Ir para conteúdo

Welcome to Fórum Players
Register now to gain access to all of our features. Once registered and logged in, you will be able to create topics, post replies to existing threads, give reputation to your fellow members, get your own private messenger, post status updates, manage your profile and so much more. If you already have an account, login here - otherwise create an account for free today!

Foto

O VENEZUELA SE APOLITICANDO E O PAU TA QUEBRANDO


867 respostas neste tópico

#841
Char

Char

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 13370 posts

Desculpa pra invadir eles já tem, nem precisa invadir território de outrem. O vice do Trump basicamente falou que uma intervenção lá seria muito bem vinda, oras.



#842
Zangetsu

Zangetsu

    Chapa mor

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 3274 posts

Por falar em Guiana, sempre achei estranho Suriname, Guiana e Guiana Francesa serem países que praticamente não se fala nada sobre. São tipo o Estado do Kenshin BR, aka Acre. O Globo Repórter poderia fazer um programa sobre: "Acre, Suriname, Guiana e Guiana Francesa: Onde ficam? O que o povo de lá come? Qual a sua importância no cenário mundial? As mulheres são nível Gactas de Flogs?" :lolmor:


Wow, that was one hell of a party! Good thing the loser pay for the damages.

#843
Sérgio Meq.

Sérgio Meq.

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 10975 posts

Por falar em Guiana, sempre achei estranho Suriname, Guiana e Guiana Francesa serem países que praticamente não se fala nada sobre. São tipo o Estado do Kenshin BR, aka Acre. O Globo Repórter poderia fazer um programa sobre: "Acre, Suriname, Guiana e Guiana Francesa: Onde ficam? O que o povo de lá come? Qual a sua importância no cenário mundial? As mulheres são nível Gactas de Flogs?" :lolmor:

 

Eu já comentei exatamente isso várias vezes, que ninguém dá a mínima pra esses lugares, é como se não existissem. Ninguém fala "vou conhecer o Suriname!", ou "tô realizando meu sonho: me mudar para a Guiana!".

 

Deve ser também porque não participam de competições esportivas, não tem um time na Libertadores, não aparecem em Olimpíadas, Copa do Mundo, nada.

 

Única vez que eu tive algum contato foi uma garota de um outro fórum, brasileira que trabalhava num dos três.


mequinho_usa.png


#844
Char

Char

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 13370 posts

Digamos que a Guiana Francesa seja um bichinho de estimação que uma criança mimada quis ter para si por mero capricho, mas não move um dedo pra cuidar, o que torna o pobre animal em um ser faminto, magoado e com raiva de seu dono. O lugar é pobre, tem lugares sem acesso à água potável e eletricidade, o desemprego é rampante, e a França caga pra eles. 

 

Similarmente, a Guiana, ou Guiana Inglesa como era conhecida anteriormente, também é um pedaço de terra fodido, muito em resultado do passado colonial que tem. Ser parte do Commonwealth não favorece tanto o país.

 

Suriname tem uma infeliz distinção de ter um ódio direcionado à brasileiros. Muitos dos nossos compatriotas mais pobres acabam indo parar em algumas cidades, em sua maioria para trabalhar na área da mineração. Em 2009, inclusive, houve um grande tumulto resultando na população local atacando imigrantes brasileiros e chineses, entre outros, causando um grande número de feridos e mortos.



#845
Dustin Nova

Dustin Nova

    Midas Netal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 8269 posts

https://noticias.uol...s-anos-1980.htm

TUDO CULPA DE MORO E DE ESPECULADORES DO SISTEMA FINANCEIRO INTERNACIONAL



TUDO CULPA DO ANTIPOVO

https://youtu.be/6d96a_yGsaY
E UM CONTRASTE MUITO GRANDE LER ROBERTAO...........E LER DUSTAO NOVAS........ OCUBOS......... PEWZS.................

Reirom

#846
Pé de pano

Pé de pano

    Chapa mor

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 3937 posts
https://youtu.be/8Hou_7MEqTE

#847
Anthrax

Anthrax

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 13547 posts

Venezuela deveria se preocupar mais em conseguir refinar o petróleo que já tem do que conseguir mais.


Imagem Postada

Eu posso dar nota sem ter empresa? Vou pagar muito imposto?
Tou fugindo de ter que dar 10% pro estado.


