieram de lá, e com isso não prejudiquei a indústria de games.

 

Embora ruim para nós, jogadores, não considero errada a tributação dos VG e jogos no Brasil. Esses são itens de simples entretenimento e não trazem nenhum benefício para o país. Existem itens bem mais importantes que o governo deveria incentivar (reduzindo os impostos) como os combustíveis, o arroz, o feijão...

 

Vocês podem não concordar comigo imediatamente, mas no fundo sabem que eu não estou falando merda.

 

Leia mais sobre importação por correio

 

Compartilhar este post


Link para o post
"As declarações foram recebidas com surpresa e irritação. Não consigo entender, porque foi muito estranho: uma empresa japonesa reclamar ao governo americano da atuação do Brasil", disse o presidente do conselho, que também é secretário-executivo do Ministério da Justiça.

 

 

Na verdade mostrou um dos grandes problemas da Nintendo no Brasil. Representatividade ZERO. Nem tem a capacidade de fazer uma reclamação sobres as políticas brasileiras ao governo que o competi, nesse caso o governo brasileiro. Acho que seria caso de perguntar para a turma do Mário se eles sabem onde se localiza o Brasil.

Compartilhar este post


Link para o post
Chapa isso pode no máximo ser descaminho, e não pirataria...

Comprar no Canadá, EUA, Europa você no máximo deixou de pagar imposto para o Brasil, a Nintendo, Sony ou M$ não estão preocupadas com isso, já que o delas elas ganharam, assim como as produtoras dos jogos.

Meus jogos também vieram de lá, e com isso não prejudiquei a indústria de games.

 

Embora ruim para nós, jogadores, não considero errada a tributação dos VG e jogos no Brasil. Esses são itens de simples entretenimento e não trazem nenhum benefício para o país. Existem itens bem mais importantes que o governo deveria incentivar (reduzindo os impostos) como os combustíveis, o arroz, o feijão...

 

Vocês podem não concordar comigo imediatamente, mas no fundo sabem que eu não estou falando merda.

 

Leia mais sobre importação por correio

 

Se houvesse garantia de que o dinheiro não estaria sendo embolsado por algum politico até concordaria , mas sabemos que a corrupção é grande no Brasil e estão pouco se fodendo para o povo ....

Compartilhar este post


Link para o post

Sim chaoa FoguerBR foi somente uma ironia... É complicado lançar esses jogos aqui com esses impostos absurdos...

Compartilhar este post


Link para o post

Nenhuma tarifação de 300% sobre qualquer produto, seja de entretenimento ou alimentação, deveria existir. É um completo absurdo. Só o que faz é incentivar a pirataria.

Se o governo acha que 300% de imposto sobre meia dúzia de produtos originais vendidos é vantagem, enquanto milhões são vendidos de forma ilegal, que se foda. Se eu tivesse um videogame que me permitisse usar pirataria, eu usaria com o maior vigor do mundo e ainda incentivaria todo mundo a usar.

Essa merda de governo não pode jogar a culpa de pirataria na nossas costas, que compramos, enquanto eles cobram impostos absurdos que vão para um único fim, corrupção e alimentar vagabundo que não trabalha.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Visualizando este tópico:   0 membros online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×

Informação Importante

Ao utilizar este site, você está automaticamente concordando com os nossos Termos de Uso e regras..