Crono, um comunista

#848
J4ck Russel

J4ck Russel

    Chapa

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1490 posts

Por falar em Guiana, sempre achei estranho Suriname, Guiana e Guiana Francesa serem países que praticamente não se fala nada sobre. São tipo o Estado do Kenshin BR, aka Acre. O Globo Repórter poderia fazer um programa sobre: "Acre, Suriname, Guiana e Guiana Francesa: Onde ficam? O que o povo de lá come? Qual a sua importância no cenário mundial? As mulheres são nível Gactas de Flogs?" :lolmor:

A resposta pra todas essas perguntas é "Nada" :lolmor:



#849
psg1

psg1

    Flooder webal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 35083 posts
Guiana francesa é a base de boa parte dos lançamentos da European space agency.
6 - 3 - 3 ouvi dizer

renato gaucho ira brincar no brasileiro... brincou tanto q caiu...

SEXO EH IGUAL A UMA BOA PARTIDA DE TRUCO... OU VC TEM UM PARCEIRO BOM... OU UMA MAO BOA ;)

#850
Anthrax

Anthrax

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 13547 posts

Há uma forma mais fácil de se explicar esse interesse todo.

 

https://www.nytimes....obile-hess.html


Editado por Anthrax, 14 February 2018 - 05:21 PM.

Imagem Postada

Eu posso dar nota sem ter empresa? Vou pagar muito imposto?
Tou fugindo de ter que dar 10% pro estado.


Crono, um comunista

#851
Dustin Nova

Dustin Nova

    Midas Netal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 8269 posts

A direita má Venezuela quer voltar ao poder para tirar as conquistas da classe trabalhadora na última década, São os carniceiros totalitários que esbanjavam em Miami enquanto a população passava necessidades.

Ventos golpistas voltaram a soprar forte na Venezuela ao longo desta semana. Manifestações radicais pela destituição imediata do presidente Nicolas Maduro, estimuladas pelos EUA, resultaram em três pessoas mortas, 66 feridas e 69 presas na última quarta-feira, 12. Os atos foram convocados por uma ala da oposição neoliberal, liderada por Leopoldo López, que teve a prisão decretada pela Justiça.
Por suas características, a iniciativa golpista vem sendo comparada aos acontecimentos de 2002 contra o ex-presidente Hugo Chávez, que chegou a ser sequestrado e deposto no dia 11 de abril, mas retornou ao poder 48 horas depois pelas mãos do povo e das Forças Armadas. Os acontecimentos refletem o desespero da direita, que recentemente amargou nova derrota eleitoral e aproveita os dramas econômicos e sociais do país (inflação e violência) para espalhar o caos e desestabilizar o governo bolivariano.
A estratégia não é nova. Até agora não obteve sucesso na Venezuela, na Bolívia ou no Equador, onde foi testada, mas provocou queda de presidentes e mudanças reacionárias em Honduras e no Paraguai. O pano de fundo desses movimentos protagonizados pela direita neoliberal e pelo imperialismo, que nunca deixou de se intrometer na política interna dos países latino-americanos e caribenhos, é a progressiva mudança do cenário geopolítico da região, que se afasta dos EUA e busca um caminho próprio de desenvolvimento soberano, democrático e pacífico. Não é demais lembrar o protagonismo de Hugo Chávez na luta pela integração.
A última reunião de cúpula da Celac, celebrada recentemente em Havana, deu mais um passo nesta direção e foi também mais uma prova da determinação e do compromisso dos governantes da comunidade de trilhar um novo caminho. A instituição, que reúne 33 países (incluindo Cuba e excluindo EUA e Canadá) definiu a América Latina e o Caribe como uma “zona de paz, desnuclearizada” e aposta seu futuro numa parceria estratégica com o comunismo chinês.

Isso é mentira, é gente infiltrada.

Todas as notícias que eu li sobre isso são da imprensa burguesa, não são fontes confiáveis.


Tudo mentira inventada.

A direita má Venezuela quer voltar ao poder para tirar as conquistas da classe trabalhadora na última década, São os carniceiros totalitários que esbanjavam em Miami enquanto a população passava necessidades.

Ventos golpistas voltaram a soprar forte na Venezuela ao longo desta semana. Manifestações radicais pela destituição imediata do presidente Nicolas Maduro, estimuladas pelos EUA, resultaram em três pessoas mortas, 66 feridas e 69 presas na última quarta-feira, 12. Os atos foram convocados por uma ala da oposição neoliberal, liderada por Leopoldo López, que teve a prisão decretada pela Justiça.
Por suas características, a iniciativa golpista vem sendo comparada aos acontecimentos de 2002 contra o ex-presidente Hugo Chávez, que chegou a ser sequestrado e deposto no dia 11 de abril, mas retornou ao poder 48 horas depois pelas mãos do povo e das Forças Armadas. Os acontecimentos refletem o desespero da direita, que recentemente amargou nova derrota eleitoral e aproveita os dramas econômicos e sociais do país (inflação e violência) para espalhar o caos e desestabilizar o governo bolivariano.
A estratégia não é nova. Até agora não obteve sucesso na Venezuela, na Bolívia ou no Equador, onde foi testada, mas provocou queda de presidentes e mudanças reacionárias em Honduras e no Paraguai. O pano de fundo desses movimentos protagonizados pela direita neoliberal e pelo imperialismo, que nunca deixou de se intrometer na política interna dos países latino-americanos e caribenhos, é a progressiva mudança do cenário geopolítico da região, que se afasta dos EUA e busca um caminho próprio de desenvolvimento soberano, democrático e pacífico. Não é demais lembrar o protagonismo de Hugo Chávez na luta pela integração.
A última reunião de cúpula da Celac, celebrada recentemente em Havana, deu mais um passo nesta direção e foi também mais uma prova da determinação e do compromisso dos governantes da comunidade de trilhar um novo caminho. A instituição, que reúne 33 países (incluindo Cuba e excluindo EUA e Canadá) definiu a América Latina e o Caribe como uma “zona de paz, desnuclearizada” e aposta seu futuro numa parceria estratégica com o comunismo chinês.

Isso é mentira, é gente infiltrada.

Todas as notícias que eu li sobre isso são da imprensa burguesa, não são fontes confiáveis.


Tudo mentira inventada.
E UM CONTRASTE MUITO GRANDE LER ROBERTAO...........E LER DUSTAO NOVAS........ OCUBOS......... PEWZS.................

Reirom

#852
Zangetsu

Zangetsu

    Chapa mor

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 3274 posts

Pelo post do Crono, a agenda dele está certinha com a de Robertão. Então por que este está de mal daquele? 

 

UE :lolmor:


Wow, that was one hell of a party! Good thing the loser pay for the damages.

#853
Minato.

Minato.

    Pau no cu do Rare

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 16217 posts

https://oglobo.globo...ave-desnutricao

 

CARACAS - A grave crise econômica que provoca desabastecimento alimentar na Venezuela está afetando também os animais do Zooológico Metropolitano de Zulia, na cidade de São Francisco, no Oeste do país. Uma imagem que mostra um puma em pele e osso na sua jaula expõe o drama da desnutrição no local.

A administração do zoo precisou abater patos, porcos e cabras para alimentar outros animais do parque, cujos portões foram fechados para os visitantes em meados deste mês depois de serem divulgadas imagens dos bichos famintos. As autoridades disseram, na época, que o parque não estava apto a receber visitantes.


780622.png


#854
psg1

psg1

    Flooder webal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 35083 posts
Zumzumzum que vai vir um primeira rodadas de sanções "imperialistas" contra o petróleo Venezuelano
6 - 3 - 3 ouvi dizer

renato gaucho ira brincar no brasileiro... brincou tanto q caiu...

SEXO EH IGUAL A UMA BOA PARTIDA DE TRUCO... OU VC TEM UM PARCEIRO BOM... OU UMA MAO BOA ;)

#855
GrayFox

GrayFox

    Flooder webal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 26208 posts

https://oglobo.globo...oraima-22450879

Infelizmente mais um retrato da realidade venezuelana que também enfrenta graves problemas de abastecimento de remédios/vacinas. O medo das autoridades em Roraima é entrarem com doenças há muito tempo erradicadas no Brasil ( que tem um dos melhores programas de vacinação do planeta ). Chamem Trump pra construir The Wall.

 

GrayFox


"Eu escalei nosso melhor jogador ofensivo fora de posição pra dar mais poder ofensivo."

Muricy Ramalho - 19/02/2015 - Depois de um clássico contra o Corinthians onde seu time não chutou UMA bola no gol durante 95minutos de jogo.


#856
psg1

psg1

    Flooder webal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 35083 posts

ACABOU....

 

A  

 

GASOLINA!!! :lolmor:

 

É MUITA INCOMPETENCIA

 

Oil-Rich Venezuela Is Out Of Gasoline
By MINING.com - Dec 30, 2017, 6:00 PM CST
 Venezuela
After lining up for an entire day to get a plane ticket to visit her relatives in the western city of Mérida, Josefina García did not know if she and her octogenarian mother were going to reach their final destination on time for Christmas.
 
The airport is located 76 kilometers away from the city and when they tried to book a cab in advance to take them to the place where they were going to stay, the taxi company said they could not make bookings because there is a shortage of gas and management did not know if they were going to have enough fuel on the day of Josefina’s arrival.
 
Once they landed, the 61-year-old and her mother found a cab that had enough gas to take them to a certain part of the city where a cousin would pick them up. In the meantime, another cousin was lining up for gas. He was able to fill his sedan’s tank after waiting for more than six hours.
 
According to the Organization of the Petroleum Exporting Countries, the highest proven oil reserves in the world, including non-conventional oil deposits, are in Venezuela.
 
“Gentlemen: There is no more gasoline in Venezuela. In Venezuela, we are out of gas. In Venezuela, there is no gas oil. In Venezuela, there are no lube oils,” said Iván Freites in a televised press conference. Freites is the secretary of the professional and technician division of the United Federation of Venezuelan Petroleum Workers.
 
In his address, Freites said that poor management led to the stoppage of 80 per cent of the country’s refineries. “Only Amuay and Cardón refineries are operative and that is nothing. They produce 40,000 barrels per day and the national demand is over 200,000 barrels of gas per day,” he said.
 
Venezuela’s oil production has fallen to levels not seeing since the late-1980s. According to the latest OPEC report, which is based on information provided by the Nicolás Maduro government, the country is producing about 2.3 million barrels of oil per day. In October, it experienced the steepest fall in production of 2017, as only 1.9 million barrels were extracted, 130,000 barrels less than the previous month. The oil industry, however, is still the major source of income as it generates about 96 per cent of the foreign exchange.
 
“Can you imagine how much it would be to bring our refineries back to operation? To recover production in the Eastern Coast of the Lake (of Maracaibo)?” Iván Freites asked during the media brief. He blamed corrupt government officials for the fuel crisis and dismissed the theory that it is all due to the sanctions that Donald Trump imposed on some key figures in the Venezuelan cabinet.
 
He also expressed concern about the fact that Maduro’s administration pulled out of a partnership with Cuba in its Cienfuegos oil refinery, taking into account that all of Venezuela’s oil products have been unloaded on the island for the past 15 years before making their way to other markets.
 
By Mining.com

 

 

NEM CIENFUEGOS MANDA MAIS GASOLINA PARA VENEZUELA :lolmor:


6 - 3 - 3 ouvi dizer

renato gaucho ira brincar no brasileiro... brincou tanto q caiu...

SEXO EH IGUAL A UMA BOA PARTIDA DE TRUCO... OU VC TEM UM PARCEIRO BOM... OU UMA MAO BOA ;)

#857
Porcanjo

Porcanjo

    Flooder webal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 28930 posts
UM BI UM BI DE CALOTE CALOTE LINDO QUEM TEM

COBREM DO LEVANTE

Imagem Postada


#858
RPG Forever Ever!!!

RPG Forever Ever!!!

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 12888 posts

UM BI UM BI DE CALOTE CALOTE LINDO QUEM TEM

COBREM DO LEVANTE

Democracia linda, adivinhem quem vai pagar esse bolo?


Venezuela dá calote em dívida com BNDES e União assume pagamento de quase R$ 1 bilhão

Em grave crise política, econômica e social, a Venezuela deixou de pagar R$ 901 milhões, ou US$ 274 milhões no câmbio desta segunda-feira (19), referentes a uma parcela de empréstimos feitos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e a outros bancos privados vencida em janeiro. Foram US$ 130,9 milhões contratados diretamente com o BNDES e US$ 143,7 milhões junto aos credores privados. Com isso, foi acionado o FGE (Fundo Garantidor de Exportações) para ressarcir a parcela não paga.

Na prática, quem assume o prejuízo de quase R$ 1 bilhão é o governo brasileiro, por meio do seguro vinculado ao fundo. Pelo menos até o pagamento da dívida pelos venezuelanos. O FGE é um fundo do Tesouro Nacional ligado ao Ministério da Fazenda e tem como finalidade dar cobertura às garantias prestadas pela União nas operações de crédito à exportação.



O objetivo é "segurar as exportações brasileiras de bens e serviços contra os riscos comerciais, políticos e extraordinários que possam afetar as transações econômicas e financeiras vinculadas a operações de crédito à exportação", segundo o texto da Lei 9.818/1999, que instituiu o fundo, dotado de recursos públicos acrescidos de "prêmios pagos pelos próprios importadores", conforme afirma o BNDES em nota.

Como estes empréstimos foram tomados pela Venezuela para contratar empresas brasileiras, foram segurados pelo FGE. Ou seja, além de emprestar o dinheiro, o Brasil também é o fiador da transação.

Leia também
"Não me dê comida, me dê trabalho": venezuelanos tentam nova vida no Brasil
De acordo com o BNDES, a Venezuela pagou desde 2002 mais de 50% do total de empréstimos concedidos pelo banco aos governos de Hugo Chávez (que governou o país vizinho de 1999 a 2013, quando morreu) e Nicolás Maduro (que assumiu depois de Chávez e continua no poder até hoje) --ou o equivalente a R$ 4,92 bilhões entre principal da dívida, juros e encargos financeiros.

A Venezuela ainda deve para o banco público brasileiro o equivalente a R$ 3,15 bilhões. Destes, R$ 2,36 bilhões referentes a apenas obras de empreiteiras brasileiras no país, mais de 90% delas tocadas por empresas envolvidas na Operação Lava Jato.

Em janeiro, a Venezuela pagou US$ 262 milhões, ou R$ 860 milhões no câmbio de segunda-feira, ao BNDES e aos bancos privados referentes a outra parcela da dívida, vencida em setembro do ano passado, e evitou o calote. Na ocasião, o BNDES aguardou o pagamento prometido pelos venezuelanos e não cobrou sua parte na dívida do FGE (US$ 115 milhões dos US$ 262 milhões).

Moçambique já deu calote no Brasil
Esse não é o primeiro calote de governos estrangeiros junto ao BNDES e outros credores. Em novembro de 2017, a União ressarciu US$ 22 milhões ao banco, referentes a um financiamento concedido a Moçambique que não foi pago. Ao todo, o país africano deve cerca de R$ 1,5 bilhão ao BNDES.

O apoio aos negócios de empresas brasileiras no exterior fez parte do projeto das chamadas "campeãs nacionais", nos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT. Neste período, as empreiteiras brasileiras expandiram sua presença na África e na América Latina graças a empréstimos do BNDES, que ajudou a elevar as exportações brasileiras sob risco de calotes.

O BNDES informa que "os governos do Brasil e da Venezuela vêm se empenhando para a retomada dos pagamentos". Afirma também que, desde que foi instituído, o FGE "já arrecadou mais de US$ 1,3 bilhão em prêmios e desembolsou apenas US$ 58 milhões em indenizações, dos quais US$ 18 milhões foram recuperados". "Em reais, o superavit do Fundo Garantidor de Exportações está em torno de R$ 4,5 bilhões, mesmo após o pagamento, ao BNDES, do valor devido não pago pelo governo de Moçambique referente às exportações brasileiras de bens e serviços de engenharia para o aeroporto de Nacala."

A reportagem não localizou representantes do governo venezuelano para comentar a situação.

O Ministério da Fazenda confirmou que há uma parcelque há uma parcela de US$ 274,6 milhões em atraso, mas que, "enquanto não houver indenização pela União, o crédito pertence ao banco financiador, sendo coberto por sigilo bancário e não sendo possível prestar informações específicas sobre as operações". Também acrescentou haver conversas entre o governo brasileiro, o governo da Venezuela e seus advogados para a regularização da pendência.

Segundo a Fazenda, "quando os bancos públicos ou privados não recebem o pagamento do devedor, a operação passa por um processo de regularização de sinistro e os recursos que seriam recebidos do importador são pagos pelo segurador", diz a nota enviada pela assessoria de imprensa. No caso, o segurador é o FGE do Tesouro Nacional, acionado pelo BNDES. "Em janeiro de 2018, o BNDES acionou o Seguro de Crédito à Exportação, garantidor da operação, dado que a última parcela vencida das operações com o país está em atraso", afirma a nota do banco federal enviada ao UOL.

A pasta da fazenda frisa que o FGE ainda não pagou a conta. Que não há prejuízo ao contribuinte brasileiro, já que o fundo tem recursos próprios, que ficam apartados das verbas do orçamento da União, e assim como o BNDES reforça que o fundo é superavitário, ou seja, dá lucro.

"A próxima compensação é devida em abril, com pagamento em maio de 2018. O FGE arrecadou historicamente mais de US$ 1,2 bilhão em prêmios líquidos para serem utilizados em indenizações. O montante arrecadado em prêmios pelo fundo foi pago pelos garantidos (bancos e exportadores) e tem superado eventuais necessidade de indenização", finalizou.





https://caraoucoroa....o-na-venezuela/

Nota de 100 mil bolívares sem zeros oculta gravidade da crise na Venezuela


Em novembro de 2017, o Banco Central da Venezuela colocou em circulação a nova cédula de 100.000 bolívares. O fato foi bastante noticiado porque, pela primeira vez na história do país, foi emitida uma cédula com valor tão alto.

Um detalhe passou despercebido pela imprensa internacional, mas não pelos venezuelanos. A nota é a única do país que não contém todos os zeros em numerais (veja acima).

Nela, aparece apenas o número 100. O valor total “Cien Mil Bolívares” aparece escrito por extenso na segunda linha. Para piorar, o desenho, o tamanho e a cor da nota são muito semelhantes aos da de 100 (veja abaixo).

Ou seja, por causa das semelhanças, é preciso ficar muito atento para não trocar uma pela outra que tem um valor mil vezes menor.

Editado por RPG Forever Ever!!!, 21 March 2018 - 09:08 AM.

JowLoures.png


#859
RPG Forever Ever!!!

RPG Forever Ever!!!

    FDP

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 12888 posts
Maduro anuncia reconversão monetária e corte de 3 zeros do bolívar
Presidente venezuelano diz que medida será adotada para fazer frente à "guerra econômica de perseguição financeira" enfrentada por seu governo


CARACAS - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira a eliminação de três zeros do bolívar e a retirada de circulação da cédula atual a partir de 4 de junho, como parte das suas medidas econômicas para "garantir as atividades comerciais"e para enfrentar a escassez de moeda em meio à inflação voraz.

"Decidi eliminar três zeros da moeda e tirar de circulação a cédula atual e pôr em circulação um nova cédula com três zeros a menos na moeda", disse Maduro em discurso transmitido pela emissora estatal "VTV".

O presidente venezuelano disse que a nova cédula - que substitui a que instaurou em janeiro de 2017 - fará frente à "guerra econômica de perseguição financeira" enfrentada por seu governo, que ele garantiu ser dirigida da Colômbia pelo presidente Juan Manuel Santos com ajuda do deputado opositor venezuelano Júlio Borges.

"Decidi tirar de circulação a atual cédula para garantir ao povo da Venezuela suas atividades comerciais e monetárias", acrescentou Maduro sobre este novo esquema monetário que começará a circular em pouco mais de dois meses.
A cédula de maior denominação - 500 bolívares - equivale a apenas US$ 0,01 de acordo com o câmbio oficial de 43.980 bolívares para cada US$ 1.

Maduro disse que esta ação está relacionada com "a defesa do bolívar" e estas novas cédulas passarão a ser conhecidas como " bolívar soberano".

"Vamos a desmonetizar o atual bolívar e trocá-lo pelo bolívar soberano. Não vamos dolarizar a nossa economia, vamos defender o nosso bolívar", frisou.

O novo sistema monetário está composto por duas moedas, uma de 50 centavos de bolívar (US$ 0,00001) e outra de 1 bolívar (US$ 0,00002). Além disso, há cédulas de 2 (US$ 0,00004), 5 (US$ 0,0001), 10 (US$ 0,0002), 20 (US$ 0,0004), 50 (US$ 0,001), 100 (US$ 0,002), 200 (US$ 0,004) e 500 bolívares (US$ 0,01). / EFE

JowLoures.png


#860
Wiseman

Wiseman

    Lenda Netal

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • 7904 posts

MADURO GÊNIO DA ECONOMIA

 

CADÊ PRÊMIO NOBEL PARA ESSE NOTÁVEL BOLIVARIANISTA?





Responder



  


0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 0 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)